• Marcas Inesquecíveis 2018 02/02
  • assinatura jornal 2018

Notícias Da Arquibancada

23 de fevereiro de 2018

Lutador Daniel Beleza ministra seminário de jiu-jitsu neste sábado

O Senimário acontece a partir das 16h no Centro de Lutas Olímpicas Sarah Menezes

Neste final de semana os amantes da arte suave terão a oportunidade de trocar conhecimentos. Um seminário de jiu-jitsu com o atleta multicampeão Daniel Beleza, de 41 anos, um dos principais nomes do país na categoria faixa preta máster. O seminário acontece neste sábado à partir das 16h, no Centro de Lutas Olímpicas Sarah Menezes, no Bairro Saci.

Atleta Daniel Beleza estará em Teresina (FOTO: Reprodução)

De acordo com o presidente Iago Sampaio, da Federação Piauiense de Lutas Profissionais (FPLP), Daniel Beleza é umas referencias nos tatames e ressalta seu currículo como prova disso. “Três vezes campeão mundial máster, cinco vezes campeão pan-americano e duas vezes vice-campeão internacional adulto fora outros inúmeros resultados internacionais”, disse Iago.

Daniel Beleza atualmente mora na Califórnia, nos Estados Unidos e está de férias em Fortaleza, sua terra na natal e onde também teve seus primeiros contatos com o tatame através da equipe SAS, do Sasinho. Dentro da modalidade, Daniel também é uma das referências de longevidade, pois apesar da idade ainda participa de competições da IBJJF principal e maior federação do jiu-jitsu mundial.

“A intenção é promover maior interação entre as equipes do estado, tanto que o seminário será aberto, e com certeza vai ser um seminário de grande valia e alta qualidade, pois é um atleta de elite da IBJJF que é a maior federação de jiu-jitsu do mundo”, explicou Iago Sampaio.

22 de fevereiro de 2018

Altos demite Waldemar e contrata Paulinho Kobayashi para o comando

Kobayashi retorna ao Altos e deve se apresentar ao grupo amanhã (23).

O Altos vive uma semana movimentada. Após a eliminação na Copa do Brasil para o Bragantino, em que o time saiu de campo com uma derrota por 1x0, a diretoria decidiu não contar mais com o trabalho de Waldemar Lemos e sua comissão técnica e sem perder tempo anunciaram o treinador Paulinho Kobayashi como novo comandante, o nome é velho conhecido da equipe, pois se sagrou campeão Piauiense com o Jacaré em 2017. Kobayashi estava no Imperatriz, do Maranhão, mas foi demitido há algumas semanas.

De acordo com o presidente do Altos, Warton Lacerda, o momento é de sacudir um pouco esse elenco e para isso não se descarta a possibilidade de dispensas para se fazer novas contratações. “Existe a possibilidade de mudanças. Sendo sincero a gente fez um esforço fora do normal para que as coisas acontecessem. Uma pré-temporada bem organizada e planejada então ajustes serão feitos e precisam ser feitos”, ressaltou o cartola.

Paulinho Kobayashi assumiu o Altos em 2017 no primeiro jogo do returno e se tornou campeão Piauiense junto com o time. Paulinho conhece parte dos atletas que estão no elenco, pois trabalho com o time durante a disputa da Série D do Brasileiro, em que acabaram sendo eliminados na segunda fase.

Waldemar Lemos deixa o Altos após oito jogos. Ao total, duas vitorias, três empates e três derrotas. Os números acabam pesando contra o treinador. Seis gols marcados e oito gols sofridos. O próximo compromisso do time será no domingo (25) quando o Jacaré recebe o Parnahyba, às 16h, no estádio Felipão, em Altos. Paulinho Kobayashi deve se apresentar oficialmente ao elenco amanhã (23). 

Kobayashi retorno ao Altos (FOTO: Luís Junior)

Dirigente chora ao anunciar demissão de Waldemar Lemos do Altos

A demissão foi por conta da eliminação na Copa do Brasil na noite de ontem (21) para o Bragantino

Waldemar Lemos e sua comissão não estão mais a frente da equipe do Altos. A noticia foi confirmada durante o desembarque da equipe pelo Diretor de Futebol do Altos, Ricardo Pereira, que não conteve as lagrimas após confirmar a demissão do técnico. O Jacaré foi eliminado da Copa do Brasil na noite de ontem (21), pois perdeu para o Bragantino por 1x0, com gol marcado aos 49 minutos do segundo tempo por Léo Jaime. Agora, o time tem Campeonato Piauiense e Série D do Brasileiro pela frente, além de remotas chances de avançar de fase na Copa do Nordeste. 

Ricardo Pereira chora ao falar da demissão do treinador (FOTO: Assis Fernandes)

Às lagrimas, Ricardo Pereira confirmou a demissão de Waldemar Lemos, que apesar da saída por conta da falta de resultados o dirigente resumiu como um homem de trabalhador. “Ele é um cidadão. Um trabalhador”, disse.

“Nós tivemos uma reunião eu e presidente (Warton) ontem a noite, não era nossa intenção, mas a gente entende que futebol é sequencia de resultados e com essa eliminação nos não vamos mais contar com Waldemar Lemos” disse Ricardo Pereira bastante emocionado.

Ricardo se despede do treinador Waldemar Lemos (FOTO: Assis Fernandes)

De acordo com o presidente do Altos, Warton Lacerda, o momento é de sacudir um pouco esse elenco e para isso não se descarta a possibilidade de dispensas para se fazer novas contratações. “Existe a possibilidade de mudanças. Sendo sincero a gente fez um esforço fora do normal para que as coisas acontecessem. Uma pré-temporada bem organizada e planejada então ajustes serão feitos e precisam ser feitos”, ressaltou o cartola.

Waldemar Lemos deixa o Altos após oito jogos. Ao total, duas vitorias, três empates e três derrotas. Os números acabam pesando contra o treinador. Seis gols marcados e oito gols sofridos. O próximo compromisso do time será no domingo (25) quando o Jacaré recebe o Parnahyba, às 16h, no estádio Felipão, em Altos. 

21 de fevereiro de 2018

Altos enfrenta Bragantino buscando vaga na 3ª fase da Copa do Brasil

O jogo do Jacaré contra o time Paulista será às 20h30min, em Brangança Paulista

A equipe do Altos entra em campo daqui a pouco para mais um desafio na temporada. O time de Waldemar Lemos enfrenta o Bragantino (SP), às 20h30min, no estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista. A partida define quem avança para a 3ª fase da Copa do Brasil. A vitória garante o time piauiense e caso o jogo termine no empate no tempo normal a definição acontece nos pênaltis. Quem avançar enfrenta o Vitoria (BA).

O Altos encara o Bragantino pela Copa do Brasil (FOTO: Elias Fontenele)

O Altos chega com um desfalque importante para a partida que é o volante Marconi, lesionado. Além disso, o lateral-direito de oficio Jean não foi relacionado para partida e Wagner deve voltar a atuar na posição. Um setor que vem sem alterações e em crescente na temporada é a zaga que tem Leone e Everton como xerifes.

