• elshallon
  • Unimed
  • assinatura jornal
Lasciva

Péssimo dia para ser mulher

Dói na alma ouvir que outra mulher foi morta pela arma do machismo

19/06/2017 16:43h

Hoje sangra o coração de todas as mulheres que ficaram sabendo sobre mais um caso de feminicídio em Teresina. Dói na alma ouvir que outra mulher foi morta pela arma do machismo.

Revolta e ao mesmo tempo amedronta imaginar quantas pessoas estão tentando achar a justificativa para o crime. “O que será que ela fez pra ele agir dessa forma?”, “Um rapaz tão novo, bonito, com um futuro pela frente...”, “Será que não tava mesma fazendo alguma coisa?”, “Será que ela é vítima?”.

Não há motivo, a não ser o machismo que faz os homens e boa parte da sociedade acharem que o comportamento da mulher pode ser reprovado. Que a nossa roupa é da conta de alguém, que a nossa vida pode ser retirada se não agirmos de acordo com os padrões ditados pela sociedade feita de “cidadão de bem”.

O machismo matou mais uma mulher na madrugada da área nobre da capital, assim como mata diariamente na periferia. Amanhã poderá ser qualquer uma de nós. Hoje é um péssimo dia para ser mulher, é um péssimo dia para viver nessa sociedade formada por valores distorcidos, por hipocrisias e por violência. Só que hoje também é um ótimo dia para refletirmos, para nos unir.

Luto não é apenas um sentimento, pode também ser verbo. Por outras, por nós mesmas, lutemos, mulheres!

Fonte: Nayara Felizardo

Deixe seu comentário