• Clínica Shirley Holanda
  • Semana do servidor
  • Netlux
  • SOS Unimed
  • Novo app Jornal O Dia

Notícias Esplanada

02 de junho de 2019

Lula pediu apoio total à família do cantor Agnaldo Timóteo

O filho Márcio Timóteo é o elo com o partido

Alerta do Cone Sul

Os policiais federais lotados no Paraná que se reuniram há dias com o vice-presidente da República, General Hamilton Mourão, levaram informes preocupantes sobre a segurança na tríplice fronteira e para a soberania nacional. Alertaram para reforço de contingente na região de Foz do Iguaçu (PR). Mourão prometeu ajudar. A PF acaba de chamar mais de mil policiais aprovados em concurso. 

Reforma trabalhista

O deputado federal Luis Miranda (DEM-DF) correu para pagar dívida trabalhista diante de decisão judicial que bloqueava 30% do seu salário na Câmara.

Extintor junino

Pela primeira vez, a maior festa de São João de Pernambuco, em Caruaru, foi aberta ontem sem um centavo do Governo, hoje com PSB, adversário da prefeita do PSDB.

Doutor à distância

Lula da Silva pediu ao PT e ao governador Rui Costa apoio total à família do cantor Agnaldo Timóteo, em coma em Salvador. O filho Márcio Timóteo é o elo com o partido

Distorções..

Os Estados mais ricos, onde a maioria do povo se aposenta por tempo de contribuição, têm idade média mais baixa de aposentadoria. Isso ocorre porque a proporção de aposentados por tempo de contribuição é maior que a de aposentados por idade.

..nacionais

Levantamento da Secretaria de Previdência entregue ao Conselho Nacional de Previdência mostra que Estados como SP, PR, RS e SC apresentam idade média de aposentadoria mais baixa que os das regiões Norte e Nordeste. E aponta que os segurados que se aposentam mais cedo passam até 30% da vida recebendo o benefício.

Povo mais saudável

O aumento da expectativa de vida afeta diretamente o tempo de duração dos benefícios. Ao comparar os anos de 1999 e 2018, considerando os benefícios cessados em decorrência de óbito, o estudo constatou aumento médio de oito anos na duração das aposentadorias urbanas por tempo de contribuição.

Sem fumaça

Enquanto a Souza Cruz atua para reduzir a carga tributária do cigarro e aumentar seu consumo, Brasília ganhou a associação dos Fumantes Anônimos, com reuniões às terças, numa sala nos fundos da Igreja Nossa Senhora da Esperança.

Tolerância Zero

Ao criticar a retomada do julgamento da descriminalização do porte de drogas pelo Supremo Tribunal Federal, o senador Styvenson Valentim (Pode-RN) lembra que cresce o número de dependentes químicos no País, “o que provoca, além do drama humano e do risco para a sociedade, enormes despesas médicas para o poder público”. O parlamentar atuou por 16 anos na Polícia Militar.

Teto de gastos 

Instituído em 2016 pelo Governo de Michel Temer, o “teto de gastos” poderá ser revogado no âmbito da discussão e votação da PEC da Reforma da Previdência. Emendas da oposição apresentadas ao texto sustentam que mesmo havendo crescimento econômico, os gastos públicos permanecerão estáticos nos próximos anos. 

Desidratação

Uma delas, do PSOL, aponta que se o teto não for revogado haverá redução, ano a ano, do orçamento público em proporção ao PIB e também em relação ao crescimento demográfico: O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, defende a revisão do ‘teto’. 

País adentro

A Coluna estreia este mês no Jornal do Tocantins, o maior e mais renomado portal de notícias do Estado, e ganhou meia página no parceiro Bom Dia, com sede em São José do R. Preto, que circula em dezenas de cidades do Noroeste Paulista

ESPLANADEIRA

# O 4º Congresso Luso-Brasileiro de Auditores Fiscais com os Fiscos dos dois países, acontecerá entre 16 e 19 de junho em São Paulo  # Arena Nº1 Brahma será instalada na Praça Mauá, no Rio, para o público assistir a jogos da Copa América.