“Essa crescente é frito de trabalho muito forte que temos também com todo o grupo, pois nós somos muito unidos e isso faz com que o trabalho seja melhor e confiamos uns nos outros. Estamos cientes que esse jogo é bom para todos nos atletas e também para clube”, disse zagueiro Everton.

A equipe do Bragantino está em segundo lugar do seu grupo no Campeonato Paulista, com nove pontos. Em oito jogos tem duas vitorias, três empates e três derrotas. O líder é o atual campeão brasileiro Corinthians. O zagueiro do Jacaré destaca a boa fase do adversário, mas lembra que o grupo está focado.

“O time do Bragantino está muito bem no Estadual então precisamos entrar em campo focados. A Copa do Brasil nessa fase é decidida em um jogo então não teremos outra oportunidade”, explicou Everton.

A baixa de Marconi pode fazer com que o treinador Waldemar Lemos opte por uma formação com Roger Gaúcho e Esquerdinha no meio de campo, optando por Manoel e Joelson à frente, sem Américo.

O Altos busca uma classificação inédita até a terceira fase da Copa do Brasil. O time está em sua segunda participação na competição e em 2017 foi eliminado na 2ª fase. O jogo entre Bragantino e Altos acontece ás 20h30min, no estádio Nabizão, em Bragança. A arbitragem será de Daniel Nobre, que vai ter Leirson Peng e Jorge Eduardo como assistentes. 

Amarildo se despede de Galo e não poupa críticas a antiga diretoria

O volante vai para Club Destroyers, da Bolívia e ontem se despediu de companheiros e torcedores do Galo

Ontem (20) foi dia de reapresentação no Poleiro do Galo, mas dessa vez o retorno foi em clima de despedida. O volante Amarildo, um dos ídolos da torcida e referência na equipe há quatro temporadas se despediu do clube e agora irá reforçar o Club Destroyers, da Bolívia, que disputa a 1ª divisão. Em sua última entrevista como jogador do Galo Amarildo relembrou os bons momentos com a camisa Tricolor, falou de ressentimentos e deixou em aberto se seria um tchau ou um até breve. 

Amarildo vai jogar na Bolívia (FOTO: Elias Fontenele)

"Eu só tenho o que agradecer ao River e aos treinadores que passaram e a diretoria nem todos merecem agradecimentos. Estou saindo de cabeça erguida e feliz por uma nova oportunidade e triste por estar deixando um clube no qual eu tenho um carinho enorme, mas estou buscando novos ares para minha vida”, conta Amarildo.

Amarildo é um dos xodós da torcida Riverina e chegou a receber título de cidadão Teresinense no ano de 2016. O jogador chegou ao River em 2014 e teve somente uma breve saída em 2017, mas retornou no mesmo ano. No Galo, Amarildo foi tricampeão Piauiense e também participou do histórico acesso até a Série C do Brasileiro em 2015. 

Vinculado ao clube por muitos anos o jogador em vários momentos frisou as pendencias que o clube do River, que segundo ele ficam. "Foram quase três semanas pensando nisso junto com a família antes de realmente tomar a decisão e eu vi que estava na hora de sair um pouquinho. O que poucos sabem é que o Amarildo sai, mas ficam pendencias, né? Então não adianta jogar a responsabilidade para diretoria nova e quem deve é quem estava aqui e infelizmente não apareceram para falar nada e fica essa chateação. Espero que o novo presidente consiga honrar com seus compromissos como vem fazendo”, acrescentou o volante.

Os companheiros de Amarildo lamentaram a perda de uma pessoa tão unida ao grupo, mas desejaram boa sorte no novo desafio. "O Amarildo é um grande amigo que eu fiz no Piauí. A gente joga contra desde 2013 e fiquei muito feliz quando recebi o convite do River, até brinquei que até que enfim vou jogar ao seu favor. Mas a gente fica feliz por um lado, pois vai jogar uma primeira divisão lá fora e fica triste por perder um companheiro de equipe tão querido”, destacou o zagueiro Marlon.

18 de fevereiro de 2018

Goleiro Naylson sai de campo de ambulância e passa por cirurgia na tíbia

O goleiro do 4 de Julho passou por uma cirurgia na noite de ontem (17), após ser constata uma fratura na tíbia direita.

Na noite de ontem (17) Piauí e 4 de Julho se enfrentaram pela 4ª rodada do Campeonato Piauiense. O Enxuga-Rato saiu de campo com uma vitória por 3x2, com três gols marcados por Erinaldo. Os gols do Colorado foram marcados por Maicon Douglas e Raphael Freitas, mas o protagonista da partida acabou sendo o goleiro Naylson, do 4 de Julho, que no lance do segundo gol do Piauí acabou recebendo uma entrada forte do atacante e saiu do estádio de ambulância com fortes dores e a perna sangrando, direto para o Hospital de Urgência de Teresina (HUT).

Naylson fraturou a tíbia no lance do segundo gol (FOTO: Josiel Martins/GePI)

Naylson teve uma fratura exposta na tíbia direita e passou por cirurgia ainda na noite de ontem (17), mas agora está medicado e passa bem. O goleiro deve ter alta nas próximas horas. Através das redes sociais Naylson buscou tranquilizar os amigos e familiares.

“Cirurgia foi um sucesso graças ao meu bom Deus. Agora é recuperar para logo voltar a fazer o que eu mais gosto”, escreveu o Camisa 1.

O lance aconteceu aos 13 minutos do primeiro tempo e resultou no segundo gol do Piauí e de Erinaldo Junior na partida. Ao ver o companheiro no chão os jogadores do 4 de Julho começaram a pedir anulação do gol alegando falta em Naylson.

De acordo com o jogador, a cirurgia foi simples e uma placa foi inserida na tíbia direita para que o osso retorne ao local correto e a agora a expectativa gira em torno da recuperação do atleta, que segundo ele deve ser feita em Teresina mesmo. O período fora dos gramados deve ser longo, mas depende também da resposta de Naylson a recuperação. A previsão inicial é de quatro meses para retornar aos gramados. 

16 de fevereiro de 2018

Cicero Monteiro pede desligamento do 4 de Julho; Paolo assume interinamente

A diretoria confirmou a saída do treinador e que uma reunião antes do treino de hoje oficializa Paolo por enquanto.

Cicero Monteiro não é mais o técnico do 4 de Julho, de Piripiri. O treinador pediu desligamento da equipe na manhã de hoje (16) após conversar com alguns membros da diretoria, o auxiliar técnico Paolo Rossi assume interinamente. O 4 de Julho atualmente é o quinto colocado do Campeonato Piauiense com dois pontos conquistados em três jogos. A notícia pegou a diretoria de surpresa, mas segundo Valdenor não existe pressa para o novo nome. O Colorado entra em campo no sábado (17) para enfrentar o líder Piauí, ás 16h, no estádio Albertão, em Teresina.

