• Canta
  • SOS Unimed
  • Fagner
  • Trilha das emoções
  • Novo app Jornal O Dia

Notícias Esporte

23 de setembro de 2019

Eduardo critica ‘cochilos’ do Timon e fala em maior foco

Eduardo critica ‘cochilos’ do Timon e fala em maior foco

Oeirense é novo líder da competição após empatar por 2 a 2 com a equipe do Timon.

A equipe do Timon entrou em campo no sábado (21) pelo Piauiense Série B. O time comandado por Marcão ficou no empate em 2 a 2 diante o Oeirense, mas chegou a terminar o segundo tempo com uma vitória parcial por 2 a 0, e cedeu ao empate. Com o resultado, a Águia Soberana perdeu a chance de encerrar a rodada como líder e o Oeirense é novo líder da competição.


Leia também:

Eduardo e Bismarck se juntam ao elenco do Timon para Série B 

“Corrigir falhas”, diz Eduardo sobre confronto contra Oeirense 


Após a partida, o atacante Eduardo fez críticas aos seus companheiros sobre a postura em campo. “Saímos do campo frustrados. Estamos jogando uma segunda divisão profissional, apesar de ter uma base sub23, mas atletas de 20, 23 anos não são mais promessas, tem que ser realidade. Os jogadores estão jogando com 18 anos, então tem que assumir a responsabilidade e encarar a competição com responsabilidade de profissional”, disse Eduardo.


O atacante Eduardo disse que os companheiros têm que assumir a responsabilidade e profissionalismo - Foto: Jailson Soares/O Dia

O técnico Marcão falou em ‘cochilo’ e pede paciência, pois, segundo ele, a equipe vem crescendo na competição. O time dominou o adversário na primeira etapa e, no segundo tempo, se viu perdido em campo e chamou o adversário para jogar dentro do seu campo.

“É um empate com sabor de derrota, pois cochilamos na segunda etapa e deixamos o Oeirense chegar e marcar. Infelizmente, não temos a fórmula para saber o que acontece, mas faz parte do jogo. Eles tiveram perto méritos e conseguiram empatar o jogo. Agora vamos trabalhar para a sequência da competição”, afirmou Marcão.

A equipe do Timon terá quase 15 dias até o próximo jogo na competição, pois folga na próxima rodada. O Oeirense volta a campo na próxima sexta-feira (27), quando enfrenta o Cori-Sabbá, às 20h, em Floriano. 

"Tenho confiança absoluta em Sampaoli", diz presidente do Santos

José Carlos Peres bancou a permanência do técnico no comando do Santos.

O presidente José Carlos Peres bancou a permanência do técnico Jorge Sampaoli no comando do Santos. O mandatário afirmou ter confiança "total e absoluta" no argentino, elogiou o comandante e reafirmou o desejo de renovar o vínculo do treinador.

Peres disse estar contente com o trabalho de Sampaoli até aqui e disse que os resultados vieram até antes do esperado pela diretoria santista. No entanto, declarou que a equipe precisa melhorar quando sai atrás no marcador.


Leia também:

Sampaoli aposta em conjunto para tentar bater 'superlativo' Flamengo 


"Continuamos apoiando. Ele está se adaptando ao futebol brasileiro e os resultados vieram até antes do esperado. Temos confiança total e absoluta. Queremos contar com ele até o final do contrato e até renovar por dois ou três anos. Ele joga um futebol que todo mundo gosta de assistir. O time engoliu o Grêmio no primeiro tempo, depois tomou um gol e desestabilizou. É isso que precisa arrumar", disse Peres em entrevista à rádio Bandeirantes.


José Carlos Peres bancou a permanência do técnico Jorge Sampaoli no comando do Santos - Foto: Ivan Storti/Santos FC

Após engatar sete vitórias consecutivas e assumir a liderança do Campeonato Brasileiro, o Peixe caiu de produção e venceu apenas uma das últimas sete partidas. Peres negou que a equipe tenha chegado ao seu limite.

"Time não chegou no limite. É um time forte, com cinco jogadores de seleção, apesar de parte da imprensa não reconhecer. Fase passa. Temos um turno inteiro pela frente", afirmou.

Sampaoli tem contrato com o Santos até o final de 2020 e o mandatário já deixou claro que tem interesse em estender o vínculo do treinador com o clube. Para tentar se recuperar no torneio, o Santos visita o Fluminense nesta quinta-feira, às 20h, no Maracanã, em jogo válido pela 21ª rodada do Brasileirão.

Inter vence a Chapecoense e ganha fôlego no Brasileiro

Inter vence a Chapecoense e ganha fôlego no Brasileiro

Com o resultado obtido neste fim de semana, o colorado volta aos G4 do Brasileirão, ultrapassando o São Paulo e Corinthians.

Neste domingo (22), o Internacional recebeu a Chapecoense, no estádio Beira-Rio, às 11 horas, pela 20° rodada do Campeonato Brasileiro, e conseguiu a vitória por 1 a 0 nos minutos finais, gol marcado pelo volante Rodrigo Lindoso.

Com o resultado obtido neste fim de semana, o colorado volta aos G4 do Brasileirão, ultrapassando o São Paulo e Corinthians, que venceram Botafogo e Bahia, respectivamente. Pelo lado da Chape, a situação fica ainda mais complicada para fugir da zona de rebaixamento; no momento a equipe tem 14 pontos e ocupa a vice-lanterna.

Na próxima rodada, o Internacional não deverá ter vida fácil já que enfrenta, fora de casa, o Flamengo, líder do Campeonato Brasileiro e com o melhor desempenho como mandante dentre todos os 20 times. Já a Chapecoense receberá o Corinthians, que conseguiu uma importante vitória na última rodada ao bater o Bahia, por 2 a 1, gols de Vágner Love e Clayson.


Leia também:

Internacional se surpreende com mobilização e encara 'crise' 


Mesmo aparecendo em poucos momentos, o meia foi fundamental para o triunfo do Internacional já que marcou o único gol da partida, nos minutos finais, quando parecia que o jogo terminaria empatado por 0 a 0. Além disso, o jogador era um dos que mais tentava criar jogadas a favor do sistema ofensivo dos donos da casa.

O meia do Internacional teve mais uma partida abaixo do esperado com a camisa colorada. Um dos mais vaiados pela torcida antes do início do jogo, Patrick pouco apareceu no ataque e teve dificuldade em ajudar na criação da equipe, um dos pontos fracos nas últimas partidas. O que deixa a situação mais crítica é o fato do atleta ter feito um início de ano espetacular, sendo um dos destaques do forte elenco comandado por Odair Hellmann.

O Internacional começou o jogo com intensidade e querendo mostrar que o vice-campeonato da Copa do Brasil não iria abalar o desempenho do time no Campeonato Brasileiro, mas foram poucos os minutos de euforia dos donos da casa. A falta de criatividade no meio-campo e a lentidão na transição defesa para o ataque fazia com que o grupo comandado por Odair Hellmann pouco incomodasse a defesa sólida do time catarinense.


Foto: Divulgação/Internacional Sport Club

O time usava muito os laterais, mas os atacantes de ponta (Nico López e Wellington Silva) tinham muita dificuldade de quebrar as linhas da Chapecoense e pouco conseguiram finalizar, sendo um dos raros bons chutes foi anulado pelo VAR. O triunfo veio mais pela insistência do que pela estratégia bem montada.

O técnico Marquinhos Santos escalou o time catarinense com três atacantes, buscando aproveitar a velocidade dos seus jogadores de frente. No entanto, a formação mais ousada não evitou que o time se postasse defensivamente e marcasse intensamente os adversários colorados. No primeiro tempo, o time fechou bem as laterais e povoou o meio-campo, tanto que não era raro ver os 10 atletas de linha no campo de defesa quando o Internacional tinha a posse de bola.

Porém, a equipe perdeu fôlego nos minutos finais do confronto e cedeu o gol nos minutos finais, após erro de marcação no escanteio cobrado pelo lado esquerdo. Curiosamente, Tiepo já tinha feito dois milagres para evitar o tento colorado.

Como já era esperado, o Inter tomou conta das ações ofensivas nos minutos iniciais, querendo se impor e tentar marcar logo no começo para dar um pouco mais de tranquilidade ao time que ficou com o vice-campeonato da Copa do Brasil na última quarta-feira (18). O primeiro lance de perigo aconteceu aos três minutos, quando Rodrigo Lindoso aproveitou cruzamento de Nico López e cabeceou por cima da meta defendida pelo goleiro Tiepo.

Minutos depois da tentativa do volante colorado, os donos da casa tiveram outra oportunidade, desta vez com Wellington Silva, que tabelou com Guerrero na entrada da grande área, mas perdeu na velocidade para o arqueiro adversário, que saiu do gol para evitar um arremate de perigo.


Foto: Divulgação/Internacional Sport Club

Apesar da insistência dos donos da casa e do controle da posse de bola, o jogo era equilibrado no meio-campo e o calor também não ajudava o ritmo da partida, que se mostrava mais lenta do que intensa.

O enredo do segundo tempo foi o mesmo, com o Inter buscando mais o jogo e os visitantes demonstrando que não estavam incomodados com aquele empate por 0 a 0. A grande chance dos donos da casa aconteceu aos 27 minutos, quando Nico López ganhou na corrida do defensor e chutou por cima do gol defendido pelo arqueiro catarinense.

Depois de dois pequenos milagres do goleiro da Chapecoense, os donos da casa conseguiram o triunfo após a insistência do ataque colorado. Na ocasião, Rodrigo Lindoso aproveitou o rebote para balançar as redes a favor do colorado.

Aos 28 minutos do primeiro tempo aconteceu o gol de Wellington Silva, que aproveitou a bola sobrada na entrada da área para estufar as redes da Chapecoense. Porém a comemoração durou pouco, já que o árbitro de vídeo entrou em ação pela primeira vez na partida e anulou o tento o Internacional, com a arbitragem alegando posição irregular do atacante colorado.

O árbitro de vídeo apareceu novamente no segundo tempo, desta vez aos 37 minutos. Os donos da casa fizeram o gol com Neílton, porém o lance foi invalidado por uma falta de Edenílson no defensor Bruno Pacheco.

A torcida colorada mostrou sua insatisfação com o desempenho recente do time antes mesmo da bola rola no Beira-Rio. Os mais vaiados foram o lateral-direito Bruno, o volante Edenílson, o meia Patrick e o técnico Odair Hellmann; nomes que, curiosamente, tinham bastante prestígio no começo do ano pelos fãs do Internacional.

Palmeiras fica na cola do Flamengo após vencer o Fortaleza

Palmeiras fica na cola do Flamengo após vencer o Fortaleza

Partida valeu pela 20ª rodada do Campeonato Brasileiro no Castelão. É a quarta vitória consecutiva sob o comando de Mano Menezes.

O Palmeiras venceu o Fortaleza neste domingo (22) por 1 a 0, no Castelão, pela 20ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Com a vitória, a quarta consecutiva desde que Mano Menezes assumiu o comando, a equipe alviverde foi a 42 pontos na tabela e se mantém na cola do líder Flamengo, que tem 45.


Leia também:

Aos poucos, Mano Menezes impõe suas ideias no Palmeiras 


Neste sábado (21), o Santos perdeu do Grêmio por 3 a 0, na Vila Belmiro. Com a derrota, a equipe alvinegra estacionou nos 37 pontos e se distanciou ainda mais do Flamengo com o triunfo sobre o Cruzeiro, em Belo Horizonte.


Foto: Willian marcou o gol da vitória sobre o Fortaleza - Foto: César Greco/Ag. Palmeiras

Pressionado pela derrota no jogo de ida da semifinal da Copa Sul-Americana, o Corinthians venceu na noite deste sábado o Bahia, por 2 a 1, em Itaquera. Vagner Love e Clayson marcaram os gols do triunfo corintiano.

Também neste sábado e com gol de Pablo aos 46 minutos do segundo tempo, o São Paulo venceu o Botafogo por 2 a 1. O time não vencia na competição há quatro jogos.

22 de setembro de 2019

Medina vence etapa em piscina e assume a ponta do Mundial de surfe

Medina vence etapa em piscina e assume a ponta do Mundial de surfe

O brasileiro venceu pelo segundo ano seguido a etapa Freshwater Pro da Liga Mundial de Surfe (WSL).

O surfista brasileiro Gabriel Medina, 25, venceu pelo segundo ano seguido a etapa Freshwater Pro da Liga Mundial de Surfe (WSL), disputada em uma piscina de ondas em Lemoore, na Califórnia.


Leia também:

Neste sábado (21), ele obteve a melhor soma de notas (18.86 de 20 possíveis) nas ondas surfadas para a direita e para a esquerda e defendeu seu título na única etapa disputada nesses moldes no circuito. Ela fez sua estreia no calendário no ano passado.

Gabriel Medina. (Foto: Divulgação/WSL)

Em outra repetição de 2018, a segunda colocação no Surf Ranch ficou com outro brasileiro, Filipe Toledo, que competiu até o fim mesmo se queixando de dores.

Com esse resultado, Medina passou da quarta posição para a primeira na classificação da temporada 2019. Filipinho, até então líder, caiu para a segunda colocação.

Embalado após dois títulos e um vice nas três últimas etapas, o bicampeão da WSL tornou-se grande candidato ao tri, já que costuma ter bom desempenho na reta final.

A próxima parada do Mundial será em Landes, na França, de 3 a 13 de outubro, seguida de Peniche, em Portugal (16 a 28 de outubro). Pipeline, no Havaí, recebe a derradeira etapa da temporada, de 8 a 20 de dezembro.

Santos perde do Grêmio e se distancia do líder Flamengo

Santos perde do Grêmio e se distancia do líder Flamengo

Com a derrota, o clube santista chegou a sua terceira partida consecutiva no Campeonato Brasileiro sem vitórias.

O Santos perdeu do Grêmio por 3 a 0 na noite deste sábado (21), na Vila Belmiro, pela 20ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Com a derrota, a equipe alvinegra estacionou nos 37 pontos e se distanciou ainda mais do líder Flamengo, que foi a 45.


Leia também:

Com a derrota, o clube santista chegou a sua terceira partida consecutiva no Campeonato Brasileiro sem vitórias. O Santos se encontra na terceira colocação da competição e pode ver o Palmeiras, o vice-líder, se isolar ainda mais na segunda colocação, já que joga neste domingo (22) contra o Fortaleza.

Torcida do Santos. (Foto: Reprodução)

Os gols da vitória gremista foram marcados por Luan, Pepê e Everton, todos na etapa final da partida.

SANTOS

Everson; Victor Ferraz, Lucas Veríssimo, Luiz Felipe (Felipe Jonatan) e Jorge; Alison, Diego Pituca e Carlos Sánchez (Lucas Venuto); Marinho (Uribe), Soteldo e Eduardo Sasha. T.: Jorge Sampaoli.

GRÊMIO

Paulo Victor; Galhardo, David Braz, Kannemann e Cortez (Juninho Capixaba); Michel, Matheus Henrique, Alisson, Luan (Pepê) e Everton; Tardelli (Thaciano). T.: Renato Gaúcho.

Estádio: Vila Belmiro, em Santos (SP)

Árbitro: Paulo Roberto Alves Junior (PR)

Assistentes: Ivan Carlos Bohn (PR) e Rafael Trombeta (PR)

VAR: Adriano Milczvski (PR)

Cartões amarelos: Diego Tardelli e Michel (Grêmio); Jorge Sampaoli e Soteldo (Santos

Gols: Luan, aos nove, Pepê, aos 42, e Everton, aos 48 do segundo tempo.

Arena vai de sonho a grande problema para o Corinthians

Arena vai de sonho a grande problema para o Corinthians

Neste mês, a Caixa pediu a execução de dívida de R$ 536 milhões da Arena Itaquera S.A.

Durante a construção da Arena Corinthians, em 2011, uma empresa brasileira se ofereceu para colocar vasos sanitários, torneiras e outros acessórios nos banheiros do estádio. A oferta foi recusada. O projeto era ter material importado da Alemanha. Já os vidros seriam de origem belga.


Leia também:

A história foi contada e recontada nos últimos meses por integrantes da comissão do estádio criada pelo presidente do conselho deliberativo do Corinthians, Antonio Goulart. O objetivo era descobrir como a arena em Itaquera, inaugurada em 2014, havia se tornado um grande problema. A comissão apresentou suas conclusões em reunião de 12 de agosto, da qual a Folha obteve uma cópia da ata.

Arena Corinthians. (Foto: Reprodução)

Neste mês, a Caixa pediu a execução de dívida de R$ 536 milhões da Arena Itaquera S.A. A empresa, que administra o estádio e tem o Corinthians como um dos sócios, atrasou pagamento de parcelas de empréstimo realizado para a construção.

Logo em seguida, o presidente Andrés Sanchez anunciou acordo da dívida com a Odebrecht, responsável pela obra. Por causa de debêntures emitidas para ajudar na empreitada, ela também foi executada pela Caixa e entrou em recuperação judicial.

Em dívida de R$ 1,030 bilhão com a construtora –calculada pela própria comissão do estádio–, o Corinthians se comprometeu a pagar R$ 160 milhões. O acordo precisa ser sancionado pelos demais credores e pela Justiça.

A comissão se queixa da estrutura financeira do estádio feita pela diretoria de marketing do clube, na época comandada por Luis Paulo Rosenberg. A reclamação era que o projeto do arquiteto Aníbal Coutinho parecia o de um shopping center de luxo.

Procurado pela Folha, Coutinho não quis falar sobre o assunto. Rosenberg não atendeu às ligações ou respondeu às mensagens enviadas durante a última semana.

A primeira proposta de construção do estádio foi apresentada pela Odebrecht em agosto de 2010. Seria uma arena multiuso, padrão Fifa, e teria valor fechado de R$ 335 milhões. No ano seguinte, o estádio corintiano foi anunciado como local da abertura da Copa de 2014.

Na inauguração do torneio, o preço final havia saltado para R$ 985 milhões (R$ 1,3 bilhão em valores atualizados), bem acima do custo original, que corrigido para 2019 seria de R$ 599 milhões.

O projeto era de autofinanciamento. A Odebrecht pagaria pela obra com seus recursos e depois recuperaria o dinheiro com receitas geradas pela arena. Seria formada uma SPE (Sociedade de Propósito Específico), figura jurídica comum em incorporações imobiliárias em que uma parte entra com o terreno (o Corinthians) e outra com a obra.

A estrutura financeira para a execução do projeto previsto consistiria no empréstimo repassado pela Caixa no valor de R$ 400 milhões, além dos CIDs (Certificado de Incentivo ao Desenvolvimento), estimados em R$ 420 milhões.

A SPE foi a primeira distorção no projeto, porque a sociedade, com o Corinthians incluído, teria de buscar dinheiro no mercado. Os conselheiros alegam que, se a ideia era autofinanciamento, a Odebrecht deveria ser encarregada de entrar sozinha com os recursos. Captar em bancos jogou por terra o preço fechado de R$ 335 milhões.

Na ata da reunião do conselho há reclamações de que o clube foi omisso em contestar mudanças ou gastos não previstos. Em maio de 2011, foi assinado contrato de administração em que o Corinthians ficava obrigado a pagar R$ 30 milhões pelo início das obras, na época já atrasadas. O fato de não haver multa contra a construtora pela perda do prazo irritou conselheiros.

Outro problema apontado pela comissão foi o planejamento de uso dos CIDs. A lei autorizando a emissão de R$ 420 milhões em títulos municipais foi promulgada em junho de 2011. Os certificados ajudariam a financiar a construção, mas estariam disponíveis apenas em dezembro de 2014. Isso tornou urgente a busca de novas formas de financiamento.

Quase três meses mais tarde, em setembro, a Odebrecht apresentou novo orçamento para o estádio. O aumento para R$ 820 milhões foi justificado pela necessidade de adequar a arena para receber os jogos da Copa e também pelo projeto apresentado por Aníbal Coutinho, diferente do pensado pela construtora.

As fontes de financiamento seriam R$ 400 milhões da Caixa, os CIDs e "outros incentivos governamentais e receitas provenientes da exploração comercial da arena", diz o texto da ata da reunião.

A comissão repetiu queixa que se tornou comum: os cerca de R$ 450 milhões prometidos pela venda dos naming rights não se concretizaram, criando um rombo nas contas. Para os conselheiros, foi ingenuidade acreditar ser possível negociar os direitos após a inauguração da arena.

Sem o financiamento da Caixa ou o uso dos CIDs, a OPI (Odebrecht Participações e Investimentos), integrante da holding responsável pela construtora, tomou empréstimos. Foram R$ 100 milhões do Santander, R$ 150 milhões do Banco do Brasil e R$ 146 milhões da construtora Norberto Odebrecht. Quando o dinheiro do banco estatal saiu, foi usado para quitar a dívida.

Na avaliação da comissão do estádio, os custos da obra ficaram descontrolados.

Em dezembro de 2011, o Corinthians deixou de ser oficialmente o contratante da obra do seu estádio, com o argumento de que os R$ 400 milhões da Caixa não poderiam ser repassados ao clube, que não possuía garantias suficientes. Foi criada a Arena Fundo de Investimento para administrar a obra, formada por Corinthians, OPI e SPE Arena.

Dois anos mais tarde foi assinado aditivo para postergar a entrega. Ela deveria ocorrer em fevereiro de 2013, mas passou para 30 de abril de 2014.

O Corinthians assumiu gastos que não deveriam ser dele, alega a comissão.

Havia a promessa de que a Petrobras retiraria os dutos que passam pelo terreno do estádio. Isso não aconteceu e a agremiação teve de gastar R$ 14 milhões. Também houve R$ 50 milhões em despesas administrativas e R$ 85 milhões com juros não previstos.

"Eu me arrependo de ter feito esse estádio, pois esperava que as coisas seriam um pouco diferentes entre as pessoas, principalmente entre nós, corintianos. Estou desanimado realmente com a presidência, com o Corinthians", afirmou o presidente Andrés Sanchez após a apresentação das conclusões da comissão.

Em nota, o Corinthians diz que o encarecimento da obra se deve à inclusão de itens exigidos pela Fifa para que o estádio recebesse a Copa: "Ficou mais acentuado quando o estádio foi escolhido para abrir o evento. Surgiram exigências em função da presença de chefes de Estado, o que obrigou o projeto a ser ampliado com espaços que jamais serão monetizados".

Afirma ainda que "a demora na obtenção do financiamento da ampliação da obra fez com que o empreendimento fosse financiado durante um período a juros de mercado, com taxas bastante altas se comparada a outras linhas de crédito liberadas para outras arenas". A agremiação reafirma manter negociação com a Caixa para alterar o fluxo de pagamento do financiamento.

21 de setembro de 2019

Maria da Paz fala sobre nova fase na carreira: Mãe, atleta e estudante

Maria da Paz fala sobre nova fase na carreira: Mãe, atleta e estudante

O ano é de retorno às competições e a atleta piauiense já conseguiu resultados expressivos.

A piauiense Maria da Paz está de volta ao atletismo e às competições. No último final de semana ela disputou os Jogos Universitários Brasileiros (JUBS), em Fortaleza, e voltou com medalha de prata no lançamento de dardo (36m). O ano é de retorno às competições e Maria da Paz conseguiu resultados expressivos, agora ela fala em se organizar visando à temporada 2020.

“Esse segundo lugar foi uma marca boa, importante, pois estamos falando de uma competição de nível brasileiro. Não foi minha melhor marca, pois inclusive naquela pista já tinha lançado 42 metros, mas foi um bom resultado”, conta Maria da Paz.



Leia também:

Amormed conquista 21 medalhas no Piauiense de Atletismo Sub-18 


Aos 22 anos, Maria da Paz vive uma readaptação dentro do esporte. Agora mãe, estudante e atleta, conciliar tudo isso vem sendo uma dura missão, mas estar ao lado de Maria Heloísa a motiva. “Não está sendo fácil. Eu tenho minha filha e faço tudo tentando me dedicar ao máximo a ela e eu estou conseguindo fazer isso com mais facilidade porque estou trazendo ela comigo, quando viajo levo minha irmã e minha filha”, diz a atleta.

Maria da Paz retornou ao Piauí em 2018. A piauiense estava morando em Fortaleza desde 2016, estudando e representando a UNIFOR. Infelizmente, no primeiro ano como atleta da Universidade acabou se lesionado, e o problema no pé ainda hoje persegue a lançadora.


A atleta disputou os Jogos Universitários Brasileiros, em Fortaleza - Foto: Jailson Soares/O Dia

“Eu tenho até trauma dessa pista pois eu me lesionei nela. Nessa competição em Fortaleza eu lancei duas vezes antes de começar realmente a prova, ambas de forma cautelosa, mas na terceira vez eu fui lançar e peguei uma queda. Quando eu soube que a prova seria lá até comecei até a me preparar psicologicamente, pois tenho muito trauma da pista de lá. Além disso, eu também não estava com o material adequado e tudo isso prejudicou um pouco”, explicou Maria da Paz.

Em 2019, Maria da Paz conquistou prata no Norte Nordeste de Atletismo Adulto e agora uma nova medalha de prata no JUBs. Sem competições até o final do ano, a atleta começa a se preocupar com a temporada 2020 em que pretende estar competindo em auto nível e disputar o Troféu Brasil principal competição de atletismo do país. 

Homenagem a Pelé é retirada da proposta de estatuto do Santos

Homenagem a Pelé é retirada da proposta de estatuto do Santos

O presidente do clube havia sugerido colocar uma coroa sobre o escudo do clube, mas a proposta sequer foi encaminhada para votação.

A proposta do presidente do Santos, José Carlos Peres, de colocar uma coroa sobre o escudo do clube, em homenagem a Pelé, não foi encaminhada para votação ao conselho deliberativo do clube. Uma comissão responsável por analisar o projeto encomendado pelo mandatário do clube retirou o item do texto do novo estatuto do clube.

Além da mudança no escudo, Peres sugeriu que a camisa 10 do clube fosse aposentada, também em homenagem a Pelé. A ideia tampouco será analisada.


Leia também:

Em indefinição no Santos, lateral pode acabar saindo de graça 


A comissão do estatuto é formado por cinco conselheiros: Rodrigo Ferreira de S. Lyra, Marcus Vinícius Lourenço Gomes, Leopoldo Grecco Lisboa e Tiago Vallejo Marsaioli. Eles revisaram e enviaram para o conselho a versão final do projeto, que será votado pelo conselho do clube na terça-feira (24).

"A comissão do estatuto entendeu que a coroa e a aposentadoria da camisa 10 vão ficar para uma próxima oportunidade. Agora o foco total é reformar o estatuto para incluir artigos obrigatórios do Profut (Programa de Modernização da Gestão de Responsabilidade Fiscal do Futebol Brasileiro). O restante vai ficar para depois, não só essas duas solicitações", afirma Marcelo Teixeira, presidente do conselho deliberativo do Santos.


Escudo do Santos ganharia uma coroa em homenagem ao Rei do Futebol - Foto: Beto Barata/PR

O jornal Folha de S.Paulo revelou, no último dia 2, a intenção de Peres em alterar o escudo. A assessoria de imprensa do ex-jogador disse, na ocasião, que ele iria se manifestar somente depois de o projeto ser encaminhado para votação.

Pelo plano de Peres, o distintivo do Santos teria uma coroa negra em cima do escudo, em referência ao apelido de Rei do Futebol. Também estaria em sintonia com o slogan "a realeza do futebol brasileiro", usado pelo próprio clube em seu site e na Vila Belmiro.

O escudo atual é o mesmo usado desde 1996, quando houve alterações em detalhes no tamanho das letras e das listras. Em 1945, teve a última mudança significativa, quando o clube adotou a base do desenho que permanece até hoje.

O ex-camisa 10 jogou 18 anos no clube -entre 1956 e 1974. Venceu dois títulos mundiais, duas Libertadores, seis nacionais e dez paulistas, entre outras conquistas.

A reportagem entrou em contato com Peres e a assessoria de imprensa de Pelé, mas não ainda não obteve retorno.

Zé Rafael disputa vaga no Palmeiras com Carlos Eduardo

Zé Rafael disputa vaga no Palmeiras com Carlos Eduardo

O técnico Mano Menezes avalia que os dois têm características distintas ainda considera qual a melhor opção para a partida no Castelão.

O técnico Mano Menezes já anunciou que a disputa pela vaga de Dudu, suspenso para o jogo do Palmeiras contra o Fortaleza no próximo domingo (22), pelo Campeonato Brasileiro, está restrita a dois jogadores: Zé Rafael e Carlos Eduardo.

O comandante avalia que os dois têm características distintas e ainda considera qual a melhor opção para a partida no Castelão. Mas pelo menos nas estatísticas, um deles tem clara vantagem.


Leia também:

Palmeiras faz o primeiro treino aberto do ano com titulares 


Segundo números do Footstats, Zé Rafael leva a melhor sobre Carlos Eduardo na maioria dos quesitos. Considerando todos os jogos oficiais da temporada, o camisa 8 tem melhor média de gols, assistências, finalizações, passes decisivos, cruzamentos certos e desarmes, por exemplo.

Um aspecto que chama particularmente a atenção é o drible. Segundo Mano afirmou na quinta (19) em entrevista coletiva, Carlos Eduardo teria características mais próximas às do titular Dudu, de partir mais para cima dos adversários, em busca de uma jogada individual. Já Zé Rafael seria mais um meia clássico, com vantagem no passe e na circulação de bola do time. No entanto, o camisa 8 também é superior ao concorrente neste quesito.


Mano Menezes falou sobre a preparação para o jogo contra o Fortaleza - Foto: Cesar Greco/Ag. Palmeiras

Carlos Eduardo tenta muito mais dribles (um a cada 42 minutos, contra um a cada 100 minutos do rival), mas é Zé Rafael quem acerta mais proporcionalmente: são 12 dribles certos de 16 tentativas, com 75% de aproveitamento, contra 6 certos de 14 do atacante, com aproveitamento de 42,8%.

Zé Rafael, aliás, jogou bem mais minutos que Carlos Eduardo nesta temporada. Ele fez 25 jogos, sendo 20 como titular, contra 15 do companheiro, apenas 6 como titular. Os dois foram contratados para 2019: Zé chegou do Bahia, que recebeu do Palmeiras R$ 14,5 milhões por 70% dos direitos do jogador, enquanto Carlos Eduardo veio do Pyramids, do Egito, por cerca de R$ 23 milhões.

Mano Menezes ainda vai comandar mais um treino para definir a formação do Palmeiras antes de pegar o Fortaleza. O time trabalhou pela manhã na Academia de Futebol e viajou nesta sexta (20) para a capital cearense, onde mais uma atividade será realizada no sábado (21). A bola rola a partir das 16h do domingo (21).

Diante do Athletico-PR, Vasco tenta engatar série positiva

Diante do Athletico-PR, Vasco tenta engatar série positiva

O time trata da ameaça de rebaixamento, já que esteve na zona de degola desde o início da competição até a 8ª rodada.