31 de maio de 2019

O PT e PSB apertam o cerco ao Palácio sobre emendas parlamentares

s legendas recorreram à Procuradoria-Geral da República para investigação sobre promessa de repasses de R$ 10 milhões por semestre aos parlamentares favoráveis à reforma.

Pacote pronto

Embora esperada, a queda de 0,2% do Produto Interno Bruto no 1º trimestre acendeu o alerta na equipe econômica do Governo de Jair Bolsonaro (PSL). Apesar do impacto negativo dos dados divulgados pelo IBGE, o Governo, por ora, evita admitir que o País esteja à beira de nova recessão. A determinação para a equipe econômica é destravar a execução do pacote de medidas, amarrado ‘em estudo’ desde abril, para tentar alavancar a economia e incentivar a indústria, reduzir custos de empresas, gerar empregos e promover mudanças regulatórias no mercado. 

Lobby oficial

Os ex-senadores Ana Amélia e Ricardo Ferraço migram para o mercado privado. Entraram na Associação Brasileira de Relações Institucionais e Governamentais.

Cidadania

A Câmara Distrital do DF analisará PL 449/19, de Fábio Felix, que obriga o Governo de Brasília a doar absorventes para mulheres moradoras de rua. A conferir.

Chão da fábrica

O Governo tem contado com apoio dos grandes empresários para convencer o ‘chão da fábrica’ para a importância da reforma da Previdência. O presidente da Comissão que analisa a reforma, deputado Marcelo Ramos (PR-AM), tem recebido empresários para ouvi-los também. Há dias, passou no seu gabinete o presidente da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), Luiz Carlos Moraes. 

Motorizados

A Anfavea apoia a reforma em três dimensões, segundo conta Moraes: “pelas questões sociais que geram tanto desigualdade, pela insustentável situação dos níveis de desemprego e também pela dimensão econômica”.

Na direção

“Se não fizermos isso o futuro será o caos. Temos que enfrentar esse nosso manicômio tributário que contraria a lógica de todas as democracias sociais do mundo”, completou o presidente da Comissão.

Sistema $

Enquanto o Governo protela anúncio das mudanças no Sistema S, deputados da Comissão de Desenvolvimento Econômica cobram mais transparência e rotatividade dos dirigentes das entidades – alguns estão há décadas no comando, e os que saem, deixam aliados próximos. 

R$ 17 bi

Compõem o Sistema S nove entidades: Senai, Sesc, Sesi, Senac, Senar, Sescoop, Sest, Senat e Sebrae. Em 2018, o S arrecadou R$ 17 bilhões em contribuições de empresas. 

O de sempre

O PT e PSB apertam o cerco ao Palácio sobre uso das emendas parlamentares para apoio à reforma da Previdência – relação Executivo-Legislativo muito usada pelos Governos anteriores. As legendas recorreram à Procuradoria-Geral da República para investigação sobre promessa de repasses de R$ 10 milhões por semestre aos parlamentares favoráveis à reforma. 

Mais do mesmo

Os socialistas alegam que o Planalto faz tal proposta “diante da ameaça de ver o seu principal projeto ser barrado no Congresso”. Já o PT pretende convocar o ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni (DEM-RS), para explicar o caso na Comissão Especial. 

Novato na pista

O Senado aprovou a indicação de Davi Ferreira Gomes Barreto para diretor da ANTT. Tido como incorruptível pelo mercado, Davi é graduado em Engenharia Eletrônica pelo ITA, mestre em Regulação pela UnB, com passagens pelo TCU e o TCE/CE. Sua chegada tira sono de uma turma que é alvo da Polícia Federal, que visitou a Agência.

Show do Lula

Nova etapa do Festival Lula Livre – primeiro do mundo para um condenado por corrupção – terá 10 horas de duração amanhã na Praça da República, em São Paulo, com shows, entre outros artistas, de Zeca Baleiro,  Odair José e Arnaldo Antunes. O ex-presidente avisou que mandará mensagem para os cantores.