Cicero Monteiro não está mais a frente do 4 de Julho (FOTO: Reporter10)

“Recebi a ligação hoje pela manhã dele (Cicero) pedindo o desligamento do clube e os motivos foram poucos compreensíveis acredito eu que ele já tem uma proposta que achou mais interessante, mas por enquanto o professor Paolo Rossi assume interinamente e nós vamos procurar um novo treinador para o 4 de Julho com calma”, disse o diretor Valdenor.

O treinador natural de Pernambuco deixa o clube piauiense após três partidas do Estadual. O time tem dois empates e uma derrota e apenas dois pontos somados no campeonato, total de 22,2% de aproveitamento. O time além de não conquistar uma vitória na temporada também não marcou nenhum gol. O Colorado tem um calendário um pouco mais completo em relação aos outros times do estado por que vai disputar também a Série D do Brasileiro.

De acordo com Valdenor a notícia pegou a diretoria de surpresa, mas foi aceita sem problemas para ambos os lados. O diretor ainda afirmou que o 4 de Julho pretende se reforçar nas próximas semanas e o foco é o setor ofensivo. “Devemos contratar principalmente nessa linha de frente. Estamos de olho no Campeonato Cearense que vai ter definições nesse fim de semana, pois queremos pegar atletas que estavam em atividade”, explicou Valdenor.

Na tarde de hoje (16) Paolo Rossi assume a equipe oficialmente e vai acontecer uma reunião com elenco explicando a situação. O 4 de Julho entra em campo neste sábado (17) para enfrentar o Piauí, às 16h, no Albertão, em Teresina. O jogo é valido pela 4ª rodada do Campeonato Piauiense. 

Waldemar Lemos lamenta falta de gols do Altos: “Esperança de que saiam”

A equipe perdeu para o Bota-PB por 1x0 na Copa do Nordeste e segue lanterna do seu grupo.

O Altos mais uma vez pagou pela falta de gols marcados. Na partida diante o Botafogo-PB, que aconteceu na noite de ontem (15) o time saiu de campo com uma derrota por 1x0  e a falta de finalização e agressividade do setor ofensivo voltou a ser um problema. Entre os jogadores e comissão técnica fica a esperança de essa primeira vitória na Copa do Nordeste aconteça e que os gols comecem a sair.

Waldemar Lemos lamentou resultados negativos (FOTO: Assis Fernandes)

O Altos atualmente tem Américo, Manoel e Joelson como referências no setor ofensivo, mas até então Manoel e Joelson tem um gol marcado cada em seis jogos na temporada. “Sabemos que pegamos uma equipe qualificada que é o Botafogo, mas a gente vem trabalhando todos os dias para que nos jogos tenhamos a tranquilidade de marcar os gols, mas infelizmente a gente teve pouca oportunidade de gol e agora é esperar que a chances que tenhamos a gente possa fazer”, declarou Joelson.

A pressão no setor ofensivo é comum, principalmente quando os gols não saem . O Altos ainda tem Dudu e Rogélio Ávila, que fez sua estreia no time ontem (15) como opções, mas nenhum dos atletas vive grande fase. Apesar disso, o treinador do Jacaré, Waldemar Lemos, frisa o trabalho e o esforço de todos esses atletas e que a esperança é de que os gols comecem a sair nos próximos jogos.

O Altos desembarcou hoje (16) no estado (FOTO: Assis Fernandes)

“Fizemos uma boa partida, mas mais uma vez não fizemos os gols que poderíamos ter feito, mas isso não é falta de trabalho ou mesmo de empenho de ninguém. A finalização ela existe e se elas são boas ou ruins é outra história, mas o importante é que a gente não fica creditando nada ao acaso e sim ao trabalho”, explicou Waldemar Lemos.

Com o resultado, o Altos amarga a lanterna do Grupo C com apenas um ponto. O Bota-PB é o líder com 100% de aproveitamento e nove pontos. O segundo lugar é do Bahia e logo em seguida está o Náutico com um ponto somado, mesma pontuação do time piauiense. 

15 de fevereiro de 2018

"Fica a frustração”, diz Joelson após nova derrota do Altos no Nordestão

O atacante lamentou a derrota do Altos por 1x0 na noite de ontem (15) diante o Bota-PB

O Altos conheceu uma nova derrota na Copa do Nordeste na noite de ontem (15). O time de Waldemar Lemos perdeu para o Botafogo-PB, em João Pessoa e com isso vê a classificação para próxima fase da competição nordestina bem distante. A derrota por 1x0 deixou um sentimento de frustração entre os jogadores, não somente pelo resultado negativo, mas também pela boa partida que o time fez até tomar o gol. O Altos volta a campo pela Copa do Nordeste no dia 12 de março quando recebe o Botafogo-PB, em Teresina.

Para o atacante Joelson o resultado negativo não era o esperado, mas o atleta prefere pensar nos três jogos que restam como forma de recuperação na competição. “Foi um jogo onde nossa equipe foi muito bem, mas não conseguimos vencer, porem ainda temos chances e vemos trabalhar ainda mais para podermos classificar”, disse Joelson

O Altos esteve melhor do que o Botafogo durante quase todo o jogo e em especial no primeiro tempo, mas o time tinha a bola e não finalizava então as chances de marcar ficaram distantes e jogo do Altos acabou se resumindo em muita posse de bola e poucos chutes a gol.  A partida também marcou atuações acanhadas de Américo, Manoel e Joelson. No segundo tempo o técnico Waldemar Lemos ainda mexeu no setor e promoveu a entrada dos atacantes Rogélio Ávila e também Dudu, mas o time não respondeu.

“Fica aquela sensação de frustração pelo jogo que fizemos, mas não temos que ficar lamentando e sim buscar trabalhar ainda mais para garantir essa classificação”, afirma o atacante.

O Altos chega ao Piauí hoje (16) e retornar aos treinamentos pensando no jogo pela Copa do Brasil contra o Bragantino, que acontece no dia 21 de fevereiro, em Bragança Paulista. Depois disso, o time tem compromissos pelo Campeonato Piauiense nos dias 25 e 28 de fevereiro.

                                                                                                                   

Altos perde para Botafogo-PB e vê classificação na Copa do Nordeste distante

Em João Pessoa, o Altos perdeu o jogo por 1x0 e segue lanterna do Grupo C no Nordestão.

A equipe do Altos chegou a sua segunda derrota consecutiva na Copa do Nordeste. Na noite de hoje (15) o Jacaré até resistiu bem, mas acabou saindo do estádio Almeidão, em João Pessoa com uma derrota por 1x0 para o Botafogo-PB, com gol marcado por Dico, aos 28 minutos do segundo tempo. Com o resultado, o Altos se afunda na tabela do Grupo C e tem somente um ponto somado em três jogos e a classificação para as quartas de final do Nordestão ficou distante.