Irregular no primeiro turno do Campeonato Brasileiro, o Vasco inicia a segunda parte da competição em duelo com Athletico-PR a partir das 16h deste domingo (22) na expectativa de embalar uma série de vitórias - e de poder fazer projeções mais ambiciosas.

Até aqui, o time cruzmaltino se permitiu apenas tratar da ameaça de rebaixamento, já que esteve na zona da degola do início da competição até a oitava rodada. Ao final do turno inicial, no entanto, já era o 12º colocado, com 23 pontos, cinco a mais que o Cruzeiro, que abria o Z-4 na ocasião.


Leia também:

Torcedor explode a mão durante festa em embarque do Athletico-PR 


"Podemos começar a sonhar dependendo do resultado de domingo. Se conseguirmos encaixar duas ou três vitórias na virada do turno, as coisas podem mudar", disse o lateral-esquerdo Danilo Barcelos. "Precisamos encaixar uma série positiva para almejar voos mais altos."

O ponta-pé inicial já foi dado no fim de semana passado, ao vencer a Chapecoense, fora de casa, por 2 a 1. Agora o time tenta voltar a vencer em São Januário, onde conquistou a maioria de seus pontos (15), mas perdeu no compromisso mais recente por lá, contra o Bahia, por 2 a 0.

"Jogar em São Januário é memorável. Na última vez que nos encontramos, não tivemos um resultado positivo, mas conseguimos vencer fora depois. A gente espera que o torcedor siga nos apoiando", disse Barcelos, que não tem titularidade garantida, já que disputa posição com Henrique.


O Vasco projeta duelo difícil contra o Athletico-PR - Foto: Divulgação/Vasco da Gama

Quem é certo na escalação vascaína é o lateral-direito Yago Pikachu, que retorna após cumprir suspensão automática. O restante da equipe deverá ser igual à que bateu a Chape. Já a escalação do rival é uma incógnita -até mesmo para o treinador.

Em comemoração pelo título da Copa do Brasil, o time rubro-negro deu folga a seus jogadores, com reapresentação no sábado (21). Na entrevista coletiva após a final com Internacional, na quarta (18), o técnico Tiago Nunes brincou sobre a ressaca diante do Vasco: "Quero ver se um time consegue chegar vivo até lá".

O treinador aguarda avaliação física de seus comandados para decidir quem irá levar a campo. Ao menos Pedro Henrique, Abner Vinícius e Everton Felipe, que não puderam atuar contra o Inter, são opções para o Athletico, que era o 11º colocado do Brasileiro, com 26 pontos, ao final da 19ª rodada.

20 de setembro de 2019

Tite convoca jogadores do Flamengo e o goleiro do Santos para seleção

Tite convoca jogadores do Flamengo e o goleiro do Santos para seleção

Chamados para defender a equipe nacional, os jogadores que atuam no País vão desfalcar os seus times na 24ª e 25ª rodada do Campeonato Brasileiro

O técnico Tite anuncia nesta sexta-feira pela manhã, na sede da CBF, no Rio, a convocação de 23 jogadores para os amistosos que a seleção brasileira fará contra Senegal e Nigéria, respectivamente nos dias 10 e 13 de outubro, em Cingapura. E a principal novidade desta lista foi o fato de que ele chamou dois jogadores do Flamengo, o zagueiro Rodrigo Caio e o atacante Gabriel, e também deu uma chance ao goleiro Santos, um dos destaques da campanha do título do Athletico-PR na Copa do Brasil.

O meio-campista Matheus Henrique, de apenas 21 anos, e o atacante Everton, ambos do Grêmio, o goleiro Weverton, do Palmeiras, o lateral-direito Daniel Alves, do São Paulo, foram os outros atletas que atuam no Brasil confirmados no grupo de convocados.

Tite convoca jogadores do Flamengo e Santos. Foto: Reprodução CBF

Chamados para defender a equipe nacional, os sete jogadores que atuam no País vão desfalcar os seus times na 24ª e 25ª rodada do Campeonato Brasileiro, que ocorrerão entre os dias 9 e 13 de outubro. Entre eles, Everton, um dos principais destaques do Brasil na campanha do título da Copa América, encerrada em julho, voltou a ser lembrado após ter ficado de fora das partidas contra Colômbia e Peru por causa do envolvimento do clube gaúcho nas semifinais da Copa do Brasil naquele mesmo período.

Estes dois duelos na Ásia serão os primeiros do time nacional depois de ter acumulado dois jogos sem vitórias em amistosos nos Estados Unidos, onde empatou por 2 a 2 com a Colômbia, em Miami, e foi derrotado por 1 a 0 pelo Peru, em Los Angeles.

Tite comandará o Brasil contra Senegal, no estádio Nacional de Cingapura, após sofrer a sua terceira derrota como técnico da seleção, que ele assumiu em 2016 - as outras duas foram para a Argentina (1 a 0 em amistoso na Austrália em 2017) e para a Bélgica (por 2 a 1 nas quartas de final da Copa do Mundo de 2018).

O amistoso do Brasil contra o Senegal marcará a primeira vez que a seleção brasileira principal enfrentará o rival na história. Os senegaleses ocupam a 20ª posição do ranking da Fifa, que voltou a ser atualizado na última quinta-feira. Já a Nigéria, rival seguinte em solo asiático, ocupa o 34º lugar desta listagem da entidade e só encarou o time de cima brasileiro em uma única ocasião, em 2003, quando foi derrotada por 3 a 0, em Abuja, capital da nação africana, onde Gil, Luis Fabiano e Adriano fizeram os gols do amistoso.

Juninho Paulista, novo coordenador de seleções da CBF, informou antes da convocação anunciada por Tite que César Sampaio, assim como ocorreu nos últimos amistosos nos Estados Unidos, voltará a exercer a função de auxiliar pontual da seleção. E ele confirmou o ex-atacante Bebeto, tetracampeão mundial pelo Brasil em 1994, como chefe de delegação para estes dois próximos jogos do Brasil.

Confira a lista de convocados da seleção brasileira:

Goleiros - Ederson (Manchester City), Santos (Athletico-PR) e Weverton (Palmeiras).

Laterais - Daniel Alves (São Paulo), Danilo (Juventus), Alex Sandro (Juventus) e Renan Lodi (Atlético de Madrid).

Zagueiros - Marquinhos (Paris Saint-Germain), Thiago Silva (Paris Saint-Germain), Éder Militão (Real Madrid) e Rodrigo Caio (Flamengo).

Meio-campistas - Casemiro (Real Madrid), Fabinho (Liverpool), Philippe Coutinho (Bayern de Munique), Arthur (Barcelona), Matheus Henrique (Grêmio) e Lucas Paquetá (Milan).

Atacantes - Everton (Grêmio), Neymar (Paris Saint-Germain), Roberto Firmino (Liverpool), Richarlison (Everton), Gabriel Barbosa (Flamengo) e Gabriel Jesus (Manchester City).

Campeã olímpica, judoca Rafaela Silva é flagrada em antidoping

Campeã olímpica, judoca Rafaela Silva é flagrada em antidoping

Segundo Rafaela, a bebê tem a doença e faz uso dessa medicação.

A judoca brasileira Rafaela Silva, 27, foi flagrada em um exame antidoping realizado no dia 9 de agosto, durante os Jogos Pan-Americanos de Lima, com a substância fenoterol, utilizada no dia a dia para o tratamento de doenças respiratórias pelo seu efeito broncodilatador.
Em entrevista coletiva na tarde desta sexta-feira (20), no Rio de Janeiro, a atleta afirmou que não sofre de asma e que a substância entrou no seu corpo por meio do contato com a filha de uma colega de treino. Segundo Rafaela, a bebê tem a doença e faz uso dessa medicação.
"Eu tenho o costume de brincar dando o nariz para a criança ficar chupando, como se fosse uma chupeta ou uma mamadeira. O que pode ter acontecido é que, conforme ela ia chupando o meu nariz, eu ia inalando a substância e mandando para o meu corpo", disse.

Campeã olímpica, judoca Rafaela Silva é flagrada em antidoping. Foto: Reprodução Instagram

Uma possível suspensão da brasileira, que pode chegar a dois anos e tirá-la da Olimpíada de Tóquio-2020, será analisada pela Federação Internacional de Judô. A entidade ainda não abriu um procedimento para analisar esse caso, e no momento a atleta não está impedida de treinar ou competir.
Rafaela foi medalhista de ouro nos Jogos Pan-Americanos de Lima e de bronze no Mundial realizado no Japão, no fim de agosto. Caso a suspensão seja confirmada, eles devem ser invalidados.
De acordo com a atleta, o exame a que foi submetida no Mundial, 20 dias depois daquele que fez durante o Pan, não acusou a presença de nenhuma substância proibida pela Agência Mundial Antidoping (Wada).
"Estou aqui para falar. Não tomo remédio, não tomo bebida alcoólica, só tomo gel de carboidrato quando a nutricionista passa. Não pego garrafinha de ninguém. Sempre tive muito cuidado", ela afirmou durante a entrevista.
A atleta disse que por enquanto manterá sua rotina de treinos para competições ao mesmo tempo em que prepara sua defesa, auxiliada pelo advogado Bichara Neto e pelo bioquímico L.C. Cameron.
"É muito tranquilo que uma criança que acabou de usar tenha expirado o fármaco. É bastante plausível que a Rafaela tenha sido exposta dessa forma", disse Cameron.
Segundo o bioquímico, o motivo de fenoterol ser proibido é o fato de ele provocar uma melhor troca gasosa entre o sangue e o pulmão e ter o potencial de melhorar a performance esportiva.
Uma das principais judocas da história do país, Rafaela Silva foi campeã olímpica na Rio-2016 e também conquistou o campeonato mundial realizado na cidade em 2013.
O ano de 2019 tem sido marcado por vários casos de doping no esporte brasileiro. Em janeiro, a judoca Jéssica Pereira, 25, foi suspensa após ser pega com furosemida, diurético conhecido pela possibilidade de mascarar outros produtos dopantes.
Assim como Rafaela, Jéssica defende o Instituto Reação, organização não governamental que também é um dos principais clubes de judô do Brasil. A entidade foi criada na favela da Rocinha pelo ex-judoca medalhista olímpico Flávio Canto.
Com a aposentadoria de Érika Miranda no ano passado, Jéssica havia se tornado o principal nome da categoria até 52 kg para a próxima Olimpíada.
Em julho, o nadador Gabriel Santos, 23, titular do revezamento 4 x 100 nado livre, foi suspenso por um ano após ter sido flagrado com a substância anabólica clostebol. Com isso, ele está fora da seletiva olímpica para os Jogos de Tóquio-2020.
No mesmo mês, a melhor tenista brasileira da atualidade, Beatriz Haddad, 23, foi suspensa de forma provisória pela Federação Internacional de Tênis por testar positivo para o anabólico SARM (sigla em inglês para moduladores seletivos de receptor de androgênio), substância conhecida por ser uma alternativa aos esteroides anabolizantes. Ainda não há definição sobre o tempo de sua suspensão.
Mais cedo em setembro, a medalhista de prata no Pan de Lima Andressa de Morais, do lançamento do disco, foi suspensa provisoriamente pela Athletics Integrity Unit (órgão de controle do atletismo) por testar positivo também para o SARM durante a competição no Peru.
Outros dois atletas brasileiros foram flagrados nos Jogos de Lima: o jogador de vôlei Rodriguinho e o ciclista Kacio Freitas. Nenhum desses casos foram comunicados até agora de forma oficial pela entidade organizadora do evento, a Panam Sports.

Polícia Militar promove passeio ciclístico em prol do Setembro Amarelo

Polícia Militar promove passeio ciclístico em prol do Setembro Amarelo

O evento acontece neste domingo (22), em Teresina e faz parte das atividades do Setembro Amarelo, mês de combate e prevenção ao suicídio.

Cerca de 600 ciclistas profissionais e amadores devem participar do “I Passeio Ciclístico CAIS/PMPI – Unidos Pela Vida”, organizado pela Polícia Militar do Piauí em parceira com Assistência Integral à Saúde da Policia Militar do Piauí. O evento acontece neste domingo (22), em Teresina e faz parte das atividades do Setembro Amarelo, mês de combate e prevenção ao suicídio.

O percurso do passeio contará com 12,7 km de extensão, saindo do Quartel do Comando Geral da Polícia Militar, na Avenida Higino Cunha, às 06h, e segue em direção ao Parque da Cidadania, no Centro, onde será realizado trabalhos de conscientização e shows culturais. 

Tenente-coronel, Adriano Lucena, fala com a PM atua no combate ao suicídio no Piauí. Foto: Elias Fontelene. 

O tenente-coronel da Polícia Militar, Adriano Lucena, em entrevista à FM O Dia, falou da preocupação da instituição com o combate ao suicídio na capital. 

“O passeio é mais uma atividade para chamar a atenção das pessoas para o problema social que é o suicídio. A Polícia Militar faz essa contribuição à sociedade porque também faz parte do problema. Vamos discutir o problema, mostrar que importante debater o assunto em nossa cidade”, disse.

Tenente-coronel, Adriano Lucena, fala sobre "I Passeio Ciclístico Unidos Pela Vida". Foto: Elias Fontenele 

Para participar do evento, os interessados podem se inscrever pela internet, através do site da PM do Piauí  ou na sede do Comando Geral no dia do evento.

Seleção Brasileira: lista de Tite tem Gabigol (FLA) e Everton (GRE)

Seleção Brasileira: lista de Tite tem Gabigol (FLA) e Everton (GRE)

Dos times brasileiros, apenas Flamengo, Grêmio, São Paulo e Palmeiras tiveram atletas convocados.

Tite anunciou na manhã desta sexta-feira (20) a convocação da seleção brasileira para os amistosos marcados para outubro. O goleiro Santos, 29, do Athletico-PR, e o atacante Gabriel Barbosa, 23, o Gabigol, do Flamengo, foram as principais novidades da lista para as partidas contra Senegal e Nigéria, que serão realizados em Singapura, na Ásia.


O chamado teve ainda as presenças de outros atletas que não estavam na lista anterior. É o caso do zagueiro Rodrigo Caio, 26, do Flamengo, do lateral esquerdo Renan Lodi, 21, do Atlético de Madrid, e do meio-campista Matheus Henrique, 21, do Grêmio. O atacante Everton, 23, do Grêmio, também está de volta.

Agendados para 10 e 13 de outubro, respectivamente, os embates com as seleções africanas no Estádio Nacional de Cingapura representarão a segunda rodada de observações de Tite após a conquista da Copa América. Na primeira, nos Estados Unidos, o time brasileiro empatou por 2 a 2 com a Colômbia e perdeu por 1 a 0 para o Peru.

Confira a lista de jogadores convocados

Goleiros

Ederson (Manchester City)

Weverton (Palmeiras)

Santos (Athletico-PR)

Laterais

Daniel Alves (São Paulo)

Danilo (Juventus)

Alex Sandro (Juventus)

Renan Lodi (Atlético de Madrid)

Zagueiros

Marquinhos (Paris Saint-Germain)

Thiago Silva (Paris Saint-Germain)

Militão (Real Madrid)

Rodrigo Caio (Flamengo)

Meio-campistas

Casemiro (Real Madrid)

Fabinho (Liverpool)

Arthur (Grêmio)

Matheus Henrique (Grêmio)

Philippe Coutinho (Bayern)

Lucas Paquetá (Milan)

Atacantes

Neymar (Paris Saint-Germain)

Everton (Grêmio)

Richarlison (Everton)

Gabriel Jesus (Manchester City)

Roberto Firmino (Liverpool)

Gabriel Barbosa (Flamengo)

Futebol feminino: confira os nomes das convocadas por Pia Sundhage

Futebol feminino: confira os nomes das convocadas por Pia Sundhage

Treinadora sueca anunciou a lista das 23 jogadoras que disputarão os amistosos outubro. No dia 5, enfrentará a Inglaterra e, no dia 8, jogará diante da Polônia

A equipe brasileira se prepara para dois compromissos para a Data FIFA, que começa no dia 30 de setembro a 8 de outubro. No dia 5 de outubro, o Brasil enfrenta a Inglaterra, no Estádio Riverside, em Middlesbrough, na Inglaterra. O duelo com a Seleção Polonesa será no dia 8, em Kielce, na Polônia.


A técnica da Seleção Brasileira Feminina, Pia Sundhage, anunciou a lista das 23 atletas convocadas para a disputa dos dois jogos amistosos da próxima Data FIFA, diante da Inglaterra e da Polônia.

Entre as convocadas, cinco novidades em relação a primeira lista anunciada pela treinadora sueca, a goleira Letícia, do Corinthians, as defensoras Daiane, do Tacón, Poliana, do São José, e Giovanna, do Avaldsnes, e a meia Maria, do Juventus. 

Confira a lista de convocados

Goleiras

Aline - UD Granadilla Tenerife (Espanha)

Bárbara - Avaí/Kindermann (Brasil)

Letícia - Corinthians (Brasil)

Defensoras

Poliana - São José (Brasil)

Daiane - Tacón (Espanha)

Tamires -Corinthians (Brasil)

Kathellen - FC Bordeaux (França)

Mônica - CFF Madrid (Espanha)

Erika - Corinthians (Brasil)

Giovanna - Avaldsnes (Noruega)

Bruna Benites - Internacional (Brasil)

Meio-campistas

Aline Milene - Ferroviária (Brasil)

Thaisa - Tacón (Espanha)

Luana - KSPO Women Football Team (Coreia do Sul)

Formiga - Paris St Germain (França)

Maria - Juventus (Itália)

Atacantes

Andressa Alves - Roma (Itália)

Marta - Orlando Pride (Estados Unidos)

Debinha - North Carolina Courage (EUA)

Chú - Changchun Dazhong (China)

Bia Zaneratto - Incheon Hyundai Steel Red Angels (Coreia do Sul)

Ludmila - Atlético de Madrid (Espanha)

Victória - Corinthians (Brasil)

Gerente de Futebol do Galo fala sobre montagem do elenco 2020

Gerente de Futebol do Galo fala sobre montagem do elenco 2020

Ele afirmou que o time precisa de mais tempo para começar a divulgar os nomes.

O momento é de expectativa para os torcedores do Galo Carijó. Aos poucos, a equipe do River começa a se movimentar visando à montagem do elenco para temporada 2020, em que o time terá Copa do Brasil, Copa do Nordeste, Série D do Brasileiro e o Campeonato Piauiense no calendário. Entre os nomes que estão participando diretamente dessa formação está o Gerente o Futebol, Mazinho Patrão.


Leia também:

River apresenta Mazinho Patrão e José Roberto para reforçar base 


“Ainda falta muito tempo para iniciar esse calendário de 2020 e nesse meio tempo muita coisa pode acontecer, por isso estamos trabalhando, mas buscando manter o mínimo de sigilo quanto aos nomes. O que posso adiantar é que tem muita coisa acontecendo, muita situação adiantada, mas precisamos de mais tempo para começar a divulgar nomes e assim atender as necessidades dos torcedores que estão ávidos por noticias”, disse Mazinho.

O River renovou com boa parte do elenco que disputou competições nessa temporada. Algo visto de forma positiva pelo gerente, pois existe uma ‘espinha dorsal’ no elenco. O time renovou com nomes importantes como o goleiro Mondragon, atacantes Eduardo e Roney, zagueiro Anderson Alagoano.


Mazinho Patrão está participando diretamente dessa formação - Foto: O Dia

“A gente sabe que o atleta piauiense tem muita qualidade. Temos vários nomes aqui do Piauí que são conhecidos nacionalmente. Um fato que é foi citado e é importante é são as renovações de contratos que foram feitas, pois o River parte um pouco na frente tem praticamente um time montado e eles vão dar a espinha dorsal, a sustentação para o ano seguinte. A ideia é trazer outros jogadores que possam qualificar mais esse elenco”, explicou Mazinho.

Sobre técnicos o nome de Paulinho Kobayashi foi um dos bastantes especulados, mas o gerente afirma que muitos nomes estão à frente do nome do ex-treinador do Imperatriz. “Paulinho está valorizado no mercado, pois quase subiu o Imperatriz para a Série B. Nós estamos conversando com pelo menos três nomes, ele é um nome interessante, mas não está tão dentro da nossa realidade”, explicou Mazinho Patrão.

O River disputa em 2020 a Copa do Brasil, Copa do Nordeste e Série D do Brasileiro. No dia 26 de setembro a equipe irá conhecer seus adversários na Copa do Nordeste, pois acontece o sorteio das chaves, em Aracaju, Sergipe.

“Corrigir falhas”, diz Eduardo sobre confronto contra Oeirense

“Corrigir falhas”, diz Eduardo sobre confronto contra Oeirense

A partida marca o retorno do técnico Marcão à beira do gramado, após cumprir suspensão e dá oportunidade da Águia Soberana ficar na ponta da tabela.

A equipe do Timon está se preparando para enfrentar o Oeirense neste sábado (21), às 16h, no estádio Lindolfo Monteiro, em Teresina. O Timon vem de uma vitoria diante o Cori-Sabbá, na segunda-feira (16) e o Oeirense de um empate sem gols contra o Picos. A partida marca o retorno do técnico Marcão à beira do gramado, após cumprir suspensão e dá oportunidade da Águia Soberana ficar na ponta da tabela.


Leia também:

Jogo do Timon contra o Cori-Sabbá tem ação contra o racismo 

Timon apresenta estrelas, define saída e cria caravana de torcedores 


O Timon venceu, mas não convenceu e um dos motivos para os próprios jogadores foi devido as falhas individuais que aconteceram ao longo da partida. “Nosso time pecou bastante nisso, tivemos muitas falhas individuais e isso não pode se repetir. Vamos enfrentar uma das equipes mais equilibradas e que estão na briga direta pelas vagas de acesso e até por isso precisamos estar mais focados e concentrados na partida”, afirmou o atacante Eduardo.


“Nosso time pecou bastante nisso, tivemos muitas falhas individuais e isso não pode se repetir", diz Eduardo - Foto: O Dia

Ao longo da semana, Marcão sinalizou algumas mudanças em relação a última formação, apostando em uma zaga mais solida – com três zagueiros: Índio, Leandro e Wallyson. Outra opção seria uma formação com três volantes e assim o garoto Ericles Vitor ganharia vaga ao lado de Amorim e Netinho.

“Estou ansioso, pois estar entre os 11 é o que qualquer jogador espera. Apesar disso, independente de ser titular ou não eu estarei sempre a disposição do treinador”, afirmou Vitor.

O Timon recebe o Oeirense no sábado (21), ás 16h, no estádio Lindolfo Monteiro, em Teresina. O jogo é válido pela 3ª rodada do Piauiense Série B. O Timon atualmente ocupa o 3ª lugar na tabela.

Seleção Brasileira cai uma posição e fica em 3º no ranking da Fifa

Seleção Brasileira cai uma posição e fica em 3º no ranking da Fifa

O primeiro segue sendo da Bélgica e o segundo da França.

A seleção brasileira caiu uma posição no ranking mundial masculino da Fifa e agora ocupa o terceiro lugar. De acordo com a lista, divulgada nesta quinta-feira (19), a Bélgica continua no topo, e a França subiu para a segunda colocação.


Leia também: 

Júlia Beatriz marca primeiro gol camisa da Seleção Brasileira sub20 


As demais seleções que ocupam o top 10 são Inglaterra (4º), Portugal (5º), Uruguai (6º), Espanha (7º), Croácia (8º), Colômbia (9º) e Argentina (10º). As informações são da Agência Brasil.


 A seleção de Tite caiu no ranking da Fifa - Lucas Figueiredo/CBF

O maior avanço entre agosto e setembro foi obtido pela seleção da ilha caribenha de Granada, que subiu 13 colocações e passou para a 160ª posição. As maiores quedas ocorreram com a Nicarágua e com Eswatini (antiga Suazilândia), que caíram 11 colocações e estão 148º e 150º, respectivamente.

Diagnosticado com estiramento, Pato é desfalque no São Paulo

Diagnosticado com estiramento, Pato é desfalque no São Paulo

O jogador não participará da partida contra o Botafogo no Rio de Janeiro pelo Campeonato Brasileiro.

Diagnosticado com um estiramento na coxa direita, Alexandre Pato volta a ser desfalque no São Paulo. O jogador não estará com a delegação no Rio de Janeiro neste sábado (21) quando o time tricolor enfrenta o Botafogo pelo Brasileiro.

No treino da manhã desta quinta (19), Pato ficou na parte interna do CT da Barra Funda para dar sequência ao tratamento que faz desde o dia anterior. Apenas os primeiros minutos da atividade tiveram a presença da imprensa, para Cuca fazer ajustes na equipe e definir o substituto de Pato.


Leia também:

Daniel Alves dá susto durante treino do São Paulo 


A opção mais natural seria Everton, que também atua na ponta esquerda, mas o desfalque de Pato pode permitir ao treinador rearranjar o meio-campo, com Daniel Alves e Hernanes na armação.



O atacante poderia voltar a ser titular neste final de semana não fosse a nova lesão. Ele se recuperou de um edema na mesma coxa direita na semana passada e jogou 45 minutos no empate por 1 a 1 contra o CSA. Após perder cinco jogos seguidos pela última contusão, Pato é baixa mais uma vez.

O desfalque mantém uma espécie de tabu no elenco são-paulino: Cuca nunca teve a força total em um jogo sequer desde que assumiu o time, no início de abril. Teria nesta semana, pois Pablo e Hernanes também voltaram recentemente de lesão, mas agora Pato já não fica à disposição.

O duelo contra o Botafogo, a partir das 11h deste sábado, será válido pela 20ª rodada do Brasileiro. Será a sétima partida do torneio que Pato perde por lesão: ele já foi ausência em um jogo por uma pequena lesão cervical e perdeu outros cinco pelo edema na coxa.

19 de setembro de 2019

Piauiense embarca para a disputa do Brasileiro de Jiu-Jítsu no RJ

Piauiense embarca para a disputa do Brasileiro de Jiu-Jítsu no RJ

O piauiense já conquistou ouro no brasileiro Sem Kimono, quando lutou com atletas de faixa azul na categoria de até 64kg.

O atleta piauiense Bryam Lima embarca na madrugada de hoje (20) para a disputa do Campeonato Brasileiro de Jiu-Jítsu Sem Kimono 2019. A competição inicia neste sábado (21) e segue até o domingo (22), na Arena da Juventude, no Parque Olímpico, no Rio de Janeiro.

Bryam Lima, que é colaborador e atleta patrocinado pela Unimed Teresina, iniciou sua preparação no início de agosto após se recuperar de uma lesão no quadril. Ele teve que dividir a rotina intensa de treinos com o trabalho.  

“Nos meus intervalos de almoço alternava com treinos de preparação física e jiu-jítsu, e todas as noite treinava duas vezes - sendo um específico de técnicas e outro de lutas, que é onde nós nos colocamos numa realidade mais intensa do que as próprias competições”, disse.

Bryam Lima se prepara para disputar Campeonato Brasileiro de Jiu-Jítsu. Foto: Arquivo Pessoal

O piauiense já conquistou ouro no brasileiro Sem Kimono, quando lutou com atletas de faixa azul na categoria de até 64kg. Atualmente, ele veste a faixa roxa e pretende fazer bonito na competição. “Tenho treinado muito e seguido dieta rigorosa para esta competição, assim como para as competições que irei participar na Europa, agora no mês de outubro”.

O Campeonato Brasileiro Sem Kimono 2019 contabiliza pontos para o ranking geral dos atletas no país. O piauiense terminou a temporada deste ano na terceira posição entre atletas brasileiros e na 11º colocação entre os melhores competidores do mundo. Para fechar 2019 com chave de ouro, Bryam em outubro irá participar do Campeonato Europeu de Jiu-Jítsu Sem Kimono.

Arena Corinthians cai no Serasa após pedido judicial

Arena Corinthians cai no Serasa após pedido judicial

informação consta nos autos do processo que a Caixa Econômica ajuizou para cobrar obra de construção do Itaquerão.

Após decisão da Justiça Federal, a Arena Itaquera S.A, empresa que tem o Corinthians como sócio e que é dona do estádio do clube, foi incluída Serasa nesta quarta (18). A informação consta nos autos do processo que a Caixa Econômica ajuizou para cobrar obra de construção do Itaquerão.
Com a entrada no sistema, a empresa dona do estádio ficará com seu "nome sujo" e terá dificuldades para fazer compras a crédito e obter empréstimos de instituições financeiras.
A Caixa entrou com ação de execução no dia 22 de agosto para cobrar R$ 536.092.853,27 e solicitou a inclusão do fundo Arena Itaquera no Serasa. O juiz Victorio Giuzio Neto acatou e pedido e determinou, no último dia 12, a inscrição no Serasa.
Esse montante é a soma da dívida principal de R$ 487.357.139,34 com R$ 46.797.165,08, fruto de uma multa de 10% (estabelecida no contrato caso a Caixa fosse à Justiça ter que cobrar as obras). A cláusula décima sexta do contrato, assinado pelo presidente da época (novembro de 2013), Mário Gobbi, diz que em caso de cobrança judicial o fundo Arena Itaquera precisará pagar 10% sobre o valor principal da dívida, além de encargos judicias e extrajudiciais e honorários advocatícios.
Em 15 de maio de 2019, o clube quitou a parcela de janeiro. Em 13 de agosto, a de fevereiro. As demais ficaram inadimplentes. O Corinthians pagou, em 2019, segundo a planilha apresentada pela Caixa, R$ 13.007.670,27 de um débito total de R$ 46.797.165,08. Ficou devedor em R$ 33.789.494,81.
Em entrevista na última sexta (13), o presidente do Corinthians, Andrés Sanchez, afirmou que desde o início do financiamento foram pagos R$ 158 milhões.
Nos documentos apresentados pela Caixa no pedido de execução da dívida, o banco detalha o fluxo de pagamento dos débitos de 2019. Não há informações sobre pagamentos feitos pelo Corinthians a partir de julho de 2015, quando terminou prazo de carência dado pela Caixa e as prestações começaram a valer, até dezembro de 2018. 

Após morte de torcedora, Irã vai permitir mulheres em estádios

Após morte de torcedora, Irã vai permitir mulheres em estádios

O primeiro jogo com a permissão será em 10 de outubro.

