• baile da santinha
  • monge executivo
  • e-titulo
  • TV O DIA - fullbanner w3b
  • TV O Dia - fullbanner

Notícias Pelo Piauí

14 de setembro de 2018

Municípios e Estados podem ter FPM e FPE aumentados

Nova tributação dos fundos de investimento possibilita mudança

Municípios e Estados poderão ter os recursos do Fundo de Participação dos Municípios e dos Estados (FPM e FPE) aumentados com a nova tributação dos fundos de investimentos fechados. Isso é o que que propõe o Projeto de Lei 10.638/2018, que trata do Imposto de Renda (IR) que incide nos rendimentos de aplicações em fundos de investimento e sobre o tratamento tributário da variação cambial de investimentos realizados em sociedade controlada estabelecida no exterior.

A Confederação Nacional de Municípios (CNM) destaca que o IR é um imposto que compõe a base de cálculo desses fundos. A partir de dados do Banco Central do Brasil (BCB) é possível estimar que haverá, se aprovado o projeto ainda em 2018, um aumento da arrecadação do IR em 2019 na ordem de R$ 10,72 bilhões com a cobrança do imposto devido sobre os rendimentos acumulados até 31 de maio de 2019 nos fundos de investimento fechados, pelos cálculos da Confederação o incremento para os Municípios seria em torno de R$ 2,6 bilhões.

Aumento de arrecadação
O projeto tem por objetivo reduzir as distorções existentes entre as aplicações em fundos de investimento e aumentar a arrecadação federal, estadual e municipal por meio da tributação dos rendimentos acumulados pelas carteiras de fundos de investimento constituídos sob a forma de condomínio fechado, os quais se caracterizam pelo pequeno número de cotistas e forte planejamento tributário.

Dessa forma, a sistemática de tributação de estoque – já adotada para os fundos constituídos sob a forma de condomínio abertos com base na Lei 9.532/1997 – funcionará como inclusão de um novo critério temporal do fato gerador. Atualmente, no caso dos fechados, a regra tributária prevê a incidência quando o cotista recebe rendimentos por amortização de cotas ou resgate de cotas.

A nova regra a ser estabelecida define a incidência na fase anterior à amortização ou ao resgate à medida em que os rendimentos são auferidos, tal como ocorre nos fundos de investimento abertos.

11 de setembro de 2018

SDR deu apoio a V Expopeixe em Itainópolis

O evento reuniu 5000 pessoas e foram consumidos 400 kg de peixe

O Diretor do DIP, diretoria de Inclusão produtiva da SDR, Francisco das Chagas Ribeiro( Chicão) representou a Secretária Patrícia Vasconcelos, durante a V Expopeixe realizada nos dias 07 e 08, na praça Engenheiro Domingos Sávio, em Itainópolis, com apoio da Prefeitura, do Sebrae e da Secretaria do desenvolvimento Rural por meio do Prorama Viva o Semiárido.

A Exposição reuniu 11 criadores do município, que ofereceram aos consumidores, produtos da feira da agricultura familiar, como macaxeira, feijão e abóbora e um cardápio variado de pratos feitos com o peixe mais produzido na região, o tambaqui, como  bolinhos, costela, cremes e lasanha.

Segundo os representantes da Associação de Piscicultores de Itainópolis, organizadores do evento, foram consumidos durante a Expopeixe 400 kg de peixe e circularam na praça Engenheiro Domingos Sávio, aproximadamente 5000 pessoas, durante o dia fazendo compras na feira, experimentando a culinária diversificada durante o restante do diae se divertindo à noite, quando também foi oferecida aos convidados uma programação cultural, incluindo apresentações de banda gospel, bandas de forró e artistas locais.

Dona Rita de Cássia Santos, veio pela terceira vez com a família à Expopeixe “ adoramos os salgados, principalmente o peixe assado e a costelinha empanada” falou a autônoma.

O Tesoureiro da Associação de Produtores de Peixe de Itainópolis, Clemilson da Silva Monteiro, avalia que o evento têm sua grande importância porque além de divulgar a produção local, incentiva o associativismo e o empreendedorismo, já que á todo um envolvimento dos associados para a realização do evento, desde a criação dos peixes à elaboração do cardápio, produção dos pratos e a venda durante a eposição. “ a Expopeixe é um sucesso, a cada ano que passa as vendas melhoram e o público aumenta” afirmou Clemilson.

