• Banner Cultura Governo do PI
  • Obras no Litoral Cultura
  • SOS Unimed
  • Novo app Jornal O Dia

Notícias Bom Jesus

06 de junho de 2014

PP realiza seminário sobre Segurança Pública em Bom Jesus

PP realiza seminário sobre Segurança Pública em Bom Jesus

O Partido Progressista do Piauí e a Fundação Milton Campos realizam na próxima segunda-feira, 9 de junho, o Seminário Progressista sobre Segurança Pública, no Gurguéia Palace Hotel, em Bom Jesus. 

De acordo com o presidente do partido, Júlio Arcoverde, a expectativa é de que mais de duzentas pessoas participem do evento, que tem como objetivo principal promover o debate e a disseminação de conhecimentos sobre a segurança pública no Piauí. "Estamos esperando a participação de todos os que se interessam pela questão da segurança pública, prefeitos da região, vereadores, lideranças comunitárias, comunicadores, estudantes, professores, representantes de instituições religiosas. à um tema que precisa ser discutido com a comunidade, queremos ouvir sugestões, ouvir as pessoas", diz Júlio. 

O subcomandante do RONE, capitão Fábio Abreu, vai ministrar palestra com o tema "Desafios Atuais e Perspectiva de Segurança Pública no Estado do Piauí". 

A questão da segurança envolve também ações de prevenção ao uso de drogas e combate ao tráfico, visto que boa parte das ações violentas são cometidas sob efeito ou por causa de drogas. 

As inscrições para o seminário são gratuitas e poderão ser feitas no dia do evento. 

Mais informações: Erinalda Feitosa - 86-9981-9357

15 de janeiro de 2014

Papa Francisco nomeia novo bispo para Bom Jesus de Gurgueia (PI)

Foi ordenado presbítero em 30 de novembro de 1996, pelo então cardeal, dom José Freire Falcão

O papa Francisco nomeou hoje, 15, o padre Marcos Antônio Tavoni como bispo da diocese de Bom Jesus de Gurgueia (PI). Atualmente, padre Marcos é pároco da paróquia Cristo Redentor, em Taguatinga Norte (DF).

Padre Marcos nasceu na cidade de São Carlos (SP), em 21 de abril de 1967. à filho de Antônio e Dirce Tavoni. Quando criança, foi acólito na paróquia Santa Izabel da diocese de São Carlos, na qual também exerceu atividades como catequista. Também atuou como funcionário da área acadêmica da Escola de Engenharia da Universidade de São Paulo, por nove anos.

Ingressou no Seminário Diocesano de São Carlos em 1989 e cursou os dois primeiros anos de Filosofia. Mudou-se para Brasília (DF) para prosseguir com os estudos, concluindo a Filosofia e a Teologia no Seminário Maior Arquidiocesano. Recebeu espiritualidade e formação missionária no Seminário âRedemptoris Materâ, integrando a primeira turma.

Foi ordenado presbítero em 30 de novembro de 1996, pelo então cardeal, dom José Freire Falcão. O trabalho missionário é marca de sua trajetória sacerdotal. Quando seminarista participou de uma missão itinerante na Amazônia, nas capitais Belém, Manaus e Porto Velho.

Missão

Exerceu seu ministério, por muitos anos, como missionário na arquidiocese de Palmas (TO), na qual, desde 1997, desempenhou as funções de pároco, professor, ecônomo e reitor do Centro de Evangelização e do Seminário Interdiocesano. Dedicou-se à direção da Casa de Marta que desenvolve atividades de reintegração à sociedade de jovens adolescentes grávidas. Foi um dos primeiros professores da Escola Diaconal São Lourenço. Coordenou a Comissão que elaborou o primeiro Diretório de Iniciação Cristã.

Também atuou como secretário do Conselho Presbiteral por dois períodos e vigário episcopal da região São Pedro de 2007 a 2008. Na vacância da arquidiocese de Palmas, esteve como secretário do Colégio Consultivo, entre outras atividades no Conselho Ampliado de Pastoral e coordenador da Pastoral da Comunicação. Padre Marcos é um dos precursores do Caminho Neocatecumenal no estado do Tocantins.

07 de novembro de 2013

OAB-PI solicita terreno para novo Fórum na Comarca de Bom Jesus

MP já ajuizou ação solicitando a interdição do Fórum de Bom Jesus.

A Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Piauí, oficiou, nesta quinta-feira (07), o Governo do Estado do Piauí solicitando a doação de um terreno para a construção de um novo Fórum na cidade de Bom Jesus, no sul do Piauí. Segundo a presidente da Subseção da OAB-PI na cidade, Patrícia Barili, o atual prédio do Fórum de Bom Jesus não tem condições de atender a demanda da Comarca por falta de estrutura física e de segurança.