Jogadores do Bota-PB comemoram gol da vitória (FOTO: Reprodução)

Em compensação, o Belo segue invicto na Copa do Nordeste e com 100% de aproveitamento, são nove pontos conquistados em três jogos. O Altos teve maior posse de bola e domínio de jogo principalmente no primeiro, mas no segundo tempo teve uma queda de rendimento. Com isso, o adversário cresceu na partida e jogando dentro de casa começou a buscar incisivamente o gol, e nesse momento o setor defensivo formado por Everton, Leone e o goleiro Gideão foi fundamental na partida evitando um placar ainda mais elástico.

O gol do Belo saiu aos 28 minutos em boa finalização de Dico, que entrou em campo no segundo tempo no lugar de Humberto, ex-River. Depois do gol, o Altos teve uma pequena crescente, mas esbarrava nas dificuldades de finalização com Manoel e Joelson. O treinador do Alviverde, Waldemar Lemos, testou algumas mudanças e promoveu a entrada de Rogélio Ávila e Dudu no lugar de Manoel e Américo, porém o setor ficou ainda mais sumido em campo e teve oportunidade de chegar ao empate apenas em jogadas de bola parada.

O Botafogo-PB tem nove pontos e é líder isolado do Grupo C, seguido por Bahia com três pontos e Náutico e Altos com um ponto cada, mas Bahia e Náutico ainda se enfrentam pela 3ª rodada no dia 22 de fevereiro. O Altos tem uma folga na Copa do Nordeste e entra em campo no dia 21, próxima quarta-feira, pela Copa do Brasil quando enfrentam o Bragantino, em São Paulo.

Altos tenta superar líder Botafogo-PB pela Copa do Nordeste

A partida acontece hoje (15), às 19h, em João Pessoa. O Altos precisa vencer para se recuperar na competição

A equipe do Altos embarcou na madrugada da quarta-feira de cinzas para o confronto diante o Botafogo, da Paraíba, que acontece hoje (14), ás 19h (horário local), no estádio Almeidão, em João Pessoa. A partida é válida pela 3ª rodada da fase de grupos da Copa do Nordeste e a equipe paraibana é líder do Grupo C, com seis pontos, enquanto os piauienses são lanternas, com um ponto somado mesma pontuação do Náutico.

Atacante Joelson deve estar entre os titulares (FOTO: Elias Fontenele)

O Jacaré precisa vencer para se recuperar na competição nordestina. Em dois jogos o time acumula um empate diante o Náutico e uma derrota contra o Bahia (2x0). A partida é a terceira da fase de ida e agora os piauienses tentam se recuperar na tabela jogando fora de casa e assim tirar pontos do líder do grupo.

O Belo vive bom inicio de temporada e é um dos únicos invictos do país. Ao total, são dez jogos disputados entre Campeonato Paraíbano, Copa do Brasil e Copa do Nordeste e nenhuma derrota. A partida de hoje (15) pode definir a vida do time na competição e encaminhar uma classificação até as quartas de final da Copa do Nordeste e afundar ainda mais o Altos na disputa do Nordestão. 

Para a partida o time não vai contar ainda com as estreias dos laterais recém contratados Toty, lateral-direito e Thiaguinho, lateral-esquerdo, que não foram sequer relacionados. A novidade é o nome do atacante Rogélio Ávila, que se recuperou de lesão e talvez tenha oportunidade de estrear com a camisa do Altos, pois ganha espaço do elenco após o pedido de desligamento de Bruno Aquino.

A partida entre Botafogo -PB e Altos terá arbitragem do maranhense Ranilton Oliveira de Sousa, auxiliado por Ivanildo Gonçalves da Silva e Djavan Costa da Silva.

RELACIONADOS DO ALTOS PARA JOGO COM O BOTAFOGO-PB

GOLEIROS: Gideão e Jaílson
LATERAIS: Jefferson e Jean
ZAGUEIROS: Alisson, Everton e Leone
VOLANTES: Dos Santos, Douglas, Marconi e Netinho
MEIAS: Dudu, Esquerdinha, Vagner e Roger Gaúcho
ATACANTES: Américo, Joelson, Manoel e Rogélio Ávila

14 de fevereiro de 2018

Treinador do Flamengo aproveita folga na tabela para reestruturar elenco

O zagueiro Índio participou das atividades. O meia Thiago Marabá deve se integrar ao elenco nos proximos dias

A equipe do Flamengo só volta a campo pelo Campeonato Piauiense no dia 25 de fevereiro quando encara o 4 de Julho, no estádio Albertão, em Teresina. Até lá, o treinador Jorge Pinheiro tenta reestruturar o time que passou por mudanças na formação do elenco nos últimos dias. Na tarde de ontem (14) o Leão realizou treino no Jockey Club e buscando manter ritmo a equipe fez jogo treino contra o sub19. O recém-chegado zagueiro Índio já esteve entre os titulares e a diretoria confirmou que o meia Thiago Marabá deve se apresentar nos próximos dias.

Zagueiro Índio já treina no Rubro-negro (FOTO: Jailson Soares)

“Houve esse desligamento um número muito alto de atletas e precisamos fazer essa reposição logo e essa passagem de fase da equipe do Altos nos beneficiou com um tempo a mais aproveitamos para fazer um pedido de cinco contratações a diretoria, e de jogadores que conheçam o futebol do Piauí”, disse Jorge Pinheiro.

Além de Índio e do meia Thiago Marabá, nomes bastante conhecidos do futebol piauiense principalmente pelos anos vestindo a camisa do River o Flamengo está em busca de mais três atletas – um atacante, goleiro e um volante, já que quatro atletas pediram desligamento da equipe por problemas pessoais ou por lesão, caso de, Wagner Bueno, Anderson Santos, Adilson e Manoel.

Jorge Pinheiro não nega que as dificuldades de estrutura física e financeiras são o maior problema do Flamengo no momento e que isso também dificulta para que time consiga contratar. “A gente está tentando trabalhar no dia a dia e encontrar soluções para poder mudar o quadro no Flamengo. Estamos conversando com pessoas dos estados vizinhos e tenho que trazer jogadores prontos e a dificuldade é financeira, pois jogadores prontos estão empregados”, explicou Jorge.

Entre os recém integrados está o zagueiro Índio, que depois de um ano afastado do futebol cumprindo punição por uso de substancias proibidas retornou esse ano e estava no futebol amazonense vestindo a camisa do Nacional, de Manaus. Longe da família, o jogador decidiu aceitar a proposta do Rubro-Negro. “Eu não consegui ficar lá sozinho e optei por voltar. Aceitei essa proposta do Flamengo e agora espero poder ajudar o clube e conseguir vitorias porque o time vem de três jogos sem vencer”, disse Índio.

O Flamengo é o lanterna do Estadual e acumula três derrotas em três jogos. A equipe volta a campo no dia 25 de janeiro quando enfrenta o 4 de Julho e dia 28 encara o Altos. Antes disso, a equipe realiza amistoso no sábado (17), ás 9h, no clube do Cefap. O adversário será definido.  

