• Anuário 2017
  • Unimed
  • assinatura jornal

Notícias Barras

31 de agosto de 2017

Barras é pioneira no estado a construir diagnóstico socioeconômico

Barras é pioneira no estado a construir diagnóstico socioeconômico junto ao Sebrae

Nesta terça-feira (29) a Prefeitura Municipal de Barras firmou uma parceria com o Sebrae para construir um diagnóstico socioeconômico do município. Este diagnóstico visa avaliar as cadeias produtivas desenvolvidas no município de Barras e assim dar mais clareza para em que áreas poderem ser feitos investimentos e assim gerar mais emprego e renda. 

Segundo Ismael de Avelar Bastos, gerente do escritório regional do Sebrae em Piripiri, que abrange a região, Barras é o primeiro município do estado a realizar o diagnóstico junto ao órgão, o que poderá dar mais clareza à gestão para pontos fortes e pontos fracos do empreendedorismo local.

"Vamos traçar um plano pro município, identificando o seu protagonismo, suas potencialidades, suas fraquezas, identificando suas atividades produtivas, o que gera riqueza pro município e com isso poder explorar. O primeiro passo é identificar, depois explorar estrategicamente isso", afirma Ismael.

Após este passo, a prefeitura entrará de forma mais direta nas ações a serem desenvolvidas, que consistem em capacitações e consultorias para os gestores, que logo em seguida definirão as linhas de investimento para as potencialidades locais. A medida trazida pela prefeitura já é comum em outros municípios do Brasil, e permitiu o desenvolvimento econômico por meio do empreendedorismo local e suas potencialidades, aliado com ações pontuais da gestão em fomentar o desenvolvimento das mesmas.

"Isso demonstra que a prefeitura se preocupa com os seus munícipes, em ter um planejamento mínimo. Porque não adianta eu fazer uma ação sem ter planejamento", destaca o gerente do Sebrae.

24 de agosto de 2017

Produtores de cajuína de Barras terão stand no 5º Festival da Cajuína

Produtores de cajuína de Barras terão stand no 5º Festival da Cajuína

Acontece a partir desta quinta-feira (24) em Teresina, o 5º Festival da Cajuína. O evento acontece no shopping Riverside e deve seguir até o sábado (26). O evento é realizado pela Cooperativa de Produtores de Cajuína do Piauí (Cajuespi) e terá um estande para expor marcas de cajuína de produtores de Barras.

O espaço servirá de mostruário para os produtores apresentarem seus produtos e realizarem parcerias e negócios. O estande tem apoio da Prefeitura Municipal de Barras. A abertura acontecerá nesta quinta-feira (24), às 19hs no Shopping Riverside, e contará com a presença do governador Wellington Dias e do prefeito de Barras Carlos Monte.

A Cajuespi foi fundada em 2005 e hoje conta com 120 fábricas de cajuína cooperadas e mais de 2.700 pessoas da agricultura familiar. Em 2016, foram produzidas 980 mil garrafas da bebida e, para esse ano, a expectativa é chegar a um milhão e 300 mil garrafas.

Programação

24/08

10h às 14h – oficinas interativas de Licor de Caju e de Receitas de Caju

15h – oficinas interativas de Produção de Mudas de Caju e de Culinária do Caju

16h – palestra “Perspectivas da Cajacultura”, com Wagner Juca, e “Regulamentação da produção e comercialização de bebidas”, com Adriana Chagas Barreto (Ministério da Agricultura)

17h – oficina interativa Delícias do Caju

18h – oficina interativa de Doce de Caju, apresentação artística de Gonzaga para Todos e da Banda de Música PM/PI

20h – Amauri Jucá

25/08

10h – oficinas interativas de Produção de Cajuína, Culinária do Caju e Produção de Mudas do Caju. Palestra “Cooperativismo e Empreendimentos Solidários”, com Leo Pinho (Unisol Brasil)

14h – oficina de Receitas de Caju

15h – palestra “A Cajuína sem Gelatina”, com Fernando Abreu (Embrapa/CNPAT/Sebrae), oficinas interativas de Produção de Mudas de Caju e Doce de Caju