O Ministério do Esporte do Irã anunciou que as mulheres passarão a ter presença autorizada nos estádios do país para assistir às partidas da seleção masculina de futebol. O primeiro jogo com a permissão será em 10 de outubro.
A medida vem após a morte de Sahar Khodayari, 29, que colocou fogo no próprio corpo em protesto ao veto. Ela era torcedora do Esteghlal e seria julgada por uma tentativa de entrar em um jogo disfarçada de homem.
"Todas as preparações necessárias foram feitas de maneira que as mulheres possam entrar nos estádios de futebol", disse, em nota, o ministro Masoud Soltanifar.
Essas preparações incluem um reforço na segurança para a circulação das torcedoras e adaptações nos banheiros. Haverá entradas separadas para as mulheres, cuja presença nos estádios iranianos era vetada desde 1981, reflexo da legislação ultraconservadora instituída após a revolução de 1979.
A autorização era um velho pedido da Fifa. A entidade chegou a ameaçar a federação iraniana com a possibilidade de excluir sua seleção de participar do processo de classificação para a próxima Copa do Mundo.
O governo moderado do presidente Hassan Ruhani já havia mostrado abertura para discutir o tema. No ano passado, mulheres puderam ir ao estádio Azadi, em Teerã, para assistir em um telão às partidas do Irã contra Espanha e Portugal, na Copa do Mundo da Rússia.
Há jogos da equipe nacional marcadas para o próximo mês, pelas eliminatórias para o Mundial de 2010. No dia 10 de outubro, o Irã receberá a visita do time do Camboja, também no estádio Azadi, com mulheres na torcida.

MC Koringa e ídolos do Mengão preparam homenagem a título de 81

MC Koringa e ídolos do Mengão preparam homenagem a título de 81

A canção celebra a conquista do título mundial Rubro-Negro, em 1981. Naquele ano, o Flamengo bateu o Liverpool, campeão europeu, por 3 a 0.

Artistas e ídolos do Flamengo se reuniram em estúdio em um projeto de Ivo Meireles para gravar a música ‘Dezembro de 81’, versão de 'Primeiros Erros’ de Kiko Zambianchi, que se tornou um dos principais gritos da torcida rubro-negra nos estádios. A canção celebra a conquista do título mundial Rubro-Negro, em 1981. Naquele ano, o Flamengo bateu o Liverpool, campeão europeu, por 3 a 0.

MC Koringa foi um dos astros da música convidados para a gravação do projeto: “fui convidado pelo Ivo Meirelles para gravarmos essa versão adaptada por Eric Barceleiro para ser um tipo de hino da torcida do Flamengo. A ideia do Ivo e de Rodrigo Santos (Ex Baixista do Barão Vermelho) era criar uma versão que tocasse os torcedores na alma. Kiko Zambianchi, apesar de ser santista, autorizou a versão ficou muito feliz por ela ter sido usada neste projeto. E agora nessa versão, essa música vai poder estar com os torcedores aonde eles estiverem”.

Ídolos rubro-negros como Júnior, Adílio, Nunes, Júnior, Andrade e Mozer participaram da gravação, que tem produção de Rodrigo Santos e do próprio Meirelles. MC Koringa, que é flamenguista, fala da emoção de encontrar estes ídolos do time em estúdio: "quando fui convidado pelo Ivo, achei que estava indo ao estúdio apenas para uma gravação. Para a minha surpresa, não foi apenas uma gravação. De repente começam a chegar, Adílio, Mozer, Andrade, Nunes, Júnior Maestro, e eu ali, sem acreditar no que estava vendo, ao lado de alguns dos responsáveis por colocar os Ingleses na roda em 81 e conquistar o Campeonato Mundial, que estavam ali para serem homenageados e cantarem junto conosco. Um dia para jamais esquecer.”.

Além dos ídolos da década de 80, estavam presentes Kiko Zambianchi, Ivo Meirelles, Rodrigo Santos, Broder Mario e Léo Jaime, além de Rodrigo Rodrigues, Gustavo Camardella, Eduardo Chermont, Leonardo Lattavo, Jorge Pontual, Lucas Frainer, Sandro Rilho, Mauro Bianchi, Alcides, Babi Furtado e Dantas Jr.

Júlia Beatriz marca primeiro gol com camisa da Seleção Brasileira sub20

Júlia Beatriz marca primeiro gol com camisa da Seleção Brasileira sub20

Em vitória sobre a Colombia por 9 a 0, Júlia marcou o segundo gol da goleada. O Brasil disputa a Liga Sul-Americana Sub19.

A seleção brasileira sub20 está disputando a Liga Sul-Americana Sub19 e na terça-feira entrou em campo e venceu sem dificuldades a seleção da Colômbia por 9 a 0, o segundo gol da goleada foi marcado pela piauiense Júlia Beatriz. O Brasil volta a campo na sexta-feira (20) quando enfrenta o Chile e no domingo (22) encara as donas da casa, Argentina.

"Estamos fazendo uma campanha incrível até agora. É manter essa pegada", disse Júlia Beatriz após a partida. 


Leia também:

Em nova fase, Júlia Beatriz é convocada para Seleção Brasileira sub20 


Na rodada de estreia do Brasil goleou o Uruguai por 6 a 1. Agora, acumulou uma nova vitória elástica com o placar de 9 a 0, em dois jogos são 15 gols marcados. A competição de base é importantíssima e serve como teste para o Sul-Americano da modalidade, que acontece no próximo ano. Atuando como atacante, Júlia vem sendo titular em todas as partidas.


Em vitória sobre a Colombia por 9 a 0, Júlia marcou o segundo gol da goleada. O Brasil disputa a Liga Sul-Americana Sub19 - Foto: Laura Zago

As categorias de base passaram quase um ano sem comissão técnica e por consequência sem atividade voltada as bases, no caso, sub17 e sub20 com novos técnicos passam por um momento de renovação. Na seleção sub20 o técnico Jonas Urias e a auxiliar técnica Jéssica de Lima realizam esse trabalho que prima por formar jogadoras e assim elevar o nível do futebol feminino no Brasil.

Júlia Beatriz, de 18 anos, atualmente veste a camisa do Iranduba, de Manaus e ao longo do ano de 2017 e 2018 vestiu a camisa da seleção brasileira sub17 e disputou torneios nacionais e internacionais. Agora, a jovem atleta vive a transição para categoria sub20. 

Brasil estreia com vitória no Pré-Olímpico de Vôlei de Praia, na China

Brasil estreia com vitória no Pré-Olímpico de Vôlei de Praia, na China

Duplas feminina e masculina se classificam para a segunda fase

O Brasil estreou no torneio Pré-Olímpico de Vôlei de Praia, na cidade de Haiyang, na China, e assegurou presença na próxima fase, tanto na disputa feminina, quanto na masculina. O torneio reúne ao todo 16 duplas, e apenas duas delas, em cada gênero, vão garantir presença na Olimpíada de Tóquio no ano que vem.

Na disputa feminina, a brasiliense Ângela Lavalle e a cearense Carolina Horta venceram por 2 sets a 1 (parciais de 21/16, 18/21 e 15/7) o primeiro jogo da chave, contra as japonesas Ishii e Murakami. Mas, na partida seguinte, a dupla brasileira perdeu para a dupla italiana Menegatti e Orsi-Toth, por 2 sets a 0 (parciais 19/21 e 16/21). Com o resultado, Ângela e Carol ficaram em segundo lugar no grupo B. Na próxima fase, as brasileiras integram o grupo G, onde estão Liliana e Elsa, da Espanha, e a dupla Ittlinger e Laboureur, da Alemanha. Todas as duplas jogarão entre si e as duas mais bem colocadas seguem no torneio.


Leia também:

Vôlei: Piauienses embarcam para Campeonato de Seleções em Maceió 

Brasil se classifica no Mundial de vôlei 


Já do lado masculino, o capixaba Andre Stein e o paraibano George Souto estrearam com derrota frente aos italianos Nicolai e Lupo: os adversários fizeram 2 sets a 0, parciais de 17/21 e 15/21. A recuperação brasileira não demorou: no embate seguinte, André e George superaram com tranquilidade os chineses Peng Gao e Yang Li, por 2 sets a 0 (parciais 21/16 e 21/18). Na próxima fase, André e George jogam pelo grupo G, onde estão também os russos Semenov e Leshukov, e os autríacos Rob Seidl e Waller. Assim como na disputa feminina, apenas os dois melhores avançam à fase seguinte.


Foto: Divulgação/CBV

E tem mais jogo logo mais: às 22h, a dupla André e George encara os austríacos Rob Seidl e Walker, no primeiro confronto da segunda fase. Em seguida, já no início da madrugada desta quinta-feira (19), os brasileiros enfrentam os russos Semenov e Leshukov.

Do lado feminino, a disputa da segunda fase do torneio terá iníco às 2h (horário de Brasília) desta quinta-feira (19): Angela e Carol encaram as espanholas Liliana e Elsa. O segundo embate do grupo G será às 4h50: a dupla brasileira enfrenta as alemães Ittlinger e Laboureur.

Em indefinição no Santos, lateral pode acabar saindo de graça

Em indefinição no Santos, lateral pode acabar saindo de graça

Matheus Ribeiro não treina com o elenco principal e busca empréstimo para voltar a atuar.

O lateral-direito Matheus Ribeiro vive um momento de indefinição no Santos. Fora dos planos do técnico Jorge Sampaoli, o jogador sequer treina com o elenco principal do clube e busca um empréstimo para voltar a atuar. No entanto, o clube da Vila Belmiro não tem interesse em um empréstimo longo e, com a temporada há três meses do final, Matheus pode ficar encostado até poder assinar um pré-contrato e sair de graça.


Leia também:

Santos abre 3 a 0, cede empate e perde liderança para o Flamengo 


O contrato do lateral com o Santos vai até o final de 2020, o que significa que ele poderia assinar um novo vínculo com outro clube e sair de graça a partir de julho do ano que vem. Com a temporada já perto de seu final e os clubes com elencos montados, Matheus vem encontrando dificuldade em achar interessados nesta altura do ano.

O atleta vê com bons olhos um empréstimo parecido com o que foi feito com Guilherme Nunes, até o final dos campeonatos estaduais da próxima temporada, mas o Santos tem cautela nesse tipo de acerto, pois colocaria o jogador em evidência e teria o atleta de volta apenas cerca de dois meses antes de ele poder assinar um pré-contrato e sair de graça.


Matheus Ribeiro foi contratado após se destacar pelo Atlético-GO - Foto: Reprodução

Lateral-direito de origem, Matheus Ribeiro foi contratado após se destacar pelo Atlético-GO na Série B e veio como possível reposição a Zeca, pela facilidade em utilizar também o pé esquerdo, sendo um lateral que poderia atuar em ambos os lados. Ele nunca conseguiu se firmar no time e acabou emprestado.

No início deste ano, quando estava no Figueirense, o técnico Jorge Sampaoli pediu seu retorno, pois não contava com Daniel Guedes, que era o reserva de Victor Ferraz. Matheus atuou cinco vezes na temporada, mas acabou não convencendo o argentino, que o liberou.

Com a contratação de Pará até o final de 2020 e a provável permanência de Sampaoli no comando técnico da equipe, Matheus Ribeiro não deve ser mais utilizado no Santos e segue buscando outro clube para atuar.

18 de setembro de 2019

Com portões fechados, Comercial-PI pode ter prejuízo de até R$ 6 mil

Com portões fechados, Comercial-PI pode ter prejuízo de até R$ 6 mil

A diretoria do Bode calcula uma perda de aproximadamente R$ 6 mil em arrecadação com a venda de ingressos.

O Comercial-PI deve sentir no bolso o prejuízo de jogar em casa na Série B do Piauiense sem a presença da torcida no duelo contra o Cori-Sabbá, neste sábado (21), às 15h45min, no estádio Deusdeth de Melo, em Campo Maior. A diretoria do Bode calcula uma perda de aproximadamente R$ 6 mil em arrecadação com a venda de ingressos.

“Nós vamos pegar um prejuízo grande por jogar com portões fechados. No mínimo, nós teríamos R$ 5 mil a 6 reais de renda que já ajudaria nas despesas do clube. Isso é uma falta de respeito com o torcedor, com a cidade de Campo Maior e com o Clube”, disse o presidente do Comercial-PI, Marcelo Paz.

Na semana passada, a Federação de Futebol do Piauí (FFP) baixou uma portaria para o Comercial-PI mandasse os jogos na cidade sem torcedores , pois a equipe ainda não havia apresentado o laudo técnico do Corpo de Bombeiro que comprova a segurança do estádio. Com não apresentou os documentos, a decisão foi confirmada.

Comercial-PI vai jogar em casa sem a presença da torcida. Foto: Stephanie Pacheco

Ainda de acordo com o presidente do clube, foi protocolado junto a Fundação dos Esportes do Piauí (FUNDESPI), entidade do Governo responsável pelo local, um pedido de vistoria no dia 25 de junho deste ano, mas que a solicitação foi atendida por partes.

“Eu entrei com o pedido dia 25 de junho e tenho o oficio protocolado na FUNDESPI. Já se passaram quase três meses, se o órgão não resolveu a situação até agora, acredito que o problema não será resolvido nos próximos jogos do Comercial”, disse.

A Fundespi, por meio da Assessoria de Imprensa, informou ao Sistema O Dia que o Corpo de Bombeiros fez uma única vistoria no estádio Deusdeth de Melo e pediu que novos reparos fossem feitos no local. As reformas, segundo o órgão, foram feitas, mas aguarda a última vistoria para liberar os laudos técnicos da praça esportiva.

O Comercial-PI estrou na Segundona contra o Oeirense e saiu de campo derrota por 4 a 2. Diante do resultado, o Bode tenta os seus primeiros três pontos. O time está na lanterna da competição com saldo de gols de -2. O confronto contra o Cori será no dia, às 15h45min, no Deusdeth de Melo, em Campo Maior.

Hernanes volta a campo, e Tricolor esconde time que enfrenta o Fogão

Hernanes volta a campo, e Tricolor esconde time que enfrenta o Fogão

A tendência é que Pablo siga no time, enquanto Alexandre Pato deve retomar sua vaga entre os titulares.

Hernanes voltou a treinar com os companheiros na manhã desta quarta-feira (18), um dia após fazer exercícios individualmente. Nos 15 minutos em que a imprensa pôde ficar no CT da Barra Funda, o meia do São Paulo aqueceu normalmente e seguiu para o coletivo.
A maior parte do treinamento foi sob sigilo, para que o técnico Cuca pudesse esboçar pela primeira vez a escalação que enfrentará o Botafogo no sábado (21), no Rio de Janeiro, às 11h, em confronto válido pela 20ª rodada do Campeonato Brasileiro.
A tendência é que Pablo siga no time, enquanto Alexandre Pato deve retomar sua vaga entre os titulares. A maior dúvida está na armação: Hernanes ou Daniel Alves, que prefere a função de meia em vez da lateral.
Enquanto o treino foi aberto, Hernanes fez o circuito de aquecimento junto aos companheiros e deixou o campo rapidamente, voltando minutos depois. Todo o elenco esteve à disposição de Cuca para o trabalho tático.
O São Paulo não tem suspensos nesta rodada, e os únicos lesionados são os pouco utilizados Lucas Perri e Joao Rojas, ambos em recuperação após cirurgia.
Desta forma, uma escalação tricolor provável tem força máxima: Tiago Volpi; Juanfran, Bruno Alves, Arboleda e Reinaldo; Tchê Tchê e Liziero e Daniel Alves (Hernanes); Alexande Pato (Everton), Antony e Pablo.
O técnico Cuca tem mais dois dias de ajustes antes da visita ao Botafogo. O time paulista treina nesta quinta (19) em seguida viaja para o Rio, onde encerra a preparação na sexta-feira (20).

Sem Gómez, Verdão treina posse de bola e tem volta de Angulo

Sem Gómez, Verdão treina posse de bola e tem volta de Angulo

Gómez e Angulo fizeram trabalhos físicos na parte interna da Academia, mas não preocupam para o final de semana.

O Palmeiras treinou nesta quarta-feira (18) pela manhã na Academia de Futebol e deu sequência à preparação para o jogo contra o Fortaleza, no domingo (22), pelo Campeonato Brasileiro, no Castelão.
As principais ausências no trabalho técnico no gramado foram do zagueiro Gustavo Gómez e do atacante Iván Angulo, que se reapresentou um dia depois dos demais por causa de problemas de saúde do filho na Colômbia, segundo o clube.
Gómez e Angulo fizeram trabalhos físicos na parte interna da Academia, mas não preocupam para o final de semana.
Outros desfalques foram Mayke, em reta final de recuperação de cirurgia na coxa, e Ramires, que ficará fora por um período entre 8 e 12 semanas por ainda passar por um processo de recondicionamento físico.
Com os demais atletas em campo -inclusive Dudu, que fez só trabalhos físicos na terça (17) e está suspenso para a partida contra o Fortaleza-, Mano Menezes e sua comissão comandaram mais um treino técnico estimulando movimentação e raciocínio rápido com a posse de bola.
Os jogadores fizeram diversas atividades em campo reduzido, com Mano e seus auxiliares pedindo sempre agilidade no passe, com poucos toques na bola.
Mano não deu indícios de um possível time titular no treino, misturando bastante os jogadores. O Palmeiras volta a trabalhar nesta quinta (19), em atividade fechada à imprensa na parte da manhã, e o treinador dará entrevista coletiva após a atividade.
Com uma trinca de vitórias em três jogos sob o comando de Mano, o Palmeiras ocupa a vice-liderança do Brasileiro, com 39 pontos, três a menos que o líder Flamengo.

Daniel Alves dá susto durante treino do São Paulo

Daniel Alves dá susto durante treino do São Paulo

Atividade de treino desta terça foi marcada por assistência precisa de Pato.

Se nos jogos, o São Paulo tem tido dificuldades na armação das jogadas, ao menos nos treinos, a coisa parece mudar. A atividade da tarde desta terça-feira (17), no CT da Barra Funda, foi marcada por uma assistência precisa de Alexandre Pato durante o coletivo em campo reduzido comandado por Cuca. Outro momento de destaque foi um susto de Daniel Alves.

Os dois foram os responsáveis pela armação do time laranja, um dos três montados por Cuca para a atividade. Em uma jogada por dentro, Pato usou o pivô de Dani Alves para dar assistência precisa e ver Vitor Bueno marcar golaço, o mais bonito do treinamento.


Leia também:

Daniel Alves condena falta de padrão do São Paulo 


Minutos depois, em novo ataque do time laranja, Daniel Alves subiu para disputar bola aérea com Calazans e acabou se chocando com o companheiro, cabeça com cabeça. O camisa 10 recebeu rápido atendimento médico no gramado e logo voltou à atividade, sem qualquer restrição.


Daniel Alves de chocou contra Calazans em uma dividida e precisou de atendimento médico - Foto: Divulgação São Paulo FC

O técnico Cuca teve à disposição o elenco do São Paulo praticamente completo, e a exceção foi Hernanes. Dois dias após jogar 90 minutos contra o CSA, o meio-campista fez exercícios físicos no mesmo campo do coletivo, mas à parte dos companheiros. Ele deve retomar as atividades com bola ao longo da semana e estar à disposição para enfrentar o Botafogo na manhã do sábado (21), no Rio.

O São Paulo treina sob sigilo no restante da semana: apenas 15 minutos do treino desta quarta (18) serão abertos à imprensa, e as atividades de quinta e sexta-feira (20) são fechadas. O duelo com o Botafogo vale pela 20ª rodada, a primeira do returno do Campeonato Brasileiro.

Palmeiras faz trabalho técnico em reapresentação sem Dudu e Angulo

Palmeiras faz trabalho técnico em reapresentação sem Dudu e Angulo

Dudu, que está suspenso da partida do próximo domingo (22) contra o Fortaleza, no Castelão, ficou na parte interna da Academia fazendo trabalhos físicos.

O Palmeiras se reapresentou na tarde desta terça-feira (17) na Academia de Futebol, após dois dias de folga, e fez um trabalho técnico sob o comando da comissão de Mano Menezes. Os principais desfalques da atividade no campo foram os atacantes Dudu e Iván Angulo.

Dudu, que está suspenso da partida do próximo domingo (22) contra o Fortaleza, no Castelão, ficou na parte interna da Academia fazendo trabalhos físicos. Já Angulo, segundo o clube, ficou na Colômbia após a folga por causa de um problema de saúde do filho pequeno e é esperado para se reapresentar nesta quarta (18).


Leia também: 

Aos poucos, Mano Menezes impõe suas ideias no Palmeiras 

Palmeiras faz o primeiro treino aberto do ano com titulares 


Além deles, apenas o lateral-esquerdo Mayke, que se recupera de cirurgia na coxa e não tem previsão de volta, foi desfalque. O volante Ramires, por sua vez, participou apenas da primeira parte do treino antes de deixar o gramado para fazer trabalhos específicos na parte interna.


Palmeiras fez treino técnico sem Dudu e Angulo - Foto: Divulgação/Palmeiras FC

Nessa primeira parte, os atletas foram divididos em quatro rodas de "bobinho", com a comissão técnica incentivando passes rápidos e iniciativa para abrir linhas de passe. "Não pisa na bola", gritou o preparador físico Dudu Silva em um momento.

Depois, o elenco foi dividido em três grupos. Dois deles faziam um treino de um contra um, em que o jogador precisava driblar seu marcador e fazer o gol em um golzinho. O outro grupo disputava uma partida em campo reduzido, de seis contra seis na linha, sob a orientação do auxiliar Sidnei Lobo, sempre cobrando intensidade e movimentação. Os jogadores se revezaram entre as atividades depois de alguns minutos em cada uma.

O Palmeiras volta a treinar nesta quarta, às 10h, em nova atividade aberta à imprensa na Academia de Futebol. Com 39 pontos, o time alviverde ocupa a vice-liderança do Campeonato Brasileiro, três pontos atrás do líder Flamengo.

17 de setembro de 2019

Pituca sofre entorse e deixa Santos sob risco de situação inédita no ano

Pituca sofre entorse e deixa Santos sob risco de situação inédita no ano

Pituca pode agora forçar uma situação inédita para o Santos na temporada: atuar duas vezes seguidas sem o camisa 21.

O volante Diego Pituca não foi a campo no treino desta terça-feira (17) no CT Rei Pelé, por se recuperar de um entorse no tornozelo esquerdo, sofrido na atividade do dia anterior, e se tornou dúvida para o próximo compromisso do Santos, diante do Grêmio, no sábado (21).
Desfalque contra o Flamengo na última rodada do Campeonato Brasileiro, por cumprir suspensão, Pituca pode agora forçar uma situação inédita para o Santos na temporada: atuar duas vezes seguidas sem o camisa 21.
Intocável no time de Jorge Sampaoli, o volante é o jogador que mais atuou como titular na temporada, com 41 jogos. O atleta ficou fora de apenas cinco jogos no ano, sendo três deles cumprindo suspensão automática pelo terceiro cartão amarelo. Nunca o jogador ficou fora por duas partidas consecutivas.
Antes de perder o duelo contra o líder da competição, Pituca vinha em uma sequência de 12 jogos como titular, a maior de um jogador de linha na temporada, ao lado de Felipe Aguilar, Jorge e Eduardo Sasha, todos com o mesmo número. Sasha pode agora atingir a maior sequência no duelo com os gremistas.
Desde que perdeu Jean Lucas, vendido ao Lyon (FRA), Sampaoli não encontrou um atleta que possa substituir Pituca.
O argentino gosta de atuar com dois volantes que tenham poder de marcação e chegada ao ataque, por isso utilizava os dois atletas em sua formação titular. Sem o ex-jogador do Flamengo, o treinador vinha escalando Sánchez ao lado de Pituca, mas Evandro ganhou a posição nos últimos jogos.
O problema é que Evandro também é dúvida para a partida por causa de um edema muscular. Ele iniciou o processo de transição na segunda, e a tendência é que esteja à disposição no sábado, mas a confirmação dependerá do atleta realizar treinos com bola e não voltar a sentir o problema, o que ocorreu na última semana.
Se não puder contar novamente com Pituca e Evandro, Sampaoli deve escalar Alison como volante mais recuado e optar por um meia com mais liberdade. Contra o Flamengo, Sánchez e Jorge formaram a dupla de meio, com Luan Peres atuando como lateral-esquerdo.
Válida pela 20ª rodada, a partida com o Grêmio ocorrerá na Vila Belmiro, a partir das 21h do sábado.

Diogo Barbosa projeta disputa do Brasileiro entre Palmeiras e Flamengo

Diogo Barbosa projeta disputa do Brasileiro entre Palmeiras e Flamengo

Com o time alviverde na vice-liderança, somando 39 pontos, três atrás do adversário rubro-negro, o jogador projetou que o segundo turno será polarizado principalmente entre as duas equipes, destacando o elenco de ambas.

O lateral-esquerdo Diogo Barbosa diz acreditar que Palmeiras e Flamengo serão os principais concorrentes ao título do Campeonato Brasileiro até o final da temporada.
Com o time alviverde na vice-liderança, somando 39 pontos, três atrás do adversário rubro-negro, o jogador projetou que o segundo turno será polarizado principalmente entre as duas equipes, destacando o elenco de ambas.
"Vai ter essa disputa até o final. São dois grandes times, os dois têm grandes jogadores, e isso ajuda bastante no Brasileirão, ter um leque de opções. Vai ser uma briga muito boa. Outros times vão correr também, mas acho que a grande disputa será entre nós e o Flamengo, pela qualidade do grupo e dos jogadores. Vamos procurar vencer para sempre estar na cola", afirmou.
"É um título muito importante para nós. Não conseguimos disputar a Copa do Brasil e a Libertadores, então cabe a nós perseguir esse título até o final", acrescentou o lateral.
Com a trinca de vitórias em três partidas sob o comando de Mano Menezes, o Palmeiras ultrapassou o Santos na tabela, que tem 37 pontos. Completam o G-6 o Internacional, com 33, o Corinthians, com 32, e o São Paulo, também com 32.
Na avaliação de Diogo Barbosa, as três vitórias iniciais foram essenciais para reconquistar a confiança do torcedor depois do período de crise vivido na reta final da passagem de Luiz Felipe Scolari pelo clube.
"Essa sequência foi muito boa para nós, estávamos precisando da vitória para retomar a confiança e trazer o torcedor para nosso lado", disse o jogador.
"O Mano teve uma conversa franca com a gente, e isso nos aproximou, fez com que a gente pudesse confiar nele e no seu trabalho. São vitórias importantes que nos trazem para a briga pelo título e que trazem a torcida para perto", completou.
O Palmeiras voltará a campo no próximo domingo (22), contra o Fortaleza, fora de casa, para tentar manter os 100% de aproveitamento com Mano.

Apesar da derrota para o Timon, treinador elogia atuação do Cori

Apesar da derrota para o Timon, treinador elogia atuação do Cori

A equipe representante da cidade de Floriano, perdeu o duelo contra o Timon por 2 a 1, na segunda-feira (16), no estádio Lindolfo Monteiro, em Teresina.

O Cori-Sabbá saiu de campo sem os primeiros três pontos na Série B do Piauiense, mas satisfeito com o futebol apresentado e confiante para os próximos jogos na competição. A equipe representante da cidade de Floriano, perdeu o duelo contra o Timon por 2 a 1, na segunda-feira (16), no estádio Lindolfo Monteiro, em Teresina.

De acordo com técnico Valdomiro Ferreira, sua equipe esteve bem na partida e, apesar do resultado negativo, o espírito de superação demonstrado por seus comandado o deixou satisfeito e deve ser mantido na competição.

“Nós só tínhamos o Andrei como goleiro, tivemos dificuldades para regularizar outros jogadores. Sabemos que a nossa equipe carece de contratações, temos dificuldades para treinar, falta jogadores nas posições, mas pelo o que demonstrou em campo me deixa satisfeito para o futuro da competição”, disse.

Os gols da partida saíram dos pés de Eduardo, de pênalti, após falta do goleiro Andrei no zagueiro Aílton. Na etapa final, onde o Cori-Sabbá impôs o seu ritmo de jogo ofensivo, Luís Henrique apareceu e mandou para o fundo da rede deixando tudo igual em 1 a 1. A equipe de Floriano não desistiu do jogo, mas pecou na zaga e Leandro Amorim fechou o jogo em 2 a 1 para o time da casa.  

Eduardo após cobrança de penalidade. Foto: Elias Fontenele. 

O atacante e presidente do Cori-Sabbá Anderson Kamar também saiu satisfeito com o desempenho da equipe na estreia. “O futebol é bola na rede. Eu estou feliz pela entrega do time, nossa equipe tem atletas que conheci no interior do Piauí e no Maranhão. Vamos continuar acreditando no nosso trabalho porque mostramos para todos vocês o potencial e força do no nosso elenco”.

Na terceira rodada da Série B, o Cor-Sabbá enfrenta no próximo sábado (21), a equipe do Comercial-PI, às 15h45, no estádio Deusdeth de Melo, em Campo Maior. 

Flamengo intensifica negociação com centroavante Fredy Guarín

Flamengo intensifica negociação com centroavante Fredy Guarín

Time de Jorge Jesus tem carência na posição desde a saída de Cuellár.

Mesmo após gastar milhões em contratações, o Flamengo já encaminha a negociação de um novo centroavante, o colombiano Fredy Guarín, 33 anos. O time tentou, sem sucesso, suprir a vaga apontada como carente por Jorge Jesus, especialmente após a saída do colombiano Cuéllar. O nome do colobiano foi aprovado pelo técnico Jorge Jesus .

Flamengo tenta acelerar  as negociações para poder inscrever o atleta antes do fim do prazo para a semifinal da Libertadores, contra o Grêmio. O "deadline" é 72 horas antes da partida de ida, marcada para 2 de outubro. Apesar de ele estar livre no mercado, os valores são considerados altos, e as partes tentam encontrar um denominador comum.

O colombiano tem ao menos uma boa oferta em mãos de um outro clube estrangeiro, mas apenas para começar a atuar em janeiro. O fato pode se tornar um trunfo para o Rubro-Negro, que ainda disputa dois títulos este ano. A preocupação da diretoria é com a forma do atleta, que tem feito apenas trabalhos físicos com um personal.

Guarín tem 1,83 de altura, e disputou a Copa do Mundo de 2014 no Brasil com a seleção colombiana. Ele tem ainda em seu currículo uma passagem de quatro temporadas pela Inter de Milão. Uma de suas características mais marcantes é a potência nos chutes de longa distância.


Jogo do Timon contra o Cori-Sabbá tem ação contra o racismo

Jogo do Timon contra o Cori-Sabbá tem ação contra o racismo

A partida valeu pela Série B do Campeonato Piauiense e o Timon levou a melhor por 2 a 1.

A noite de segunda feira (16) foi de futebol na capital. Pela Série B do Piauiense Timon x Cori-Sabba mediram forças no estádio Lindolfo Monteiro. Antes de começar a partida uma ação da FFP junto ao Tribunal de Justiça marcou o pré jogo:  racismo não se tolera, racismo se combate. Ação contra o racismo nos estádios. 

Jogando em “casa” o Timon começou a partida impondo seu ritmo e logo aos 11 minutos quase marca com Marlon, após passe na medida de Netinho, Jorge cruza e p camisa 7 finaliza, mas bola sobe demais. 

