• SOS Unimed
  • Fagner
  • Trilha das emoções
  • Novo app Jornal O Dia

Bárbara Paz faz protesto em favor da Amazônia no Festival de Veneza

A atriz dirigiu um documentário sobre seu marido, o cineasta Hector Babenco, morto em 2016.

03/09/2019 19:06h

De smoking, a atriz Bárbara Paz segurou uma folha de ofício com as palavras "I am Amazônia" no tapete vermelho do Festival Internacional de Cinema de Veneza nesta segunda-feira (2). 

Em meados do mês de agosto, o sul do Pará registrou disparo no número de queimadas. Novo Progresso (PA) sofreu um aumento de 300% em casos de focos de incêndio, no que ficou conhecido como "dia do fogo".

A atriz dirigiu um documentário sobre seu marido, o cineasta Hector Babenco, morto em 2016. Exibido em mostra paralela, "Babenco - Alguém Tem que Ouvir o Coração e Dizer: Parou" mostra os últimos anos da vida do diretor.

"Ele queria dirigir a própria morte. Dizia que o filme dele seria um solilóquio. Que estava vivo e que queria falar", disse Bárbara Paz à reportagem.

Argentino naturalizado brasileiro, Babenco dirigiu "O Beijo da Mulher-Aranha", que disputou o Oscar em 1986.   

Fonte: Folhapress

Deixe seu comentário