O diretor Francisco das Chagas, ressaltou o aumento na comercialização e no consumo da carne de peixe, com várias alternativas de pratos apresentados durante as últimas edições da Exposição “ As variadas alternativas de pratos feitos à base de peixe nas últimas edições da Expopeixe, tem contribuído para o aumento do consumo pela população da cidade e região,  é bom para a economia local mas principalmente para a prevenção de doenças, e para preservação do meio ambiente já que o peixe de tanques e criatórios, tem maior cuidado no tempo de conservação e deve ser consumido fresco a que torna a alimentação ainda mais saudável” concluiu Chicão”

PVSA conclui curso de empreendedorismo para Juventude de Inhuma

Francisco das Chagas participou ainda no último sábado (08), no povoado de Forte em Inhuma, da celebração de encerramento do curso de Cooperativismo e Associativismo realizado pela SDR por meio do Programa Viva o Semiárido e pelo FIDA ( Fundo Interamericano de desenvolvimento Agrário), com o apoio da Setre ( Secretaria do trabalho e empreendedorismo e da FUNPAPI(Fundação de Proteção ao Meio Ambiente e Ecoturismo).

Participaram do curso 27 jovens da Associação da Comunidade voltado para o empreendedorismo “ Os jovens da comunidade rural, associados e que participam do projeto, de nível médio, técnico e superior, foram capacitados e preparados durante 1 semana, para desenvolver seus projetos, eles estão inclusive pleiteando recursos do PVSA para montar uma agroindústria para beneficiamento de frutas, o que já está sendo estudado pela equipe do governo do estado por meio da Secretaria do desenvolvimento Rural” concluiu Chicão.

Na próxima semana (11) terá início na Associação das Mulheres da localidade Jardim, no município de Ipiranga, outro curso realizado pela SDR destinado a jovens do campo na área do Empreendedorismo.

28 de agosto de 2018

Cidades do PI receberão ações de regularização fundiária

Cidades de Amarante, Palmeirais e Regeneração receberão ações de regularização fundiária

Nos dias 29, 30 e 31 de agosto, a Empresa de Gestão de Recursos do Piauí (Emgerpi) vai realizará atendimentos itinerantes nas cidades de Palmeirais, Amarante e Regeneração. Por meio destas três ações de regularização fundiária, a empresa visa promover a regularização fundiária, financeira e cadastral de mais de 200 unidades habitacionais que foram construídas, na região do Médio Parnaíba piauiense, pela extinta Companhia de Habitação do Piauí (Cohab-PI).

Os mutuários da cidade de Palmeirais, que moram no Conjunto Josefa Soares (40 imóveis), receberão atendimentos nesta quarta-feira (29), das 7h30 às 17h30, no prédio da Universidade Aberta, localizada na entrada do bairro Serra Negra.

No dia 30 de agosto, a equipe técnica da Emgerpi prestará atendimento itinerante para os mutuários do município de Amarante, que moram nos conjuntos habitacionais: Sinhá Ayres e Novo Limoeiro (80 imóveis). Os atendimentos serão feitos das 7h30 às 17h30, no Centro de Referência de Assistência Social (Cras), localizado na Av. Dirceu Arcoverde, nº 75, Centro de Amarante.

E nesta sexta-feira (31), a Emgerpi levará o escritório itinerante para atender os mutuários da cidade de Regeneração, que residem nos imóveis do Conjunto Alto do Balanço da Cohab (81 imóveis). Os serviços serão prestados das 7h30 às 17h30, no Auditório do Hospital Regional Dona Maria de Lourdes Leal Nunes, localizado na Av. Alberto Leal Nunes, no bairro Alto do Balanço.

“De um total de 201 imóveis, mais de 80 mutuários ainda precisam finalizar débitos. Então, um dos objetivos das ações é apresentar os descontos de até 90%, sobre juros e multas, que os mutuários das cidades de Amarante, Palmeirais e Regeneração podem adquirir através da lei de parcelamento”, disse o Diretor-presidente da Emgerpi, Décio Solano.

