• the shopping
  • Tirulipa
  • novembro azul 2018
  • show gustavo lima
  • Estreia programa Italo Motta
  • TV O DIA - fullbanner w3b
  • TV O Dia - fullbanner

Lugano critica “biquinho” de Nenê por ficar na reserva

“Já joguei com Nenê. Conheço muito bem. O mesmo biquinho que faz no São Paulo, ele fazia comigo no Paris, fazia no Catar, fazia sempre", disse o jogador.

07/11/2018 18:43h

A insatisfação de Nenê, por ficar entre os reservas do São Paulo nas últimas partidas, é evidente. Tanto é que a diretoria do clube acabou comentando a situação do meio-campista abertamente nesta terça-feira, por meio do ex-jogador e atual diretor de relações institucionais do clube Diego Lugano. O uruguaio não poupou o camisa 10 de críticas, ainda que tenha mostrado encarar o fato de maneira natural.

“Já joguei com Nenê. Conheço muito bem. O mesmo biquinho que faz no São Paulo, ele fazia comigo no Paris, fazia no Catar, fazia sempre. Quando Nenê chegou ao São Paulo, já veio com isso… No pacote Nenê está incluído o biquinho quando não joga”, declarou, em entrevista concedida ao Uol, no evento de lançamento do filme Onde a moeda cai em pé: a história do São Paulo Futebol Clube.


Lugano disse estar habituado com as insatisfações de Nenê (Foto: Fernando Dantas/Gazeta Press)

A insatisfação de Nenê, por ficar entre os reservas do São Paulo nas últimas partidas, é evidente. Tanto é que a diretoria do clube acabou comentando a situação do meio-campista abertamente nesta terça-feira, por meio do ex-jogador e atual diretor de relações institucionais do clube Diego Lugano. O uruguaio não poupou o camisa 10 de críticas, ainda que tenha mostrado encarar o fato de maneira natural.

“Já joguei com Nenê. Conheço muito bem. O mesmo biquinho que faz no São Paulo, ele fazia comigo no Paris, fazia no Catar, fazia sempre. Quando Nenê chegou ao São Paulo, já veio com isso… No pacote Nenê está incluído o biquinho quando não joga”, declarou, em entrevista concedida ao Uol, no evento de lançamento do filme Onde a moeda cai em pé: a história do São Paulo Futebol Clube.

“Obviamente, se eu jogasse e hoje fosse parte do vestiário, talvez ele faria menos, porque eu teria muito mais autoridade para antecipar esse momento. Porque não deixa de ser uma situação que vocês, imprensa, gostam de falar, e ele dá assunto. Mas, dentro do clube, sabemos muito bem desde o momento em que chegou ao São Paulo como ele é, importante e grande profissional. Foi importante neste ano para o São Paulo”, apontou.

Vale lembrar que o camisa 10 já tem 37 anos de idade e é o atleta mais experiente do elenco são-paulino. Ele, no entanto, não deve receber qualquer tipo de multa ou punição pela atitude tomada recentemente. Contente ou não, Nenê fica à disposição do técnico Diego Aguirre para o clássico deste sábado, contra o Corinthians, pela rodada 33 do Campeonato Brasileiro. Em Itaquera, a bola rola a partir das 17h (no horário de Brasília).

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe seu comentário






Enquete

Um jovem morreu ao sofrer descarga elétrica colocando celular para carregar. Quais cuidados você toma em relação a isso?

ver resultado