16h – painel “Muda de Caju: Inovação ou Tradição?", com Paulo Roberto e Luis Eduardo, e palestra “Legalização da Produção de Mudas de Caju”, com Alonso da Mota Lamas (Ministério da Agricultura)

17h – atrações artísticas: Grupo de Flauta Música p/Todos e Banda de Música do IFPI

19h – oficina interativa de Produção de Cajuína e apresentação do Balé da Cidade

20h – atrações artísticas

26/08

10h – oficinas interativas de Produção de Cajuína, Produção de Mudas de Caju e Culinária do Caju

15h – oficinas interativas de Doce de Caju e Delícias do Caju

16h – palestra “Movendo o Mundo através de ideias: aprendera empreender”

17h – atração artística: Orquestra Sanfônica - Música para Todos

19h – atrações artísticas, escolha da Garota Cajuína, sorteio de kit de irrigação para produtores de caju e escolha da melhor cajuína

20h – encerramento.

21 de agosto de 2017

Prefeito Carlos Monte é homenageado por apoio a soldados do 2º BEC

Prefeito Carlos Monte é homenageado por apoio a soldados do 2º BEC

O 2º Batalhão de Engenharia e Construção (2º BEC) realizou nesta sexta-feira (18) uma homenagem aos profissionais que auxiliaram no resgate dos soldados que sofreram um acidente de trânsito na PI-113, que liga os municípios de Barras a Cabeceiras.

O acidente ocorreu no dia 09 de julho e envolveu 21 soldados que se deslocavam para obras na região de Esperantina. Um dos soldados morreu no acidente.


Dentre os homenageados, estavam o prefeito de Barras, médico Carlos Monte, e a diretora do Hospital Regional Leônidas Melo, Laianne Santos, além do Grupo de Apoio Voluntário de Barras.

A homenagem foi para profissionais da saúde e voluntários que ajudaram no resgate da tropa e no cuidado aos feridos. A cerimônia ocorreu no pátio do 2º BEC com honras militares, diploma e medalha para órgãos diretamente envolvidos com o auxílio na época do acidente.


Além do comandante do 2º BEC, Coronel Alessandro da Silva, esteve presente o Secretário de Estado da Segurança, Fábio Abreu.

“São em torno de 75 homenageados. Cada um aqui deu uma contribuição de uma forma diferente, alguns resgataram o pessoal mesmo no local do acidente, outros no atendimento hospitalar, outros com apoio logístico por disponibilizar ambulâncias, atendimento então tivemos vários tipos de apoio”, explica a RP do 2ºBEC, Capitão Sofia.


Os homenageados ainda participaram de uma palestra explicativa sobre o serviço do 2º BEC e um almoço.





Fotos: Rodrigo Antunes

31 de julho de 2017

Em audiência com Fábio Abreu, Carlos Monte solicita reforço na segurança

Em audiência com Fábio Abreu, Carlos Monte solicita reforço na segurança de Barras

Após os recentes casos de violência que vem assustando a população de Barras, o prefeito Carlos Monte esteve novamente em reunião com o secretário de estado da segurança, Fábio Abreu, solicitando melhorias na área. 

A reunião aconteceu nesta segunda-feira (25) e foi solicitado ao secretário um reforço no contingente da Polícia Militar, que hoje apresenta um déficit de soldados disponíveis para Barras e região, além de reavaliação no trabalho da Polícia Civil.

“Em barras a situação está gravíssima. Se assalta de todo jeito e a gente vê que o efetivo que a gente tem lá não tá dando conta da situação. Fomos pedir que os policiais tenham mais suporte, mais condições de trabalho e mais empenho por parte de quem tá tomando de conta da segurança lá”, explica o prefeito.

Segundo o gestor, o secretário de segurança irá fazer uma reavaliação dos trabalhos desenvolvidos na segurança do município, e poderá tomar ações enérgicas, como envio de novos policiais, equipamentos e até substituições na equipe. “Queremos uma melhora geral, porque o caso lá está muito sério”, finaliza o prefeito.

Nos últimos meses é notável o crescimento do número de assaltos e arrombamentos na zona urbana de Barras. Os bandidos agem, em sua maioria, na calada da noite em ações como assaltos e furtos a comércios e residências.