Conforme Solano, aquele mutuário que moram em imóveis da extinta Cohab ou do antigo Iapep também podem parcelar dívidas, podendo obter descontos de até 40%, sobre juros.  “Ao mesmo tempo que convocamos, também trabalhamos para facilitar a vida dos mutuários que ainda precisam sanar débitos ou atualizar dados. O foco é trabalhar para entregar os títulos de imóveis para todos”, destacou o Diretor-presidente da Emgerpi.

24 de agosto de 2018

Prazo para declaração encerra dia 28 de setembro

Agricultores podem declaração fazer por meio de computador

O Imposto sobre a Propriedade Territorial Rural (ITR) deve ser declarado pago entre os dias 13 de agosto até 28 de setembro de 2018 por todas as pessoas físicas ou jurídicas (exceto as imunes ou isentas), que tenham a propriedade, o domínio útil ou a posse (inclusive por usufruto) de imóvel localizado fora da zona urbana do município. Quem perdeu imóvel ou teve o direito de propriedade transferido a partir 1º de janeiro deste ano também deve declarar o ITR. 

A Declaração de Imposto sobre a Propriedade Rural (DITR)  2018, deve ser feita via computador, por meio do Programa Gerador da Declaração do ITR, relativo ao exercício de 2018 (Programa ITR2018), disponível no site da Receita Federal na internet ou no SisCONTAG (sindicatos.contag.org.br). 

Para aqueles casos em que é necessário o pagamento, o valor da quota não pode ser inferior a R$ 50,00. O imposto de valor inferior a R$ 100,00 deve ser pago em quota única, limitado ao valor mínimo de R$ 10,00. Para o contribuinte que perder o prazo haverá cobrança de multa de 1% ao mês-calendário ou fração de atraso. Além disso, pode haver recusa em emitir isenção negativa, impedimento para a transferência de imóveis e dificuldades na obtenção de créditos.

Temos incentivado os sindicatos que façam a Declaração do ITR/2018, evitando que os sócios e sócias tenham que pagar altos valores para que façam sua Declaração, além de ser mais um serviço que o sindicato pode oferecer aos associados.

Quem tiver dúvidas sobre o preenchimento da Declaração do ITR pode procurar o Sindicato de Trabalhadores Rurais, a Federação dos Trabalhadores na Agricultura ou no site da Receita Federal.

21 de agosto de 2018

TCE-PI realiza seminário e inaugura novas instalações em Parnaíba

No sábado (25), haverá a inauguração das novas instalações da Subsede

O Tribunal de Contas do Estado do Piauí (TCE-PI) realizará nesta sexta-feira (24), em Parnaíba, o I Seminário de Gestão Institucional, com palestra do ministro-substituto do Tribunal de Contas da União (TCU), Weder de Oliveira, e de outras autoridades. No sábado (25), haverá, às 9 horas, a inauguração das novas instalações da Subsede da Corte de Contas em Parnaíba, no Parnaíba Shopping.

O seminário e a inauguração das instalações da Subsede fazem parte das festividades alusivas aos 119 anos do TCE-PI, que serão comemorados oficialmente no dia 27, com solenidade especial no Tribunal, em Teresina. O I Seminário de Gestão Institucional em Parnaíba acontecerá no auditório da Universidade Federal do Piauí – Campus Ministro Reis Velloso, com abertura às 14h30.

De acordo com o presidente do TCE-PI, conselheiro Olavo Rebelo, o evento faz parte das ações do Tribunal visando à qualificação de prefeitos, secretários municipais e servidores públicos para a boa gestão. É destinado ainda à capacitação de vereadores, dirigentes de entidade e cidadãos em geral para o controle social da gestão pública. O seminário iniciará com palestra da professora Aurilene Vieira de Brito, da Escola Augustinho Brandão, de Cocal dos Alves, às 15h30, sobre “Uma Experiência Exitosa na Educação Pública”.