ESPLANADEIRA

# O renomado repórter Mário Magalhães lança “Sobre Lutas e Lágrimas - Uma Biografia de 2018”, sobre as ideias de Bolsonaro que o levaram à Presidência.   # Roberto Carlos será homenageado hoje, no Alegretti, em Copacabana, no show de Luiz Carlos Charpenel e do tecladista Ronaldo Almeida, promovido por Susana Madruga.

Aécio Neves que ore muito. Nenhum partido o quer filiado

Nem o seu PSDB, tampouco o Cidadania (ex-PPS), do presidente Roberto Freire.

Cada um por si

Patriotismo nessa reforma da Previdência é palavra inexistente do vocabulário. O que se viu até agora é uma batalha de vários segmentos da sociedade, cada um tentando salvar a si – o sacrifício é sempre para o outro. Passou de 180 o número de emendas apresentadas à PEC da Reforma da Previdência em tramitação na Comissão Especial da Câmara Federal. Terminou ontem o prazo para a apresentação de sugestões de mudanças no texto.

Equação política

O Cidadania apresentou emenda que transfere para governadores, prefeitos, deputados estaduais e vereadores as mudanças de regras dos funcionários públicos locais. 

Caixa na rabeira

Alguns governadores e prefeitos têm se posicionado contra a reforma, mas defendem as alterações por enfrentarem problemas financeiros das Previdências de seus Estados.

Renegado

Aécio Neves que ore muito. Hoje, nenhum partido – nem o seu PSDB – o quer filiado em seus quadros. Tampouco o Cidadania (ex-PPS), do presidente Roberto Freire.

Fala, Freire

Em nota à Coluna, Freire “nega qualquer tratativa no sentido de filiar o deputado”. O partido “busca e tem conseguido trazer para seus quadros novas lideranças que contribuem com o novo momento, que é o da renovação política”.

Feminismo

O ministro do STF Luís Roberto Barroso e a socióloga e cientista política Jacqueline Pitanguy vão debater hoje o tema Direitos e Conquistas na Constituição de 1988 e desafios nos tempos atuais. no Centro Cultural da Justiça Federal, no Rio.

Mais uma

O Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor do Ministério da Justiça acolheu pedido da Aliança Controle do Tabagismo e notificou a cigarreira Souza Cruz para esclarecer sobre uma suposta publicidade dos produtos em eventos para jovens.

Cochilo..

A convocação do chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, na CCJ da Câmara expôs, de novo, a fragilidade da base. Apesar de ter maioria no colegiado, a mesma que aprovou com folga o texto da reforma da Previdência, os governistas – em especial líderes – ‘cochilaram’ e não marcaram presença para derrubar o requerimento da oposição.

..e tiro no pé

Restou ao ministro Onyx e ao porta-voz da Presidência confirmarem a ida do chefe da Casa Civil. Mas a oposição vai azucrinar: a pauta é o decreto do posse e porte de armas.

Tributação

Diretor do Centro de Cidadania Fiscal, ex-secretário executivo da Fazenda e idealizador do imposto único, o economista Bernard Appy pontua que, além da tributação do consumo, é preciso modificar a tributação sobre a renda e o trabalho para “corrigir distorções que geram problemas de eficiência econômica e de distribuição de renda”.

Pior, não fica

“É quase impossível piorar o sistema tributário brasileiro. Vivemos num País em que a alíquota para quem ganha R$ 6 mil é maior do que para quem ganha R$ 20 mil. Não é de estranhar que tenha tão pouca gente de alta renda querendo ser empregado formal”.

Pistola$

A Mesa Diretora da Câmara vai despachar ao Ministério da Justiça requerimento de informações destinado ao ministro Sérgio Moro para que explique a compra de 106 mil pistolas para a Força Nacional e polícias civis dos Estados, no valor de R$ 444 milhões. O pedido é do líder do PT, Paulo Pimenta (RS), que cobra estudos técnicos que embasaram a decisão e os nomes das empresas, do Brasil e exterior.

Jornalistas na OAB

O presidente da seccional Rio de Janeiro da OAB, Luciano Bandeira, nomeou os jornalistas Yacy Nunes, Daniela Sholl e Luiz Antonio Ryff como consultores nacionais da Comissão de Direito Constitucional, por indicação da advogada Vânia Aieta.