27 de julho de 2017

Prefeitura de Barras avança na revitalização de estradas vicinais

Prefeitura de Barras avança na revitalização de estradas vicinais

Desde o início do ano de 2017 a Prefeitura Municipal de Barras atua na recuperação de estradas vicinais, importantes vias que dão acesso de comunidades rurais à zona urbana.

No último dia 11 de julho, o prefeito Carlos Monte esteve em reunião em Teresina com a secretária de infraestrutura do estado, Janaínna Marques, onde conseguiu o apoio do órgão para a recuperação da estrada vicinal que liga os povoados Caiçara e Baixão da Liberdade.

O trecho de cerca de 20KM é mais um que a prefeitura irá reformar, cumprindo assim um cronograma de restauração de estradas que prevê melhorar a mobilidade entre as zonas urbana e rural. Com o período chuvoso que passou, a situação em que se encontra maior parte das estradas vicinais do município não é boa, mas o plano da prefeitura é que as mesmas sejam recuperadas uma por vez, seja por iniciativa da prefeitura ou com apoio do Governo do Estado.


“A prefeitura já está começando a recuperar umas estradas com recursos próprios e estamos tentando, por intermédio do Governo do Estado, colaboração ou ajuda com combustível, para que a gente possa dar andamento nas outras. Essa ação é necessária pois recebemos o município com as estradas de Barras quase todas liquidadas”, explica o prefeito.

No caso da estrada adquirida junto a SEINFRA, a previsão de início das obras é no mês de agosto. A via, que já existe, será reparada com máquinas a fim de melhorar a trafegabilidade e evitar ‘dor de cabeça’ aos condutores. A prefeitura já trabalha na recuperação do trecho de 20KM que liga os povoados Angical ao Ingá e concluiu o trecho de 3Km e meio que liga a zona urbana à área onde deverá ser o novo aterro sanitário do município.

“Vamos terminando uma e dentro da medida do que for sendo viabilizado a gente vai melhorando a qualidade de outras estradas”, finaliza o gestor.
No último dia 19 de julho, o prefeito visitou as obras de revitalização da estrada Angical-Ingá.

25 de maio de 2017

Secretária Janaínna Marques visita obras da Seinfra em Barras

Secretária Janaínna Marques visita obras da Seinfra em Barras

A secretária Janaínna Marques visitou nesta quarta (24) o município de Barras, norte do Piauí para acompanhar de perto a execução das obras que estão sendo realizadas pelo Governo do Estado através da Secretaria da Infraestrutura (Seinfra).

Durante sua visita à cidade, a gestora foi até o Conjunto São Francisco, Conjunto Morada de Barras, Vila França e na Vila Pe. Mário, vila esta onde está sendo executada obra de pavimentação poliédrica (calçamento).

Acompanhada de engenheiros da Seinfra, do secretário da Segurança, Fábio Abreu; e do Comandante Geral de Policiamento do Estado, Coronel Carlos Augusto; Jánaínna Marques aproveitou a oportunidade para conhecer, de perto, a área em que será construído o Batalhão da Polícia Militar e a Rodoviária Rural do município.

De acordo com a gestora, as obras irão acontecer através da Seinfra. “Essas obras serão executadas pela Secretaria da Infraestrutura e, sem dúvida alguma, serão de suma importância para o desenvolvimento de Barras. Com a construção do Batalhão da PM, a sociedade irá se sentir mais segura, e com a construção da Rodoviária Rural, facilitará demais a vida da população que precisa de ônibus para se deslocar para outras localidades. Essas obras trarão mais infraestrutura para o município, melhorando a vida da população”, afirmou Janaínna Marques.

23 de março de 2017

Prefeitura busca reverter problemas deixados na educação do município

Prefeitura busca reverter problemas deixados na educação do município

Passados 80 dias de gestão, as prefeituras municipais do Piauí tentam aos poucos retomar o andamento normal de suas atividades, através dos trabalhos das secretarias. Em alguns casos, os municípios foram recebidos em situação difícil, sem recursos, com pagamentos atrasados, frotas sucateadas, equipamentos danificados e outras adversidades.