Na sequência, às 16h15, a professora Tatiana Camarão, assessora técnica da Presidência do Tribunal de Justiça de Minas Gerais, falará sobre a “Relevância dos Tribunais de Contas no Controle das Contratações Municipais”. O ministro-substituto Weder de Oliveira, do TCU, encerrará o evento com palestra sobre “Contratação Pública, Responsabilidade Fiscal e o Teto do Gasto Público”, às 17h. A programação completa e as inscrições podem ser feitas no site do TCE-PI (www.tce.pi.gov.br)

SUBSEDE PARNAÍBA – A Subsede do TCE-PI em Parnaíba funciona desde janeiro, no Parnaíba Shopping, atendendo aos gestores e cidadãos de Parnaíba e de mais 11 municípios da região da Planície Litorânea – Luís Correia, Cajueiro da Praia, Ilha Grande, Bom Princípio, Buriti dos Lopes, Murici dos Portelas, Caxingó, Cocal, Caraúbas do Piauí, Cocal dos Alves e Joaquim Pires.

A inauguração das novas instalações da Subsede será às 9 horas de sábado (25), no Parnaíba Shopping, com a presença de membros e servidores do TCE-PI e de autoridades locais. De acordo com o presidente do TCE-PI, conselheiro Olavo Rebelo, são instalações modernas e funcionais, que proporcionarão mais conforto aos servidores e mais rapidez no atendimento aos jurisdicionados.


20 de agosto de 2018

Eventos e homenagens marcarão comemorações dos 119 anos do TCE-PI

Medalha Colar do Mérito será entregue a 14 autoridades e personalidades

O Tribunal de Contas do Estado do Piauí (TCE-PI) realiza na próxima segunda-feira (27) solenidade especial em comemoração aos 119 anos de sua criação, com a entrega da Medalha Colar do Mérito do TCE-PI a 14 autoridades e personalidades com serviços prestados ao controle externo e à administração pública.

A programação do aniversário inclui ainda seminário sobre gestão e a inauguração da sede da regional do TCE-PI em Parnaíba, sexta e sábado (24 e 25), respectivamente. A solenidade de comemoração dos 119 anos e entrega da Medalha Colar do Mérito ocorrerá no dia 27, a partir das 10h, no Plenário do Tribunal, sob a presidência do conselheiro-presidente do TCE-PI, Olavo Rebelo.

Serão condecorados a auditora de Controle Externo Angela Vilarinho da Rocha Silva, o professor Bernardo Pereira de Sá Filho, o professor Carlos Evandro Martins Eulálio, o advogado Celso Barros Coelho, conselheiro Edilberto Carlos Pontes Filho, do Tribunal de Contas do Ceará (TCE-CE); e o desembargador Ricardo Gentil Eulálio Dantas, do Tribunal de Justiça do Estado do Piauí.

Também receberão a Medalha Colar do Mérito do TCE-PI o jornalista e radialista Domingos Bezerra Filho, a superintendente da Controladoria-Geral da República no Piauí, Erika Lemância Santos Lôbo; os empresários Jesus Elias Tajra e Jorge Batista da Silva Filho, a promotora de Justiça Karla Daniela Furtado Maia Carvalho, a artista plástica Maria Nazareth Maia Rufino Mcfarren, o auditor fiscal Philippe Salha e a professora Tatiana Martins Camarão.

PRIMEIRO TRIBUNAL DE CONTAS - Criado e instalado em 28 de agosto de 1893, no Governo de Coriolano de Carvalho e Silva, o TCE-PI é o mais antigo dos Tribunais de Contas dos estados brasileiros. Foi extinto na Revolução de 1930 e recriado por força do decreto-lei nº 1.200, de 24 de maio de 1946, após o fim da Ditadura do Estado Novo, no 1º Governo de Getúlio Vargas.

10 de agosto de 2018

Emgerpi levará ações de regularização fundiária para cidades do PI

Atendimentos estão sendo realizados de forma gratuita

A Empresa de Gestão de Recursos do Piauí (Emgerpi) vai realizar, nos dias 13, 14, 21 e 22 de agosto, ações de regularização fundiária urbana na região do Médio Parnaíbapiauiense, tendo como objetivo promover a regularização fundiária, cadastral e financeira dos mutuários que moram nas cidades de Água Branca, Angical e São Pedro. Ações buscam regularizar 205 imóveis no interior do Estado.

Os mutuários da cidade de São Pedro receberão atendimento itinerante no dia 13 de agosto (segunda-feira). Esta ação de regularização visa tender todos os moradores do Conjunto Hugo Napoleão, que possui 45 unidades habitacionais, construídas, no passado, pela extinta Companhia de Habitação do Piauí (Cohab-PI). Em São Pedro, o atendimento acontecerá das 7h30 às 18h, na Unidade Escolar Dr. Clóves Alves Pereira, localizada no bairro Outro Lado.