Aos 14 minutos, pênalti em Eduardo. O próprio camisa nove vai para bola e não desperdiça abrindo a contagem no Lindolfo. 1 a 0 para o Timon. O Cori responde em tentativa aos 19 minutos, com Jader batendo falta perigosa. 

Com 26 minutos, Eduardo quase amplia a vantagem do Timon, ele chega marcar, porém estava impedido, não valia mais nada. Aos 35, o time de Floriano chega novamente. O atacante Kamar recebe bola, gira e bate, a bola toca à trave e sai. Aos 40, mas pressão do Cori, agora com Jader soltando a perna, uma bomba, mas Jailson defende.


Segunda etapa

Início de segundo tempo o Cori mexe na formação e cresce na partida. O time chega ao empate aos 20 minutos, com Luís Henrique, que tinha acabado de entrar em campo. O Cori cresce e pressiona bastante o Timon, que sente principalmente a parte física ao longo da segunda etapa. 

Forte na bola aérea com Índio e Leandro. A bola parada era uma das principais oportunidades do Timon e aos 38 minutos o time volta à frente do placas com o zagueiro Leandro. Escanteio cobrado o jogador sobe mais alto que todo mundo e marca de cabeça. Fim de jogo 2 a 1 pro Timon, que chega ao terceiro lugar na tabela. O Cori ainda não pontuou, mas tem um jogo a menos que os outros times. 

O próximo jogo do Timon é contra o Oeirense. No sábado (21), às 16h, no Lindolfo. O Cori vai até Campo Maior enfrentar o Comercial, no mesmo dia.

Apenas 9 dos 400 gols marcados no Brasileiro foram de falta

Apenas 9 dos 400 gols marcados no Brasileiro foram de falta

Número é menor que a quantidade anotada de bolas paradas em 2018 (27 gols).

Gol de falta tem sido pouco visto no Campeonato Brasileiro, embora o recurso da bola parada continue sendo valorizado pelos técnicos. Dos 400 gols marcados na competição em 2019, apenas nove foram resultado de cobranças de infrações fora da área. Para efeito de comparação, no ano passado, em 38 rodadas, foram anotados 27 gols dessa forma.

A melhor marca desde 2010 foi de 46 gols de falta, anotados no torneio de 2013.

Nos jogos deste final de semana do Campeonato Brasileiro, a última rodada do primeiro turno, não foi anotado nenhum gol de falta. Para não ter o pior número dos últimos anos, terão de acontecer mais nove gols no 2º turno do Brasileiro nesta jogada.

"É muito simples para mim [o motivo para a escassez de gols]. É pouca prática. Se o jogador não praticar, não terá resultados", analisou o ex-meia Alex, que foi campeão brasileiro pelo Palmeiras em 2003, mas também atuou por Palmeiras e Flamengo.


Leia também:

Média de gols coloca Gabigol rumo a recorde do Brasileirão 

Botafogo sonha em crescer no 2º turno do Brasileirão 

Grêmio atropela o Goiás e comemora aniversário com golaço 


As equipes da Série A têm poucos jogadores que são vistos como especialistas nessa jogada. Como foi Alex, por exemplo. Ou Marcelinho Carioca para o Corinthians.

"São dois motivos principais: a melhora dos goleiros, em todos os fundamentos, e a falta de treinamento por parte dos jogadores", disse Fernando Diniz, demitido pelo Fluminense no mês passado. No seu elenco, ele tinha Paulo Henrique Ganso, visto como especialista neste lance.

Há várias explicações entre treinadores, jogadores e ex-atletas para tentar explicar o que a escassez. Nem todas são consenso. Há a opinião que o gramado hoje é mais baixo do que no passado e, com isso, e mais difícil elevar a bola na cobrança. O técnico Vinicius Eutrópio acredita nisso.

Outros creem que é preciso treinar mais o recurso na base, como opina o ex-volante Marcos Assunção, exímio cobrador. Há clubes que têm na comissão técnica do departamento profissional atletas que eram especialistas no assunto e hoje passam (ou tentam passar) o conhecimento.


O ex-volante Marcos Assunção diz que é preciso treinar mais o recurso na base - Foto: Reprodução

"Desde a minha chegada, pensamos em uma maneira de trazer os jogadores para que eles efetuassem as cobranças de falta. Houve um consenso com a preparação física, fisiologia e parte técnica que traríamos alguns atletas dois dias durante a semana um pouco mais cedo, antes do treinos, para efetuar as cobranças de falta", disse Ramon, hoje auxiliar no Vasco, onde teve nos anos 1990.

Não deu muito certo porque até agora o time carioca anotou apenas um gol dessa forma. Foi na 11ª rodada, contra o Fluminense, com o meia-atacante Bruno César.

"A comissão técnica precisa arrumar tempo, uma estratégia para que os bons cobradores façam os treinamentos. Isso é imprescindível, decide um jogo, até mesmo um campeonato. Os jogadores devem e podem ficar fora de algum treinamento, e se dedicarem ao treinamento de bola parada", analisa o preparador físico Altair Ramos, bicampeão mundial com o São Paulo em 1992 e 1993.

O maior artilheiro do Brasileiro deste ano em cobranças de faltas é um zagueiro, não um meia ou atacante, como seria de se esperar. Rafael Vaz, do Goiás, anotou duas vezes.

Ele marcou na estreia da equipe na competição, contra o Fluminense, e depois na 16ª rodada, diante do Internacional.

"Eu me dedico muito. Treinar faltas é praticamente uma coisa diária, procuro cobrar pelo menos umas 30, 40 faltas por dia toda vez que acaba o treino e tenho uma oportunidade. Procuro sempre fazer pelo menos umas três, quatro vezes por semana o treino", disse o jogador.

Corinthians conta com reforço de Avelar e Manoela em treino

Corinthians conta com reforço de Avelar e Manoela em treino

Preparação é para o jogo de ida da semifinal da Copa Sul-Americana contra o Independiente del Valle, do Equador.

O Corinthians contou com o lateral Danilo Avelar e com o zagueiro Manoel no treino desta segunda-feira (16) no CT Joaquim Grava. A preparação é para o jogo contra o Independiente del Valle, do Equador, que acontece nesta quarta (18) em Brasília. A partida vale pelo jogo de ida da semifinal da Copa Sul-Americana


Leia também:

Andrés agora diz que há atraso do Corinthians com a Caixa 

União cobra R$ 566 milhões em impostos do Corinthians 


Os dois foram preservados da derrota contra o Fluminense no domingo (15), em Brasília, pelo Campeonato Brasileiro. Manoel foi relacionado, mas como não treinou durante a semana, ficou apenas como opção no banco de reservas. Já Avelar, com desgaste muscular, foi poupado até da viagem.

Carille comandou treino coletivo de "nove contra nove" em campo nesta segunda, no CT, além de jogadas de triangulações pelos lados e infiltrações pelo meio antes de cruzamentos e finalizações.


O Corinthians treina visando a semifinal da Copa Sul-Americana - Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

Além de Manoel e Avelar, participaram da atividade o goleiro Cássio, que falhou no gol que deu a vitória ao Fluminense, e os atletas que entraram no decorrer da partida contra os cariocas: casos de Jadson, Vagner Love e Boselli. Clayson, que cumpriu suspensão no domingo, também participou da atividade.

O técnico corintiano disse em entrevista coletiva que definiria nesta segunda o time. Como não esboçou a equipe em campo, os jogadores devem ficar sabendo em reunião interna com a comissão técnica.

Mas com os retornos de Manoel e Avelar, além de Clayson, o Corinthians deve iniciar o confronto contra o Independiente del Valle com a seguinte escalação: Cássio, Fagner, Manoel, Gil, Danilo Avelar; Gabriel, Pedrinho, Junior Urso, Mateus Vital e Clyason; Vagner Love.

16 de setembro de 2019

Amormed conquista 21 medalhas no Piauiense de Atletismo Sub-18

Amormed conquista 21 medalhas no Piauiense de Atletismo Sub-18

A delegação representante da cidade Monsenhor Gil conquistou 21 medalhas, sendo nove de ouro, seis de prata e seis de bronze.

Os atletas do Clube de Atletismo Amormed fizeram bonito no Campeonato Piauiense de Atletismo Sub-18, que aconteceu no final de semana, na pista da Universidade Federal do Piauí (UFPI). A delegação representante da cidade Monsenhor Gil conquistou 21 medalhas, sendo nove de ouro, seis de prata e seis de bronze.

O atleta Breno Barbosa foi destaque na competição. Além do ouro conquistado no salto com vara, ele conseguiu estabelecer o novo recorde estadual com uma marca de 14m47.

Breno no pódio. Reprodução: Arquivo Pessoal

Outro destaque da competição foi Diego Ramon. O atleta piauiense foi o único a levantar duas medalhas douradas: uma no salto com vara e outra no salto em distância. Teve pódio duplo também no feminino, Neiva Maria medalhou duas vezes em provas de velocidade: ouro nos 100m e prata nos 200m.

O Piauiense de Atletismo Sub-18 proporciona aos melhores colocados na competição uma vaga para o Troféu Norte-Nordeste da categoria, que acontece nos dias 04 e 05 de outubro, em Natal, no Rio Grande do Norte. A convocação deve sair no final da semana.


Confira as medalhas da delação:

Ouro


Breno Barbosa – salto triplo

Felipe Cauã – salto em distância

Rauzito José – decalto

Diego Ramon – salto em altura e salto com vara

João Maik – 3000m

Neiva Maria – 100m

Thalia Naine 400m

Petala Vitória – heptatlo


Prata


Breno Barbosa – salto em distância

Felipe Cauã – salto triplo em distância

Pablo Emanuel – salto com vara

Aiton – 2000m obstáculo

Neiva Maria – 200m

Pélata Vitória – salto em altura


Bronze


Rauzito José – salto em distância

João Maik – 1500m

George Luith – salto com vara

Thalia Naiane – 200m

Aysha House – salto em altura

Revezamento misto: Thalia Naiana, Aliton, Crisleisvaniquele e João Maik

Daniel Alves condena falta de padrão do São Paulo

Daniel Alves condena falta de padrão do São Paulo

Aos 36 anos, Daniel Alves comentou sobre a diferença das posições e alfinetou parte da imprensa ao dizer que a maioria dos jornalistas de São Paulo não joga futebol

Neste domingo, Daniel Alves atuou pela primeira vez no São Paulo como lateral-direito, sua posição de origem. O time apenas empatou por 1 a 1 contra o CSA no estádio do Morumbi, na capital paulista, pela 19.ª rodada do Campeonato Brasileiro. O jogador da seleção brasileira vinha sendo utilizado pelo técnico Cuca no meio de campo, lugar onde ele acredita ser mais importante à equipe por tocar mais na bola e poder ajudar os seus companheiros. Ele ganhou a camisa 10 de presente de Raí.

Aos 36 anos, Daniel Alves comentou sobre a diferença das posições e alfinetou parte da imprensa ao dizer que a maioria dos jornalistas de São Paulo não joga futebol e, portanto, não entende do riscado. Ele afirmou ter feito uma "lavagem cerebral" antes de retornar ao Brasil no meio desta temporada, depois de 17 anos atuando na Europa.

Daniel Alves. Foto: CBF

Na visão do jogador baiano, aqui "só os fortes sobrevivem". Disse isso para justificar o futebol mostrado pelo São Paulo em casa, empatando contra o CSA nos minutos finais da partida. O resultado, aliado ao que o time mostrou em campo, gerou vaias da torcida.

Daniel Alves é o maior vencedor do futebol mundial, com 40 títulos conquistados desde que deu seus primeiros chutes no futebol profissional. Mesmo com tamanha experiência, ainda não consegue assimilar algumas críticas, como as que vêm das numeradas do estádio. No São Paulo, o jogador cobra mais "equilíbrio" e "estabilidade" para levantar mais um troféu na carreira - o time só disputa o Brasileirão nesta segunda metade da temporada.

Ele acredita que a equipe tricolor precisa definir um padrão de jogo para aspirar objetivos maiores na competição. Atualmente o São Paulo ocupa a sexta colocação, com 32 pontos. Perdeu pontos importantes contra os reservas do Grêmio e do Internacional e agora diante do CSA, em casa.

O que achou do empate contra o CSA e como foi atuar de lateral-direito, sua posição na seleção, pela primeira vez no Morumbi?

Estamos decepcionados com o resultado, é evidente, mas temos de saber o que temos e o que aspiramos na competição. Não adianta ganhar um jogo e achar que vai ser o campeão brasileiro se não conseguir ganhar outros. Tem de ter equilíbrio, que é o que faz você desenvolver um bom trabalho dentro do clube. É para isso que vim aqui ao São Paulo. Sei o quão difícil é construir alguma coisa no futebol brasileiro. Vocês (da mídia) estão sempre para desestabilizar qualquer situação. Temos de ter bastante cautela nos momentos difíceis, senão entramos em situações que não nos beneficiam. A maioria da imprensa nunca jogou futebol e gera desconforto. Se eu jogo de lateral ou de meia, estou aqui para ajudar o São Paulo. Temos de ser bastante conscientes da situação que estamos e do futebol praticado em campo.

O que muda quando você joga na lateral?

Estamos aqui para construir juntos, posso ajudar os meus companheiros a eles serem melhores do que são. Eu jogando de lateral, passo muito tempo sem pegar na bola e é difícil fazer seus companheiros jogarem melhor assim. É evidente que a imprensa nunca vai saber disso porque nunca jogou futebol. Não é uma crítica, quero passar uma mensagem que não temos que nos posicionar sobre o que a imprensa fala. Senão gera uma instabilidade. Normalmente a imprensa está aí para isso, gerar instabilidade. Não estou criticando vocês, estou sendo honesto com vocês. Não podemos entrar nesses debates. Eu sou jogador do São Paulo e vou ajudar o São Paulo. Tudo que construí na minha vida foi sendo sereno e às vezes cego, surdo e mudo. Vou continuar sendo, porque essa é a forma de obter resultados.

Como você analisa esse momento de quatro jogos sem vitórias do São Paulo?

Estamos conscientes e entendemos o desconforto do torcedor. Estamos trabalhando pela vitória, mas precisamos ser estáveis no objetivo. O próprio Flamengo, quando foi eliminado da Copa do Brasil, as pessoas estavam falando que nem o (Jorge) Jesus resolvia. Ainda vão acontecer muitas coisas no Brasileirão. Estamos trabalhando para melhorar e precisamos ser um time estável para conseguir as coisas.

O que o São Paulo precisa fazer para melhorar em campo?

Temos de ter um padrão de jogo e definir esse padrão, ir até o fim confiando que esse padrão é o melhor para o São Paulo. Se começa a mudar muito, nunca vamos ter uma sequência. É um fato. Alternamos muito jogadores, precisamos manter um padrão, que é assim que se constrói as coisas, defendendo os conceitos. Sei o quão difícil é o futebol brasileiro. Nunca pequei por omissão, sempre vou estar na linha de frente. Antes de vir para o futebol brasileiro, fiz uma lavagem cerebral, porque aqui só os fortes sobrevivem.

Como conseguir esse padrão?

Às vezes as pessoas acham que padrão é feito em treinamento e é mais informação teórica do que prática. A galera trabalha bem, se dedica bastante no dia a dia. Vivemos de resultados, não adianta vir aqui contar histórias, mas estamos em busca dos resultados. Temos de continuar fazendo o trabalho, dando nosso melhor, porque é a única forma de conseguir aspirar coisas importantes no São Paulo.

Botafogo sonha em crescer no 2º turno do Brasileirão

Botafogo sonha em crescer no 2º turno do Brasileirão

“Saio bastante satisfeito com a forma como esses jogadores estão trabalhando", frisou Barroca.

Com oito vitórias, três empates e oito derrotas, o Botafogo terminou o primeiro turno do Campeonato Brasileiro no meio da tabela, em 10º lugar, com 27 pontos. Para o técnico Eduardo Barroca, o alvinegro carioca pode evoluir.

“Saio bastante satisfeito com a forma como esses jogadores estão trabalhando, se dedicando e honrando a camisa do Botafogo. A gente tem tudo para crescer mais neste segundo turno”, frisou Barroca.

No último sábado (14), a equipe carioca empatou em 0 a 0 contra o Ceará. Apesar do domínio e da pressão do Vozão diante de 20 mil torcedores na Arena Castelão, em Fortaleza, os cearenses não conseguiram superar o goleiro Gatito Fernandes. Se a defesa foi bem, não se pode dizer o mesmo do ataque. O Botafogo criou apenas duas oportunidades de gol ao longo de toda a partida, mas não faltou esforço dos atletas alvinegros.

“Esses jogadores estão de parabéns. Teve jogador vomitando; se entregou tanto que chegou passando mal no vestiário”, contou Barroca, que ainda comentou sobre a crise financeira que atinge o clube, provocando o constante atraso de salários. 

“Para tudo andar bem, o triângulo tem que estar bem, que é direção, comissão técnica e jogadores. A gente, comissão técnica e jogadores, vamos trabalhar, dar o nosso melhor. Uma partida que jogamos abaixo, temos que reconhecer que não foi bom. Mas o empate fora de casa não é ruim", amenizou o treinador.

O Botafogo vai ter quatro tricolores pela frente nas próximas rodadas do Brasileirão. O primeiro é o São Paulo, neste sábado (21), em jogo às 11h, no Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro. Depois, os cariocas vão ao Nordeste para enfrentar Bahia e Fortaleza. No retorno ao Rio, o Fogão faz o clássico carioca contra o Fluminense.

Grêmio atropela o Goiás e comemora aniversário com golaço

Grêmio atropela o Goiás e comemora aniversário com golaço

Com o resultado, o time gaúcho pula para oitavo lugar e fecha o primeiro turno com 28 pontos.

No dia em que completou 116 anos, o Grêmio deu um presente para sua torcida. Com atuação sólida, o Tricolor venceu o Goiás por 3 a 0, neste domingo (15), na Arena, pela 19ª rodada do Campeonato Brasileiro. Jean Pyerre abriu o placar com um golaço, e Everton e Alisson deram números finais ao jogo.


Leia também:

Grêmio prega cautela contra o Athletico-PR em duelo de volta 

Athletico-PR vence Grêmio e vai à final da Copa do Brasil 


Com o resultado, o time gaúcho pula para oitavo lugar e fecha o primeiro turno com 28 pontos. O Grêmio não perde há cinco rodadas. Já o Goiás, que somou a terceira derrota consecutiva, soma 21 pontos e está em 15º, três pontos acima da zona de rebaixamento

O próximo compromisso gremista pelo Brasileirão será no sábado, fora de casa, contra o Santos. Já os goianos encaram o Fluminense, no Serra Dourada, no domingo.


Foto: Divulgação/Grêmio FC

O destaque do triunfo gaúcho foi Jean Pyerre. O meio-campista deu o primeiro presente para a torcida gremista. De fora da área, ele achou um lindo chute que acertou a trave antes de parar na rede. O gol que inaugurou o marcador já serviria para muita festa e abriu caminho para os outros.

O Grêmio foi absoluto. Desde o início do jogo, mandou nas ações de campo. Ainda que no começo tenha encontrado dificuldades para criar, passou a empilhar chutes sempre perigosos. Não demorou para abrir o placar, com um golaço de Jean Pyerre.

Em seguida, fez o segundo com Everton e até o fim do primeiro tempo já tinha o terceiro, de Alisson. Totalmente tranquilo, dono do jogo, para delírio da torcida, o time de Renato Gaúcho conduziu perfeitamente o placar.

O Goiás até tentou ser ofensivo no começo do jogo. Ney Franco escalou três atacantes para tentar surpreender o Grêmio. Não conseguiu nada disso. O time pouco chegou ao ataque, sempre sem força, carente de qualidade técnica. O Goiás foi vítima fácil no primeiro tempo e deixou o campo tendo sofrido três gols. Na etapa final pouco mudou e a derrota foi totalmente justificada em campo.

Jogando com time reserva, Internacional bate o Atlético-MG

Jogando com time reserva, Internacional bate o Atlético-MG

Jogo valeu pela rodada de fechamento do Campeonato Brasileiro e o time colorado venceu por 3 a 1.

O Internacional bateu o Atlético-MG por 3 a 1 neste domingo (15) no estádio Independência, em Belo Horizonte. O jogo valeu pela rodada de fechamento do primeiro turno do Campeonato Brasileiro. O Inter venceu o time mineiro jogando com seus reserva, mas, mesmo assim, fez uma partida muito boa diante de um rival que não se encontrou em campo. Willian Pottker foi o destaque do jogo, balançando as redes por duas vezes. Neílton foi o autor do outro gol. Bruninho fez o gol de honra do Atlético, já no final da partida.


Leia também:

Internacional se surpreende com mobilização e encara 'crise' 


Com o resultado, o Internacional foi aos 33 pontos e está a nove do líder Flamengo. Além do triunfo, o Colorado aumenta a confiança por uma vitória na próxima quarta-feira (18) que o permita voltar a levantar a Copa do Brasil após quase 30 anos. Por outro lado, o Atlético chega à sua quinta derrota seguida no Brasileiro, estaciona nos 27 pontos e vai com a crista baixa para enfrentar o Colón, na próxima quinta-feira, pela semifinal da Copa Sul-Americana.


O Inter bateu o Atlético-MG jogando com seu time reserva - Foto: Divulgação/Internacional FC

As equipes adotaram uma postura bastante semelhante no início do jogo. O sol quente, na casa dos 26º, fez com que ambas priorizassem a posse de bola e buscassem o gol rápido, a fim de evitar um desgaste maior no decorrer do jogo. Tamanho equilíbrio foi registrado também na posse de bola, com 50% para cada lado no fim do primeiro tempo.

O time da casa não deixou de atacar, mas mostrou fraco repertório para tentar chegar ao gol de Danilo Fernandes. A cabeçada de Bruninho, ainda nos primeiros minutos, foi o que de melhor o Galo fez na primeira etapa.

Inoperante pelo meio, com partida ruim de Vinícius, a equipe voltou a explorar as ações pelos lados, mas os cruzamentos sequer iam de encontro a Ricardo Oliveira dentro da área. Defensivamente, deu espaços demais ao Colorado e acabou castigado com uma falha coletiva dos seus próprios jogadores.

Apesar de estar com o time reserva, o Internacional mostrou entrosamento interessante dos seus jogadores, principalmente com Neílton, Parede e Pottker. Sem se intimidar, a equipe se impôs e atrapalhou muito a organização do Atlético.


Foto: Divulgação/Internacional FC

Com variações de posições e jogadas, criou boas ações de perigo dentro da área alvinegra. Contou com a sorte na bola mal afastada de Réver e no efeito impressionante da cabeçada de Pottker, no lance do primeiro gol, mas foi merecedor da vantagem no primeiro tempo.

O segundo tempo começou tão intenso quando o primeiro. Precisando do resultado, Rodrigo Santana abriu mão de um volante e colocou o Atlético para frente. Mas a mexida gerou mais buracos para o Inter explorar.

Em um contra-ataque mortal, Sóbis encontrou Neílton dentro da área para fazer o segundo. Pouco tempo depois, novamente pelos lados, Pottker deu um drible desconcertante em Réver e tocou na saída do goleiro. Apesar do passeio ofensivo, o goleiro Danilo Fernandes também merece menção honrosa ao fazer dois milagres em praticamente um minuto, impedindo uma possível reação mineira quando o jogo ainda estava 2 a 0. Já no final da partida, Bruninho aproveitou a sobra dentro da área e fez o gol de honra do Galo.

Com a vitória, o Inter evitou sua pior campanha como visitante no primeiro turno desde que os pontos corridos são disputados com 20 equipes. Em 2008, o time somou apenas seis pontos. Com esse triunfo, o Colorado terminou a primeira parte do campeonato com duas vitórias, um empate e seis derrotas, somando sete pontos longe de Porto Alegre.

Com medalhas, Brasil chega ao pódio nos Mundiais de Skate e Surfe

Com medalhas, Brasil chega ao pódio nos Mundiais de Skate e Surfe

O ouro veio na madrugada, em Miyazaki, no Japão, no Mundial de Surfe.

O Brasil conquistou quatro pódios e somou um ouro (Ítalo Ferreira), duas pratas (Luiz Francisco e Silvana Lima) e dois bronzes (Pedro Quintas e Gabriel Medina) nos Mundiais de Surfe e de Skate Park neste final de semana. Os ídolos Filipe Toledo e Pedro Barros ficaram perto do pódio. No fim de semana que vem, também em São Paulo, acontece um segundo Mundial de Skate, desta vez da modalidade street.

O ouro veio na madrugada, em Miyazaki, no Japão, no Mundial de Surfe. Depois de chegar atrasado para a competição e estrear surfando de jeans, Ítalo Ferreira conquistou o seu primeiro título mundial. Na bateria decisiva, ele chegou a levar uma nota 10 e somou 17,77 pontos. Superou inclusive o compatriota Gabriel Medina, que terminou em terceiro, com o bronze, com 14,53. O norte-americano Kolohe Andino ficou em segundo, com 17,06, e o japonês Shun Murakami em quarto. 

Pela manhã, em São Paulo, quatro brasileiros participaram da final masculina do Mundial de Skate Park. Três deles brigaram por medalhas, mas o ouro acabou com o norte-americano Heimana Reynolds, havaiano, que sobrou com 88 pontos. Luiz Francisco, o Luizinho, tirou 85,5 e ficou com a prata. Pedro Quintas, com 85, com o bronze. Pedro Barros, que vinha de um ouro e duas pratas nas outras três edições do Mundial, terminou em sexto, com 84,5. 

Antes, no feminino, o Brasil havia faturado a prata com Silvana Lima no Mundial de Surfe. No Mundial de Skate Park, Yndiara Asp, melhor brasileira, sofreu lesão no púbis e não participou da competição em São Paulo. Dora Varella foi a melhor brasileira, em sexto. Isadora Pacheco terminou em sétimo. A japonesa Misugu Okamoto, de 13 anos, ficou com o ouro. 

Skate e surfe vão estrear nos Jogos Olímpicos em Tóquio e ainda estão adaptando seu calendário internacional às demandas do movimento olímpico. No caso do surfe, o circuito mundial WSL (World Surf League) está absolutamente consolidado, mas não havia um torneio no padrão olímpico, com limite de atletas por países e participação de surfistas de nações sem tradição.

Brasil estreia no Mundial de Ginástica Rítmica no Azerbaijão

Brasil estreia no Mundial de Ginástica Rítmica no Azerbaijão

Natalia Gáudio e Barbara Domingos estarão em ação nesta segunda (16), participando do qualificatório individual da bola.

A Ginástica Rítmica do Brasil inicia nesta segunda-feira (16) sua caminhada no 37º Campeonato Mundial da modalidade, que será realizado no Milli Gimnastika Arenasi, em Baku, capital do Azerbaijão. A competição adquiriu uma importância ainda maior porque será classificatória para a Olimpíada de Tóquio-2020. Neste primeiro dia, as brasileiras Natalia Gáudio e Barbara Domingos participarão do qualificatório da bola, a partir das 10h48 (horário de Brasília).

O Mundial de Baku reunirá um total de 173 ginastas no individual e 24 grupos representando 62 países. Será o mais importante mundial deste ciclo olímpico, exatamente por distribuir o maior número de vagas para os Jogos de Tóquio-2020. No Individual, sairão aqui as 16 primeiras classificadas para a Olimpíada do ano que vem e mais cinco melhores grupos na classificação geral.

Barbara Domingos - Mundial de Baku (Ricardo Bufolin/CBG). (Foto: Divulgação)

As outras janelas de classificação da Ginástica Rítmica serão no Pan-Americano da modalidade de 2020 (para conjunto e individual) e pelas Copas do Mundo de abril do ano que vem (as três mais bem classificadas após as quatro etapas programadas).

Por conta da qualificatória olímpica, as melhores ginastas do mundo se exibirão no Milli Gimnastika Arenasi, que tem capacidade para receber cerca de 5 mil pessoas. Entre elas, a russa Dina Averina, que conquistou quatro medalhas de ouro no Mundial de 2018 realizado em Sofia, além de sua irmã gêmea Arina Averina, que saiu com dois bronzes no ano passado. Também deverão brilhar Alexandra Agiurgiuculese e a israelense Linoy Ashram.

No Individual, as ginastas farão os quatro aparelhos (arco, bola, fita e maças) e para definir as classificadas no geral, serão somadas as três melhores notas, descartando a pior delas. Daí sairão as 24 melhores para o Individual Geral, sendo que as 16 primeiras estarão automaticamente classificadas para Tóquio-2020.

Barbara Domingos - Mundial de Baku (Ricardo Bufolin/CBG). (Foto: Divulgação)

As brasileiras estão conscientes dos desafios que encontrarão para chegar às finais, e consequentemente sair com uma vaga olímpica de Baku. Mas confiam em fazer boas apresentações, como fizeram nas últimas etapas da Copa do Mundo que antecederam o Mundial, em Kazan (RUS) e Portimão (POR).

“Acho que estou chegando bem para o Mundial. Cada competição tentamos evoluir um pouco mais. Modificamos um pouco as séries nestas Copas do Mundo e chegamos logo com três notas 18. Agora é buscar o 19, sempre querendo mais”, afirmou Barbara Domingos, que já havia participado do Mundial de Sofia, mas pela primeira vez encara uma competição pré-olímpica. “A ansiedade é grande, todo mundo estará aqui buscando a vaga. Sei que será muito difícil, por isso estamos trabalhando pensando no Pan-Americano do ano que vem”, afirmou.

A técnica Marcia Naves acredita que participar das duas etapas da Copa do Mundo foi fundamental na preparação de Barbara para o Mundial. “Com certeza ela está mais segura, apesar de termos feito algumas modificações na série, pensando em aumentar a nossa pontuação. A expectativa é para quatro boas apresentações dela aqui”, afirmou.

Com 26 anos, Natalia Gáudio chega ao seu sexto Campeonato Mundial bastante confiante, especialmente após a participação nas duas últimas Copa do Mundo. “Tanto em Kazan quanto em Portimão consegui manter notas bem equilibradas entre os meus quatro aparelhos. Isso é importante, porque a nota que conta para se classificar às finais é o geral. É sempre bom pensar neste equilíbrio. Além disso, o fato de ter me classificado para a final da fita em Portimão me deu ainda mais confiança. Acho que a gente está cada vez mostrando um trabalho melhor, mostrando que as notas estão subindo bem desde o começo do ano. Agora é entrar na quadra e fazer a minha parte”, disse Natalia.

Ela reconhece que a disputa pela vaga olímpica é um obstáculo a mais neste Mundial. “Lógico que tem uma pressão extra por conta das Olimpíadas. Mas é importante competir sabendo que temos uma outra chance de classificação. Aqui não é um tudo ou nada. Temos que dar o nosso máximo, mas sem surtar, porque isso pode acabar atrapalhando, porque o nível aqui será muito alto. Mas a experiência também ajuda a gente poder entrar mais calma”, completou Natalia.