10 de fevereiro de 2018

Bruno Aquino pede dispensa do Altos e irá reforçar o Anápolis 

O atacante não faz mais parte do plantel do Jacaré e agora vai trabalhar com Nivaldo Lancuna na disputa do Goiano. 

A equipe do Altos teve uma baixa inesperada. O atacante Bruno Aquino, que foi integrado ao elenco do Jacaré a pouco tempo pediu dispensa da equipe para reforçar o Anápolis, de Goiás, que disputa a primeira divisão do Campeonato Goiano e tem Nivaldo Lancuna como treinador.

Foto: Arquivo ODIA 

Apesar da saída, o Diretor de futebol do clube, Ricardo Pereira, afirma que outro nome não será procurado no mercado, pois o time tem muitas opções no setor. Com a saída de Bruno, o Altos tem Américo, Dudu, Joelson, Rogélio Ávila e Manoel como principais opções no setor.

"Ele recebeu uma proposta muito boa e nos decidimos não atrapalhar e como temos muitas opções nesse setor não vai haver necessidade de nova contratação. Rescindimos o contrato sem nenhum dano ao atleta ou para o Altos e o time segue de portas abertas para ele", frisou Ricardo Pereira. 

Bruno Aquino chegou ao Alviverde com uma boa expectativa em relação ao time titular e foi utilizado nos primeiros jogos pelo treinador do Altos,  Waldemar Lemos, formando do trio de ataque ao lado de Manoel e Américo. Mas com a chegada de Dudu e Joelson o atleta perdeu um pouco de espaço. 

O atacante se desligou do plantel do Altos ainda ontem (9) e já viajou para Goiânia. A equipe do Altos treinou normalmente hoje (10) pela manhã o time se prepara para o jogo da Copa do Nordeste contra o Botafogo, da Paraíba, que acontece no dia 15 de fevereiro, em João Pessoa. 

09 de fevereiro de 2018

Sarah Menezes estreia no Grand Slam de Paris contra judoca do México

A competição marca o retorno de Sarah a categoria ligeiro (-48kg) com a seleção. A judoca enfrenta Edna Carrilo amanhã (10).

A piauiense Sarah Menezes sobe aos tatames neste sábado (10) pelo Grand Slam de Paris, que acontece neste final de semana, na França. A competição também marca a reestreia de Sarah na categoria ligeiro (-48kg), após um ano competindo na categoria meio leve (-52kg). O sorteio da chave aconteceu hoje (9) e Sarah enfrenta na primeira luta a judoca mexicana Edna Carrilo, as duas já se enfrentaram em duas ocasiões e nas duas Sarah saiu dos tatames com a vitória.

Sarah sobe aos tatames neste sabádo em Paris (FOTO: Elias Fontenele)

“É uma competição muito importante para mim e chego bastante focada. Estou muito bem fisicamente e psicologicamente e claro o objetivo é estar no pódio”, disse Sarah Menezes.

Quem avançar no primeiro confronto luta com a judoca da Ucrânia, Daria Bilodid, de 17 anos, que é atual campeã europeia e teve folga na chave. Sarah Menezes retorna para categoria antiga sem privilégios e reiniciando a busca pelo ciclo rumo a Tóquio 2020. A competição é muito importante para a piauiense porque distribui 1000 pontos a campeã, e depois de um ano fora da categoria Sarah despencou no ranking e ocupa da 43ª posição.

A mexicana é velha conhecida de Sarah, pois as duas se enfrentaram em 2010, no Japão e em 2016 no Masters de Guadalajara, no México e nas duas ocasiões a piauiense se deu melhor. A surpresa desse começo de competição é a ucraniana, que Sarah nunca pegou no quimono. Apesar disso, o treinador Expedito Falcão se mostra confiante e frisa que a piauiense chega muito bem para a competição.

“Sarah está muito bem preparada, na verdade faz muito tempo que via ela tão focada como está agora”, conta Expedito Falcão.

Sarah Menezes vai para a oitava participação no Grand Slam de Paris e acumula dois bronzes (2011/2016) e uma prata, conquistada em 2012. Os combates começam neste sábado (10), com Sarah Menezes (48kg), Jéssica Pereira (52kg), Eleudis Valentim (52kg), Ketleyn Quadros (63kg), Phelipe Pelim (60kg), Felipe Kitadai (60kg) e Charles Chibana (66kg). No domingo (11) o Brasil será representado por Samanta Soares (78kg), Camila Yamakawa (+78kg), Rochele Nunes (+78kg), Rafael Buzacarini (100kg), Eduardo Bettoni (90kg), Victor Penalber (81kg) e Leandro Guilheiro (81kg). As lutas terão início a partir das 6h (horário local) da manhã. 

Com folga na tabela, River faz jogo treino contra o sub19 hoje

A partida contra o Sub19 será às 15h30min, no CT Afrânio Nunes.

Disputando apenas o Campeonato Piauiense a equipe do River vive uma espécie inter temporada, já que só volta a campo no dia 18 de fevereiro quando enfrenta o Parnahyba, no litoral. O treinador Wallace Lemos tenta aproveitar a folga na tabela para recuperar os atletas que estavam no departamento médico e intensificar os treinos, pois os atletas terão três dias de folga no período do carnaval. Antes disso, o time faz um jogo treino hoje (9), às 15h30min, contra o time Sub19, que se prepara para disputar o Estadual.

O clima de trabalho é dos melhores, pois o Galo conquistou uma boa vitória em cima do Flamengo por 3x1. Mas o treinador Wallace tenta aproveitar bem a folga a mais na tabela e manter os atletas focados. “É um jogo importante, que pode nos dar a liderança na tabela e nós estamos em busca dessa situação para continuar em ascensão dentro da competição”.

No último jogo, o técnico precisou alterar cinco peças em comparação ao time que vinha sendo utilizado por conta de lesão e para Wallace Lemos essa pausa na tabela veio em momento oportuno e o técnico espera contar com todos os jogadores para última semana de trabalho antes do jogo contra o Parnahyba.

“Tudo foi feito em cima de planejamento, nós estudamos a tabela e sabíamos que teríamos esse período de recesso de carnaval em que não teríamos o jogo, mas esses momentos desses atletas que estão sentindo os resquícios da competição são naturais e caiu em um momento bom, pois já temos a volta do Daniel Marins, do Alexandre e do próprio Marlon”, explicou. 

A equipe não quer perder ritmo de jogo por conta desses dias sem partidas oficias, já que o último compromisso foi no dia 4 de fevereiro e o próximo será no dia 18 de fevereiro o treinador Wallace Lemos decidiu fazer um jogo amistoso contra o time do River sub19, que se prepara para disputar o Estadual da categoria que tem início no dia 24 de fevereiro. A partida será às 15h30min, no CT Afrânio Nunes.