No dia 14 de agosto, a Emgerpi levará o escritório itinerante para o município de Angical. Nesta ação, a empresa tem como objetivo atender os mutuários do Conjunto Neno Santos, que tem 50 imóveis. Todo atendimento será realizado das 7h30 às 18h, na Unidade Escolar Paulo Nunes.

Ações em Água Branca

Ainda no mês de agosto, a Emgerpi realizará duas ações de regularização fundiária na cidade de Água Branca.  No dia 21 de agosto, a empresa levará uma equipe técnica para atender todos os mutuários do Conjunto Leocádio Melo, que tem 80 imóveis. O atendimento itinerante será prestado das 7h30 às 18h, na quadra de esporte da Escola Joaquim Calado.

Os mutuários de Água Branca, que moram no Conjunto Mutirão (30 imóveis) receberão atendimento itinerante no dia 22 de agosto, das 7h30 às 18h, na Creche Tia França, localizada no Conjunto Mutirão.

O Diretor-presidente da Emgerpi, Décio Solano, explica que ao realizar estas quatro ações, a empresa realiza atividades que promovem a regularização fundiária dos conjuntos habitacionais localizados no território de desenvolvimento Entre Rios. “Através destas atividades queremos estimular, levar informações e mais comodidade aos mutuários do interior do Estado, que ainda precisam finalizar pendências nos seus contratos de financiamentos habitacionais e, consequentemente, obter a titularidade definitiva dos seus imóveis”, destacou.

“Durante os atendimentos itinerantes, os mutuários das cidades de Água Branca, Angical e São Pedro, poderão negociar débitos, conhecer os descontos de até 90% (sobre juros e multas) que a Emgerpi concede para quem precisa de facilidades na hora de quitar dívidas e também resolver outras pendências”, disse a Diretora de Processos Imobiliários da Emgerpi (DPI), Ana Lúcia Gonçalves.

08 de agosto de 2018

Piauí recebe Seminário de Contabilidade Eleitoral nesta quarta-feira (08)

A prestação de contas eleitorais garante transparência e legitimidade

Nesta quarta-feira (08), os profissionais da contabilidade e áreas afins participarão do Seminário “Contabilidade Eleitoral: da teoria à prática”. O evento é uma realização do Conselho Federal de Contabilidade e do Conselho Regional de Contabilidade do Piauí (CRC-PI), através da Comissão Eleitoral, que tem como missão promover capacitações sobre as prestações de contas eleitorais para as eleições de 2018.

O Seminário de Contabilidade Eleitoral, acontecerá no auditório da Associação Piauiense de Municípios (APPM), a partir das 8h, com uma programação de debates que seguem até às 18h. A realização do evento também conta com apoio do Tribunal Regional Eleitoral do Piauí (TRE-PI), Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Piauí (OAB-PI) e APPM.

“Temos a certeza que o profissional contábil vai contribuir bastante para garantir mais integridade, credibilidade e transparência às informações nas Eleições 2018. Por isso, é importante a participação de profissionais da área, assim como dos partidos políticos. A prestação de contas eleitorais garante transparência e legitimidade sobre os recursos e gastos que foram realizados pelos candidatos durante a campanha”, diz o presidente do CRC-PI, Josafam Bonfim.

O presidente Josafam lembra também que agora é obrigatório a assinatura do contador na prestação de contas eleitorais. “Pois, com as mudanças na legislação eleitoral, ocorridas para este ano, os profissionais de Contabilidade têm papel fundamental no processo de prestação de contas”, ressalta.

O investimento para ingressar no Seminário de Contabilidade Eleitoral será apenas por meio de doação de duas latas de leite de 400g, cada uma, que serão entregues para instituições sociais, por meio do Programa de Voluntariado da Classe Contábil do CRC-PI.

Durante a programação, serão debatidos, entre outros temas, a atuação da Justiça Eleitoral nas Eleições 2018, o Sistema de Prestação de Contas Eleitorais (SPCE 2018), bem como a atuação do profissional da contabilidade no processo.