Em Barras, por exemplo, um dos setores mais afetados pelo não planejamento de gestões anteriores foi a educação. Para se ter uma ideia, somente para a previdência, a gestão do ex-prefeito Edilson Capote (PSD) teria deixado de repassar cerca de R$ 3.161.000,00 (três milhões cento e sessenta e um mil reais) para o INSS de recursos descontados nos contracheques dos servidores, de acordo com o atual prefeito Carlos Monte. 

No início deste ano logo após assumir a prefeitura, o prefeito Carlos Monte (PTB), decretou situação de emergência no município devido à ausência de informações deixada pela ex-gestão. “Sem informações ficou bem difícil de se trabalhar. Além das muitas dívidas que estamos tendo que resolver, também recebemos muitas obras que estão por concluir e que as construtoras alegam não terem condições de terminar os serviços. Mas estamos aos poucos indo atrás e buscando soluções para todos estes problemas. É preciso ter paciência e agir com cautela”, disse o gestor.

A atual secretária de educação, professora Lourdes Pereira, conta que outro fator que pesou para que houvesse desequilíbrio na educação foi o excesso de transferências e remoções realizadas durante a ex-gestão. Segundo ela, a grande maioria das transferências de unidades de professores foi com destino a zona urbana, o que deixou em déficit a educação na zona rural de Barras. “O ex gestor até publicou que deixou recursos nas contas, mas a situação que recebemos é bem diferente porque até mesmo o último recurso que deu pra ‘aliviar’ foi por conta da repatriação, que não era um dinheiro planejado”, afirma Lourdes.

Somente a parcela atrasada com o INSS abocanhou quase todo o dinheiro deixado em caixa pela última gestão, inviabilizando de imediato alguns trabalhos dentro da secretaria. Na época o ex-secretário chegou a anunciar que havia deixado R$ 500 mil em caixa. Com a finalidade de retomar as aulas na zona rural, a prefeitura teve que cancelar várias portarias e retornar professores para seus lugares de origem. O erro administrativo teve uma consequência: perda de alunos e consequentemente perda de recursos do Governo Federal.

“É uma questão seríssima, mas estamos amigavelmente conversando com os professores e colocando a situação e pouco a pouco estão voltando. Sei que causa uma insatisfação, mas estão vendo que a situação é complexa pois já perdemos muitos alunos ano passado, houve uma redução de quase 4 milhões de reais”, explica a secretária.

De acordo com ela, a ex-gestão teria deixado de recolher R$ 438.883,02, que poderia ter aliviado a situação de muitos servidores. O pagamento de um 14º salário aleatório e o não pagamento das contribuições dos servidores com o INSS completam a lista da ‘desgovernada’ gestão na educação do município.

Nossa reportagem entrou em contato com o ex-prefeito, Edilson Sérvulo (O Capote), para que o mesmo se pronunciasse sobre o assunto. Porém até o fechamento desta matéria, os telefones do ex-gestor encontravam-se desligados.

Processo Seletivo

Com o quadro atual de servidores o município até consegue viabilizar grande parte do ensino, havendo necessidade de contratação de poucos profissionais que, por estarem à disposição de programas educacionais ou outras atividades, não podem ir à sala de aula. É por isso que a gestão está realizando um processo seletivo, já que estes profissionais irão apenas substituir temporariamente os professores efetivos que estão à disposição de outros setores.

24 de fevereiro de 2017

Carnaval de Barras terá desfile de blocos e reforço na segurança

Carnaval de Barras terá desfile de blocos e reforço na segurança

Este ano o carnaval da cidade de Barras promete arrastar milhares de foliões durante os quatro dias de festa. Além das bandas, que este ano tem nomes locais, regionais e até atrações como Mara Pavanelly, Taty Gil, Tatau (ex-Araketu), Nairê e Capilé, o corredor da folia está sendo preparado para melhor receber os foliões. 

Segundo o secretário de cultura do município, Germano Filho, a estimativa é que pelo menos 8 mil pessoas passem pelo corredor da folia por dia de festa. Este ano o foco da prefeitura é apoiar os diversos blocos de bairros que irão desfilar na avenida durante os dias de festa.