08 de fevereiro de 2018

Manoel comemora 1º gol com camisa do Altos no ano; “Saiu na hora certa”

O atacante marcou o primeiro gol da vitória sobre o Atlético-GO que garantiu o clube na 2ª fase da Copa do Brasil

O atacante Manoel marcou seu primeiro gol na temporada 2018 vestindo a camisa do Altos na partida contra o Atlético Goianiense, que aconteceu na última quarta-feira (7). O jogador foi quem abriu a contagem para o Jacaré, em partida que terminou com o placar de 2x1, o outro gol do Altos saiu dos pés de Joelson. O resultado garantiu o Altos na segunda fase da Copa do Brasil, e agora o time enfrenta o Bragantino, mas também trouxe alivio para o atacante que vinha se cobrando por gols.

Atacante Manoel marcou na vitoria do Altos diante o Atlético-GO (FOTO: Elias Fontenele)

Está é a terceira temporada de Manoel com a camisa do clube e ele é um dos xodós da torcida. Mas o ano não começou tão bem para o atacante principalmente por conta de lesões. Passados cinco jogos, Manoel ainda não tinha balançado as redes, algo que vinha o incomodando. “Eu me cobro muito quando erro e procuro treinar muito as finalizações e graças a Deus dessa vez a primeira que teve eu consegui guardar”, disse.

O ataque do Altos além de Manoel, tem nomes como Joelson que também tem uma história com o time, Américo, Bruno Aquino e Dudu e todos estavam sendo bastante cobrados por gols, que até então não estavam saindo. De acordo com o Manoel, os gols marcados por ele e Joelson no jogo contra o Atlético-GO trazem um alivio para a sequência do trabalho.

Manoel está no Altos há três temporadas (FOTO: Elias Fontenele)

“Graças a Deus saímos com o resultado positivo como era esperado. Nós que jogamos ali na frente estávamos sofrendo uma pressão muito grande por falta de gol e conseguimos dar essa vitória a torcida e esse presidente que merece muito”, destacou Manoel.

A equipe do Altos conquistou novamente a vaga até a segunda fase da Copa do Brasil. Em 2017, o time também avançou e acabou caindo, nos pênaltis, na segunda fase para o Criciúma. Após a eliminar o Atlético, o Altos enfrenta o Bragantino, de São Paulo e segundo o atacante o objetivo para esse ano é avançar ainda mais e seguir fazendo história com o Altos. “Sem dúvida. Todo jogo vai ser uma final e vamos jogar de igual por igual com qualquer time que vier pela frente”, destacou Manoel.

O jogo entre Bragantino e Altos acontece no dia 21 de fevereiro, às 20h30min, no estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista. 

07 de fevereiro de 2018

Altos bate Atlético Goianiense e avança para 2° fase da Copa do Brasil

No estádio Felipão, o Dragão comandando por Waldemar Lemos venceu a partida com gols de Manoel (de pênalti) e Joelson.

 equipe do Altos escreveu mais um belo capítulo em sua história. Na tarde de hoje (7) o time comandado por Waldemar Lemos venceu o Atlético Goianiense por 2x1, no estádio Felipão, com gols de Manoel (de pênalti) e Joelson. Quem descontou para o Dragão foi Hugo Gomes. Com o resultado, o Jacaré avança para segunda fase da competição nacional quando encara o Bragantino, de São Paulo, e ainda colocou mais R$ 600 mil reais em caixa. 

A partida foi emocionante do começo até o fim. Mas o Altos se impôs em campo e teve boas oportunidades logo no começo do jogo em chute de Joelson, aos 18. Depois foi a vez de Américo assustar o goleiro do time goiano. Aos 25, o lateral Jefferson Sandes entra na pequena área e encontra Joelson, o atacante bate forte e a bola sobe demais. Com 33 minutos, pênalti em Manoel e ele vai para bola e não desperdiça abrindo a contagem no Felipão. 


Altos bate Atlético Goianiense e avança para 2° fase da Copa do Brasil. (Foto: Elias Fontenele)

O Atlético tenta responder. O time assusta principalmente com a bola parada em chutes de Jonas Bastos, mas a bola não entra. Início de segundo tempo o treinador Cláudio Tencatti, mexe no Atlético Goianiense e coloca Júlio César e Wesley em campo. Promovendo a saída de Cristian e Rodrigo. 

Com nove minutos da etapa complementar, Américo tem boa chance. Dispara pela direita e enfia a bola para Esquerdinha, que chuta forte, mas a zaga tira, Joelson pega o rebote e tenta novamente, mas Kléber defende. Logo em seguida, Américo nova oportunidade após cobrança de escanteio, mas a bola vai para fora novamente. 

Aos 13, novo pênalti para o Altos, agora em cima de Américo. Joelson vai para a bola, toma uma boa distancia e bate na trave, para desespero do torcedor. Um minuto depois o Atlético chega ao empate com Hugo Gomes marcando de cabeça, após escanteio e bate rebate a bola sobrou viva dentro da área. 

Tudo igual no Felipão e o time do Altos precisa encontrar mais um gol de qualquer forma. O empate garantia a classificação do Atlético Goianiense e eis que aos 28 minutos o atacante Joelson se redime com a torcida e aproveita passe na medida de Dos Santos e empurra a bola para dentro. 

Depois disso, um Atlético desorganizado em campo e apostando nas bolas longas para tentar marcar o segundo, mas o Altos, além de Manoel e Joelson contou com uma atuação impecável do zagueiro Leone salvando o setor defensivo. Agora o Alviverde enfrenta o Bragantino, de São Paulo, pela segunda fase da Copa do Brasil.   

No Felipão, Altos recebe Atlético Goianiense pela Copa do Brasil

O jogo será às 16h, em Altos. O Jacaré quer repetir o feito de 2017 e avançar de fase

Jogando em casa o Altos quer repetir o feito do ano passado e avançar para segunda fase da Copa do Brasil. Dessa vez, o adversário é o Atlético Goianiense e a partida será às 16h, no estádio Felipão, em Altos. O Altos chega completo para a partida e com o peso de vencer e se engatar na temporada e também garantir um respiro financeiro ao clube.

O Altos recebe o Atlético GO hoje (7) (FOTO : Jailson Soares)

O Altos chega completo para a partida. No último sábado (3) o time entrou em campo com uma formação totalmente reserva já pensando nessa partida e de acordo com os treinos da semana a única mudança deve ser a entrada de Jefferson Sandes na lateral-esquerda, no lugar de Netinho.

O setor ofensivo do Altos é o mais pressionado na partida e os atletas sabem que o gol precisa sair. Ainda sem marcar na temporada 2018, o atacante Manoel, fala sobre a importância dessa partida no calendário do Altos. “Estamos trabalhando bastante as finalizações, pois a gente tem pecado muito nisso principalmente na frente e a pressão é normal e eu espero corresponder no jogo. Sabemos da importância desse jogo não somente para os jogadores, mas para o clube que precisa de verba e o presidente (Warton) vem falando isso para a gente”, disse.