Confira a programação completa do Seminário de Contabilidade Eleitoral:

8h: Credenciamento

8h30: Abertura (CRC /TRE/OAB/APPM)

9h: TRE – Prestação de Contas de Campanha: documentação, contas bancárias e considerações sobre o SPCE

- Leonardo Moraes Júnior - Coordenador de Controle Interno

- Maria do Amparo Araújo - Técnico Judiciário

10h30: OAB - Financiamento de Campanha

- Tiago José Feitosa de Sá – Advogado e presidente da Comissão de Direito Eleitoral da OAB-PI. Membro do Instituto Brasileiro de Direito Eleitoral – IBRADE

12h: Intervalo para almoço

14h: Prestação de Contas Eleitorais – Atuação do Profissional da Contabilidade

- Guilherme Valderedo Barbosa Guimarães – Conselheiro do CRC-PI, multiplicador do Sistema CFC/CRCs; e presidente da Associação dos Peritos Contadores do Estado do Piauí (APCEPI) - (2017/2018).

06 de agosto de 2018

Segunda etapa do perímetro Tabuleiros Litorâneos será retomada

Com a conclusão das obras, projeto terá cerca de 430 lotes agrícolas irrigados

As obras da segunda etapa do projeto de irrigação Tabuleiros Litorâneos, no município de Parnaíba (PI), serão retomadas. Um aporte de R$ 54 milhões foi assegurado pelo Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (Dnocs), que responde pela execução e supervisão dos trabalhos. O órgão é vinculado ao Ministério da Integração Nacional. A ordem de serviço para reiniciar as atividades foi assinada, nesta sexta-feira (3), com a presença do presidente da República, Michel Temer, e do ministro da Integração Nacional, Pádua Andrade.

A segunda etapa do projeto consiste na construção da rede de irrigação, constituída de canais e tubulações que levarão água aos lotes. Também estão inclusos cerca de 60 quilômetros de acesso viário ao longo dos canais, redes de drenagem e infraestrutura para transmissão e distribuição de energia. Todo o empreendimento abrange uma área de 2.365 hectares voltada a pequenos produtores, outros 1.634 hectares destinados a agrônomos e técnicos agrícolas, além de 1.586 hectares para unidades empresariais, totalizando 5.585 hectares.

Com a conclusão das obras, o projeto Tabuleiros Litorâneos terá cerca de 430 lotes agrícolas irrigados. A expectativa é saltar de um patamar de 900 empregos diretos para 6 mil postos de trabalho no perímetro. A receita bruta total dos agricultores, que foi de R$ 34,5 milhões em 2017, tende a ultrapassar os R$ 127 milhões a partir da plena operação dos lotes.

Já em atividade, a primeira etapa do perímetro capta água no Rio Parnaíba por meio de um canal com 1.300 metros, até a estação de bombeamento. Depois, bombas impulsionam a água da adutora ao reservatório para, assim, seguir por gravidade em canais para distribuição nos lotes. Atualmente, nos cerca de 1.400 hectares já irrigados são produzidos acerola, abacaxi, banana, manga, goiaba e outras frutas, inclusive com grande volume para exportação.

03 de agosto de 2018

24 de julho de 2018

Após solicitação, Justiça suspende concurso público em Elesbão Veloso

Após solicitação do Crefito 14, Justiça suspende concurso público da Prefeitura de Elesbão Veloso

O juiz João Castro Silva, titular da Vara Única de Elesbão Veloso, decidiu pela suspensão do Edital e Concurso Público Nº 01/2018 para o cargo de fisioterapeuta, lançado pela Prefeitura do município. A suspensão acolhe pedido do Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional da 14ª Região (Crefito 14).

De acordo com a decisão judicial, o edital do certame oferecia o salário inicial para fisioterapeuta no valor de R$ 1.640,00 para uma jornada de trabalho de 40 horas semanais. No entanto, o piso salarial da categoria, estabelecido pela Lei Estadual Nº 6.633/2015, é de R$ 3.026,37 para uma jornada de 30 horas semanais.

Outra irregularidade identificada no edital foi a previsão de uma jornada de trabalho de 40 horas semanais, sendo que a Lei Federal Nº 8.856/1994 estabelece que os profissionais de Fisioterapia e Terapia Ocupacional estão sujeitos à prestação máxima de 30 horas semanais de trabalho. 