“A grande novidade do carnaval de Barras é que estamos devolvendo o carnaval para o povo novamente. Teremos diversos blocos saindo em vários bairros da cidade. Esse ano vamos fazer uma competição pra eleger qual os 3 melhores blocos” afirma o secretário. 

Para esta edição do carnaval, a organização já garantiu em parceria com o Governo do Estado o reforço no efetivo de Policiais Militares, Policiais Civis, Ciptran e Corpo de Bombeiros, que devem atuar principalmente nos balneários da cidade. Os blocos de rua também serão obrigados a contratar seguranças particulares, a fim de dar mais segurança e tranquilidade para festa da população barrense.

“O Governo do Estado enviará um efetivo de aproximadamente 50 agentes aqui para Barras”, explica Germano.

A decoração de natal já está pronta na maior parte da cidade e deverá ser um atrativo a mais para embelezar a festa. Todos os dias as bandas irão tocar no Corredor da Folia, que fica próximo ao balão do Clube de Ouro, em Barras. O palco será no estilo 360º, que permite a banda ficar no meio da multidão e haverá espaço reservado para uma praça de alimentação onde barracas irão atender os foliões. Para as empresas, haverá a opção de camarote corporativo.

CONFIRA A PROGRAMAÇÃO DO CARNAVAL DE BARRAS

Sexta – 24/02/2017

Abertura do Carnaval, Corso e entrega da chave da cidade para o Rei e a Rainha do Carnaval.

Corso:  Concentração no Posto General às17h

Festa Popular à partir das 22h, no corredor da folia.

Atrações:

LAPADA QUENTE

MARA PAVANELLY

OS GENIAIS

LEO CACHORRÃO

Sábado – 25/02/2017

Bloco da Saúde e Baile Carnavalesco da melhor idade

Local: Auditório Monsenhor Uchôa

Horário: 17h

Festa Popular a partir das 22h00, no corredor da folia.

Atrações:

FORRÓ KALANGO

TATY GIRL

BRUNO LIRA

Domingo – 26/02/2017

Concurso de Paredão

Festa Popular a partir das 22h00, no corredor da folia.

Atrações:

CHAPEU DE COURO

TATAU (ARAKETU)

BANDA DO ELEPHANTE

FORRÓ ABSOLUTE

Segunda – 27/02/2017

Apresentação dos Blocos de Rua – Concentração no Balão da Rodoviária

Horário: 17h00

Festa Popular a partir das 22h00, no corredor da folia.

Atrações:

FORRÓ DE LUXO

NAIRÊ

ANDERSON RODRIGUES

Terça – 28/02/2017

Apresentação dos Blocos de Sujos - Concentração no Balão da

Rodoviária

Horário: 17h00

Festa Popular de encerramento a partir das 22h00, no corredor da folia.

Atrações:

BLACK E CIA

CAPILÉ

JÚNIOR BERGER

29 de novembro de 2016

Carlos Monte concede entrevista ao ODIA e fala sobre desafios

Prefeito eleito citou metas e objetivos para sua gestão em Barras

Eleito com 52.21% dos votos válidos, para governar o município de Barras nos próximos 4 anos, o médico Carlos Monte (PTB), esteve na sede do Sistema ODia e foi entrevistado pelo repórter Zan Viana. Na ocasião, o futuro gestor que derrotou o atual prefeito Edilson Sérvulo e um grupo formado por ex-prefeitos, falou sobre a campanha acirrada que teve o município. Sobre o futuro de Barras, Carlos Monte diz ter muitos projetos e ações para realizar na terra do Marathaoan. Confira a entrevista:

ODia – O senhor tem uma carreira brilhante como médico, e ainda sim quis ser prefeito. O que o motivou a lançar sua candidatura?