O treinador do Atlético Goianiense, Cláudio Tencatti, recém-chegado ao clube afirma que o Atlético tem seus objetivos e que o clube vem em uma evolução em campo. “A gente pode analisar um pouco do Altos, são jogadores com qualidade e são jogadores que querem e querem muito essa oportunidade de passar de fase é o jogo do ano pro clube e nós temos consciência disso, mas também o atlético veio buscar e cumprir seus objetivos”, frisou o técnico.

O Altos precisa vencer para passar de fase e assim repetir o feito de 2017, quando eliminou o CBR, de Alagoas na primeira fase. O jogo entre Altos x Atlético Goianiense acontece às 16h, no estádio Felipão, em Altos. Os ingressos para a partida são encontrados no próprio local do jogo pelo valor de R$ 10 reais. A arbitragem será de Mayron Frederico, que vai ter Antônio Fernando e Carlos André como assistentes, o trio é do Maranhão.

Parnahyba recebe Coritiba hoje no estádio Albertão

A partida acontece às 18h30min e define quem se classifica para próxima fase

O Parnahyba entra em campo hoje (7), às 18h30min, no Albertão, para medir forças com o Coritiba, em jogo valido pela 1ª fase da Copa do Brasil. Por conta de uma punição o time do Litoral joga em Teresina. Com as novas regras, a primeira fase se define em jogo único e a vantagem do empate é do Coxa, já ao Parnahyba somente a vitória interessa. Quem avançar de fase garante R$ 600 mil reais em caixa.

Parnahyba entra em campo hoje (7) contra o Coritiba (FOTO: Jailson Soares)

A equipe do Parnahyba deve ter duas baixas para a partida o meia Juninho Pindaré, com dores no tornozelo e o lateral-direito Rian, sentindo a posterior da coxa. O treinador do Tubarão, Sérgio China, usou a segunda-feira (5) e terça-feira (6) para reconhecimento de gramado e últimos ajustes na equipe. “É um campo cm dimensões oficias, com uma grama que dá para jogar, mas está irregular. A gente está buscando informações desse adversário, já temos as últimas quatro formações e sabemos também que eles pouparam alguns atletas inclusive o próprio Kleber (Gladiador) não esteve em campo pelo Paranaense para jogar aqui, então é traçar estratégia e esperar que dê certo”, disse o técnico.

A Copa do Brasil, por ser definida em jogo único tem ainda mais importância, pois avançando de fase as equipes garantem um valor em dinheiro que pode equilibrar as financias. Os jogadores estão cientes dessa responsabilidade e Jânio Daniel destaca o peso. “Para o clube dá um equilíbrio nas finanças e reduz a possibilidade de ter atrasos de salários e precisar correr atrás do poder público”, comentou o atacante.

O Coritiba chega completo para essa partida e trouxe uma derrota recente na bagagem no clássico diante o Atlético Paranaense por 1x0. O time do treinador Sandro Forner, tem nomes como Kléber Gladiador e Alecsandro no ataque, além de maior estrutura e poderio financeiro, mas a intenção do time do Litoral é surpreender. “Sabemos que o favoritismo está ao lado deles”, afirmou Sérgio China.

A arbitragem da partida será de André Luiz de Freitas, com Cristhian Passos e Leone Carvalho como assistentes. O jogo entre Parnahyba e Coritiba será às 18h30min, no estádio Albertão, em Teresina.

05 de fevereiro de 2018

Com 600 mil em jogo, treinador do Tubarão frisa importância da Copa do Brasil

Na quarta-feira (7) o Parnahyba recebe o Coritiba, às 18h30min, no estádio Albertão, em Teresina pela 1ª fase da competição.

O Parnahyba realizou treino no estádio Albertão, em Teresina, na tarde de ontem (5). Na quarta-feira (7) o Tubarão encara o Coritiba, às 18h30min, no Gigante da Redenção pela 1ª fase da Copa do Brasil. O time joga em Teresina porque cumpre uma punição que lhe rendeu a perda de um mando de campo. O Parnahyba precisa vencer par avançar de fase e caso isso aconteça segue na competição e também garante mais R$ 600 mil reais em caixa.

Parnahyba treinou no Albertão (FOTO: Jaílson Soares)

O treinador Sérgio China falou sobre a importância da partida não somente para o Parnahyba, mas também para o adversário. “Olha eu acho que não é só para o Parnahyba não, viu? Acho que para o Coritiba, todas as equipes do Campeonato Brasileiro estão visando a Copa do Brasil para isso, principalmente nessa primeira fase. Até para o próprio Coritiba a importância que está dando a esse jogo, pois são no mínimo 600 mil para a equipe que passar, mas nossa equipe sabe o quanto é importante para o Parnahyba talvez mais do que para o Coritiba”, declarou Sérgio China.

O Tubarão vem de um resultado negativo no último sábado (3) pelo Campeonato Piauiense em que o time perdeu um jogo dentro de casa para o Piauí por 2x0. Apesar disso, Sérgio China fez questão de conversar com seus comandados e lembrar que é necessário virar a chave e pensar nessa competição completamente diferente, e eles entram em campo contra uma grande força do futebol nacional.

“Quem tem a grande vantagem é a equipe do Coritiba. É uma equipe muito mais estruturada, com jogadores de nível muito mais alto que disputaram Série A e B, uma receita muito maior, mas como eu digo sempre futebol se define nos 90 minutos dentro do campo e nos esperamos surpreender”, afirmou Sérgio China.

Só pela participação na competição as equipes garantiram 500 mil reais. Caso avance recebem mais 600 mil reais, valor que pode aliviar bastante a vida dos clubes piauienses que contam com poucos patrocinadores e sofrem com o apoio irregular do poder publico. No jogo, o Coritiba como joga fora de casa tem a vantagem do empate, já o Parnahyba precisa vencer para avançar na Copa do Brasil 2018. 

Altos anuncia laterais Tote e Tiaguinho como reforços

Os dois atletas já se apresentaram ao clube na manhã de hoje (5)

O Altos segue ampliando seu elenco. Na manhã de ontem (5) o time anunciou o lateral-direito Toty, conhecido no futebol piauiense pelo acesso até a Série C do Brasileiro com o River e também do lateral-esquerdo Tiaguinho, que estava no Campinense, da Paraíba e já vestiu a camisa do Altos nas temporadas 2015/2016. Os dois nomes já se apresentaram e participaram de treinos.

Lateral-esquerdo Tiaguinho volta ao Altos (FOTO: Luís Junior/Altos)

Os dois nomes chegam para brigar diretamente por titularidade, pois o treinador Waldemar Lemos, vem optando por improvisar nas duas posições. Na direita, com o volante Wagner e na lateral-esquerda o titular vem sendo o volante Netinho. Jean e Jefferson Sandes, foram utilizados no jogo em Piripiri pela primeira vez em um jogo oficial, mas porque o técnico optou pelo elenco reserva para partida.