Ainda de acordo com a decisão, efetuada por meio de liminar, o concurso fica suspenso para o cargo de fisioterapeuta até que o edital seja retificado e os valores da remuneração dos profissionais sejam fixados de acordo com a Lei.

“O Conselho vem fiscalizando todos os editais de concurso onde se ofertam vagas para fisioterapeutas e terapeutas ocupacionais para verificar tanto a questão da jornada de trabalho como a remuneração. A Justiça tem decidido favoravelmente em benefício dos profissionais e agora vamos acompanhar as devidas correções no edital do concurso de Elesbão Veloso”, comenta Marcelino Martins, presidente do Crefito 14.

20 de julho de 2018

Dois ex-prefeitos de Geminiano aparecem na lista de fichas suja

Dois ex-prefeitos de Geminiano aparecem na lista de fichas suja

Dois ex-prefeitos do município de Geminiano, Antônio Borges Neto e Jânio Jáder Sousa Borges, estão na extensa lista de políticos fichas suja que foi divulgada pelo Tribunal de Contas do Estado do Piauí na semana passada, para fins de inelegibilidade.

De acordo com o TCE-PI, a lista contém nomes dos gestores municipais e estaduais com prestações de contas julgadas irregulares ou que tiveram parecer prévio emitido pelo órgão fiscalizador, opinando pela reprovação.

No município de Geminiano, além dos dois ex-prefeitos, outros seis nomes estão na lista. São ex-gestores do mesmo grupo político e que ocuparam cargos públicos nas gestões. Os nomes listados são Maria do Carmo de Moura e Valneide Josefa de Oliveira, ex-gestoras da Educação; Roselândia de Jesus Sousa Sobrinho, ex-gestora da Assistência Social; Manoel Borges de Moura, ex-gestor da Saúde; e Maria Vanusa de Moura e Ronilson de Moura Leal, ex-presidentes da Câmara.

Pela lei da Ficha Limpa são inelegíveis “os que tiverem suas contas relativas ao exercício de cargos ou funções públicas rejeitadas por irregularidade insanável que configure ato doloso de improbidade administrativa, e por decisão irrecorrível do órgão competente, salvo se esta houver sido suspensa ou anulada pelo para as eleições que se realizarem nos 8 (oito) anos seguintes, contados a partir da data da decisão”.

Marcolândia sediará encontro regional de prefeitos

Marcolândia sediará encontro regional de prefeitos.

Marcolândia, cidade situada a 422 km de Teresina, na divisa do Piauí com o Pernambuco, administrada pelo prefeito Francisco Pedro Araújo, o Chico Pitu – PT, foi a escolhida para sediar o 5º Encontro Municipalista realizado pela Associação dos Municípios do Vale do Itaim (AMVI). O anúncio oficial foi feito pelo presidente da entidade, Antoniel de Sousa Silva, o Toninho – PSD, prefeito de Caridade do Piauí.

O evento acontecerá no domingo, dia 22 de julho, a partir das 9h, no auditório da Câmara Municipal, e vai abordar três temas importantes para o municipalismo, como o aerolevantamento para o cadastro imobiliário e para a implementação de medidas técnicas e administrativas para a regularização fundiária. Outros assuntos em pauta são os planos municipais de resíduos sólidos e de saneamento, como também, a ação de recuperação do FPM, o Fundo de Participação dos Municípios.

“Nós estamos convidando os prefeitos da região para participarem do quinto encontro da Associação, onde especialistas vão ministrar palestras sobre os respectivos assuntos e orientar os gestores municipais”, disse Toninho. 

Em entrevista, por telefone, o presidente da entidade destacou a importância da contínua capacitação dos gestores como estratégia para administrar os municípios no cenário de crise econômica. “Cada reunião que a AMVI promove é um momento de troca de experiência, de obtenção de novos conhecimentos e de busca de alternativas para o desenvolvimento dos municípios da região do Vale do Itaim”, disse.

O último encontro dos municípios do Vale do Itaim foi realizado em Jacobina do Piauí no dia 14 de abril e contou com a participação de 20 prefeitos.

