• Piauí Férias de Norte a Sul
  • SOS Unimed
  • Ecotur 2019
  • Novo app Jornal O Dia

Rodrygo agradece confiança no Real e nega ser 'novo Neymar'

Após receber a camisa do presidente Florentino Pérez, o jovem atleta disse que estava aprendendo espanhol e que tentaria falar no idioma local.

18/06/2019 18:30h

Contratado em 2018, o atacante Rodrygo, formado pela base do Santos, se apresentou nesta terça-feira (18) ao Real Madrid, da Espanha, e agradeceu pela confiança depositada pelo clube em seu futebol.

Após receber a camisa do presidente Florentino Pérez, o jovem atleta disse que estava aprendendo espanhol e que tentaria falar no idioma local. "Olá, boa tarde. Obrigado pela confiança que depositou no meu trabalho e espero retribuir com muitas alegrias. Hala Madrid!", disse, antes de vestir a camisa merengue.

Florentino também se disse esperançoso no jogador de 18 anos. "Seu crescimento foi espetacular. Aqui triunfos esperam por você com trabalho e humildade. Os fãs estarão sempre do seu lado, mas você deve saber que a exigência máxima é uma marca registrada no nosso clube", disse.

Na sequência, Rodrygo entrou no campo do estádio Santiago Bernabeu e realizou embaixadinhas.

O jogador ainda concedeu uma entrevista, na qual citou Neymar e Robinho como jogadores com os quais se identifica. "Sou um atacante rápido, gosto de fazer muitos gols, driblar. Sou brasileiro, muitos brasileiros têm essas características, como Robinho e Neymar. São jogadores com quem me identifico."

Rodrygo, no entanto, evitou maiores comparações com o camisa 10 do Paris Saint-Germain ao ser questionado se gostaria de ser um novo Neymar. "Não, eu gostaria de ser o Rodrygo do Madrid. Neymar existe apenas um, não haverá outro."

Rodrygo ainda ressaltou que precisou de 20 minutos para fechar com o Real Madrid. O Barcelona também tinha interesse em sua contratação. "Sim, é verdade. Meu pai e meus agentes podem dizer isso também, eu sempre preferi o Madrid. Em 20 minutos, foi concluído", disse.

Em 2018, o Real Madrid acertou a contratação por 45 milhões de euros -cerca de R$ 193 milhões na época, dos quais R$ 172 milhões ficaram para o Santos. O valor foi divido em duas parcelas: uma no meio do ano passado e outra na metade desta temporada.

Rodrygo subiu para o time profissional no final de 2017, promovido pelo técnico interino Elano. Ao todo foram 82 jogos com a camisa do Santos, 17 gols marcados e oito assistências. O "Raio" estreou no Santos ainda com 16 anos e se tornou o nono jogador mais jovem a atuar pelo clube.

Os espanhóis poderiam ter o jogador já em janeiro, quando ele completou a maioridade, mas preferiram deixá-lo no Santos até o meio do ano, quando se inicia a nova temporada na Europa.

O Real Madrid ainda não definiu se Rodrygo integrará o elenco principal ou se iniciará treinando no time B, como ocorreu com Vinicius Júnior. Em entrevista ao AS, ele disse que aceitaria a situação.

Fonte: UOL / Folhapress

Deixe seu comentário