Sempre me dediquei muito à minha cidade, passei um período fora, mas foi a época em que eu fui me formar em Fortaleza como médico, e depois retornei à minha terra... E estou lá, trabalhando há 36 anos, exercendo a minha profissão no cotidiano. Eu venho de uma família com certa traição política, que sempre foram envolvidos nas questões políticas e sempre gostei de me posicionar, sempre gostei de opinar... Então, acredito que pra você opinar ou falar das coisas, você precisa participar e se envolver no processo pra que você possa realmente conhecer, aquilo que você está planejando e pensando. Fui vereador por 4 mandatos e fui candidato a prefeito em 2012, mas perdi; e agora fui candidato novamente e obtive êxito.

ODia – A que o senhor atribui o êxito, e essa vitória com 52,21% dos votos?

Vamos dizer que são muitos fatores, a minha história de vida, história profissional, história política... Este tempo todo, sempre defendendo a mesma posição, defendendo as mesmas ideias... Ideias claras e bem posicionadas, onde se valoriza aquilo que a nossa terra tem de melhor e com propostas que sejam de médio e longo prazo, não sendo apenas de imediatismo e pensando sempre na qualidade de vida dos barrenses. Além disso teve o desgaste do prefeito, que fez uma administração que deixou muito a desejar e caiu no descrédito da população e juntando a estes fatores, o próprio contexto nacional também, eu creio que colaborou com isso. Esse momento que vivemos de denúncias, desse caso “Lava Jato”, e eu que sempre tive uma vida de honestidade, de seriedade, ao contrário da atual gestão municipal que vinha sendo mal falada, que as pessoas não viam bem... Acho que uma parcela imensa da população compreendeu essa mensagem, de trazer mudanças. E como eu sempre disse na campanha, é mudar não apenas o nome, mas transformar a forma de fazer uma gestão e buscar o benefício para melhorar a qualidade de vida das pessoas.

ODia – O senhor falou muito em mudanças durante a sua campanha, que mudanças seriam essas que o senhor pretende realizar no município de Barras?

Quero começar a mudar a maneira da gestão, quero fazer uma administração planejada, onde se possa ver o que se quer, onde iremos buscar resultados, a forma como iremos buscar e principalmente naquilo que nossa população reclama muito. Barras, tem um sistema de saúde caótico, que é muito reclamado pela população... Para se ter uma ideia, em todas as pesquisas que fizemos, mais de 50% dos entrevistados colocam como a primeira opção de mudança a questão da saúde. Acho que precisamos melhorar muito os investimentos em saúde, a questão da educação... Não adianta eu lhe dizer que eu tenho 11 mil alunos matriculados, se eu não tenho a qualidade do ensino destes alunos... A cidade tem aluno na 5ª série que não sabe escrever o nome... Então eu acho que nós temos que trabalhar este contexto, de colocar o aluno na escola, mas também pensar nesta qualidade.

ODia – O que o senhor considera que seja o maior desafio, para gerir o município?

Não tenho dúvidas de que o maior desafio será a saúde, pois é a grande reclamação da população. Creio que por eu ser um profissional da saúde, estando dentro do processo, sei que os recursos que a gente recebe do ministério precisam ser otimizados, se não for calculado e planejado a pessoa se perde no imediatismo, no improviso e não alcança aquele resultado desejado. Isso não quer dizer que outras coisas não sejam importantes, como a questão da ação social... Barras é uma cidade muito pobre, então nós temos que ver esse lado das pessoas mais carentes, é uma cidade que hoje possui uma deficiência monstruosa de infraestrutura, mobilidade urbana, esgotamento, qualidade da água... Então são muitos os desafios que nós vamos ter que enfrentar.

O Dia – O senhor acredita que a gestão que vai se encerrar pecou muito neste sentido?

Pecou sim, a gestão não tinha um pensamento definido, um foco... Ela ficou engatinhando atrás de uma coisa e de outra sem buscar realmente aquilo que é o que a população está precisando.

O Dia – Como o senhor pretende fazer pra administrar Barras em meio a esta crise que assola os municípios em todo o país?

Estamos pensando muito nisso, estamos preocupados com essa emenda que está vindo ai, pois uns dizem uma coisa e outros dizem outras... Mas só em congelar os recursos da forma que estão dizendo, já podemos imaginar as dificuldades que os municípios irão passar. Até mesmo porque está sendo congelado em um patamar inferior, então como é que eu quero ofertar mais serviços com os mesmos recursos? Então aí nós vamos ter que fazer enxugamentos e vamos ter que trabalhar a prioridade, e vamos ter que saber escolher a prioridade e trabalhar em cima dela... Ou seja iremos usar o pouco, pra produzir o máximo que pudermos em cima disso e em beneficio para a população.