Segundo Monika Queiroz, Natalia Gáudio chega em Baku em um momento de grande evolução. “Estamos chegando para enfrentar as melhores ginastas do mundo e vejo que a evolução dela foi perfeita, especialmente de Lima para cá. O Pan-Americano foi um divisor de águas pela conquista dela. Após a passagem por Portimão, deu para perceber que as pessoas passaram a acreditar mais ainda no Individual do Brasil. Todos os países nos cumprimentando pelas apresentações e isso mostra a qualidade do nosso trabalho”, afirmou a treinadora.

O Conjunto do Brasil, que também cumpriu ótima campanha nas duas últimas Copas do Mundo, só irá estrear no próximo sábado (21), também brigando por uma das cinco vagas olímpicas em disputa.

Programação do Mundial de Ginástica Rítmica

Segunda-feira (16) – Qualificação individual bola + arco

10h48 – Barbara Domingos – bola

10h54 – Natalia Gáudio – bola

12h15 – Cerimônia de abertura

Terça-feira (17) – Qualificação individual bola + arco

5h24 – Barbara Domingos – arco

5h30 – Natalia Gáudio – arco

12h30 – Final individual arco

13h05 – Final individual bola

Quarta-feira (18) – Qualificação individual maças + fita

5h16 – Barbara Domingos – fita

5h22 – Natalia Gáudio – fita

Quinta-feira (19) – Qualificação individual maças + fita

8h18 – Barbara Domingos – maças

8h24 – Natalia Gáudio – maças

12h30 – Final individual maças

13h05 – Final individual fita

Sexta-feira (20)

7h30 – Final individual geral

Sábado (21) – Qualificação Conjunto

9h46 – Cinco Bolas

10h38 – Mista (3 arcos e 2 pares de maças)

Domingo – Finais Conjunto

7h30 – Final Cinco Bolas

8h15 – Final Mista (3 arcos e 2 pares de maças)

Obs: Horário de Brasília


15 de setembro de 2019

Média de gols coloca Gabigol rumo a recorde do Brasileirão

Média de gols coloca Gabigol rumo a recorde do Brasileirão

Contando o golaço marcado neste sábado (14), na vitória por 1 a 0 sobre o Santos, o jogador balançou 16 vezes as redes em 15 partidas.

Cada vez mais idolatrado no Flamengo, Gabigol vai aos poucos deixando sua marca no clube. Atravessando uma fase iluminada, o atacante pode se tornar o artilheiro com maior número de gols em uma edição do Campeonato Brasileiro em toda a história da competição caso mantenha sua média nesta edição.


Leia também:

Contando o golaço marcado neste sábado (14), na vitória por 1 a 0 sobre o Santos, o jogador balançou 16 vezes as redes em 15 partidas, o que dá a ele uma impressionante média de 1,06 gols por confronto. Mantendo esse padrão e participando de todos os jogos até o fim do torneio, ele chegará aos 35 e ultrapassará Washington, que em 2004 fez 34 pelo Athletico Paranaense.

Média de gols coloca Gabigol rumo a recorde do Brasileirão. (Foto: Reprodução)

Atualmente, Gabigol está isolado na artilharia do Brasileirão. O segundo colocado é Gilberto, do Bahia, que tem nove e joga hoje (15) contra o Fortaleza.

Considerando toda a temporada, o atacante tem, até aqui, sua melhor média da carreira, com 0,75 gols por jogo. Anteriormente, sua melhor temporada havia sido 2018, quando ficou com 0,5 pelo Santos.

Com a vitória deste sábado, o Flamengo terminou o primeiro turno com a melhor campanha do Brasileirão. A equipe tem 42 pontos, três a mais que o vice-líder Palmeiras.

Avaí bate Athletico fora de casa e vence a segunda no Brasileiro

Avaí bate Athletico fora de casa e vence a segunda no Brasileiro

Os catarinenses venceram o time de Tiago Nunes na Arena da Baixada, pelo placar de 1 a 0, com um gol de Jonathan, ainda no primeiro tempo.

Ocupando a última posição na tabela do Campeonato Brasileiro, o Avaí conquistou a sua segunda vitória no campeonato contra o Athletico-PR neste domingo (15). Os catarinenses venceram o time de Tiago Nunes na Arena da Baixada, pelo placar de 1 a 0, com um gol de Jonathan, ainda nos primeiros 45 minutos de jogo.


Leia também:

Neymar é recebido com protestos da torcida do PSG  


Com o time reserva, os atleticanos ainda tiveram a chance de empatar no fim do jogo com um pênalti que chegou a ser marcado pela arbitragem. Porém, Felipe Fernandes de Lima voltou atrás da marcação após consultar o VAR.

Apesar da vitória, o Avaí termina o primeiro turno do Brasileirão com a lanterna. São apenas 13 pontos, um atrás da Chapecoense, que perdeu neste sábado (14) para o Vasco.

Já o Atlhetico-PR permanece em uma posição intermediária, com 26. A equipe rubro-negra sofreu a terceira derrota diante de sua torcida e só venceu uma vez nas últimas cinco rodadas.

Porém, o foco dos paranaenses está todo na final da Copa do Brasil. Na quarta-feira (18), o time vai a Porto Alegre para enfrentar o Internacional e tentar manter a vantagem sobre os gaúchos para ficar com a taça -na ida, o Athletico venceu em casa por 1 a 0.

O destaque catarinense foi o atacante Jonathan. Com apenas 20 anos e em seu terceiro jogo entre os profissionais, ele fez o seu primeiro gol com a camisa do time principal do Avaí. Sua estreia foi no começo do mês, na vitória em cima do Fluminense. O garoto, que brilhou no Brasileirão de Aspirantes antes de ser chamado por Alberto Valentim, marcou um belo gol de fora da área e colocou os catarinenses na frente do placar no primeiro tempo.

O jogo começou com o Avaí conseguindo criar e administrar o jogo com certa tranquilidade até o gol. Porém permitiu o crescimento dos paranaenses após a abertura do placar.

Com 13 minutos do primeiro tempo, o jovem atacante Jonathan mandou de longe, no ângulo do goleiro Leo. Após o gol, o Athletico passou a arriscar mais, forçando Vladimir a fazer algumas boas defesas. Uma após chute de Erick pelo lado direito e outra num cabeceio à queima-roupa de Madson. Marcelo Cirino ainda fecharia o primeiro tempo com uma bola na trave.

Na etapa complementar, o nível do Athletico caiu, dando mais equilíbrio à partida. Tiago Nunes tirou Braian e Everton Felipe, colocando atacantes descansados para buscar a virada. Pedrinho e Tomás Andrade arriscaram nos minutos finais, mas a melhor chance do segundo tempo foi criada por Betão, veterano zagueiro do Avaí. Ele arriscou um chute após o escanteio e quase ampliou o placar.

Nos acréscimos, o árbitro Felipe Fernandes de Lima chegou a dar pênalti para o Athletico-PR, mas voltou atrás após consulta do VAR, mantendo assim a vitória para o Avaí.

ATHLETICO-PR

Leo; Erick, Madson, Pedro Henrique, Abner Vinícius; Matheus Rossetto, Lucho González (Tomás Andrade), Everton Felipe (Vitinho), Thonny Anderson; Marcelo Cirino, Braian Moreno (Pedrinho). T.: Tiago Nunes

AVAÍ

Vladimir; Iury (Léo), Betão, Ricardo, Igor Fernandes; Pedro Castro, Richard Franco, Matheus Barbosa; Caio Paulista, Jonathan (Julinho), Lourenço (Mosquera). T.: Alberto Valentim

Estádio: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)

Juiz: Felipe Fernandes de Lima (MG)

Público e Renda: 13.784 torcedores / R$ 219.680,00

Gol: Jonathan, aos 13min do primeiro tempo (Avaí)

Cartão Amarelo: Rossetto (Athletico)

Com apoio da torcida, Brasil vence Barbados na Copa Davis

Com apoio da torcida, Brasil vence Barbados na Copa Davis

Brasil venceu as duas partidas deste sábado e comemorou a vitória no confronto

A festa foi brasileira neste fim de semana de Copa Davis. Em Criciúma, na Sociedade Recreativa Mampituba, os donos da casa comemoram a vitória por 3 a 1 no confronto contra Barbados. O encontro entre as duas equipes terminou neste sábado com as vitórias de Marcelo Melo/Bruno Soares nas duplas e de Thiago Monteiro no jogo de simples. O triunfo leva o Brasil ao próximo degrau da Copa Davis, em março do ano que vem, quando jogará o Qualifiers em busca de um lugar no Madrid Finals, em novembro.

Na partida de duplas, os mineiros Marcelo Melo e Bruno Soares fizeram valer toda a experiência de Copa Davis e de circuito internacional para superar o duelo contra os barbadianos Darian King e Haydn Lewis. A parceria brasileira contou com a força da torcida para ganhar o primeiro jogo do dia por 7/6(4) e 7/5, em 1h43min de duelo.

"É sempre um sentimento especial defender as cores do país, jogar a Copa Davis é sempre uma grande honra, ainda mais dentro de casa. Toda vez que jogamos no Brasil, a torcida sempre lotou e para nós essa energia faz toda a diferença", destacou Bruno Soares. "Nós sabemos da importância do jogo de duplas, sabemos o valor que tem. Entramos bem preparados para este jogo e, nos momentos cruciais, a gente conseguiu sobressair por toda essa experiência que a gente tem de anos no circuito", completou Melo.

Na estreia de Jaime Oncins como capitão, país ganhou confronto por 3 a 1 e subiu um degrau na competição( Foto:Luiz Candido, CBT)

Depois de 30 minutos de descanso, Darian King voltou à quadra central do Mampituba para enfrentar Thiago Monteiro. O número 1 do Brasil dominou o primeiro set e fechou a parcial por 6/4. Apesar da melhora de Darian no set seguinte, o cearense foi preciso nos momentos cruciais e levou a parcial no tie-break, fechando em 7/6(4).

"Eu sabia que seria um jogo duro. O King é um atleta com experiência em Copa Davis. Aproveitei bastante o apoio da torcida, que compareceu em peso hoje, para contornar a situação adversa no segundo set. Conquistar a vitória foi uma felicidade muito grande. A gente trabalhou bem duro durante toda a semana e merecia essa vitória", afirmou Thiago Monteiro.

A primeira participação de Jaime Oncins como capitão do time brasileiro terminou com vitória. O atual treinador da equipe defendeu o país na competição por 11 anos, chegando às semifinais do Grupo Mundial em duas ocasiões, 1992 e 2000, e começou com o pé direito o trabalho como líder do grupo.

"Desde o dia que chegamos aqui, todo mundo entendeu o que precisava ser feito nos treinamentos até o dia dos jogos. Ontem, o dia foi como esperado, com partidas duras. Copa Davis é assim mesmo, jogos decididos em cima de detalhes. A avaliação é a melhor possível. Todo mundo cumpriu com seu papel e estão todos de parabéns", avaliou Jaime Oncins.

Os confrontos da Copa Davis começaram na sexta-feira, com duas partidas de simples. No jogo de estreia, Darian King superou João Menezes por 2 sets a 1: 3/6, 6/4 e 6/2. Depois, Thiago Monteiro deixou tudo igual com o triunfo sobre Haydn Lewis por duplo 6/2.

14 de setembro de 2019

Neymar é recebido com protestos da torcida do PSG

Neymar é recebido com protestos da torcida do PSG

As vaias começaram antes mesmo do início da partida, quando o nome de Neymar foi anunciado como titular.

Fora das partidas do Paris Saint-Germain (PSG) desde o início do Campeonato Francês 2019-2020, em agosto, Neymar voltou a campo neste sábado (14) contra o Strasbourg -e foi recebido com vaias, palavrões e faixas de protesto da torcida.

As vaias começaram antes mesmo do início da partida, quando o nome de Neymar foi anunciado como titular, e se repetiram durante todo o primeiro tempo de jogo, sempre que o camisa 10 pegava na bola

A primeira etapa da partida terminou em 0 a 0, sem grandes lances do jogador brasileiro.

Além das vaias, a torcida carregava faixas que criticavam as tentativas de Neymar  de deixar o clube francês e voltar para o Barcelona. 

No mês passado, ele tentou, sem sucesso, forçar os franceses a aceitarem a sua saída. Afirmou aos dirigentes do clube que não queria cumprir o contrato. Segundo o jornal L'Equipe, o brasileiro chegou a propor pagar 20 milhões de euros (R$ 90,9 milhões) do seu próprio bolso para retornar à equipe catalã. 


Neymar é recebido com vaias da torcida do PSG. Instagram

Como informa o Le Monde, o Barcelona ofereceu por Neymar cerca de 140 milhões de euros (R$ 636 milhões) mais a transferência do jogador croata Ivan Rakitic e o empréstimo por um ano do francês Ousmane Dembélé, que se recusou a deixar o clube catalão. O PSG declinou. 

Durante o período de negociações, Neymar treinou, mas não atuou no PSG, que fez quatro partidas na temporada.

A janela de transferências, período para clubes da Europa contratarem jogadores, acabou no último dia 2 e o brasileiro terá de permanecer na liga francesa pelo menos até janeiro de 2020. 

O jogador da seleção, que tem contrato até 2022 com o PSG, custou 222 milhões de euros aos franceses em 2017 (mais de R$ 1 bilhão). 

Corinthians tenta repetir sucesso contra o Fluminense

Corinthians tenta repetir sucesso contra o Fluminense

Neste domingo (15), às 16h, as duas equipes voltam a se enfrentar, mas, desta vez, pela 19ª rodada do Brasileiro, no estádio Mané Garrincha, em Brasília.

Há 17 dias, o Corinthians empatou com o Fluminense no Maracanã por 1 a 1, após empate sem gols no Itaquerão, e se classificou às semifinais da Copa Sul-Americana. Neste domingo (15), às 16h, as duas equipes voltam a se enfrentar, mas, desta vez, pela 19ª rodada do Brasileiro, no estádio Mané Garrincha, em Brasília.
O tricolor carioca vendeu o mando de campo por R$ 800 mil para pagar os salários dos jogadores e dar um novo ânimo ao elenco na briga para sair da zona de rebaixamento. No entanto, com aproveitamento de 28% no Nacional, o time de Oswaldo de Oliveira não tem demonstrado forças.

Pedrinho, durante partida entre Corinthians e Fluminense, no jogo de ida, na Arena. Foto: Daniel Vorley/AGIF

O Corinthians espera aproveitar essa crise do rival, o fato de jogar em Brasília, onde deverá ter a maioria da torcida, e a volta de jogadores importantes, como Fagner e Pedrinho, para conquistar mais uma vitória e terminar o primeiro turno entre os quatro primeiros times da competição.
Único clube da Série A ainda invicto após a parada para a disputa da Copa América, o Corinthians tenta manter o ritmo para também não desgarrar dos líderes e continuar na briga pelo título em dezembro.
Para este duelo contra o Fluminense, Carille ainda fará alterações no time titular, para recuperar alguns jogadores, como Danilo Avelar e Manoel, visando ao confronto de ida das semifinais da Sul-Americana, contra o Independiente del Valle (EQU), na próxima quarta (18).
Assim, a defesa será composta pelo lateral esquerdo Carlos Augusto e pelo zagueiro uruguaio Bruno Méndez, que entram ao lado dos experientes Fagner e Gil para evitar os gols do Flu.
No ataque, sem Clayson, suspenso, Carille pode colocar Mateus Vital ou Jaderson na ponta esquerda, para formar o trio com Pedrinho e Vagner Love.
No meio-campo, Jadson e Sornoza, que também voltou de sua seleção, disputam uma vaga ao lado de Gabriel e Júnior Urso.

FLUMINENSE
Muriel: Gilberto, Nino, Digão e Caio Henrique; Allan (Yuri), Ganso e Nenê; Yony González, Marcos Paulo e João Pedro. T.: Oswaldo de Oliveira

CORINTHIANS
Cássio; Fagner, Bruno Méndez, Gil, Carlos Augusto; Gabriel; Júnior Urso, Pedrinho, Jadson e Mateus Vital; Vagner Love. T.: Fábio Carille

Estádio: Mané Garrincha, em Brasília
Horário: 16h deste domingo
Juiz: Jean Pierre Gonçalves Lima (RS)

São Paulo busca vitória contra o CSA para não voltar à estaca zero

São Paulo busca vitória contra o CSA para não voltar à estaca zero

Executivo de futebol do São Paulo, Raí deixou claro que o clube pretende brigar pelo título do Campeonato Brasileiro.

Executivo de futebol do São Paulo, Raí deixou claro que o clube pretende brigar pelo título do Campeonato Brasileiro. Para tanto, Cuca e os jogadores têm consciência de que é necessário vencer o CSA neste domingo (15), a partir das 19h, no Morumbi.
Em caso de uma derrota e se o Flamengo ganhar do Santos neste sábado (14), no Maracanã, a diferença para o líder será de 11 pontos ao final do primeiro turno. Exatamente a mesma quantia que separava o clube tricolor do então primeiro colocado Palmeiras, antes início de uma arrancada com cinco vitórias consecutivas, a partir da 11ª rodada.
Depois da pausa na competição para a realização da Copa América, o São Paulo embalou boa sequência. Começou contra Chapecoense, no dia 22 de julho, quando goleou por 4 a 0. Terminou com um muito comemorado triunfo sobre o Athletico, fora de casa, em jogo adiado. Àquela altura, a equipe de Cuca ficou apenas dois pontos atrás do então líder Santos.

Técnico Cuca conversa com jogadores do São Paulo durante treino no CT da Barra Funda. Foto: Marcello Zambrana/AGIF

O momento positivo acabou com o revés contra o Vasco, fora de casa. A partir daí, o treinador passou a lidar com desfalques por lesões, convocações para seleções ou por suspensões e não encontrou soluções para manter o time em alto rendimento. O São Paulo não marcou gols nos últimos três confrontos (duas derrotas e um empate). Ainda assim, Cuca confia na recuperação e na possibilidade de disputar as primeiras colocações do Brasileirão.
"Não é bater de frente com o Flamengo, a gente quer ter uma regularidade, buscar o que teve um tempo atrás e perdeu agora em três jogos. É ter resultados, retomar isso e ver o que de melhor a gente pode fazer. Nós não temos tantos jogadores com nível de seleção [quanto o Flamengo], mas eu tenho confiança total nesses jogadores que estão aqui, em fazer um grande segundo turno. Queremos acabar bem esse turno e dar uma arrancada", disse Cuca.
O departamento de futebol do São Paulo prefere não divulgar qual é a meta de pontos que pretende alcançar neste Brasileiro. Porém, a comissão técnica sabe que é necessário melhorar o desempenho se o time quiser brigar mesmo pelo título. Até o momento, o clube tricolor tem 57,4% de aproveitamento.
"Não sabemos dizer quantos pontos precisamos, temos que fazer o melhor o jogo a jogo, melhorar gradativamente de novo. Tivemos uma sequência de vitórias, vamos ver se a gente encaixa outra para chegar mais próximo deles", comentou o treinador.
Curiosamente, no ano passado, o São Paulo fechou o primeiro turno do Nacional como líder com 41 pontos somados (12 vitórias, cinco empates e apenas duas derrotas), e 71,9% de aproveitamento dos pontos - campanha semelhante à do Flamengo nesta temporada. Porém, a equipe desacelerou na sequência da competição e terminou 2018 na quinta posição, com 63 pontos.
CSA
No CSA, que tem 15 pontos e ocupa a zona de rebaixamento, o principal problema para este domingo está no meio-campo, já que Didira, que seria o substituto de Jonatan Gómez, suspenso, sentiu a coxa e foi vetado pelo departamento médico. Euller e Jean Cléber disputam a vaga.

SÃO PAULO: Tiago Volpi; Daniel Alves, Arboleda, Anderson Martins e Reinaldo; Liziero, Tchê Tchê e Everton; Antony, Pablo e Raniel. T.: Cuca

CSA: Jordi; Apodi, Alan Costa, Luciano Castan e Carlinhos; Naldo, João Victor, Dawhan e Euller (Jean Cléber); Bustamante e Alecsandro. Argel Fucks

Estádio: Morumbi, em São Paulo
Horário: 19h deste domingo
Juiz: Heber Roberto Lopes (SC)

13 de setembro de 2019

Brasil e Barbados empatam confronto na Copa Davis

Brasil e Barbados empatam confronto na Copa Davis

Thiago Monteiro superou Haydn Lewis, e João Menezes perdeu para Darian King em Criciúma


Thiago Monteiro jogou pelo Time Brasil nesta sexta-feira (Foto: Luiz Candido, CBT)

Terminou tudo igual no primeiro dia de Copa Davis. Nesta sexta-feira, no confronto entre Brasil e Barbados, cada equipe venceu uma partida na Sociedade Recreativa Mampituba, em Criciúma (SC). No jogo que abriu a rodada, o barbadiano Darian King venceu João Menezes por 2 sets a 1 em uma partida bastante equilibrada, depois Thiago Monteiro superou Hayden Lewis por 2 sets a 0.

A decisão do confronto ficou para este sábado, a partir das 11h com os jogos de duplas. Marcelo Melo e Bruno Soares entram em quadra para enfrentar Darian King/Haydn Lewis. Quem vencer esta partida terá a chance de fechar o encontro se vencer o próximo jogo, entre Monteiro e King. Havendo necessidade, a quinta partida será entre João Menezes e Haydn Lewis.

O duelo entre João Menezes e Darian King, que teve 2h37min de duração, começou com um excelente primeiro set do brasileiro. Com quebras no quarto e no sexto game, o mineiro confirmou a vitória parcial por 6/3. A partir do segundo set, o tenista do país caribenho conseguiu equilibrar a partida e venceu a parcial por 6/4. O último set também foi de King, que venceu por 6/2.

João Menezes jogou pelo Time Brasil nesta sexta-feira (Foto: Luiz Candido, CBT)

"Eu saquei muito bem no primeiro e no segundo sets, conseguindo variar o saque e usando a segunda bola mais agressiva. Fui sólido, principalmente no primeiro set. A lição que levo é que tenho que tentar jogar mandando mais no ponto. O Darian tem uma característica diferente, gosta de pontos mais longos, troca bastante bola e não erra muito. Quando consegui ser mais ofensivo, levei vantagem", analisou João Menezes.

No segundo confronto do dia, Thiago Monteiro dominou a partida contra Haydn Lewis e aproveitou quatro quebras do serviço adversário para vencer por duplo 6/2, em apenas 1h05min. O brasileiro voltará à quadra para o segundo jogo deste sábado para encarar Darian King.

"O Darian King é um cara que é bem consistente, bem sólido. Ele gosta de se fortalecer no erro do adversário, não é de dar bola fácil, nem de errar muito. Vai ser preciso ter muita paciência e constuir bem os pontos, aproveitando as oportunidades que aparecerem", frisou Monteiro.

O capitão Jaime Oncins, que estreou no comando da equipe nesta sexta-feira, elogiou a postura dos dois brasileiros. "O dia foi produtivo. O Thiago jogou bem, assim como o João, mas o King fez por merecer a vitória. O João estava estreando e fez o que a gente pediu: lutou o tempo todo, deu 100%", destacou o treinador.

O vencedor do duelo entre Brasil e Barbados irá avançar para o World Qualifiers, que será disputado em março do próximo ano. O vencedor deste confronto tem a chance de chegar ao Grupo Mundial da Copa Davis, em novembro, em Madrid.

Pernambucana conquista segundo ouro no Mundial de natação

Pernambucana conquista segundo ouro no Mundial de natação

Atleta foi a mais rápida nos 100m livre, na tarde desta sexta-feira, 13, e o Brasil chega à quinta medalha dourada no Parque Aquático da capital inglesa.

A pernambucana Maria Carolina Santiago levou a bandeira brasileira ao topo do pódio pela segunda vez neste Mundial de natação paralímpica, em Londres. Na tarde desta sexta-feira, 13, ela foi ouro nos 100m livre da classe S12 (para atletas com baixa visão), com o tempo de 59s66. O Brasil soma 13 medalhas após cinco dias de competição, cinco delas de ouro, quatro de prata e quatro de bronze. Nesta sexta-feira, a potiguar Cecília Araújo obteve a prata nos 50m livre da classe S8. O bronze nos 100m livre com o brasiliense Wendell Belarmino fechou a conta brasileira do dia.

A pernambucana Maria Carolina Santiago levou o ouro no Mundial de Natação Paralímpica, em Londres

Carol Santiago dominou os 100m livre desde o início. Antes mesmo de subir no bloco de partida, ela já tinha a melhor marca entre as finalistas, quase um segundo à frente da russa Anna Krivishna, a segunda mais rápida das eliminatórias, pela manhã. 

Elas rivalizaram em outras duas oportunidades no Mundial londrino. Nos 100m costas, na segunda-feira, 9, primeiro dia de provas, a russa foi campeã, e a brasileira, prata. Na quarta-feira, 11, Carol deu o troco nos 50m livre. E esta veio com emoção, por apenas um centésimo de diferença.

O roteiro do ouro nos 100m livre foi mais tranquilo. A pernambucana largou forte, manteve o ritmo, sentiu um pouco o peso da maratona de provas no terceiro quarto da distância, mas conseguiu administrar a vantagem para tocar a borda em 59s66. Krivishna chegou com 15 centésimos de diferença. O bronze foi para a americana Rebecca Meyers (1min00s72). A paraense Lucilene Sousa também disputou a final e concluiu em sexto, com 1min01s89. 

Este ouro vem um dia após Carol experimentar a frustração de terminar em quarto lugar os 100m peito, sua prova preferida. Ela já foi detentora do recorde mundial neste estilo, porém, foi superada pela alemã Elena Krawzow, contra quem rivalizou um embate à distância pelo melhor tempo do planeta em abril.

“Viemos de um dia muito ruim, que foi do quarto lugar nos 100m peito. Esta prova de hoje (sexta-feira) foi contra adversárias muito bem preparadas, um errinho poderia custar a medalha, mas estou muito feliz. Eu não gosto de aprender durante uma competição, mas quando o resultado é ruim, a gente tem que tirar alguma coisa. Consegui dar a volta por cima e ser campeão mundial”, comentou Carol, entre sorrisos, na zona mista. 

A pernambucana de 34 anos descobriu o esporte paralímpico recentemente. Ela nasceu com síndrome de Morning Glory, alteração congênita na retina que reduz seu campo de visão. Competiu em provas de natação com atletas sem deficiência até o fim de 2018, quando migrou para o esporte paralímpico. Este é seu primeiro Mundial. Há quase 15 dias, ela também estreou em Parapans. Nos Jogos de Lima 2019, Carol nadou em cinco provas e conquistou quatro ouros.

O primeiro pódio brasileiro nesta sexta-feira na piscina do Parque Olímpico de Londres veio com a potiguar Cecília Araújo, nos 50m livre da classe S8. Ela encarou de igual para igual a grande sensação deste Mundial, a britânica Alice Tai. A anfitriã bateu em primeiro com 29s55, e a brasileira, em seguida, com 30s45. Foram nove centésimos de diferença para a terceira colocada, Claire Supiot, francesa de 51 anos de idade. “Entrou água no óculos no final da prova no olho esquerdo, eu baixei a cabeça, nem vi a chegada, só bati a mão na borda. Mas deu certo”, relatou a atleta, que tem paralisia cerebral por falta de oxigenação no cérebro na hora do parto. 


Cecília Araújo, nos 50m livre da classe S8 no Mundial de Natação Paralímpica, em Londres

Na versão masculina dos 50m livre da classe S8, o paulista Gabriel Cristiano terminou em quarto, com 27s31, depois de se classificar com o segundo melhor tempo para a final. O ouro foi do grego Dimosthenis Michalentzakis (26s54).


Gabriel Cristiano terminou em quarto nos 50 metros livres

Para encerrar a participação brasileira nesta sexta-feira, o brasiliense Wendell Belarmino foi bronze nos 100m livre da classe S11 (para cegos). É a segunda medalha do atleta nascido em Sobradinho, região administrativa do Distrito Federal, nesta estreia em Mundiais. Na segunda-feira, 9, primeiro dia de competição, ele garantiu o ouro nos 50m livre. “Nadei bem consciente, com os ajustes que tive que fazer desde as eliminatórias para agora de tarde, coloquei em prática todas as orientações do meu treinador, Marcus Lima. Eu vim sem expectativa de medalha, estou com sensação de missão cumprida”, disse Wendell, que nasceu com glaucoma. 


Wendell Belarmino foi bronze nos 100m livre da classe S11 (para cegos)

O campeão foi o chinês Dongdong Hua (57s43), acompanhado do russo Kirill Belousov (57s84), e Wendell pegou o bronze com 59s09. O catarinense Matheus Rheine foi o quarto colocado (1min00s81).

Resultados dos brasileiros nas finais desta sexta-feira, 13:

50m livre (S8): Gabriel Cristiano - 4º lugar

50m livre (S8): Cecília Araújo - Prata

50m livre (S6): Laila Suzigan - 6º lugar

100m livre (S12): Maria Carolina Santiago - Ouro

Lucilene Sousa - 6º lugar

100m livre (S11): Wendell Belarmino - Prata

Matheus Rheine - 4º lugar

Andrés agora diz que há atraso do Corinthians com a Caixa

Andrés agora diz que há atraso do Corinthians com a Caixa

Em entrevista nesta sexta (13), ele confirmou que os pagamentos das parcelas estão em atraso.