13 de julho de 2018

Festival do Vento acontece dia 28 de Julho na Praia do Macapá

Festival do Vento | 28 de Julho | Praia do Macapá

O Festival do Vento, que acontece dia 28 de julho de 2018, abre a temporada de ventos do litoral do Piauí com o objetivo de unir tribos numa atmosfera ecocultural de tirar o fôlego. O local escolhido para a celebração foi a bela Praia do Macapá, também conhecida como Deltinha.

A ideia do evento é proporcionar uma experiência inédita que reúne kite, música e arte em um lugar paradisíaco. Artistas piauienses foram convidados para expor suas artes no festival e a criarem juntos o ambiente da festa. Entre eles estão Jabuh, Arianne Piraja, Paulo Bastos, Renata Boaventura.

Entre as atrações musicais confirmadas está o duo Cool Keedz, composto por Shinohara e Veloci, que chega com um feeling extraordinário e produções autênticas. Além da dupla, o festival conta com as bandas Cabessativa e Luis Paulo Cocha. O DJ convidado da casa será o piauiense Davi Bandeira.

Um Downwind sairá de Barra Grande para o festival e os 30 primeiros velejadores que chegarem ao local do evento terão acesso gratuito. Para quem não veleja haverá outras opções de acesso ao evento. Alguns barcos sairão de Barra Grande rumo ao festival, fazendo um belo percurso pelo Mangue. Além disso, vans serão disponibilizadas saindo do Coqueiro e de Barra Grande.  

O Festival do Vento traz também uma cartela de drinks especiais pensados exclusivamente para a ocasião pelo chef Igor Rocha. Sushi e hambúrguer fazem parte da gastronomia que será oferecida no evento que vem para promover uma imersão ecológica, esportiva e cultural.  

Serviço:

Festival do Vento

Data - 28 julho 2018

Local - Praia do Macapá

Hora - 16h


Contatos:

Carol 86 9994 3829

Ieda 61 98130 8642

Petronilio 86 98835 0429

Raiane 86 99985 0889

02 de julho de 2018

Projeto qualifica Profissionais da Área Turística no PI

Projeto de Qualificação de Profissionais da Área Turística capacita profissionais

Um novo projeto está levando uma série de aprendizado, atualização e profissionalização no trato do turismo de alguns municípios do Piauí. Com apoio do Governo do Estado do Piauí e da Secretaria de Estado de Turismo – Setur, o evento começou no último na última segunda-feira (25) e se estende até o próximo dia 04 de julho. Os municípios contemplados são Palmeirais, Barras, Cajueiro da Praia, Luís Correia, Parnaíba e terminará no município de Campo Maior. Palmeirais, Barras e Cajueiro da Praia já receberam o projeto, em forma de cursos e dinâmicas com profissionais gabaritados na área de administração, comunicação.

Segundo os organizadores do Instituto Rio Piracuruca, que coordena todo o projeto, o público alvo do projeto nos municípios é formado por profissionais que atuam direta ou indiretamente na área de comércio, hotelaria, alimentação, lazer, cultura, turismo, dentre outras atividades, empresários, gerentes e colaboradores do ramo de turismo, além de estudantes de cursos ligados a turismo. O projeto conta com duas palestras sobre gestão de conflitos, que é ministrada pelo Prof. Dr. do IFPI Reinado Lopes e palestra de motivação e relação interpessoal com Coach, ministrada por José Portela. O evento tem ainda dinâmicas e oficinas práticas e é encerrado com show de humor com o Grupo 4 em 1 e coquetel de encerramento. Ao térmico de cada curso os participantes recebem certificados e sorteio de camisas do evento.

Nesta sexta-feira, o projeto contempla todo o público citado do município de Luís Correia; no sábado (30), será a vez de Parnaíba e no dia 04 de julho, o projeto será encerrado em Campo Maior. Para o Governo do Estado, quanto mais preparados e mais conscientes da importância do receptivo e da qualidade de produtos e serviços ofertados, mais vantagens e retorno os comerciantes e empresários, bem como os municípios terão em troca, movimentando a economia local e garantindo a satisfação de quem utiliza o trade turístico do Estado do Piauí.





Enquete

Um jovem morreu ao sofrer descarga elétrica colocando celular para carregar. Quais cuidados você toma em relação a isso?

ver resultado