• Unimed
  • assinatura jornal

Policial tem casa incendiada e bandidos levam munição de pistola

Tenente reformado de São João do Piauí foi vítima de ação de criminosos. Polícia acredita que ação foi represália.

19/06/2017 11:18h - Atualizado em 19/06/2017 11:29h

O tenente Djalma Alves, lotado na cidade de São João do Piauí, teve sua casa furtada e incendiada durante a noite de sábado (17). A polícia acredita que o crime foi uma forma de represália a diversas prisões de traficantes de drogas que o PM fez na região. Os bandidos levaram uma televisão e uma caixa de munições .40 e fugiram.

(Foto: Divulgação/ PM)

O capitão Edilson Sousa, comandante da Polícia Militar de São João do Piauí, destaca que o caso tem características de crime premeditado. O tenente saiu de sua casa, um sítio onde mora sozinho, por volta das 22h. Menos de duas horas depois uma viatura da Força Tática passava pela região e os policiais avistaram a casa em chamas. Eles logo acionaram os bombeiros, que estavam na cidade por ocasião dos festejos de São João Batista.

Os bandidos invadiram o local arrombando uma porta nos fundos da casa, furtaram uma televisão e uma caixa de munições para pistola e usaram gasolina para atear fogo a casa. “Os bombeiros tentaram apagar, mas fogo consumiu muito rápido por conta da gasolina, e o tenente praticamente perdeu tudo: móveis, televisão, ar condicionado...”, relata o capitão Edilson, que afirma que a PM da cidade está a procura dos responsáveis. “Tudo indica que fizeram isso devido a ele ter feito algumas prisões de traficantes, pode ser um tipo de represália”, comenta o capitão.

O tenente, que estava de volta à ativa a cerca de três meses, está agora hospedado no quartel da Polícia Militar. Os policiais têm feito uma campanha para ajudar o policial a recuperar sua casa. “Se deus quiser nós vamos reerguer a casa dele logo, logo”, disse o capitão Edilson.

Edição: Nayara Felizardo
Por: Andrê Nascimento

Deixe seu comentário