O presidente do Corinthians, Andrés Sanchez, afirma não querer acreditar em perseguição política na decisão da Caixa de executar a dívida do clube com o banco pelo financiamento do Itaquerão. Em entrevista nesta sexta (13), ele confirmou que os pagamentos das parcelas estão em atraso. Mas ele diz não haver chance de a instituição financeira assumir o controle da arena.
"Não quero acreditar em perseguição política, são pessoas sérias, é uma Caixa", disse o mandatário. "O Corinthians nunca negou a dívida, nunca deixou de pagar. Tinha um acordo com a Caixa, [no qual] quatro meses pagava menos, e oito mais. Estamos cumprindo. Se for esse acordo, devemos dois meses. Se for o outro, é desde abril", acrescentou.
O cartola disse, ainda, não temer perder o controle do estádio. "Não vamos perder estádio, não deixamos de pagar, não vão tomar nada."
Na quinta-feira (12), o Corinthians recebeu um notificação judicial da Caixa Econômica Federal informando a execução de uma dívida no valor de R$ 500 milhões pela obra do Itaquerão. O banco alega que clube não está cumprindo os termos do contrato de financiamento para a construção da arena utilizada na abertura da Copa do Mundo de 2014.
A reportagem apurou que o empréstimo tem quatro garantias oferecidas por Corinthians e Odebrecht Participações e investimentos (OPI), cotistas do fundo responsável pela Arena. A primeira é apoiada no patrimônio da OPI, companhia que pertence à holding da Odebrecht, esta em recuperação judicial -razão pela qual a garantia não é mais válida. As três seguintes são de responsabilidade do clube. Pela ordem: as receitas do estádio, as cotas do fundo que administra o Itaquerão e a hipoteca do Parque São Jorge.
O empréstimo foi feito pelo BNDES, mas repassado ao clube paulista pela Caixa. A previsão era que a dívida teria de ser quitada até 2028.
O contrato vigente prevê 12 parcelas de R$ 6 milhões. Enquanto negociava, o clube passou a pagar as mensalidades com o cenário previsto no novo acordo, que não foi aceito pela Caixa, com desconto em quatro meses.
"Como em qualquer caso, estamos 100% abertos para uma renegociação. Se houver uma discussão de novo, podemos interromper a execução", afirmou à reportagem o presidente do banco estatal, Pedro Guimarães.
Em agosto, o presidente Jair Bolsonaro (PSL) fez uma brincadeira antes de uma partida do clube alvinegro contra o Palmeiras, na arena. Não ocasião, ele disse que tomaria o estádio em Itaquera em caso de derrota da equipe palmeirense.
"Não teremos feijoada hoje à noite. A porcada vai tá feliz hoje à noite, tenho certeza disso. Se der o contrário, é bom não zoar, senão posso pegar o Itaquerão pra nós. Falou? É brincadeira", afirmou Bolsonaro, torcedor palmeirense.

Argentina e Espanha vão decidir Copa do Mundo de basquete

Argentina e Espanha vão decidir Copa do Mundo de basquete

O primeiro time a assegurar sua vaga no confronto derradeiro do torneio da China foi o espanhol.

A final da Copa do Mundo masculina de basquete será disputada entre Espanha e Argentina. Essas equipes superaram respectivamente Austrália e França nas semifinais, classificando-se para o embate decisivo a ser realizado no domingo (15), às 9h (de Brasília).
O primeiro time a assegurar sua vaga no confronto derradeiro do torneio da China foi o espanhol. Foi uma longa batalha, com duas prorrogações, mas os campeões mundiais de 2006 acabaram levando a melhor sobre a Austrália por 95 a 88, em Pequim, com participação decisiva de Marc Gasol, 34.

O primeiro time a assegurar sua vaga no confronto derradeiro do torneio da China foi o espanhol. Foto: Divulgação FIBA

O pivô liderou a reação da Espanha, que perdia por oito pontos a sete minutos do final. Ele chegou a colocar sua equipe na frente por um ponto, a oito segundos do final, antes de que Patty Mills, 31, acertasse um de dois lances livres para forçar a prorrogação. No primeiro tempo extra, foram lances livres do próprio Gasol que forçaram o segundo.
Aí, enfim, a seleção europeia se desgarrou no placar. Gasol terminou o duelo com 33 pontos e seis rebotes. Ele teve boa colaboração do armador Ricky Rubio, 28, que registrou 19 pontos, 12 assistências, sete rebotes e quatro roubos de bola. Pelo lado australiano, o destaque foi o armador Patty Mills, com 34 pontos, mas ele vai lamentar bastante o crucial lance livre perdido no quarto período.
A vitória da Argentina, também em Pequim, foi bem mais tranquila. Os campeões olímpicos de 2004 se impuseram desde o início do confronto com a França, que não conseguiu repetir a atuação do triunfo sobre os Estados Unidos. O placar final apontou 80 a 66 para a formação sul-americana, que fez mais pontos em todos os períodos.
O experiente ala-pivô Luis Scola, 39, teve mais uma grande atuação, com 28 pontos e 13 rebotes. Decisivo na eliminação dos norte-americanos, o pivô francês Rudy Gobert, 27, foi limitado a cestas de tr~es pontos e não teve o impacto que costuma na defesa. Seu único toco ocorreu na jogada final, com o resultado definido.
A decisão será mais uma partida realizada em Pequim. Campeã em 1950, a Argentina brigará por seu segundo título mundial. A Espanha, que triunfou há 13 anos, também vai buscar a taça pela segunda vez.

Internacional se surpreende com mobilização e encara 'crise'

Internacional se surpreende com mobilização e encara 'crise'

O volume dos chamados check-in's foi tão grande que a administração chegou a dar como ocupados todos os assentos destinados à modalidade de associados.

A confiança da torcida na final da Copa do Brasil fez o Internacional se deparar com um cenário inédito. O clube abriu período para confirmação de presença dos sócios no segundo jogo com o Athletico e registrou o maior engajamento da história do processo -aplicado desde 2006.O volume dos chamados check-in's foi tão grande que a administração chegou a dar como ocupados todos os assentos destinados à modalidade de associados.
Ao longo desta quinta-feira (12), 17.079 colorados confirmaram que estarão no Beira-Rio na próxima quarta (18). Ao todo, 19.100 associados podem realizar o processo que assegura o assento.

Gaúchos estão confiantes no título da Copa do Brasil (Divulgação/Internacional)

"Nunca tivemos esse volume de confirmações em tão pouco tempo, nunca mesmo. Isso fez a gente fechar o processo e passar a reorganizar as coisas", disse Alessandro Barcelos, vice de administração do Internacional, à Rádio Bandeirantes de Porto Alegre.
"Estamos em uma final de Copa do Brasil, uma partida que há tempos o clube almeja e agora temos a oportunidade. O Beira-Rio é a casa do Internacional e tem sido fator decisivo nessa caminhada do clube. Temos 127 mil sócios e temos um estádio para 50 mil pessoas. Vários sócios ficarão fora do jogo, infelizmente", completou.
Com novas contas e revisão de compromissos com patrocinadores e outros planos de sócios, o Internacional decidiu reabrir o check-in nesta sexta (13), às 10h (horário de Brasília), para receber a confirmação do restante de sócios habilitados a confirmar presença.
Entre os dois comunicados, de lugares ocupados e reabertura do processo, o clube foi criticado nas redes sociais por torcedores que não conseguiram confirmar ida ao jogo.
Encerrado o número de lugares nas arquibancadas superior e inferior, das chamadas zonas livres, os tíquetes passarão a serem comercializados para o plano de sócios que adquirem ingresso por 50% do valor de tabela.
Reformado para a Copa do Mundo de 2014, o Beira-Rio conta atualmente com 50.842 lugares. Destes, 43.266 pertencem ao Internacional e os demais são administrados pela BRIO, empresa criada para tocar áreas nobres do estádio e setores criados durante as obras.
A procura intensa por ingressos se justifica pelo jejum de títulos do Internacional, mas também pela mobilização da torcida. O time de Odair Hellmann precisa vencer para sonhar com o bicampeonato da Copa do Brasil. Uma vitória por diferença mínima leva a disputa aos pênaltis. Qualquer triunfo por dois ou mais gols de diferença rende a conquista no tempo normal.

Campeonato Piauiense de Atletismo Sub-18 é neste sábado

Campeonato Piauiense de Atletismo Sub-18 é neste sábado

Os melhores colocados na competição garantem vaga para o Troféu Norte-Nordeste da categoria, que acontece nos dias 04 e 05 de outubro, em Natal, no Rio Grande do Norte.

Pelo menos 120 atletas vão participar do Campeonato Piauiense de Atletismo Sub-18 que será disputado neste final de semana, na pista da Universidade Federal do Piauí (UFPI), em Teresina. Os melhores colocados na competição garantem vaga para o Troféu Norte-Nordeste da categoria, que acontece nos dias 04 e 05 de outubro, em Natal, no Rio Grande do Norte.


De acordo com a programação elaborada pela Federação Piauiense de Atletismo, a competição inicia no sábado, às 7h30, com as provas de 3000m rasos, salto em distancia e lançamento de dardo na categoria masculina e feminina. O encerramento das atividades está previsto para ocorrer no domingo (15).

Piauiense de Atletismo 2019. Foto: Ilustração

Conforme a presidente da entidade, Márcia Araújo, as disputas são importantes para os jovens atletas pois é nesta fase que são revelados os futuros representantes do Piauí em competições nacionais e internacionais. Ela ressaltou ainda que as seletivas acontecem em todos os estados do país.

“Essa é a categoria mais forte que o Piauí tem na área do Atletismo. É nela que a gente começa ver quem serão os futuros representantes do Piauí em competições nacionais e internacionais. Além disso, é um momento importante para os atletas pois muitos deles migaram da categoria Sub-16 para o Sub-18”, disse.

O treinador do Clube de Atletismo AMORMED, no município de Monsenhor Gil, Jozimar Venção, vai levar uma delegação composta por 17 atletas e está confiante para o início da competição. “Vamos levar 17 atletas e a expectativa é a melhor possível porque é um momento de transição deles. Espero que eles consigam bons resultados e, com isso, fiquem bem ranqueados nacionalmente”, concluiu.

Felipe Cauã é atleta do AMORMED e vai participar do Piauiense de Atletismo. Foto: Arquivo Pessoal

O Campeonato Piauiense de Atletismo Sub-18 vai contar também com a participação de atletas dos estados do Ceará e Maranhão. Embora não esteja no cronograma de competições, uma marcha atlética será executada por participantes de fora.


No Palmeiras, atacante Willian lamenta a situação do Cruzeiro

No Palmeiras, atacante Willian lamenta a situação do Cruzeiro

O jogador atuou pela equipe cruzeirense de 2013 s 2016 e entrará em campo contra ela no próximo sábado.

No Palmeiras, o atacante Willian lamentou a situação de seu antigo clube, o Cruzeiro, que vem passando por escândalos de salários atrasados e está sem receitas previstas até o final do ano. Willian vai entrar em campo contra o time cruzeirense no próximo sábado (14) pela 19ª rodada do Campeonato Brasileiro.

"Não me surpreendo, mas não só com o Cruzeiro. A gente tem que ser grato por toda essa segurança no Palmeiras. A gente fica triste pelo noticiário, de atleta tendo que cobrar salário. Seria o mínimo cada empresa cumprir com seus deveres. Tenho certeza de que isso vai melhorar", disse Willian.


Leia também:

Mano Menezes vita euforia após sua 2ª vitória no Palmeiras 

Aos poucos, Mano Menezes impõe suas ideias no Palmeiras 

Palmeiras faz o primeiro treino aberto do ano com titulares 


No Cruzeiro, o atacante trabalhou com Mano Menezes, que agora volta a ser seu treinador, pelo Palmeiras. Willian falou sobre a boa relação que tem com o comandante e relembrou os momentos vividos ao lado dele em Belo Horizonte.

"Meu trabalho com o Mano foi bem especial, bem marcante. Quando ele chegou ao Cruzeiro, nosso momento era muito ruim. Mas ele chegou com sua forma de trabalhar, com aquilo que acredita, deu um choque na equipe, ajustou o time", disse o camisa 29.


O atacante palmeirense lamentou a situação do Cruzeiro - Foto: Reprodução/Instagram

Mano havia chegado à capital mineira em 2015, com o Cruzeiro em queda de rendimento após ter conquistado o Brasileiro por duas vezes consecutivas.

"Acho que aquele foi meu melhor momento, mesmo tendo sido bicampeão brasileiro antes. Consegui produzir muito bem, jogando como segundo atacante, depois como falso 9. Saímos de uma situação quase de zona de rebaixamento para brigar por Libertadores", disse Willian.

Ao final daquele ano, Mano acabou rumando ao futebol chinês, para o Shandong Luneng. Já na metade de 2016, o técnico retornou ao Cruzeiro.

"Quando ele voltou da China, nossa equipe estava instável, meus gols não estavam saindo. Tive um período no banco, e a gente teve uma conversa quando saí para o Palmeiras, de que sempre trabalhei e o respeitei. É nossa conduta como homem, nosso profissionalismo, e foi assim que conquistei isso com ele. Estou muito feliz de trabalhar com ele de novo."

Após marcar contra o Goiás, em seu primeiro gol desde o retorno de lesão no joelho, e jogar bem diante do Fluminense, Willian deve ser titular novamente do Palmeiras contra o Cruzeiro. A bola vai rolar a partir das 19h do sábado, no Allianz Parque.

Ao assumir erros, Aguillar fala em trabalhar para superar críticas

Ao assumir erros, Aguillar fala em trabalhar para superar críticas

O zagueiro santista admitiu que cometeu falhas no jogo contra o São Paulo e conta o Fortaleza.

O santista Felipe Aguilar reconheceu as falhas cometidas na última derrota para o São Paulo e também no empate contra o Fortaleza. No entanto, às vésperas de um jogo decisivo contra o Flamengo, o zagueiro disse que está confiante. "Para mim, foi difícil ter errado. Não vou vir aqui com desculpas nem nada. Errei e assumo isso", disse o colombiano em entrevista coletiva.

No clássico, em que o Santos acabou derrotado por 3 a 2, no Morumbi, pela 14ª rodada, Aguilar cometeu pênalti que permitiu a virada dos donos da casa, ao tocar o braço na bola. Ele ainda escorregou no lance do terceiro gol do São Paulo, em que Alexandre Pato partiu em disparada para ampliar.


Leia também:

Jesus e Sampaoli se preparam para 'final' entre Flamengo e Santos 

Santos tropeça no Athletico-PR e consegue apenas um empate 


Duas semanas depois, contra o Fortaleza, em jogo em que o Santos havia aberto 3 a 0 ainda no primeiro tempo, o zagueiro colombiano sofreu novo escorregão, aos 49min da etapa final, ao tentar cortar cruzamento na área santista -a bola sobrou para Tinga, livre, empatar para os visitantes na Vila Belmiro.

Na ocasião, o tropeço santista ainda permitiu que o Flamengo, que venceu na rodada, assumisse a liderança, onde o clube rubro-negro se mantém, com 39 pontos, dois a mais do que o Santos. O time alvinegro tenta retomar o posto no sábado (14), em duelo a partir das 17h, no Maracanã, pela 19ª rodada.

"Como você trabalha para não escorregar? Poderia acontecer, não é? Foi o que aconteceu comigo. Escorreguei duas vezes, infelizmente. Mas é importante manter a calma, o trabalho, e acreditar. Tem sido dias difíceis, mas tenho que me levantar. Acho que fiz mais jogos bons do que ruins aqui."


O zagueiro Aguilar comentou as falhas cometidas nos dois últimos jogos do Santos - Foto: Reprodução/Instagram

Apesar da desconfiança de torcedores, o zagueiro segue prestigiado pelo treinador santista, Jorge Sampaoli, tendo sido usado em 36 dos 44 jogos da equipe na temporada. O jogador ainda revelou conselhos do comandante argentino durante o período turbulento.

"O professor Sampaoli disse que não foram erros táticos ou coisas do tipo. Foram por um mau posicionamento, por escorregar. Então, podemos corrigir essas coisas. Sei que fui muito criticado pela torcida e imprensa, mas sigo trabalhando normalmente para melhorar as coisas."

A próxima oportunidade para Aguilar dar a volta por cima será justamente diante do melhor ataque da competição, com 41 gols e comandando por dois ex-santistas, Gabigol e Bruno Henrique. O zagueiro elogiou a dupla, mas preferiu, no entanto, cobrar atenção a todo o time adversário.

"Pessoalmente, não conheço eles, mas eu assisto a muitos jogos. Então sei que são muito rápidos e que jogam um para o outro. O Gabigol aproveita dos espaços pela marcação no Bruno Henrique, e vice-versa. Mas não são só eles, o Flamengo é um time completo, e precisamos estar concentrados para fazer um bom jogo."

Executivo do São Paulo minimiza críticas a desfalques no clube

Executivo do São Paulo minimiza críticas a desfalques no clube

Raí disse que o time tricolor voltará a ter u desempenho satisfatório no Campeonato Brasileiro.

Após lesões em seus principais nomes, o time do São Paulo minimizou os recorrentes desfalques. O executivo do clube, Raí, rebateu as críticas feitas ao departamento médico do tricolor, que se intensificaram com o jejum de três jogos sem vitórias no Campeonato Brasileiro

O time não contou nas últimas rodadas com Pablo, Alexandre Pato, Hernanes e Toró, agora liberados para o compromisso de domingo (15), contra o CSA, no Morumbi, às 19h. Daniel Alves e Igor Gomes, que estavam nos amistosos do Brasil, além de Antony e Walce, a serviço da seleção sub-23, também voltam.


Leia também:

São Paulo recebe de volta Antony e Walce, enquanto aguarda Dani Alves 

Daniel Alves estreia com muitas funções no time do São Paulo 


"Não vejo nada de diferente do que acontece em outros clubes. Foi uma coincidência ruim, de jogadores que tiveram lesões ao mesmo tempo, o que acabou trazendo prejuízo à equipe, com menos opções. Mas todos estão voltando", disse Raí, que destacou anteriormente a chegada recente de profissionais ao departamento médico do clube e que citou reuniões internas semanais para discutir a questão.

Dos que voltam, Pablo é o que está há mais tempo fora. Ele não atua desde 13 de julho, em clássico com o Palmeiras, na retomada do Brasileiro pós-Copa América, quando lesionou o ligamento do tornozelo direito. Na ocasião, o atacante voltava de um período de mais de três meses de recuperação, iniciado por sentir dores na panturrilha e que se seguiu com a descoberta de um cisto na coluna lombar, o que exigiu cirurgia.


Foto: Divulgação/ São Paulo FC

Em outro clássico, contra o Santos, em 10 de agosto, foram as vezes de Hernanes e Pato se tornarem baixas, com lesões na coxa direita. O meia deixou o jogo com uma lesão grave no músculo adutor, enquanto o atacante teve diagnosticado, após acusar dores dias depois, um edema na região. A partida ainda foi a despedida de Toró, que, posteriormente, sofreu um estiramento muscular na coxa esquerda em um treinamento.

Há ainda o caso do atacante Joao Rojas, que não atua desde 26 de outubro de 2018, quando o time ainda era treinado pelo uruguaio Diego Aguirre. Na ocasião, ele deixou o campo ao romper o tendão patelar do joelho direito. Já em agosto deste ano, quando estava em fase final de recuperação, o equatoriano precisou de nova intervenção cirúrgica, ao romper o tendão quadricipital do mesmo joelho. O São Paulo não divulga prazo para o retorno dele.

Na coletiva, Raí afirmou ainda que as baixas não ocorreram em um momento decisivo da competição, que chega à 19ª rodada neste final de semana, e que o time pensa agora em uma retomada rumo à ponta da tabela -no momento, o São Paulo é o quinto colocado, com 31 pontos, oito a menos que o líder Flamengo.

"Conseguimos nos manter entre os primeiros até agora, depois de uma arrancada. É normal em um campeonato deste tamanho termos oscilações. É um momento importante, de retomada para atingir os objetivos que a gente traçou, que são ambiciosos, de estar brigando na parte de cima."

12 de setembro de 2019

Não tem perseguição, diz Caixa sobre estádio do Corinthians

Não tem perseguição, diz Caixa sobre estádio do Corinthians

O banco notificou o clube nesta quinta-feira (12) por atrasos em pagamentos da arena.

O presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, afirmou que não há perseguição na execução de uma dívida de R$ 500 milhões do estádio do Corinthians. O banco notificou o clube nesta quinta-feira (12) por atrasos em pagamentos da arena.
Em nota, a diretoria do time paulista se disse surpresa com a ação da estatal. Nos bastidores, a diretoria do Corinthians diz que se trata de uma retaliação do governo Jair Bolsonaro (PSL), pelo fato de o estádio ter sido construído durante o mandato da petista Dilma Rousseff (PT).
"Não tem perseguição nenhuma. Isso serve para qualquer caso, qualquer cliente. De maneira natural e tranquila, inclusive seguindo os ritos jurídicos", afirmou Guimarães à reportagem.
"Em termos gerais, a Caixa é um banco estatal, que se tiver garantia e não houver renegociação, tem que executar. Para não executar uma garantia, qualquer que seja, em uma operação em que a Caixa deixou de receber é que é preciso ter uma ótima justificativa", completou. 
A diretoria corintiana afirma que não deixou de renegociar e que ocorreram diversas reuniões durante o ano. 
"E, como em qualquer caso, estamos 100% abertos para uma renegociação. Se houver uma discussão de novo, podemos interromper a execução. Não estou falando em caso específico, estou falando em casos gerais", disse Guimarães.
No documento de execução enviado pela Caixa ao Corinthians, o banco admite que havia conversas em curso, mas diz que por falta de documentos não pode seguir com uma proposta.
"Acrescente-se que quanto à renegociação pleiteada pelo clube desde o final do ano passado, em que pese ter a Caixa evoluído para a formatação de uma proposta que chegou a tramitar nas áreas internas desta notificante, não foi possível prosseguir com as análises uma vez que o Fundo não enviou as demonstrações financeiras assinadas e auditadas, solicitadas diversas vezes pela Caixa", consta no item cinco do ofício da estatal enviado ao time.
O Corinthians afirma que poderá entrar na Justiça contra a Caixa.
"Se a CEF (Caixa Econômica Federal) escolheu trocar a rota da negociação pela do confronto, não cabe ao clube outro recurso senão defender na Justiça seus direitos."

Timon abre venda de ingressos antecipada para duelo contra o Cori

Timon abre venda de ingressos antecipada para duelo contra o Cori

As arquibancadas saem por R$ 20,00 enquanto os assentos gerais R$ 10,00. A entrada meia será aceita para os dois setores.

O Timon quer casa cheia em seu segundo jogo pela Série B do Campeonato Piauiense. A Águia Soberana abriu a venda de ingressos antecipada para o confronto contra o Cori-Sabbá , na segunda-feira (16), às 20h, no estádio Lindolfo Monteiro, no Centro de Teresina.

Três pontos de vendas foram divulgados pela diretoria do clube. Os locais escolhidos ficam na cidade vizinha, Timon, na Churrascaria Rodeio (Centro), Farmácia Horizonte (Centro) e Drogaria Joãozinho (Ceasa) do município. Com relação aos valores, as arquibancadas saem por R$ 20,00 enquanto os assentos gerais R$ 10,00. A entrada meia será aceita para os dois setores.

Timon segue em preparação para duelo contra o Cori-Sabbá. Foto: Elias Fontenele

O Timon se prepara para o duelo contra o estreante na Série B do Piauiense Cori-Sabbá, de Floriano, e segue na tentativa de obter os primeiros três pontos na competição. Na semana passada, a equipe perdeu por 3 a 0 para o Picos, no Helvídio Nunes, na Cidade do Mel.

Ronaldinho faz acordo de R$ 6 mi para encerrar processo

Ronaldinho faz acordo de R$ 6 mi para encerrar processo

Caso o prazo não seja cumprido, o valor subirá para R$ 8,5 milhões, com juros de 12% ao ano.

Ronaldinho Gaúcho e seu irmão, Roberto Assis, entraram em acordo com o Ministério Público do Rio Grande do Sul pelo não pagamento de uma multa milionária por dano ambiental. Os dois recuperarão os passaportes, retidos em novembro de 2018 após decisão do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul.
O advogado dos irmãos, Sérgio Queiroz, afirmou que os detalhes do acordo não poderiam ser revelados. "O que posso dizer é que as partes chegaram a um acordo que foi homologado pelo juiz. Mas o objeto do acordo não era o passaporte, mas, sim, a multa ambiental", afirmou.

Ronaldinho Gaúcho (Sergei Savostyanov/TASS/Getty Images)

O acordo firmado entre os irmãos e o Ministério Público do Rio Grande do Sul prevê que os dois paguem R$ 6 milhões em multa e indenização até 1º de outubro. Caso o prazo não seja cumprido, o valor subirá para R$ 8,5 milhões, com juros de 12% ao ano.
Os irmãos foram condenados por crime ambiental por conta da construção ilegal de um trapiche (ou píer, uma rampa para atracar embarcações náuticas), com plataforma de pesca e atracadouro na orla do Lago Guaíba, em área de preservação permanente, sem autorização. O valor a ser pago chegava a R$ 8,5 milhões.
Antes do acordo, Ronaldinho e Assis tentaram a liberação dos passaportes. O pedido de habeas corpus, no entanto, foi negado pelo Superior Tribunal de Justiça em maio deste ano. No recurso no STF (Supremo Tribunal Federal), a ministra Rosa Weber também negou a recuperação dos documentos.
Mesmo com o passaporte retido, Ronaldinho foi nomeado na semana passada embaixador do turismo brasileiro pela Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo). De acordo com o órgão, o ex-jogador ajudará, voluntariamente, diversas campanhas a serem realizadas pelo instituto.

Teresina será sede da Copa Brasil Nordeste do Enduro do Corisco

Teresina será sede da Copa Brasil Nordeste do Enduro do Corisco

O evento é tradicional no calendário off-road piauiense.

O Enduro do Corisco é considerado por muitos a prova mais dura do Campeonato Piauiense de Enduro de Regularidade, só que para esse ano, além de ser válida pelo campeonato estadual, também será válida como encerramento da Copa Brasil Nordeste de Enduro de Regularidade, promovida e organizada pelas federações de motociclismo do Piauí, Maranhão e Ceará. A prova acontecerá no dia 27 de outubro, com largada de Teresina.

O Enduro do Corisco, que é tradicional no calendário off-road piauiense e é uma prova que homenageia a região de Teresina, esse ano será válida como 9ª e 10 etapas do Piauiense de Enduro de Regularidade, evento da Federação de Motociclismo do Piauí – FMP . “Será uma satisfação muito grande poder sediar a final desta importante Copa; Teresina receberá os pilotos de braços abertos, como já é de costume de nosso povo”, disse Pitombeira presidente da FMP. A etapa terá como uma de suas principais características uma prova dura, porque sempre acontece no segundo semestre do ano, com temperaturas altas, trechos técnicos, priorizando algumas subidas e descidas de serras. 


O Enduro Corisco é tradicional no calendário off-road piauiense - Foto: O Dia

Outro bônus é que competição será vale pontos na 3ª e última etapa da Copa Brasil Nordeste de Enduro de Regularidade, evento homologado pela Confederação Brasileira de Motociclismo – CBM e organizado pelas três federações nordestinas citadas. A 1ª etapa aconteceu em Santa Quitéria, no Ceará (Enduro do Urânio) e a 2ª etapa em Caxias, no Maranhão (Enduro do Leste) e fechando o campeonato, o Enduro do Corisco.

O Diretor de Prova do Enduro do Corisco, Zenardo Maia afirmou que a expectativa é que a etapa supere 80 competidores de vários estados do Nordeste. “Teremos trechos muitos técnicos, subidas de serra e muita tranqueira, sem falar nas trilhas e veredas com médias muitos justas, onde qualquer vacilo pode significar estar fora da prova”, destacou Maia.

O local de largada e chegada ainda está sendo definido e o levantamento do percurso começa na próxima semana.  O roteiro da prova ainda está sendo programado, mas a organização adianta que o percurso cruzará algumas das serras mais difíceis da região. A competição deverá percorrer mais de  200 km de trilhas entre Teresina e municípios próximos à capital, com estimativa de sete horas de tempo total de disputa. As inscrições já podem ser feitas pelo site www.cbm.esp.br 

Palmeiras faz o primeiro treino aberto do ano com titulares

Palmeiras faz o primeiro treino aberto do ano com titulares

Equipe que treinou foi a que venceu o Fluminense por 3 a 0. Novidades no gramado eram Zé Rafael e Ramires.

Contando com os titulares da vitória por 3 a 0 sobre o Fluminense, o Palmeiras fez seu primeiro treino aberto nesta quarta-feira (11). As novidades foram as presenças de Zé Rafael e Ramires em campo.

Ramires ficou fora do jogo contra o Flu para seguir um cronograma individualizado de atividade física, enquanto Zé Rafael cumpriu um período de 72 horas de repouso total após sofrer uma concussão na partida diante do Goiás no último final de semana. Ambos participaram normalmente da atividade técnica.


Leia também:

Mano Menezes evita euforia após sua 2ª vitória no Palmeiras 

Palmeiras vence o Fluminense e chega próximo aos líderes da tabela 


Os jogadores foram divididos em duas equipes e jogaram uma partida em campo reduzido, inicialmente com apenas três toques na bola permitidos. Na primeira parte da atividade, a equipe de colete levou a melhor por 1 a 0, com passe de Lucas Lima para gol de Iván Angulo, de volta da seleção sub-23 da Colômbia. Já Weverton e Gustavo Gómez, convocados respectivamente por Brasil e Paraguai, devem se reapresentar na manhã desta quinta.


Zé Rafael foi desfalque contra o Fluminense - Foto: César Greco/Agência Palmeiras

Já na parte final do treino, com as equipes já modificadas, Raphael Veiga fez um golaço ao bater de longe no ângulo, fora do alcance de Jailson.

O último treino aberto do Palmeiras havia acontecido em agosto do ano passado, ainda sob o comando de Luiz Felipe Scolari. Desde então, todas as atividades tinham sido total ou parcialmente fechadas à imprensa, em decisão conjunta envolvendo comissão técnica, diretoria e elenco. Com Mano Menezes, a abertura será maior a partir de agora.

O Palmeiras volta a campo no próximo sábado (14), contra o Cruzeiro, novamente no Allianz Parque. O time ocupa a terceira colocação do Campeonato Brasileiro, com 36 pontos, três a menos que o líder Flamengo.

Fábio Carille esboça time que pode enfrentar o Fluminense

Fábio Carille esboça time que pode enfrentar o Fluminense

Com cinco titulares, a equipe treinou nesta quarta (11) para o jogo no Mané Garrincha, em Brasília, no próximo domingo.

O técnico Fábio Carille, do Corinthians, esboçou no treino desta quarta-feira (11) a equipe que pode enfrentar o Fluminense no jogo do domingo (15) em Brasília. A partida valerá pela 19ª rodada do Campeonato Brasileiro

Foram escalados: Cássio; Michel Macedo, Gil, Bruno Méndez e Carlos Augusto; Gabriel, Júnior Urso, Jadson, Mateus Vital e Janderson; Vagner Love.


Leia também:

Procuradoria da Fazenda cobra dívida de R$ 566 mi do Corinthians 

Corinthians vence o Flamengo na semifinal do Campeonato Feminino 


Carille ainda não conta com Fagner e Sornoza. Os jogadores estavam com as suas seleções e chegam nesta quinta ao Brasil.

Os defensores Manoel e Danilo Avelar seguem trabalhando na parte interna. O zagueiro faz fortalecimento na coxa direita e o lateral um tratamento na coxa esquerda, a mesma que o tirou da partida contra o Ceará, no último fim de semana. O goleiro Caíque (entorse no tornozelo direito), o zagueiro Léo Santos (se recupera de cirurgia no joelho direito) e o atacante Everaldo (pubalgia) também seguem tratamento.


Fábio Carille esboçou pela primeira vez a equipe que pode enfrentar o Fluminense - Foto: Reprodução/Instagram

O atacante Clayson também não foi a campo, o atleta fez um trabalho físico específico -vale lembrar que o atacante já não jogaria contra o tricolor carioca, uma vez que cumpre suspensão por levar três cartões amarelos.