ODia – Como o senhor avalia a sua campanha e a sua vitória?

Veja bem, a minha campanha foi feita com muita dificuldade, a questão financeira e a questão de estrutura de campanha, a logística da campanha... Não foi fácil! Agora, eu consegui passar para a população aquilo que eles estavam esperando. Aquela mensagem de esperança, de fazer uma modificação, uma transformação na forma de administrar o município e para isso eu consegui atingir um objetivo muito forte que foi a conquista da nossa juventude. Eu tive um apoio muito importante da nossa juventude através de propostas concretas para fazer com que a juventude participe deste processo, então eu acho que isso ai contou bastante.

ODia – Dr. Carlos, como é que o senhor vê Barras no contexto estadual?

Barras é conhecida como a terra dos governadores, como terra dos intelectuais e eu acho que perdeu muito disso... Tem 30 anos que o mesmo sistema político manda, esse sistema se deteriorou e as questões pessoas e individuais ficaram acima das questões do município, então o que devemos fazer é devolver o município para a sua população, que não fique restrita a grupos ou a vaidades pessoais. Queremos fazer um governo participativo, onde estaremos permanentemente junto com a população andando, conversando e fazendo aquilo que nós achamos que tem condição de oferecer qualidade de vida. Se você for gestor e você não puder melhorar a qualidade de vida da sua população, não fez o que deveria ter feito! E é isso que nós vamos fazer.

ODia – Pra finalizar, gostaríamos que o senhor deixasse uma mensagem ao povo de Barras

A mensagem é um reflexo daquilo que já fizemos durante a campanha, uma mensagem de esperança, uma mensagem de trabalho, uma mensagem de coerência com aquilo que a gente fez a vida toda. Quero dizer, que sabemos das dificuldades, sabemos que vamos contrariar interesses, mas estamos firmes para fazer o possível para melhorar a qualidade de vida do povo de nossa terra.

07 de novembro de 2016

Governador visita obra do sistema de esgotamento em Barras

Governador visita obra do sistema de esgotamento em Barras

A Agespisa está executando a obra de implantação do sistema de esgotamento sanitário da cidade de Barras, localizada a 126 quilômetros ao Norte de Teresina, onde estão sendo investidos R$ 7,5 milhões, provenientes da Fundação Nacional de Saúde (Funasa), com contrapartida do Governo do Piauí. Serão implantados 9,3 quilômetros de rede coletora e 940 ligações domiciliares que irão beneficiar cerca de cinco mil habitantes. Na manhã desta sexta-feira (4), às 8h40, o governador Wellington Dias visita o canteiro de obras do sistema.

“Vamos garantir uma cobertura de cerca de 20% dos serviços de esgotamento sanitário em Barras”, afirma o presidente da Agespisa, Raimundo Nonato Trigo, sobre essa primeira etapa de construção.

A obra de implantação do sistema de esgotamento sanitário de Barras compreende a construção de uma estação de tratamento de esgoto, composta por uma lagoa facultativa,  uma lagoa de maturação e um laboratório para análises; e a construção de uma estação elevatória.

O projeto prevê ainda a implantação de 9,3 quilômetros de rede coletora em tubos de PVC e 940 ligações domiciliares que irão beneficiar cerca de cinco mil habitantes.

O projeto de esgotamento sanitário de Barras é completamente sustentável e não vai causar agressão ao meio ambiente. As lagoas de tratamento, chamadas lagoas de estabilização, vão utilizar energia solar para tratar o esgoto coletado.

Atualmente, o serviço de tratamento de esgoto é oferecido em apenas seis cidades do Piauí: Teresina, Altos, Parnaíba, Oeiras, Picos e Corrente, com um percentual de 11,7% em todo o estado. “Essa obra vai representar um avanço na cobertura de esgotamento sanitário existente no Piauí”, concluiu Raimundo Trigo.

06 de agosto de 2015