• BSL NE
  • VIP TAXI teresina
  • bbrock
  • assinatura jornal

Jeff Bezos está a US$ 5 bi de superar Bill Gates como homem mais rico do mundo

Com aumento no valor das ações da Amazon, CEO teve acréscimo de US$ 1,8 bilhão em fortuna. Recentemente, executivo pediu ideias para estratégias filantrópicas

19/06/2017 11:15h

Jeff Bezos, o fundador e CEO da Amazon, está a US$ 5 bilhões de se tornar o homem mais rico do mundo, posto ainda guardado por Bill Gates.  A fortuna de Bezos ganhou acréscimo de US$ 1,8 bilhão graças a um aumento no valor das ações da Amazon, que recentemente anunciou que está comprando a rede de mercados Whole Foods. 

Atualmente, a fortuna de Bezos está estimada em US$ 84,6 bilhões, um valor que superou as economias do magnata espanhol do varejo, Amancio Ortega, hoje com US$82,3 bilhões e o terceiro homem mais rico do mundo. 

Aos 53 anos, o principal nome por trás da Amazon não dá sinais que pretende diminuir o ritmo. O executivo é famoso por seu compromisso em tratar cada dia na gigante do varejo online como se a companhia estivesse em estágio inicial. A companhia também tem concentrado esforços em adotar e desenvolver tecnologias emergentes, como inteligência artificial, drones e robôs. Ao mesmo tempo, Bezos garante seu nome na história da exploração espacial privada com a Blue Origin, que tem como objetivo habilitar voos espaciais turísticos.  

Já o atual homem mais rico, Gates, 61 anos, deixou o cargo de CEO da Microsoft em 2000 e desde então tem dedicado seu tempo a atividades filantrópicas, investindo nelas boa parte de seu dinheiro. Em 2010, criou com Warren Buffet (quarto homem mais rico do mundo) a  Giving Pledge, que pede a bilionários doarem parte de seu dinheiro ao longo de suas vidas. Mais de 150 nomes assinaram o acordo. Bezos não é um deles. 

Entretanto, Bezos também tem mostrado interesse em projetos filantrópicos. Recentemente, usou o Twitter para pedir ideias para uma estratégia filantrópica. Sua publicação na rede social gerou quase 4 mil respostas em três horas. As recomendações variavam de programas alimentares para crianças, proteção de florestas à ajuda aos sem-teto.

Fonte: Terra

Deixe seu comentário