Mauro Boselli, que na terça fez trabalhos mais leves acompanhado do fisioterapeuta Caio Mello, treinou normalmente na manhã desta quarta e deve estar à disposição de Carille para o fim de semana. Ele ficou fora dos relacionados contra o Ceará por conta de uma entorse no tornozelo direito.

No treinamento desta quarta, o trabalho comandado pelo treinador corintiano exigiu rebatidas dos zagueiros em lançamentos e triangulação dos atacantes para chegar ao gol. Carille ainda montou uma equipe reserva para jogar contra os titulares, em campo reduzido. Os suplentes contavam com: Ramiro, João Victor, Ralf e Piton; Renê Júnior, Matheus Jesus, Araos e Régis; Gustagol e Mauro Boselli.

O Corinthians volta a treinar nesta quinta, na parte da manhã, às 9h30. No entanto, a atividade será fechada à imprensa.

11 de setembro de 2019

Santos abre venda de ingressos exclusiva a sócios para jogo com Fla

Santos abre venda de ingressos exclusiva a sócios para jogo com Fla

Com bilhetes custando R$ 50, o clube informou que essa comercialização irá até as 20 horas de quinta-feira

OSantos anunciou que vai abrir nesta quarta-feira, a partir das 14 horas, a venda de um lote de 720 ingressos, que é exclusiva para membros do programa de sócios-torcedores do clube, para o jogo deste sábado, às 17 horas, contra o Flamengo, no Maracanã, pela rodada final do primeiro turno do Campeonato Brasileiro.

O clube informou que essa comercialização irá até as 20 horas de quinta-feira, com bilhetes custando R$ 50 para todas as categorias de associados do programa Sócio Rei (Black, Gold e Silver).

"Cada sócio ou dependente poderá comprar um ingresso por carteirinha. É importante enfatizar que o acesso ao estádio será permitido somente por meio da carteirinha do programa Sócio Rei. Não haverá acesso via cartão de crédito/débito utilizado na compra", destacou também o Santos, por meio de nota publicada em seu site oficial.

O clube ainda revelou que fechou com o Flamengo "um acordo de reciprocidade de venda para sócios em suas partidas no Campeonato Brasileiro". "O Sócio Rei terá prioridade na compra de ingressos para assistir à 'final do 1º turno' contra o Flamengo no próximo sábado", pontuou.

Já ao se dirigir aos santistas em geral que possam ter interesse em ir ao Maracanã para acompanhar de perto o jogo deste sábado, o Santos informou que "caravanas e excursões de torcedores não sócios devem procurar a arrecadação do clube para informações sobre venda de ingressos comuns pelo telefone (13) 3257-4000".

A equipe comandada pelo técnico Jorge Sampaoli figura na vice-liderança do Campeonato Brasileiro, com 37 pontos, dois atrás do líder Flamengo, e assim precisa vencer o jogo deste sábado para terminar o primeiro turno no topo da tabela. Com 36 pontos, o Palmeiras ocupa a terceira posição e enfrenta o Cruzeiro, também neste sábado, às 19 horas, no Allianz Parque, em outro confronto válido pela 19ª rodada da competição.

Tite explica Neymar no banco e critica logística da seleção nos EUA

Tite explica Neymar no banco e critica logística da seleção nos EUA

O técnico explicou que é preciso observar a equipe sem os melhores atletas

Quatro dias depois de enfrentar a Colômbia em Miami, a seleção brasileira entrou em campo contra o Peru, e perdeu por 1 a 0, na noite de terça-feira (início da madrugada de quarta no Brasil), em Los Angeles, com um time alternativo. Por opção de Tite, alguns dos principais jogadores do time como Neymar, Daniel Alves e Thiago Silva começaram a partida no banco de reservas - o atacante só entrou no segundo tempo. O técnico explicou que é preciso observar a equipe sem os melhores atletas.

"Foi Neymar, foi Dani (Alves), foi Thiago (Silva), foi Arthur. Temos que saber jogar sem as pilastras técnicas da equipe, as pilastras de liderança, de capitania, de liderança comportamental. Eu não consigo tirar conclusões sem botar para jogar. Temos que responder enquanto equipe também. Mas teve (uma condição física), sim", afirmou o treinador em entrevista coletiva após a partida.

A derrota para o Peru, a terceira desde que assumiu a seleção em 2016 - as outras foram para a Argentina, em um amistoso, e para a Bélgica, que culminou com a eliminação nas quartas de final da Copa do Mundo de 2018, na Rússia -, foi o menos dos problemas para Tite. Assim como os jogadores, o técnico criticou muito o estado do gramado do estádio Memorial Coliseum e a logística colocada para a seleção nos Estados Unidos.

"Está errado, o gramado influencia no desempenho, não pode acontecer. Corre risco de lesão. Não é desculpa da derrota, não quero colocar isso. Não peguem só uma parte do que estou dizendo. Tem que matar no peito, assumir a derrota. O adversário montou estratégia e ganhou. Mas futebol de alto nível não pode acontecer. Está ligado também à Argentina e Chile (jogaram na semana passada no mesmo estádio). Não pode ter campo nessas condições. Vai ter escanteio, vai ter contato com adversário e vai parar na arquibancada", comentou, criticando os organizadores do amistoso em Los Angeles.

"As pessoas responsáveis, a empresa, também tenho minha responsabilidade, antes conversei com Juninho (Paulista, coordenador de seleções da CBF). A Pitch (empresa organizadora) precisa cuidar disso, sim. Tem que ter um campo melhor para jogar. Não pode ter um campo desse, não dá para ter um espetáculo num gramado desse. Dá para jogar 'soccer', dá para jogar de tênis. A gente teve três primeiras bolas que fomos inverter, foram três bolas longas porque não teve precisão. Não é desculpa para a derrota porque foi para os dois. Mas que um busca mais jogar e outro busca contato, tem uma diferença", prosseguiu.

"O mundo real é esse. É a nossa realidade. No mundo ideal não teria sido nada assim. Eu gostaria, e já falei para o pessoal, que jogássemos onde treinamos (no estádio Banc of California). E elogiei lá porque o gramado era muito bom e eu tenho que cuidar da seleção. Como cuido na hora de dar oportunidades aos atletas. Mas não posso me isentar dessa realidade. O desempenho individual pode ficar prejudicado, por mais capacidade que a gente tenha de cuidar deles depois. É desafiador, mas é o mundo real", completou Tite.

O Brasil volta a campo ainda neste ano para mais amistosos em datas Fifa. Estão programados dois para outubro, entre os dias 7 e 15, e dois para novembro, entre os dias 11 e 19. Os adversários e locais destas quatro partidas antes do final de 2019 ainda não foram confirmados pela CBF. Em 2020, em março, começarão as Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2022, que será no Catar.

Mano Menezes evita euforia após sua 2ª vitória no Palmeiras

Mano Menezes evita euforia após sua 2ª vitória no Palmeiras

O treinador destacou apenas que a equipe soube aproveitar as oportunidades na vitória por 3 a 0 sobre o Fluminense

Otécnico Mano Menezes deixou o campo satisfeito com o desempenho do Palmeiras no primeiro jogo diante de seus torcedores após a eliminação na Copa Libertadores. O treinador, no entanto, evitou fazer muitos elogios. Ele destacou apenas que a equipe soube aproveitar as oportunidades na vitória por 3 a 0 sobre o Fluminense, conquistada na noite de terça-feira, no Allianz Parque, e está firme na briga pelo título do Campeonato Brasileiro.

"Penso que iniciamos bem o jogo, era importante iniciar bem. Estávamos voltando para casa depois de uma eliminação. Precisávamos transmitir uma tranquilidade. Fizemos o gol, criamos mais umas três oportunidades. Depois tivemos uma queda de produção, errando a bola na frente e a transição", comentou o comandante, que havia estreado à frente da equipe no último sábado, quando obteve um triunfo por 2 a 1 sobre o Goiás, em Goiânia.

"O Fluminense é um time difícil de enfrentar porque tem muita posse. Isso fez a gente baixar um pouco no campo, que não era a ideia. Retomamos a bola, mas ficamos sem saída. Segundo tempo corrigimos isso. Começaram a aparecer mais espaços na medida em que o Fluminense arriscou. Aí em duas ótimas jogadas fizemos os gols. Construímos uma boa vitória, importante. Um jogo isolado que nos aproxima do Santos e Flamengo. Saímos satisfeitos", prosseguiu.

O treinador evitou também analisar a atuação de Luiz Adriano, que fez três gols na partida. Para ele, foi importante o time ter criado chances ofensivas. "Falar de um centroavante que fez três gols no jogo é chover no molhado. É importante para ele fazer. A bola chegou. A equipe precisa oferecer. Hoje e contra o Goiás as bolas chegaram. Jogadas bem construídas. São jogadores de alto nível, se a bola chegar nessa condição eles vão fazer. Na medida em que fizermos isso com qualidade, todos eles, quando estiverem fazendo a função, vão marcar", analisou.

A vitória serviu para o Palmeiras fazer as pazes com seus torcedores e também levou a equipe aos 36 pontos - agora está a apenas três do líder Flamengo. A expectativa agora é encurtar ainda mais essa distância no final de semana, na rodada que marcará o fim do primeiro turno. O time alviverde receberá o Cruzeiro no sábado, às 19h. Um pouco mais cedo, às 17h, o Flamengo enfrentará o Santos, vice-líder, no Maracanã.

Jesus e Sampaoli se preparam para 'final' entre Flamengo e Santos

Jesus e Sampaoli se preparam para 'final' entre Flamengo e Santos

O duelo será realizado neste sábado, às 17 horas, no estádio do Maracanã, no Rio de janeiro, pela 19.ª rodada

Ojogo entre Flamengo e Santos decidirá o primeiro colocado da turno inicial do Campeonato Brasileiro. É uma conquista simbólica, mas que tem seu peso na tradição do futebol. Na maioria das vezes, quem vira na frente, segue na frente e fica com a taça. A equipe carioca lidera a competição com 39 pontos, dois a mais do que o time alvinegro. O duelo será realizado neste sábado, às 17 horas, no estádio do Maracanã, no Rio de janeiro, pela 19.ª rodada. Mais de 60 mil ingressos já foram vendidos de forma antecipada.

Veja as armas das equipes para esse confronto e destaca seus treinadores. De um lado, o técnico português Jorge Jesus conta com quase todos os titulares à disposição de um elenco de encher os olhos. Do outro, argentino Jorge Sampaoli aguarda a evolução dos seus machucados Victor Ferraz e Evandro para definir o esquema tático do time. Mas ele conta com a devoção de um grupo que entendeu a sua proposta ofensiva de jogar mesmo tendo um elenco bem mais modesto do que o rival do Rio de Janeiro.

Flamengo x Santos é o confronto esperado do primeiro turno. Jesus x Sampaoli é o duelo que todos querem ver nesse momento. São os dois treinadores mais reverenciados do Brasileirão de 2019. E ambos privilegiam o futebol ofensivo.

ATAQUE

Flamengo - O segredo do ataque rubro-negro, o melhor disparado do Brasileirão com 41 gols, está no entrosamento da dupla Gabriel e Bruno Henrique. O bom entendimento vem desde os tempos do Santos, onde eles se destacaram no ano passado. Um encontra o outro no campo sem precisar olhar. Eles também abrem espaço para os homens de meio chegarem na área. Bruno Henrique ganhou ainda mais confiança após ser convocado por Tite. Gabriel é o artilheiro da competição nacional com 15 gols; Bruno Henrique tem 8.

Santos - Após diversas mudanças, Sampaoli passou a apostar em Eduardo Sasha como centroavante, atuando mais fixo na área. A incógnita fica em relação aos jogadores que atuarão abertos pelos lados do campo. São três opções para duas vagas: Derlis González, Soteldo e Marinho. Independentemente da escolha, quem entrar terá como principal função forçar o jogo e evitar os avanços de Rafinha e Filipe Luis.

MEIO DE CAMPO

Flamengo - Talvez seja o setor de mais desequilíbrio no líder. A saída de Cuéllar forçou mudanças. Gerson tem sido o curinga de Jesus, atuando como segundo volante e sendo o responsável por iniciar os ataques. Outra arma é o talento do uruguaio Arrascaeta, que tem se movimentando bastante, armando boas jogadas e demonstrando excelente entendimento com Gabriel e Bruno Henrique.

Santos - Sem Diego Pituca, suspenso, Sampaoli terá de modificar o setor. Carlos Sánchez pode atuar mais recuado, o que pode tirar um pouco o poder de ataque da equipe. Alison é opção para reforçar a marcação. Tudo também dependerá do esquema tático que o treinador vai colocar em campo. A tendência é de que o argentino opte por escalar a equipe no 3-5-2 - assim, os laterais viram alas e ajudam a preencher espaços e na criação das jogadas.

DEFESA

Flamengo - A defesa se tornou um ponto forte. Antes criticado, o setor recebeu três reforços na janela da Copa América com experiência na Europa. Rafinha, Pablo Marí e Filipe Luís encaixaram perfeitamente com Rodrigo Caio. Diego Alves também cresceu bastante. A equipe não foi vazada nos últimos três jogos do Brasileirão.

Santos - A defesa tem sido um problema para o Santos pelas constantes mudanças no esquema tático. A formação com três zagueiros (Lucas Veríssimo, Gustavo Henrique e Aguilar) não deixa o time seguro defensivamente e ainda atrapalha na saída de bola, que normalmente começa com um dos defensores. Se Victor Ferraz retornar de lesão pode ser um reforço importante para estabilizar o setor.

UM EMBALADO, OUTRO DESCONFIADO

Flamengo - Avançou à semifinal da Copa Libertadores e venceu os últimos cinco jogos do Brasileirão. Nesta sequência positiva, destaque para a goleada por 4 a 1 no clássico contra o Vasco e o triunfo por 3 a 0 sobre o Palmeiras. A última derrota da equipe no campeonato foi na 13.ª rodada, no dia 4 de agosto, por 3 a 0 para o Bahia.

Santos - Tropeçou nos últimos jogos e teve a liderança tomada pelo Flamengo. Em casa, empatou contra o Fortaleza após abrir 3 a 0 no placar e depois ficou no 1 a 1 contra os reservas do Athletico-PR. A equipe vive um momento de oscilação.

O MARACANÃ

Os ingressos para o jogo deste sábado estão esgotados desde a manhã de terça-feira. Foram vendidos no total 61.120 bilhetes entre público geral e parceiros comerciais. Empolgada com a boa fase da equipe, a torcida do Flamengo tem feito a diferença no estádio.

Após polêmica com a torcida do River, David Luiz pede desculpas

Após polêmica com a torcida do River, David Luiz pede desculpas

jogador aparece criticando a quantidade de torcedores presentes no estádio Lindolfo Monteiro, em Teresina, e diz que foram colocados alto-falantes no estádio para fazer o som ambiente.

O zagueiro do Arsenal, David Luiz, usou seu perfil oficial no Instagram na tarde desta quarta-feira (11) para pedir desculpas a torcedores do River Atlético Clube, após um vídeo protagonizado por ele repercutir negativamente nas redes sociais. Em entrevista ao canal DAZN, o jogador aparece criticando a quantidade de torcedores presentes no estádio Lindolfo Monteiro, em Teresina, e diz que foram colocados alto-falantes no estádio para fazer o som ambiente. Veja vídeo abaixo: 


A lembrança relatada pelo jogador no vídeo diz respeito ao período em que ele atuava pelo Esporte Clube Vitória, da Bahia, pela Série C do Campeonato Brasileiro. A partida foi um confronto contra Tricolor em 2016 que terminou 4 a 3 para os baianos.

Diante da repercussão, o River em reposta publicou, ainda na noite de ontem (11), um vídeo que rebate as críticas feitas por Davi Luiz. No texto, a equipe tricolor conta que a disputa “foi um jogão de bola bem disputado e com a torcida do tricolor incentivando o Galo do começo ao fim”.

R

iver rebate críticas de David Luiz/ Foto: River / Instagram

Foi então que torcedores começaram a marcar o zagueiro nos comentários da postagem, que horas depois respondeu pedindo desculpas pelas declarações.

David Luiz pede desculpas. Foto: Reprodução: River/Instagram

“Quando erra a gente tem que assumir!! Na vdd já não lembrava msm , e pode ter sido em algum outro lugar sobre as caixas de som !! Tenho quer pedir desculpas ao River de coração !!”, disse David Luiz.

Após vice, Campo Largo inicia busca por bicampeonato Piauiense

Após vice, Campo Largo inicia busca por bicampeonato Piauiense

A equipe retornou aos treinos ontem (10), no ginásio Pato Preto, no Mocambinho, em Teresina.

A equipe do Campo Largo retornou de Fortaleza com o titulo de vice-campeão da Taça Brasil de Clubes Sub20. O resultado foi histórico para a jovem equipe que trabalha as categorias de base há dois anos. A campanha dá moral ao elenco que esteve no torneio pela primeira vez e agora irá disputar o Campeonato Piauiense Sub20 a partir do dia 16 de setembro buscando o bicampeonato.


Foram quase oito dias de competição. Seis jogos, quatro vitorias e duas derrotas. O Auxiliar técnico, Wélio Linhares, fala sobre a importância da conquista e a responsabilidade na disputa das próximas competições. “Nosso resultado foi muito importante. Como falei antes da viagem o objetivo era buscar o titulo, a campanha não foi fácil, lutamos bastante e chegamos a pensar que era impossível chegar a final, mas surpreendemos e por detalhe não voltamos campeões”, disse.

A equipe retornou aos treinos ontem (10), no ginásio Pato Preto, no bairro Mocambinho, em Teresina. Deixam de lado a euforia da competição nacional e começam a pensar do peso de voltar às quadras, agora pelo Estadual. “Sabemos que vamos ser bem observados na competição, o time a ser batido e por isso o ritmo de treinos segue forte. Agora é brigar por esse novo titulo Estadual para no próximo ano estar na Taça Brasil novamente”, afirmou o Ala Felipe.


O resultado foi histórico para a jovem equipe - Foto: Elias Fontinele/O Dia

Na Taça Brasil alguns nomes da equipe do Campo Largo brilharam, caso por exemplo, o goleiro João Felipe. Ele conta que nunca havia defendido uma penalidade em jogos oficias e a defesa em Fortaleza se tornou um momento único. “Primeiro que foi uma competição que serviu para que olhem um pouco mais as categorias de base. A competição foi uma amostra. Eu não sou especialista em cobrança de pênalti, ou tiro, nunca tinha pegado um então para mim foi um momento feliz”, conta o garoto.

O Piauiense Sub20 de futsal tem início no final de semana, mas o Campo Largo entra em quadra somente na segunda-feira (16). Ao total, seis times brigam pelo título que dá vaga na Taça Brasil de Clubes Sub20. 

Palmeiras vence o Fluminense e chega próximo aos líderes da tabela

Palmeiras vence o Fluminense e chega próximo aos líderes da tabela

A vitória de 3 a 0 fez o time de Mano Menezes subir na classificação e alcançar os 36 pontos.

O Palmeiras conseguiu uma vitória importante contra o Fluminense no jogo desta terça-feira (10), no Allianz Parque. Vencendo por 3 a 0, o time palmeirense conseguiu voltar a brigar pela liderança do Campeonato Brasileiro. O jogo valeu pela 16ª rodada da competição e deixou o time com 36 pontos, a dois do vice-líder Santos e a três do Flamengo, primeiro colocado.

Já o time tricolor, com a derrota, perdeu a chance de deixar a zona de rebaixamento do Brasileiro e estacionou na 17ª posição, com 15 pontos.

O primeiro gol da partida foi marcado após chute forte de Diogo Barbosa. A bola bateu na trave e, na sobra, encontrou Luiz Adriano, que marcou de joelhos.


O Palmeiras está sob o comando de Mano Menezes após a demissão de Felipão - Divulgação/Palmeiras FC

Na segunda etapa, o camisa 10 aproveitou belo cruzamento rasteiro de Dudu, deslocado para a direita pelo técnico Mano Menezes, e apenas escorou para ampliar.

Pouco tempo depois, em novo cruzamento vindo do mesmo setor, mas dessa vez alto, ele completou firme de cabeça para marcar o terceiro.

Chamou a atenção que, nas três ocasiões, Luiz Adriano foi pouco atrapalhado pelos defensores do Flu, que estavam distantes do adversário na hora das finalizações.

Na última rodada do primeiro turno, o Palmeiras recebe, em seu terceiro jogo com Mano no comando, o Cruzeiro, ex-clube do agora treinador alviverde. A partida está marcada para o sábado (14), às 19h (Brasília). O Flu, no domingo (15), enfrenta o Corinthians às 16h, no estádio Mané Garrincha.

São Paulo recebe de volta Antony e Walce, enquanto aguarda Dani Alves

São Paulo recebe de volta Antony e Walce, enquanto aguarda Dani Alves

A dupla estava com a seleção brasileira olímpica e se reapresentou ao time paulista.

O São Paulo se reforça para a partida deste domingo (15) contra o CSA, pelo Campeonato Brasileiro. Neste terça-feira (10), no CT da Barra Funda, o técnico Cuca pôde contar com a presença de Antony e Walce.

A dupla estava com a seleção brasileira olímpica e se reapresentou ao time paulista. Como disputou o amistoso com o Chile, na segunda (9), no Pacaembu, o atacante fez o trabalho regenerativo no Reffis e passou pelo campo para rever os colegas.


Leia também:

Daniel Alves estreia com muitas funções no time do São Paulo 


Já o zagueiro Walce entrou no decorrer do segundo tempo do jogo da seleção e, por isso, participou normalmente da atividade no campo do São Paulo. O defensor deve ficar à disposição do treinador para o confronto deste fim de semana.


A dupla estava com a seleção brasileira olímpica - Foto: Reprodução

Liberados pelo departamento médico, Hernanes, Pablo e Pato treinaram no gramado. A comissão técnica não confirma o retorno do trio no jogo contra os alagoanos, mas existe a possibilidade de eles reforçarem o time.

Já Toró, que se recupera de estiramento na coxa esquerda, participou da primeira parte da atividade no campo e, como já estava programado, terminou o trabalho na academia.

Daniel Alves e Igor Gomes, que estão com a seleção brasileira principal, nos Estados Unidos, devem retornar ao São Paulo na quinta-feira (12). A dupla deve ter condições de atuar no fim de semana.

Procuradoria da Fazenda cobra dívida de R$ 566 mi do Corinthians

Procuradoria da Fazenda cobra dívida de R$ 566 mi do Corinthians

Segundo o órgão, a dívida é de ordem tributária, de Imposto de Renda, PIS e Cofins.

A Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN) cobrou do Corinthians uma dívida de mais de R$ 566 milhões. O valor, segundo o extrato, ultrapassa toda a receita líquida do clube em 2018, que foi de R$ 446 milhões. A cobrança, portanto, deixaria a equipe com um déficit de R$ 18 milhões.

A Procuradoria não detalha a origem nem data das cobranças. Informa, porém, que elas são tributárias, de Imposto de Renda, Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL), PIS e Cofins.

Os valores cobrados do Corinthians estão separados em oito inscrições junto à União e não incluem pagamentos já acordados em programas de refinanciamento de dívidas, como o Profut (Programa de Modernização da Gestão de Responsabilidade Fiscal do Futebol Brasileiro), de 2015.


Foto: Divulgação/Corinthians FC

Em nota enviada pela sua assessoria de imprensa, o Corinthians diz que se considera isento do pagamento de Imposto de Renda de Pessoa Jurídica, CSLL, PIS e Cofins. Afirma também que outros clubes, como Athletico-PR e São Paulo, obtiveram vitórias ao contestarem a cobrança.

"Entendimento similar ao do clube extinguiu cobrança movida pela União contra o Club Athletico Paranaense, depois de decisão da Câmara Superior de Recursos Fiscais do Carf (Conselho Administrativo de Recursos Fiscais) em 2018", diz em nota.

O Carf é um órgão vinculado ao Ministério da Economia que julga recursos de contribuintes que contestam cobranças da Receita Federal.

"Mais recentemente, o Carf julgou procedente a isenção dos mesmos tributos do São Paulo Futebol Clube em cobrança de mesma natureza no início de 2019", completa o Corinthians, que afirma que também alcançará "o mesmo desfecho favorável já obtido por outras agremiações".

10 de setembro de 2019

Sem Eduardo e Índio, Timon volta aos treinos visando Cori

Sem Eduardo e Índio, Timon volta aos treinos visando Cori

O time volta a campo somente na próxima segunda-feira (16),às 20h, no Lindolfo

O time comandado pelo técnico Marcão começa a semana visando se recuperar da derrota elástica na estreia da Série B do Piauiense por 3 a 0 diante o Picos, fora de casa. No estádio Miguel Lima, na cidade vizinha de Timon o treino contou com as baixas do atacante Eduardo e do zagueiro Índio, ambos entregues ao departamento médico por conta de lesão (panturrilha e joelho respectivamente). O Timon volta a campo somente na próxima segunda-feira (16) quando recebe o Cori-Sabbá, às 20h, no Lindolfo. A data e horário da partida foi modificada à pedido da diretoria do Timon.


Após a derrota, Marcão tem a dura missão de reerguer a equipe, para que siga viva ao longo da competição de tiro curto. “Infelizmente o que faltou foram os gols, o resultado não condiz com o que foi a partida, mas no futebol nos sabemos que o que manda é bola na rede e não conseguimos fazer nossa parte. Agora é trabalhar para que no próximo jogo seja diferente, que as bolas possam entrar e a gente consiga somar nossos pontos”, disse Marcão.


Leia também

Destaques e desfalques: confira resumo da 1ª rodada da Série B 

Timon apresenta estrelas, define saída e cria caravana de torcedores 

Timon faz 1º treino coletivo e Marcão fala sobre reforços 


Por conta da mudança na tabela o elenco da Águia Soberana ganha um tempo a mais de preparação até o próximo jogo, e Marcão pode elaborar melhor as mudanças. O atacante Eduardo e o zagueiro Índio não treinaram no começo da semana, mas não são preocupações para o próximo jogo. Outra situação é poder contar com o atacante Erinaldo Junior, que estava treinando entre os titulares, mas acabou não sendo regularizado.

“Infelizmente, viemos de um resultado negativo na estreia, mas esperamos dar sequencia na competição de forma agradável. Eu estou ansioso para entrar em campo também, pois foi um ano ruim, de lesões. Espero estar em campo e conseguir ajudar o Timon”, comentou Erinaldo.

O treino de reapresentação mesclou atividade física com treino técnico tático em campo reduzido, e Marcão sinalizou algumas mudanças, pois além de Erinaldo o lateral Jorge, machucado, ambos devem estar entre os titulares. O próximo jogo do Timon será na segunda-feira (16), às 20h, quando recebe o Cori, no Lindolfo Monteiro, em Teresina. 

Polícia indicia Najila Trindade por extorsão contra Neymar

Polícia indicia Najila Trindade por extorsão contra Neymar

A decisão foi tomada pela delegada Monique Lima, do 11º DP, após a conclusão dos dois inquéritos

A Polícia Civil de São Paulo anunciou nesta terça (10) o indiciamento da modelo Najila Trindade pelos crimes de denunciação caluniosa, fraude processual e extorsão. A decisão foi tomada pela delegada Monique Lima, do 11º DP, após a conclusão dos dois inquéritos, que tramitavam em conjunto com o da 6ª Delegacia de Defesa da Mulher, envolvendo o atacante Neymar.

"Não posso me manifestar se não tive acesso ao relatório dela. Nem eu, nem MP tivemos acesso", disse o advogado da modelo, Cosme Araújo Santos. Ele afirmou que tentou acesso ao inquérito nesta segunda (9), porém conseguiu somente parte do documento.

Além de Najila, Estivens Alves, ex-marido da dela, também foi indiciado. No caso dele, os crimes seriam fraude processual e divulgação de material com conteúdo erótico de Najila. De acordo com as autoridades, Estivens mandou as imagens a um repórter em troca de publicações suas na internet.

Najila Trindade é indiciada pelos crimes de denunciação caluniosa . Foto: Reprodução / Internet

Estivens Alves também afirmou que aguardará acesso ao inquérito para se manifestar sobre o caso. "Vou ler o material, conversar com minha advogada e só então me pronunciar", disse.

O caso de estupro envolvendo o atacante Neymar foi arquivado em 8 de agosto, pela juíza Ana Paula Gomes Galvão Vieira de Moraes, da Vara da Região Sul 2 de Violência Doméstica Familiar. Ela acatou um pedido do Ministério Público de São Paulo.

A decisão, no entanto, não significava que Neymar foi considerado inocente. Caso haja novas provas, o inquérito poderá ser reaberto a qualquer momento.

Durante entrevista coletiva na época, a promotora Flávia Merlini afirmou que os laudos do IML (Instituto Médico Legal) não constataram nenhum sinal de violência em Najila. O único presente seria uma lesão no dedo, ocorrida no dia seguinte ao suposto estupro, quando a modelo brigou com Neymar no quarto do hotel.

A defesa de Najila entrou duas semanas depois com o pedido para desarquivar o inquérito e retomar as investigações. O Ministério Público se manifestou contra, avaliação que prevaleceu na decisão da juíza Ana Paula Gomes Galvão Vieira de Moraes.

União cobra R$ 566 milhões em impostos do Corinthians

União cobra R$ 566 milhões em impostos do Corinthians

O valor ultrapassa toda a receita líquida do clube, de R$ 446 milhões, registrada em 2018.

O Corinthians foi cobrado pela Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN) em mais de R$ 566 milhões, segundo extrato ao qual a reportagem teve acesso.
O valor ultrapassa toda a receita líquida do clube, de R$ 446 milhões, registrada em 2018. A equipe fechou o ano com déficit de R$ 18 milhões.
A Procuradoria não detalha a origem nem data das cobranças. Informa, porém, que elas são tributárias, de Imposto de Renda, Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL), PIS e Cofins.

