• Curta Doar
  • Teresina 167 anos
  • Casa dos salgados
  • Novo app Jornal O Dia

Recordista, 'Game of Thrones' larga à frente na luta por 32 prêmios Emmy

O épico figura, entre outras, nas categorias de melhor série dramática, atriz de drama (Emilia Clarke) e ator de drama (Kit Harington). Além deles, outros oito integrantes do elenco foram indicados.

17/07/2019 08:45h

O Emmy anunciou na manhã desta terça (16) os indicados à sua 71ª edição. A despeito da impopularidade nas redes sociais –um abaixo-assinado correu a internet pedindo sua refilmagem– a última temporada de "Game of Thrones" lidera o páreo com 32 indicações, um recorde na história da premiação.

O épico figura, entre outras, nas categorias de melhor série dramática, atriz de drama (Emilia Clarke) e ator de drama (Kit Harington). Além deles, outros oito integrantes do elenco foram indicados.

O recorde ainda marca a volta por cima da HBO depois de perder a hegemonia de 17 anos para a Netflix no ano passado. Nesta edição do Emmy, o canal pago teve 137 indicações, contra 117 do gigante do streaming.

A emissora ainda tem uma aposta forte na categoria de minisséries, "Chernobyl", que concorre a 19 láureas. Mas ele enfrentará dois concorrentes fortes na disputa, também baseados em fatos reais. São eles a polêmica "Olhos que Condenam", da Netflix, e "Escape at Dannemora", do Showtime.

Outra que engrossa a lista de indicados da HBO é "Veep", que em sua temporada final cumpriu as predições dos críticos. As surpresas ficaram sobretudo a cargo de outras indicações de humor. Nesse sentido, a grande estrela foi a britânica Phoebe Waller-Bridge, criadora e protagonista da irreverente "Fleabag", série da Amazon esnobada no ano passado que agora disputa 11 troféus.

Nos dois, seus adversários também foram na contramão dos prognósticos, caso de "Boneca Russa", da Netflix, e "Schitt's Creek", da Pop (segundo o The Hollywood Reporter, o presidente desta última ficou tão surpreso com a notícia que soltou um palavrão). Outra presença inesperada é a de Christina Applegate, que pleiteia o prêmio de melhor atriz cômica por "Dead to Me", também da Netflix.

Alguns dos títulos mais falados deste ano, como a sequência de "Big Little Lies" ou a terceira temporada de "The Handmaid's Tale" não apareceram na seleção. Não foi pela falta de qualidade –o motivo é que estrearam depois da data limite para concorrer. Os vencedores serão anunciados em 22 de setembro.

Fonte: Folhapress
Edição: Maria Clara Estrêla
Por: Sandy Swamy

Deixe seu comentário