• Unimed
  • assinatura jornal
Oeiras

Educação Ambiental é tema de seminário em Oeiras

Educação Ambiental é tema de seminário em Oeiras

11/08/2017 10:08h - Atualizado em 11/08/2017 10:21h

Educação Ambiental. Este foi o tema central de um seminário realizado nesta quinta-feira, 10, em Oeiras. Promovido pela Secretaria Municipal de Educação (Semed) e Secretaria Municipal da Agricultura, Recursos Hídricos e Meio Ambiente (Sema), em parceria com oInstituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), o seminário foi destinado a professores, agentes de endemias e profissionais de saúde do município.

De acordo com o médico veterinário Fabiano Pessoa, analista do Ibama, a proposta é promover a utilização da educação ambiental como ferramenta de combate ao tráfico de animais silvestres e prevenção de zoonoses através da integração entre o Ibama, a rede municipal de ensino e agentes públicos.

“O Piauí é um estado rico em biodiversidade e ainda existe uma pressão cultural muito grande da sociedade de capturar esses animais silvestres, que deveriam estar em liberdade, cumprindo seu papel biológico na natureza. Mostramos para a sociedade o prejuízo ambiental de retirar esse animal silvestre da natureza, tanto para o indivíduo como para o Meio Ambiente”, explica Fabiano Pessoa.

Denominado ‘Liberdade e Saúde’, o projeto do Ibama tem o propósito de informar e conscientizar estudantes da rede pública de ensino sobre o papel que os animais silvestres exercem em seu habitat, destacando a importância deles para a manutenção do equilíbrio ambiental. “O animal silvestre é um elo importante na manutenção do equilíbrio ecológico e podem oferecer riscos ao ser humano, através da transmissão de zoonoses”, lembra o médico veterinário.

O seminário foi divido em eixos – ‘Tráfico de Animais Silvestres: histórico, causas e consequências’, mediado pelo médico veterinário, doutor em Ciência Animal e analista ambiental do Ibama, Sandovaldo Moura; ‘Zoonoses silvestres e sua relação com o tráfico de animais’, abordado pelo médico veterinário, especialista em Saúde Pública e analista ambiental do Ibama, Fabiano Pessoa, e ‘Ações de proteção ao Meio Ambiente desenvolvidas no município de Oeiras’, tema tratado pelo Departamento Municipal de Meio Ambiente e pela Secretaria Municipal de Educação.

Durante o seminário, que contou com a participação da Banda Geração Jovem, formada por alunos da Escola Municipal Juarez Tapety, foram apresentados gibis, jogos, vídeos e outros materiais didáticos idealizados e produzidos pelos analistas do Ibama. “O desafio do IBAMA foi elaborar materiais didáticos que pudessem permitir a sociedade conhecer esse problema, que o IBAMA enquanto instituição já conhecia. Queremos criar uma nova cultura nas crianças de Oeiras, do Piauí, que não queiram capturar, atirar com a baladeira, manter um animal preso dentro de casa. E com isso, acabar com a cultura de querer ter um animal silvestre preso dentro de casa”, frisa Fabiano Pessoa.

Os materiais didáticos idealizados pelos analistas ambientais foram entregues aos profissionais participantes do seminário para serem aplicados nas escolas. “Queremos formar multiplicadores, pois sabemos que na base tem o professor e o pedagogo, que com esse material vão elaborar outros materiais. Eles têm toda a didática pedagógica para inserir essa informação dentro da escola. Então, a criança vai ter essa informação trabalhada no seu universo escolar, na sua formação e, certamente, ela vai levar essa informação para dentro da sua residência”, conclui o analista do Ibama. 

Fonte: Ascom

Deixe seu comentário

Tags: oeiras, evento,