Durante reunião com Willian Guimarães, presidente da OAB-PI, a advogada Patrícia Barili apresentou um relatório acerca das condições dos fóruns das cidades de Bom Jesus, Cristino Castro, Redenção do Gurguéia e Uruçuí. âA situação desses prédios é periclitante. O Ministério Público já ajuizou uma ação solicitando a interdição do Fórum de Bom Jesus, porque as instalações físicas do prédio não possuem nenhuma segurançaâ, disse Patrícia Barili.

Foto: OAB/PI

De acordo com a ação civil do Ministério Público, o processo de investigação foi iniciado em maio deste ano em razão das constantes quedas de energia no prédio, além do risco iminente de incêndio pela precariedade da rede elétrica.

Com base nessa ação, o presidente Willian Guimarães encaminhou um ofício ao governador Wilson Martins solicitando a doação de um terreno para que seja construído um novo prédio. Ainda, segundo ele, a OAB-PI vai solicitar que o Tribunal de Justiça adote as medidas necessárias para a realização da obra.

âManteremos contato direto com o Tribunal de Justiça para que o novo prédio do Fórum da Comarca de Bom Jesus seja viabilizado o mais rápido possível. Este Fórum é de suma importância para a realização das atividades jurisdicionais da Comarca de forma condignaâ, afirmou Willian Guimarães.

Ainda de acordo com Patrícia Barili, fóruns de outras Comarcas da região sul do Estado estão em situação de risco. Na cidade de Cristino Castro, por exemplo, a Corregedoria Geral de Justiça já interditou parcialmente o prédio por falta de segurança. Já os fóruns das cidades de Redenção do Gurguéia e Uruçuí necessitam de reparos, manutenção e ainda há carência de servidores efetivos.

18 de setembro de 2013

Bom Jesus recebe 400 residências do Minha Casa, Minha Vida

A obra deve ser concluída em 18 meses

 

A prefeitura de Bom Jesus e a Caixa Econômica Federal assinaram ordem de serviço para a construção de 400 unidades habitacionais no município, por meio do programa Minha Casa, Minha Vida, do Governo Federal. Bom Jesus conta, hoje, com 24 mil habitantes.

A obra, que deve ser concluída em 18 meses e levará o nome de Residencial Gilson Coelho, está orçada em R$ 21,6 milhões. Atualmente, mais de 70% da população de Bom Jesus vive na zona urbana, o que, na visão do superintendente da Caixa Econômica Federal no Piauí, Manoel Veloso, consolida a importância do Minha Casa, Minha Vida no município.

âNos últimos dois anos, o Governo Federal construiu 30 mil unidades habitacionais no Piauí, um investimento de cerca de R$ 1,4 bilhão. Agora, graças ao empenho da prefeitura, Bom Jesus recebe esse que é um dos mais importantes e eficazes programas do Governoâ, pontua Manoel Veloso.

O deputado estadual Fábio Novo (PT), um dos articuladores para a implementação do Minha Casa, Minha Vida em Bom Jesus, destacou a relevância de obras que foquem na preocupação social e com o respeito à cidadania.

O prefeito de Bom Jesus, Marcos Elvas, ressalta o empenho de sua gestão na busca pelos recursos do Minha Casa, Minha Vida para município, o que, segundo ele, só não aconteceu antes por âirresponsabilidade da antiga gestão em não inscrever o município no programaâ.

âBom Jesus, hoje, está de parabéns, pois sabe o que é melhor para si. Conseguir o Minha Casa, Minha Vida para nossa cidade muito nos orgulha, pois demonstra que estamos no caminho certo, buscando recursos para investimentos no município. Na minha opinião, não existe obra grande nem obra pequena, mas obra necessária e nós enxergamos essa necessidade e, enfim, conseguimos trazer o programaâ, finaliza Elvas.

23 de julho de 2013

Sistema de Registro Civil é instalado em Bom Jesus

São Raimundo também ganhou sistema

De 10 a 12 deste mês, foi implantado o Sistema de Registro Civil - SRC nos municípios de Bom Jesus e São Raimundo Nonato. A Corregedoria Geral fez o trabalho de interligação das maternidades aos Cartórios locais facilitando o registro de nascimento de crianças nascidas nesses municípios e contribuindo para a erradicação do sub-registro de nascimento no Estado.


Além da interligação com os estabelecimentos de saúde para emissão da certidão de nascimento, os Cartórios do Registro Civil foram totalmente informatizados e ja contam com o Sistema para a criação de um banco de dados e emissão de termos e certidões de casamento, óbito, natimorto e nascimento.


O SRC é desenvolvido pela Secretaria de Tecnologia da Informação e Comunicação - STIC, do Tribunal de Justiça e fiscalizado pela  Corregedoria Geral de Justiça e conta com diversas funcionalidades que facilitam o controle e a organização dos acervos das serventias, além de
otimizar e tornar o atendimento mais ágil aos usuários dos serviços cartorários.


