• Banner Cultura Governo do PI
  • Obras no Litoral Cultura
  • Clínica Shirley Holanda
  • SOS Unimed
  • Novo app Jornal O Dia

Fla desafia ressaca da Libertadores para espantar zebra no Brasileiro

Neste domingo (27), o Rubro-Negro recebe a visita do CSA no Maracanã.

27/10/2019 14:04h - Atualizado em 27/10/2019 14:11h

Na ponta da classificação do Campeonato Brasileiro, com dez pontos de vantagem sobre o vice-líder Palmeiras, e classificado à final da Copa Libertadores, o Flamengo vive dias de alto astral. Hoje (27), o Rubro-negro recebe a visita do CSA, às 19h, no Maracanã, com a missão de "esquecer" a finalíssima e manter o ritmo na competição doméstica.


Leia também: Líder e finalista, Flamengo pode repetir feito do Santos de Pelé 


Ainda que o desgaste atinja os jogadores, o ânimo pela sequência de bons resultados supera os problemas. Graças à chance de conseguir uma das temporadas mais vitoriosas da história do clube, a ordem na Gávea é voltar as baterias para o torneio nacional. Ante o 18º colocado, o objetivo é fazer o dever de casa e manter a folga na tabela.

"O momento é bom, todo mundo quer jogar, e a comissão técnica nos passa tudo que é necessário para estarmos bem e preparados até o final. Não é hora de pensar em Libertadores. Estamos fazendo uma campanha maravilhosa e temos de nos concentrar no Brasileiro", pregou o lateral Rafinha.


Rafinha elogiou o trabalho de Jorge Jesus - Foto: Clube de Regatas Flamengo

A provável escalação do time reflete a seriedade com a qual o técnico Jorge Jesus encara o duelo contra os alagoanos. Com quase todo mundo à disposição - a exceção é o suspenso Pablo Marí -, o Flamengo deve entrar em campo com força máxima. Caso o treinador entenda que deve preservar um pouco jogadores que voltaram de lesões sérias recentes, Arrascaeta e Filipe Luís surgem como favoritos para iniciarem no banco. O mais provável, no entanto, é que os titulares comecem jogando.

"O Brasileiro é super difícil, e é gratificante disputar e liderar. O Jesus cobra muito, e o que estamos colhendo é resultado do nosso trabalho", afirmou Rafinha. A equipe azul é a única que o português ainda não enfrentou no Brasileirão. Na vitória por 2 a 0 no turno, o time foi dirigido pelo interino Marcelo Salles. Na rodada seguinte, os rubro-negros já estavam sob o comando do "Mister" na goleada sobre o Goiás. De lá para cá, o time tirou oito pontos de vantagem para os palmeirenses, disparou na liderança e soma 18 jogos no torneio, com 15 vitórias, dois empates e uma derrota.

No jogo deste domingo, a torcida do Flamengo vai manter a rotina de casa lotada. De acordo com a última parcial divulgada pelo clube, 63.120 mil ingressos já tinham sido vendidos.

Fonte: Folhapress

Deixe seu comentário