Após o empate sem gols diante o 4 de Julho, o Altos vira a chave e começa a pensar na Copa do Brasil. O time estreia na competição nacional na quarta-feira (7) quando recebe o Atlético Goianiense, às 16h, no estádio Felipão, em Altos.

A partida é muito importante não somente por ser nacional, mas pela parte financeira, pois caso avance para segunda fase da Copa do Brasil o time recebe R$ 600 mil e pela participação já recebem 500 mil reais. Na primeira fase a vaga é decidida em jogo único na casa do time pior ranqueado no confronto, no caso, o Altos. O Coritiba tem a vantagem do empate, para o Altos somente e vitória interessa. 

04 de fevereiro de 2018

Com time ‘B’, Altos empata com 4 de Julho e Waldemar lamenta estado do campo

O gramado da Arena Itacoatira dificultou a vida das duas equipes e a partida terminou no empate sem gols.

A equipe do Altos enfrentou o 4 de Julho na noite de ontem (3) na Arena Itacoatiara, em Piripiri, em jogo valido pela 3ª rodada do Campeonato Piauiense. A partida terminou no empate sem gols e um dos fatores preponderantes para o resultado foi à situação do gramado. A chuva forte, grama alta, irregular e muito pesada prejudicou bastante o rendimento das duas equipes. O Altos jogou com o time reserva até como uma forma de poupar os atletas, que já voltam a campo na quarta-feira (7) pela Copa do Brasil quando o Jacaré recebe o Atlético Goianiense, às 16h, em Altos. No Estadual, o time volta a campo no dia 17 de fevereiro quando recebe o Flamengo.

As equipes ficaram no empate sem gols (FOTO: Luís Junior/Altos)

O Jacaré entrou em campo com Jaílson, Jean, Gustavo, Allison, Jefferson Sandes; Carlos Junior, Alex Mineiro, Douglas; Joelson, Adrianinho e Roger Gaúcho. Nomes como Esquerdinha, Américo e Manoel não foram sequer para o banco e a partida marcou novo teste com os laterais de oficio da equipe, pois Waldemar vem optando por improvisar nas duas posições com Wagner pela direta e Netinho na esquerda.

O 4 de Julho praticamente repetiu a formação dos últimos jogos e trocou somente a lateral direita com a entrada de Barata no lugar de Wilsinho e a saída de Jadson dando lugar ao Célio Carioca. A melhor chance de marcar do Colorado foi com Raphael Freitas em cabeçada que foi para fora. O Altos teve boas chances com Joelson, que fez sua reestreia no Altos na partida. O atacante chegou a marcar, mas o juiz deu impedimento.

ANALISE DO GRAMADO

“Eu encaro todo jogo com muita dificuldade e isso aconteceu. A gente sabe que é uma equipe forte dentro do futebol piauiense e a gente sabia das dificuldades, mas com o estado do campo ficou difícil a as coisas se tornaram bastante difíceis em termos de futebol, mas tentamos de todas as formas e tivemos até gol anulado”, disse Waldemar Lemos.

A situação do gramado prejudicou as duas equipes (FOTO: Luís Junior/Altos)

AVALIAÇÃO DO TIME ‘B’

“Não cometeu grandes falhas e evidentemente tentamos jogar futebol, mas como eu sempre adiantei a vocês a gente trabalha com grupo e não com um time e é justamente por causa desse tipo de situação também. Nós tínhamos que colocar alguns jogadores que a gente tem interesse também para jogar, que ainda não tinham feito nenhuma partida, caso do Jean e do Jefferson e tivemos essa oportunidade e eu fiquei satisfeito sim diante as dificuldades que encontramos aqui principalmente do gramado”, ressaltou Waldemar.

REESTREIA JOELSON

“Teve bem, muito bem até e bastante adaptado. Eu o conheço bem e ele me conhece bem e teve o gol dele que foi anulado e esperava sinceramente que ele não fizesse tanto e nem suportasse tanto o jogo nesse tipo de campo como suportou, vai ser uma peça muito importante para o Altos nessa campanha desse ano”, frisou o técnico.

ROGER GAÚCHO JOGA 90 MINUTOS

“Foi ótimo e a gente está precisando de jogadores conforme ele, que suportem os jogos e a gente sabe que os jogos são muito difíceis tanto no Piauiense como na Copa do Nordeste e Copa do Brasil então fiquei bastante satisfeito do Roger também ter suportado e obedecido tudo que foi determinado para ele”, explica. 

01 de fevereiro de 2018

Atacante Joelson se apresenta ao Altos e fala em repetir boa temporada

O jogador participou dos treinos hoje (1) e deve estar em campo no sábado contra o 4 de Julho

O atacante Joelson está oficialmente de volta ao Altos. Na tarde de hoje (1) o jogador se apresentou ao clube e já participou de treino no estádio Felipão, em Altos. Joelson estava no Kuaiwt e decidiu retornar ao Altos para ficar mais próximo da família. O atacante pode ser a novidade da equipe para o jogo pelo Campeonato Piauiense contra o 4 de Julho no sábado (3), às 19h, na Arena Itacoatiara, em Piripiri.

Joelson se apresentou ao Altos (FOTO: Jaílson Soares)

“Espero estar em campo, mas quem decide é o professor. Eu queria ficar perto da minha família e quando surgiu essa proposta de voltar para o Altos aceitei e espero repetir a boa temporada”, disse Joelson.

Joelson chega em uma semana em que o time sofreu uma derrota por 2x0 para o Bahia pela Copa do Nordeste. O atacante não estava em campo, mas faz questão de afirmar que o resultado negativo ficou para trás. “Viemos de um resultado negativo dentro de casa diante o Bahia, mas é trabalhar forte, esquecer esse resultado e focar no Piauiense e depois a gente pensa nas outras competições”, disse Joelson.

Ciente da sua responsabilidade principalmente no setor ofensivo o atacante minimiza o mal momento dos seus companheiros de ataque e frisa que todos trabalham com o mesmo objetivo. “Todo mundo ali na frente tem que se ajudar. Sabemos que a cobrança é grande em cima dos atacantes, mas eu sei que os gols vão sair tanto eu, como Américo, Manoel ou Dudu quando tiver oportunidade estaremos bem preparados”, declarou.

Waldemar fala sobre possibilidade de Joelson em campo no sábado (FOTO: Jaílson Soares)

Joelson vestiu a camisa do Altos em 2017 e foi vice artilheiro do Piauiense com oito gols e também balançou as redes na Série D do Brasileiro. Agora, ele chega para trabalhar com Waldemar Lemos, técnico que conhece o atleta do acesso conquistado junto ao Náutico em 2011. “Joelson começou profissionalmente comigo no Náutico e esteve em 2017 no Altos e ele deve participar do jogo no sábado se Deus quiser”, conta Waldemar.