Dívida do Corinthians supera a receita líquida do clube em 2018. Foto: Rodrigo Coca/Ag. Corinthians

Os valores cobrados do Corinthians estão separados em oito inscrições junto à União e não incluem pagamentos já acordados em programas de refinanciamento de dívidas, como o Profut (Programa de Modernização da Gestão de Responsabilidade Fiscal do Futebol Brasileiro), de 2015.
Em nota enviada pela sua assessoria de imprensa, o Corinthians diz que se considera isento do pagamento de Imposto de Renda de Pessoa Jurídica, CSLL, PIS e Cofins. Afirma também que outros clubes, como Athletico-PR e São Paulo, obtiveram vitórias ao contestarem a cobrança.
"Entendimento similar ao do clube extinguiu cobrança movida pela União contra o Club Athletico Paranaense, depois de decisão da Câmara Superior de Recursos Fiscais do Carf (Conselho Administrativo de Recursos Fiscais) em 2018", diz em nota.
O Carf é um órgão vinculado ao Ministério da Economia que julga recursos de contribuintes que contestam cobranças da Receita Federal.
"Mais recentemente, o Carf julgou procedente a isenção dos mesmos tributos do São Paulo Futebol Clube em cobrança de mesma natureza no início de 2019", completa o Corinthians, que afirma que também alcançará "o mesmo desfecho favorável já obtido por outras agremiações".
Ao analisar o caso do Athletico referente à cobrança da Receita Federal de ao menos R$ 85 milhões em IR, CSLL, PIS e Confins de 2005 a 2009, a Câmara Superior do Carf entendeu, por maioria de votos (6 a 2), que os clubes são associações sem fins lucrativos e estão isentos desses impostos.
No processo, a Procuradoria-Geral da Fazenda defendeu que a Lei Pelé equipara os times de futebol a sociedades empresarias.
Por isso, eles estariam sujeitos ao mesmo regime tributário das firmas.
Um dos conselheiros do órgão do Ministério da Fazendo, porém, afirmou que o Athletico não distribui lucros para os sócios e reinveste o que arrecada em atividades esportivas.
O advogado Guilherme Oliveira, do escritório Oliveira e Belém, defende que o resultado do julgamento do time paranaense pode servir como precedente para outras equipes do país que contestam cobranças de tributos.
"A agremiação pode ser configurada como uma entidade sem fins lucrativos se não remunera seus dirigentes e reinveste seu lucro [no esporte]", afirma o advogado.
O diretor jurídico do São Paulo, Leonardo Serafim, afirmou que a Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional tem autuado os clubes de futebol. De acordo com o dirigente, as equipes têm direito a isenção e conseguem vitórias ao contestarem as cobranças, seja no Carf ou na Justiça.
A Procuradoria respondeu, por meio de sua assessoria de imprensa, que a Receita Federal realiza as autuações e tem competência para promover a isenção ou não. Cabe ao órgão cobrar os débitos não pagos, sejam eles decorrentes de declaração ou da autuação pela Receita Federal.
Procurado, o Athletico-PR não quis se manifestar sobre o tema. O coordenador de Estudos Socioeconômicos da Anfip (Associação Nacional dos Auditores da Receita Federal do Brasil), Vilson Romero, afirma que há posicionamentos diversos do Carf sobre o tema, contrários e favoráveis às equipes.
Segundo Romero, pode-se questionar a classificação das agremiações como entidades sem fins lucrativos pelo fato de elas movimentarem altas quantias de dinheiro com transações de jogadores e outros tipos de receitas.
No ano passado, o clube alvinegro obteve uma receita de R$ 118 milhões com a venda de jogadores.
Na previsão orçamentária para este ano, a equipe espera arrecadar R$ 50 milhões com a negociação de jogadores.
Em abril, a Folha de S.Paulo revelou que clubes voltaram a aparecer na dívida ativa da União três anos e meio depois da criação do Profut.
Na ocasião, o Corinthians, que já havia refinanciado R$ 152 milhões, tinha novos débitos que juntos totalizavam R$ 6,9 milhões.
Além das cobranças da União, o clube alvinegro tem débitos pendentes com a Prefeitura de São Paulo.
São oito execuções fiscais na Justiça contra a equipe alvinegra no âmbito municipal.
Só na dívida ativa do governo municipal, o clube do parque São Jorge tem mais de R$ 40 milhões para pagar –R$ 37,5 milhões em valores cobrados de IPTU (Imposto Predial Territorial Urbano) e pelo menos R$ 3,1 milhões em multas ambientais cobradas pelo município.
Já o Governo do Estado de São Paulo cobra R$ 200 mil da equipe corintiana por uma multa ainda não quitada com o Procon (Fundação de Proteção e Defesa do Consumidor).

“É benéfica”, diz técnico do Cori sobre mudança na tabela da Série B

“É benéfica”, diz técnico do Cori sobre mudança na tabela da Série B

O Cori-Sabbá ganha um dia a mais de preparação para a Série B. Diretoria ver com bons olhos.

A diretoria do Cori-Sabbá considerou benéfica a mudança na data e horário do jogo de estreia na 2ª divisão do Campeonato Piauiense. O time de Floriano começa a sua caminhada na competição contra o Timon, na segunda-feira (16), às 20h, no estádio Lindolfo Monteiro, em Teresina. A Federação de Futebol do Piauí (FFP) informou que alteração foi solicitada pelo Timon.

“Para mim como treinador é benéfica, porque eu ganho mais um dia de trabalho. Eu cheguei há 3 dias, não consegui treinar a equipe e só participei de um jogo amistoso. A partir de hoje vou iniciar os trabalhos com o grupo e colocar a minha filosofia em prática, achei de bom grado a mudança”, disse Valdomiro Ferreira.

Valdomiro Ferreira, técnico do Cori-Sabbá. Foto: Renneé Fontenele. 

O presidente camisa 9 da equipe Anderson Kamar, também julgou normal a decisão. “Acho normal, isso faz parte. É um direito deles e da mesma forma que eles mudaram, podemos mudar quando for aqui também. Vai alterar um pouco o nosso cronograma de trabalho, mas nada que nos prejudique”, concluiu.

A equipe alvinegra corre contra o tempo para registrar os jogadores no Boletim Informativo Diário (BID), exigido pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF). A diretoria da Águia de Floriano informou ainda, que até o final desta semana todos os jogadores serão inscritos no boletim, mas alegou dificuldades financeiras para efetuar o procedimento.

Em relação ao Tibério Nunes, estádio que será usado como casa da Águia durante a Série B, a equipe aguarda ainda a liberação do laudo técnico do Corpo de Bombeiros que atesta a segurança da praça esportiva. Como o clube só joga em Floriano no dia 27 de setembro, tem até o dia 17 (dez dias antes) para entregar a documentação necessária a FFP.

O Cori-Sabbá entra em campo na segunda-feira (16) em duelo duro contra o Timon, no estádio Lindolfo Monteiro, no Centro de Teresina. A equipe teve folga na primeira rodada de abertura do estadual devido a desistência do Fluminense na competição. 

Somente no 1º semestre, 327 casos de suicídio foram notificados no PI, diz FMS

Somente no 1º semestre, 327 casos de suicídio foram notificados no PI, diz FMS

Órgão divulga rede de assistência para atender pessoas com comportamentos suicidas e auxiliar os familiares na busca por tratamento gratuito

A Fundação Municipal de Saúde (FMS) divulgou nesta terça-feira (10), uma lista com cinco estabelecimentos de saúde que ajudam a prevenir o suicídio em Teresina. A iniciativa visa atender pessoas com comportamentos suicidas e auxiliar os familiares na busca por tratamento gratuito.

Leia mais: Órgãos discutem protocolos de atendimento de saúde mental 

Somente de janeiro a junho deste ano, foram registrados 327 casos de tentativa de suicídio em Teresina. Os dados foram divulgados pelo Sistema de Informação de Agravos de Notificação (SINAN). Já o Sistema de Informação de Mortalidade (SIM) informou que houve redução de 14% de casos de suicídios na capital em relação ao mesmo período do ano passado.

“Nesse momento, a FMS está fortalecendo a rede de saúde mental para aperfeiçoar o atendimento às pessoas que precisam desses serviços. Temos o PROVIDA, os ambulatórios e os CAPS. Mas sabemos que, com conhecimento e uma atitude acolhedora, todos podem contribuir com a prevenção do suicídio”, afirma o presidente da FMS, Charles Silveira.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS) o suicídio é considerado um problema de saúde pública grave e está diretamente ligado a transtornos mentais.

Leia mais: Vidas por um fio: as pessoas precisam dar mais atenção para a saúde mental 

“Para combater o suicídio, é preciso que a população comece a prestar atenção no próximo. Se a pessoa fala que quer morrer, que a vida não tem sentido ou começa a se isolar, pode ser sinal de que tem algo errado. Precisamos ajudá-la, estar disposto a ouvi-la sem julgamentos. É um trabalho em conjunto, que envolve todos, inclusive a família e a rede de assistência”, explica Naiana Martins, psicóloga do PROVIDA.

Segundo o psiquiatra do CAPS e do CMAM da FMS, Francisco de Brito, a notificação dos casos de suicídio pelos serviços de saúde e escolas é fundamental. “A notificação também contribui para garantia da assistência adequada, instiga a rede de saúde a organizar mecanismos de prevenção e une vários órgãos, como saúde, educação, imprensa e política, para sensibilizar a população sobre o tema”.

Leia mais: "Quando lhe incapacita, o transtorno já está generalizado" 

Conheça a rede de assistência à saúde mental da FMS:

1.PROVIDA  – ambulatório especializado que atende especificamente pessoas que tentaram suicídio e que fica localizado dentro do Centro de Saúde Lineu Araújo. O local funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h e atende por demanda espontânea. Recentemente, a FMS ampliou a quantidade de psicólogos e psiquiatras que atuam nesse ambulatório.

2. 7 Centros de Atenção Psicossocial (CAPS) – atendem pessoas com transtornos mentais severos e possuem equipe composta por psiquiatra, psicólogo, enfermeiro, terapeuta ocupacional, assistente social e equipe de apoio. Nestes locais, são realizadas atividades em grupo, atendimentos individuais, oficinas terapêuticas e atendimento à família.

3. Unidades Básicas de Saúde – podem atender casos de transtornos mentais leves e possuem médicos e enfermeiros capacitados para esse tipo de atendimento. Se houver necessidade, na própria Unidade, a pessoa faz a marcação para se consultar com psicólogos e psiquiatras nos ambulatórios espalhados em Teresina.

4.SAMU 192 – Em caso de urgência psiquiátrica, como surto psicótico ou tentativa de suicídio, a população pode acionar o SAMU, por meio do número gratuito 192 ou ir por meios próprios para o Hospital Areolino de Abreu, que possui psiquiatras 24 horas e é o hospital referência em atendimento de urgência psiquiátrica. Outra opção é se dirigir aos CAPS.

5.Centro de Valorização da Vida (CVV) – telefone 188; Centro Débora Mesquita (CDM) – telefone: (86)99827-3343/ 98894-5742;  e Grupo Apoio Contato e Esperança (GRACE) – telefone: (86)3237-0077/3237-0202 são organizações filantrópicas que contribuem com a prevenção e posvenção do suicídio em Teresina. 

Leia mais: Órgãos discutem protocolo de atendimento de saúde mental 

Seleção reencontra Peru 2 meses após conquista da Copa América

Seleção reencontra Peru 2 meses após conquista da Copa América

Finalistas da última Copa América, a seleção brasileira e o Peru voltarão a se enfrentar, à 0h de quarta (11), no horário de Brasília.

Em amistoso marcado para Los Angeles, nos Estados Unidos, a seleção contará com Neymar, que não participou da conquista continental. Já a equipe peruana não terá Guerrero, peça importante no vice-campeonato sul-americano.

Recuperado de lesão no tornozelo direito, o atacante brasileiro voltou a atuar na última sexta-feira (6).

O camisa 10 deu uma assistência para o gol de Casemiro, em uma cobrança de escanteio, e marcou um gol no empate por 2 a 2 com a Colômbia, em seu primeiro jogo desde o dia 5 de junho, data da contusão.

No período entre a lesão e a partida pela equipe nacional, ele apenas treinou pelo Paris Saint-Germain –o brasileiro tentou deixar o clube, mas não conseguiu seu objetivo e ficou fora das partidas.

No Memorial Coliseum, Neymar não vai encontrar Paolo Guerrero. Para defender o Internacional na semifinal e na final da Copa do Brasil, o centroavante pediu dispensa do time dirigido por Ricardo Gareca e teve a solicitação atendida pelo treinador argentino.

Na decisão da Copa América, em 7 de julho, o Brasil levou a melhor por 3 a 1. Everton, Gabriel Jesus e Richarlison marcaram os gols que definiram o campeão no estádio do Maracanã. Guerrero marcou o gol dos visitantes no Rio de Janeiro. Confira nos vídeos os melhores momentos da final.

"Se eu estivesse do outro lado, teria esse sentimento de revanche, mas com lealdade. Não tem por que dar porrada. Quero jogar para mostrar que sou melhor", afirmou o técnico Tite, em coletiva na véspera do confronto contra os peruanos.


BRASIL

Weverton; Daniel Alves, Marquinhos, Thiago Silva (Militão) e Alex Sandro; Casemiro, Arthur, Lucas Paquetá (Coutinho); Neymar, David Neres e Firmino. T.: Tite


PERU

Gallese; Advíncula, Santamaría, Abram e Trauco; Tapia, Gonzáles, Costa (Carrillo), Flores e Cueva; Ruidíaz. T.: Ricardo Gareca

Estádio: Memorial Coliseum, em Los Angeles (EUA)

Horário: 0h desta quarta (11) (de Brasília)

Globo muda forma de cobrança, e deixa Botafogo sem renda em 2019

Globo muda forma de cobrança, e deixa Botafogo sem renda em 2019

O Botafogo deve R$ 22 milhões à Globo -R$ 11 milhões desta temporada e mais R$ 11 mi de 2020.

A principal renda dos clubes brasileiros são os direitos de transmissões pagos pela Globo, e com o Botafogo não é diferente. O problema é que o clube alvinegro não contou com um único centavo da empresa em 2019 até agora. Isso, porque o dinheiro tem sido direcionado para pagar o ato trabalhista, penhoras e uma dívida do clube com a emissora.

O Botafogo deve R$ 22 milhões à Globo -R$ 11 milhões desta temporada e mais R$ 11 mi de 2020. Tudo isso estava dentro dos planos, mas não a forma de cobrança. É que a Globo optou por pegar o total que havia disponível em cada mês e não de forma linear. Assim, o Botafogo viu o dinheiro que seria usado mensalmente para pagar salários de atletas e funcionários ser destinado à quitação da dívida com a emissora.

A previsão é que esses R$ 11 milhões de 2019 sejam quitados no fim de setembro, quando o clube poderá ver a cor do dinheiro novamente. Até agora, o Botafogo tem se mantido apenas com a venda de atletas, já que não conseguiu gerar novas receitas com patrocínios. Gatito é a bola da vez.

Atualmente, o Botafogo gasta R$ 1,76 milhão mensal com o ato trabalhista, o que permite uma fila de credores de dívidas trabalhistas, evitando assim penhoras inesperadas. Somente processos iniciados após dezembro de 2014 conseguem "furar" a fila.

Desde então, o Botafogo já pagou aproximadamente R$ 90 milhões em dívidas trabalhistas. O pagamento é debitado automaticamente do dinheiro da Globo todo mês. O acordo serve até o ano de 2024 e ainda faltam R$ 117 milhões a serem quitados.

Portanto, o que sobrará ao Botafogo a partir de outubro é a quantia que o clube tem a receber da Globo menos o R$ 1,76 milhão do ato trabalhista. Além, é claro, de possíveis penhoras que não entrem na fila. A quantia não é suficiente para pagar uma folha salarial por mês, mas ajudará de alguma forma e anima o Botafogo.

Além disso, o Botafogo ainda tem para receber a premiação pelo seu posicionamento no Campeonato Brasileiro. O valor será pago em uma parcela após o fim da competição, em dezembro.

A situação do Botafogo em 2019 é ainda mais delicada e tornou o dinheiro da Globo cada vez mais necessário. Isso, porque o time não foi bem no Carioca e, principalmente, foi eliminado precocemente da Copa do Brasil. Com isso, perdeu premiações importantes para o orçamento.

Por fim, a falta de capacidade da diretoria em gerar novos recursos complicou ainda mais o panorama. Assim, o Botafogo se manteve na atual temporada apenas com as vendas de atletas -foram cinco no total. O problema é que a quantia arrecada até o momento não é o suficiente para manter os salários em dia.

09 de setembro de 2019

Destaques e desfalques: confira resumo da 1ª rodada da Série B

Destaques e desfalques: confira resumo da 1ª rodada da Série B

Quatro times (Picos, Timon, Oeirense e Comercial) estiveram dentro das quatro linhas em busca dos primeiros três pontos no estadual.

A segunda divisão do Campeonato Piauiense começou nesse final de semana. Duas partidas abriram a competição e os mandantes aproveitaram o fator casa e fizeram bonito na estreia. A rodada de abertura foi marcada por muitos gols.

Quatro times (Picos, Timon, Oeirense e Comercial) estiveram dentro das quatro linhas em busca dos primeiros três pontos no estadual. O Cori-Sabbá foi o único que não esteve em campo, pois folgou na primeira rodada.


A repórter Pâmella Maranhão faz um resumo da primeira roda do Campeonato Piauiense Série B


PICOS X TIMON

O primeiro jogo da Segundona aconteceu na sexta-feira (6) entre Picos e Timon, no estádio Helvídio Nunes, na Cidade do Mel. Os donos da casa venceram por um placar elástico de 3 a 0 o Timon, com direito a duas pinturas do garoto Romarinho. O atacante foi destaque na vitória do Zagão após marcar dois por cobertura. Ainda deu tempo para lateral-esquerdo Laerth aparecer e liquidar a partida. 

Picos recebeu Timon na primeira rodada da Série B. Foto: Reprodução FFP.

Nomes importantes como Eduardo (Timon) e Raphael Freitas (Picos) passaram em branco no confronto. Eduardo, se apresentou faltando quatro dias para estreia e sentiu a falta de entrosamento com os garotos do time.  Raphael Freitas teve que ser substituído após sair machucado em campo.

Como ficam os times?

A 2ª rodada da competição sofreu alterações e por conta disso o Timon e Cori ganham mais tempo de preparação. A partida entre as duas equipes acontece na segunda-feira (16), às 20h, no Lindolfo Monteiro, em Teresina. O Picos, vai até a cidade de Oeiras enfrentar o Oeirense, o jogo será no sábado (14), às 17h, no estádio Gerson Campos.

Desfalques:

O atacante Eduardo ainda é dúvida para confronto, pois começou a semana no departamento médico do Timon depois de apresentar fortes dores na panturrilha. O atleta deve passar por fisioterapia para estar 100% para o confronto. Outro jogador lesionado é o zagueiro Índio e também não treinou.

O Capitão da Sociedade Esportiva de Picos (SEP), Raphael Freitas, que saiu machucado depois de sofrer uma entorse no pé esquerdo em um buraco no estádio Helvidio Nunes, aposta na recuperação intensiva. Ele deverá ser submetido a exames de imagens até o final de semana.

OEIRENSE X COMERCIAL-PI

O feriado do dia 7 de setembro foi de glória para equipe do Oeirense. O time fez o seu primeiro jogo profissional na história e conseguir bater a equipe do Comercial do Piauí por 4 a 2. Os destaques foram nomes conhecidos do torcedor piauiense. Paulinho Mossoró e Rhuann fizeram dobradinha na vitória. O Bode de Campo Maior descontou no segundo tempo com dois de Picoca.

Oeirense recebe Comercial-PI em casa. Foto: Reprodução FFP

Como ficam os times?

O Oeirense vai poder contar novamente com o fator casa, no sábado (14), a equipe encara o Picos, no estádio Gerson Campos. O técnico Cícero Monteiro deve entrar em campo com a mesma formação tática 4-4-2. Assim como neutralizou a equipe do Comercial-PI, a expectativa é que o sistema funcione nos próximos jogos.

Equipe do Oeirense. Reprodução: FFP

Desfalques:

Tanto o Oeirense quanto o Comercial-PI chegam inteiros para próxima fase.

TABELA

Com os resultados, a primeira rodada do campeonato terminou assim: Picos aparece no topo da tabela com três pontos seguido do Oeirense que também possui três, mas perde no saldo de gols. Em terceiro está o Cori-Sabbá que vai estrear no dia 16, em quarto o Comercial e na lanterna o Timon.

Brasil perde para os EUA e está fora do Mundial de Basquete

Brasil perde para os EUA e está fora do Mundial de Basquete

A vaga na próxima fase da Copa do Mundo de Basquete ficou com os tchecos

O Brasil fez jogo duro por quase três quartos, mas acabou não resistindo à forte seleção dos Estados Unidos: perdeu pelo placar de 89 a 73, sendo eliminado da Copa do Mundo de Basquete, na manhã desta segunda-feira, em Shenzhen, na China.

Precisando da vitória para avançar às quartas-de-final - se vencesse seria a primeira colocada - a equipe acabou em quarto e último lugar no grupo K, com mesmo número de pontos (oito) de República Tcheca e Grécia: as três seleções somaram três vitórias e duas derrotas no total, mas o Brasil ficou atrás nos critérios de desempate.

A vaga na próxima fase da Copa do Mundo de Basquete ficou com os tchecos. De quebra, o Brasil também não tem mais chances de conquistar uma das duas vagas diretas do continente americano para os Jogos Olímpicos de Tóquio em 2020. Estados Unidos e Argentina estão classificados. Ainda resta uma oportunidade para o Brasil garantir um lugar na Olimpíada: a seleção disputa o pré-olímpico com outros cinco países também das Américas.

Durante os primeiros 24 minutos de partida, o Brasil conseguiu conter os americanos, considerados os favoritos ao título na China. Mesmo com a expulsão do técnico Aleksandar Petrovic por reclamação, no meio do segundo quarto, a Seleção Brasileira foi para o intervalo com uma desvantagem de apenas quatro pontos (43 a 39). Na volta do vestiário, a equipe ainda manteve a toada por alguns instantes, mas no meio do terceiro período, o comandante dos Estados Unidos, Gregg Poppovich, colocou um quinteto mais baixo em quadra, sem pivôs.

Com um jogo muito rápido de transição, roubos de bola viraram cestas fáceiis e bolas de três; A vantagem norte-americana rapidamente pulou dos seis pontos no meio do terceiro quarto (54 a 48) para 21 pontos no decorrer do último quarto (83 a 62). A inspiração de Vitor Benite, cestinha do Brasil e do jogo, com 21 pontos, não foi suficiente para uma reação. Os EUA, liderados pelo armador Kemba Walker e pelo pivô Myles Turner - cada um com 16 pontos - não passaram por mais sustos até assegurar a vitória por 89 a 73. Os norte-americanos, que chegaram à China sob certa desconfiança por terem levado uma equipe considerada de terceiro escalão, avançaram à fase de mata-mata como uma das quatro equipes ainda invictas. As outras são Espanha, Argentina e Austrália. O adversário dos EUA nas quartas-de-final será a França. Os norte-americanos tentam o terceiro título mundial consecutivo, algo inédito na história.

Após a partida, o ala-armador Leandrinho destacou a qualidade dos Estados Unidos e questionou algumas marcações da arbitragem. Foram duas faltas técnicas que resultaram na exclusão do técnico Petrovic.

"Estados Unidos é sempre Estados Unidos. É um time muito difícil, atlético. A gente conseguiu segurar até um certo tempo e achei que algumas faltas, que eram para ter sido chamadas, não foram. Eu falei com o Steve Kerr (assistente técnico dos EUA) e ele também concordou com isso. Acontece. A gente perdeu. Doi, depois de ter feito uma campanha muito boa na primeira fase, então é triste", disse.

Agora, o Brasil volta as atenções para a busca por uma vaga na terceira Olimpíada consecutiva. A campanha na China garantiu à Seleção o direito de disputar o torneio Pré-olímpico em junho do ano que vem. Existe a possibilidade de que a competição seja jogada no Brasil.

"O foco tem que ser em chegar para ser campeão mesmo, ganhar para classificar. A gente sabe que não vai ser fácil, mas o primeiro passo a gente deu aqui. Tem muita coisa para acontecer ainda até lá. Esse foi um dia duro pra gente, por causa da eliminação, mas é manter a cabeça boa e pensar positivo para conseguir essa vaga lá na frente", enfatizou o pivô Anderson Varejão.

Sampaoli aposta em conjunto para tentar bater 'superlativo' Flamengo

Sampaoli aposta em conjunto para tentar bater 'superlativo' Flamengo

O treinador disse que a tarefa de recuperar os pontos contra um time como o do Flamengo, em pleno Maracanã lotado, não será das mais fáceis

Decretado o empate deste domingo diante do Athletico-PR, na Vila Belmiro, o técnico do Santos, Jorge Sampaoli, fez uma projeção do encontro entre as duas primeiras equipes do Campeonato Brasileiro no próximo sábado. Segundo o treinador, a tarefa de recuperar os pontos contra um time como o do Flamengo, em pleno Maracanã lotado, não será das mais fáceis, mas a ideia é apostar na coletividade.

"Trata-se de uma equipe superlativa para a média dos participantes deste torneio. Vamos trabalhar muito para que isso aconteça. Há elencos fortes para o segundo turno e também vão brigar pelo título. Mas há dez, 12 times, não só dois (brigando). Temos de estar preparados para estar sempre à altura", comentou o argentino, em entrevista coletiva após o 1 a 1 diante dos paranaenses neste domingo.

"(O Flamengo) é um clube que está entre os poderosos do campeonato, que têm maiores condições contratuais, e temos de nos apegar ao nosso conjunto para que o time funcione bem", continuou a análise Sampaoli.

Uma vitória do Santos no próximo sábado, às 17h, no Maracanã, faz com que a equipe, hoje com 37 pontos ganhos, ultrapasse os 39 do Flamengo. Assim, trata-se de um compromisso de fundamental importância na corrida pelo título já na última rodada do primeiro turno. Na ocasião, o clube paulista contará com o retorno de diversos titulares.

Soteldo, Jorge e Derlis González, que estão disputando amistosos por suas seleções, além de Victor Ferraz, suspenso e lesionado, além de Evandro, desfalque de última hora devido a dores na coxa, estiveram de fora do empate em 1 a 1 contra os Athletico-PR neste domingo. Todos eles devem estar de volta no compromisso do Maracanã.

A ausência confirmada, por outro lado, será a de Diego Pituca, que recebeu terceiro amarelo neste domingo. O volante atuou em todas as partidas do Santos desde a retomada do Brasileirão após a Copa América e tem como substituto mais imediato Alison, que possui características semelhantes de contenção. Também estão entre as opções Jobson, da base santista, e uma possível improvisação do lateral-esquerdo Felipe Jonatan, que tem atuado também pelo setor neste Brasileirão.

As atividades da semana no clube da Baixada Santista têm início na manhã desta segunda-feira, com um jogo-treino envolvendo os não relacionados para a partida deste domingo e uma equipe de aspirantes. O treinamento terá portões fechados para a imprensa.

Cori-Sabbá vence primeiro amistoso antes da estreia na Série B

Cori-Sabbá vence primeiro amistoso antes da estreia na Série B

Os gols saíram dos pés do cartola e atacante da equipe Anderson Kamar, Jandro e Matheuzinho.

O Cori-Sabbá venceu o primeiro amistoso antes da estreia na 2ª divisão do Campeonato Piauiense. A vitória foi diante da equipe do Francisco Ayres por um placar de 3 a 1, no estádio Tibério Nunes, no último domingo, em Floriano. Os gols saíram dos pés do cartola e atacante da equipe Anderson Kamar, Jandro e Matheuzinho. O único gol feito pelo Ayres, foi anotado por Paulinho.

“Estou muito feliz em fazer parte do grupo Cori-Sabbá. Muito agradecido pela oportunidade e por Deus ter me abençoado por ter estreado no grupo fazendo gol”, disse Matheuzinho. 

A Águia Soberana já tinha empatado em 1 a 1 o amistoso feito contra do Real Mirim, de Floriano. Há uma semana da estreia, o time corre contra o tempo para regularizar o laudo técnico do Corpo de Bombeiro para mandar os jogos com a presença da torcida. Se tudo estiver em ordem, o Tibério Nunes será o palco da partida contra o Oeirense pela terceira rodada do estadual, no dia 27 de setembro.

O amistoso do domingo foi o segundo feito pela equipe até gora. Nas duas oportunidades de preparação, o presidente do time Anderson Kamar já conseguiu somar dois gols. O jogo foi marcado também pela estreia do treinador Valdomiro Ferreira, anunciado para o comando da equipe na semana passada. 

Com folga na rodada de abertura devido a desistência do Fluminense na competição, o Cori-Sabbá estreia na Série B no domingo (15), em duelo contra o Timon, no estádio Lindolfo Monteiro, no Centro de Teresina.

Santos tropeça no Athletico-PR e consegue apenas um empate

Santos tropeça no Athletico-PR e consegue apenas um empate

Em meio à derrota, o clube santista vê o Flamengo, com quem vai duelar no próximo sábado, despontar na tabela.

Precisando de uma vitória sobre o Athletico-PR, o Santos não conseguiu e acabou empatando em 1 a 1 na partida pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro. O jogo aconteceu neste domingo na Vila Belmiro e quem abriu o placar foi Braian Romero, no primeiro tempo. O Santos conseguiu empatar com Carlos Sánchez, de pênalti aos 46 minutos da segunda etapa.

Brigando pela liderança do Brasileiro, o Santos vive momento de instabilidade. Após uma sequência de sete vitórias seguidas, o time de Jorge Sampaoli sofreu derrotas para São Paulo e Cruzeiro, empatou com o Fortaleza em casa após estar na frente por 3 a 0, venceu a Chapecoense e agora empata mais uma vez.

Com isso, o Flamengo, que no sábado (7) venceu o Avaí por 3 a 0, só precisa de um empate contra a equipe santista no próximo sábado (14), às 17h, no Maracanã, para conquistar o título simbólico do primeiro turno na 19ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Se o Santos teve domínio da posse de bola durante a maior parte da partida deste domingo, o Athletico foi mais eficiente nos poucos minutos do final do primeiro tempo em que conseguiu levar grande perigo ao gol adversário.

Foi quando obrigou Éverson a fazer uma incrível sequência de duas defesas e quando marcou o primeiro gol.


Foto: Divulgação/Santos FC

Atrás no placar, o Santos não teve opção que não se lançar ao ataque. E poderia ter empatado o jogo mais cedo não fossem pelo menos três grandes defesas do goleiro Léo, na segunda etapa do jogo.

Ele só não foi capaz de parar a cavadinha de Sánchez, em pênalti que só foi marcado após revisão do lance no monitor à beira do gramado.

A revisão, inclusive, gerou polêmica. Os técnicos Tiago Nunes e Sampaoli discutiram, ainda em campo, por conta da decisão da arbitragem.

"Acredito que o jogo teve um time buscando desde o início e outro que tentou travar o jogo. Só um time quis jogar. O outro não. O que aconteceu foi uma discussão de partida", disse o treinador argentino na coletiva após a partida.

"É uma grande vergonha. O toque claramente é fora da área", disse o diretor do Athletico-PR, Paulo André.

"Os erros da arbitragem vão continuar acontecendo, porque ela continua sendo interpretativa. Tem que investir na qualificação. O VAR é bom, uma tecnologia que veio pra ficar. Se esse é o preço para evoluir, paciência", avaliou o técnico Tiago Nunes.