• Jovens escritores 2018
  • Patrimônio 30/04
  • banner marcas
  • Marcas Inesquecíveis 2018 26/03

Entenda os próximos passos de Hernanes para tentar voltar ao São Paulo

Veja os bastidores de como o Profeta reagiu ao pedido do Hebei Fortune para voltar antes do fim do contrato com o Tricolor. Mas ainda há esperança...

06/01/2018 09:59h

A última tentativa para Hernanes permanecer no São Paulo será feita pelo próprio meia, em conversa pessoal com dirigentes e comissão técnica do Hebei Fortune, da China.

Na sexta-feira ele se despediu do Tricolor, recebeu agradecimentos dos companheiros, deixou um último fio de esperança e embarcou para a Espanha, onde o Hebei fará a pré-temporada. Ele tem de se apresentar no domingo (dia 7), para iniciar os treinos na segunda.

O Profeta se disse realizado depois dos seis meses intensos no Morumbi. Mas também houve frustração do jogador pela saída antes do esperado.

Esse sentimento tem a ver com o momento da transferência, em julho. Hernanes avaliou ter sido facilmente liberado pelo Hebei Fortune e, mesmo ciente da existência da cláusula de retorno, não imaginava que poucos meses depois ele passaria do status de jogador negociável para indispensável.

A ponto de nenhuma das tentativas do São Paulo e do próprio atleta surtirem efeito no sentido de convencer os chineses a liberarem a permanência até junho. O Tricolor manteve conversas com Joseph Lee, agente de Hernanes, e o técnico Manuel Pellegrini, amigo de Ricardo Rocha, mas não teve sucesso.

A frustração do jogador e também na torcida aumentou ainda mais agora, depois do rendimento acima da média nos seis meses de São Paulo. Hernanes não tinha espaço na China, e no Tricolor fez nove gols em 19 jogos, com papel fundamental para ajudar a salvar o time do rebaixamento.

Por que a direção não revelou a existência da cláusula?

A versão no clube é de que isso criaria um pensamento pessimista e um ambiente ruim no entorno de Hernanes para os meses seguintes, desde a sua estreia contra o Botafogo, em julho. Ou seja, por essa versão, o que era algo bom (a repatriação de um ídolo) seria alvo de críticas insistentes. Depois, em meio à luta contra o rebaixamento, o Tricolor julgou ainda menos propício revelar a cláusula.

Embora soubesse da possibilidade de saída antecipada e que essa era a única condição para tornar a contratação de Hernanes viável, o São Paulo não tinha plena certeza de que isso se confirmaria.

O contrato de empréstimo de Wellington Nem com o Shakhtar Donetsk, por exemplo, também previa uma possível saída antecipada mediante outras condições, mas não se confirmou.

São Paulo e Hernanes avaliam que a ligação entre ídolo e clube se reforçou muito nesses meses. Além do desempenho técnico, o Profeta liderou o elenco no dia a dia com postura e profissionalismo vistos como exemplo.

– Hoje, realmente está no sangue as cores desse clube. O torcedor me marcou muito – disse.

Hernanes e Raí conversam no São Paulo (Foto: Divulgação)

Mas Hernanes pode voltar?

O Profeta tem contrato até dezembro de 2019 com o Hebei. Ele foi comprado por 10 milhões de euros da Juventus, o que torna sua transferência definitiva inviável. O São Paulo banca um quarto do salário recebido pelo jogador na China.

Por tudo isso, o único cenário viável de permanência seria um novo empréstimo, ou o cumprimento dos seis meses finais do contrato. Hoje, as duas possibilidades são improváveis.

Foco é a Copa do Mundo

Prestes a retornar para a China, Hernanes confia na boa impressão que deixou ao técnico Tite. O comandante da seleção brasileira disse abertamente que está de olho no desempenho do jogador para uma vaga na Copa do Mundo da Rússia, em 2018.

O Profeta também queria ter continuidade no São Paulo para seguir em evidência, mas agora o campeonato local só começa em março, mês da última convocação antes da lista final para a Copa. Até lá ele jogará amistosos e campeonatos não oficiais.

Fonte: Globo Esporte

Deixe seu comentário