• Canta
  • SOS Unimed
  • Fagner
  • Trilha das emoções
  • Novo app Jornal O Dia
Da Arquibancada

Canindé quer River aguerrido em estreia contra Tubarão; “sem essa tiriça”

“Por ser competição o pau vai troar e não podemos entrar com essa ‘tiriça’ que entramos hoje” disse Canindé após derrota em amistoso para o Moto.

13/01/2019 11:31h

Galo perdeu para o Moto por 3x1 em jogo amistoso (FOTO: Lucas Almeida)

Quem acompanhou o amistoso entre Moto Club (MA) e River no último sábado (12), no estádio Castelão, em São Luís, pode afirmar que assistiu três times em campo, ao invés de dois. Um River no primeiro tempo e outro no segundo. A equipe piauiense voltou para casa com a derrota por 3 a 1, com gols de Lucas Dias, Arcanjo e Evandro para o Moto. Eduardo diminuiu para o Galo. Esse foi o último teste antes da estreia no Campeonato Piauiense que acontece no dia 20 de janeiro, contra o Parnahyba, no Litoral.

“A gente não pode baixar a cabeça e devemos atentar para o que estar por vir. Sermos mais competitivos e em condições de disputar o primeiro lugar e levar a equipe do River até títulos que é o que nós queremos”, declarou o técnico Canindé.

O Galo Carijó fez um primeiro tempo apagado e se viu muito pressionado ao longo dos 45 minutos. Após o intervalo, o técnico do River, Oliveira Canindé, mexeu na formação e podemos dizer que voltou para o velho ‘feijão com arroz’, mas não foi o suficiente para virar ou mesmo empatar o jogo. No primeiro, muitos jogadores do Galo não estavam em suas funções de origem e isso nitidamente comprometeu o rendimento da equipe que se via perdida em campo e tomou gols bobos.

River estreia próximo sábado (20) (FOTO: Lucas Almeida)

“Infelizmente, nós tínhamos trabalhado muitas bolas paradas para não sermos surpreendidos, pois nós sabíamos que seriamos forçados nesse tipo de situação, pois aconteceu lá (em Teresina) e infelizmente tomamos gol em bola parada e tivemos muita dificuldade, parecia até que estávamos carregando um contêiner. Dificuldade defensiva, de mobilidade, de passe e no segundo tempo busquei uma alternativa de jogo, com mais velocidade e chegada forte à frente”, narra Canindé.

No segundo tempo, Canindé trocou quatro peças. Eduardo entrou no lugar de Rhuann, Sharli entrou no lugar Carlos Henrique. Saiu Lucas Crispim para entrada de Erivelton e Victor Hugo assumiu a lateral-esquerda para saída de Juliano.

E as mudanças surtiram efeito logo de imediato. Eduardo marcou no começo do segundo tempo, aos nove, porém a reação do River sofreu um balde de agua fria minutos depois, quando Evandro acertou um chute no contra pé do goleiro Mondragon e ampliou o placar para 3x1.

Canindé não nega que muito precisa ser corrigido, mas acredita que seu grupo terá outra postura na partida de estreia. “Eu acredito que o que estar por vir é diferente do que aconteceu até agora. Eu espero que por ser competição, valendo três pontos o pau vai troar e não podemos entrar com essa tiriça que entramos hoje, pois mesmo que repita a equipe que iniciou não pode ser como foi”, acrescentou o treinador.

O jogo entre Parnahyba e River acontece no próximo sábado (20), às 17h, no estádio Pedro Alelaf, em Parnaíba. Valido pela 1ª rodada do Piauiense.

  

Por: Pâmella Maranhão - Jornal ODia

Deixe seu comentário