Na última quarta-feira, mais um, dentre os 37 cartórios previstos inicialmente para a implantação, o da comarca de Bom Jesus, foi visitado pela equipe da Corregedoria Geral de Justiça e STIC para realização do treinamento de utilização e implantação do SRC.


Todos os ajustes relacionados à execução dos serviços e informações prestadas pelos servidores do TJ tiveram a supervisão do Dr. Raimundo José Gomes, Juiz Auxiliar da Corregedoria Geral, responsável pelo Projeto de Implantação do SRC.


No dia seguinte, 11, às 11:30h, a interligação do Cartório ao Hospital local foi oficialmente efetivada em solenidade que contou com a presença de autoridades locais, Corregedoria Geral de Justiça, Gestores do Hospital Regional de Bom Jesus e Diretoria de Direitos Humanos da Secretaria de Assistência Social e Cidadania -

SASC.


Já no No dia 12, sexta-feira, foi a vez do Cartório de São Raimundo Nonato, onde os prepostos atuantes naquela serventia receberam o treinamento e as orientações necessárias à efetivação da implantação, tendo a solenidade de lançamento em São Raimundo Nonato ainda no mesmo
dia, às 15:30h.


16 de junho de 2013

Piauí Exposhow movimentou mais de 200 milhões

Na sua quinta edição. feita reuniu produtores do Cerrado e vendedores populares em Bom Jesus

A Piauí Exposhow nos seus quadro dias movimentou mais de 200 milhões, a feira que teve a sua quinta edição mostrou que apesar do veranico no mês de fevereiro os produtores e as empresas que participaram da feira demonstraram otimismo com as vendas e a movimentação. O encerramento da Piauí Exposhow 2013 ocorreu na noite deste sábado (15) com a presença do prefeito Marcos Elvas, vice-prefeito, Benigno Novo, produtores dos cerrados, vendedores e populares.

O vice-prefeito de Bom Jesus, Benigno Novo destaca que Bom Jesus vive um período pujante e de desenvolvimento, o agronegócio faz com que o município se desenvolva em um processo acelerado em que precisamos preparar a mão de obra para a demanda cada vez mais exigente do mercado do agronegócio, Bom Jesus é conhecida como a capital do agronegócio do Piauí.

Segundo o prefeito de Bom Jesus, Marcos Elvas a feira é um evento consolidado e mostra a força do agronegócio nos cerrados piauienses, Bom Jesus é a cidade que mais cresce no Piauí, segundo dados do IBGE referente aos anos de 2011 e 2012 demonstram que Bom Jesus teve um crescimento populacional de 2,15%, sendo a cidade do Piauí com o maior crescimento, a capital Teresina cresceu 0,96%.

Os organizadores da feira, Luis Martins, Ildemar Cover, Hélio Rosas declararam que a feira atingiu seus objetivos e apesar das adversidades pela seca no período da safra, os produtores e vendedores responderam com trabalho e organização tornando a feira um sucesso nos seus quadros dias de eventos e exposições. 

21 de maio de 2013

Corpo de bombeiros orienta comerciantes em Bom Jesus

A coporação ainda vai vistoriar postos de gasolina, distribuidoras de gás e casas de shows

 

Em reunião na noite da segunda-feira (20) no auditório do CORESA na cidade de Bom Jesus uma equipe do corpo de bombeiros chefiada pelo capitão Antonio Floriano de Sousa Filho orientaram os comerciantes de Bom Jesus sobre sistemas de proteção contra incêndios, uso de extintores, saídas de emergência e sobre a lei ordinária estadual 5.483/05 que regulamenta o corpo de bombeiros e as suas atribuições. Na reunião estiveram presentes o vice-prefeito de Bom Jesus, Benigno Novo, o secretário municipal de infraestrutura, João Pinheiro Neto, a promotora de justiça, Gilvânia Viana e os procuradores do município, Vicente Orlando e Rafael Fonseca. O vice-prefeito de Bom Jesus informou que a reunião era pedagógica e tinha por finalidade esclarecer os comerciantes sobre as normas de segurança que devem ser tomadas nos estabelecimentos comerciais.

  A promotora de justiça, Gilvânia Viana disse que é preciso obedecer a legislação que serve para proteger os próprios comerciantes, empregados e vizinhos dos estabelecimentos comerciais no que diz respeito à proteção contra incêndios, o uso de extintores e as saídas de emergência, a atividade comercial exige determinados requisitos e devem ser observados, não se pode visar apenas o lucro e colocar em risco a integridade das pessoas.

  A equipe do corpo de bombeiros deverá permanecer por três dias em Bom Jesus e vai vistoriar postos de gasolina, distribuidoras de gás, casas de shows e estabelecimentos comerciais em geral para de forma pedagógica orientar os proprietários para que atendam a legislação, visando à proteção contra incêndios. 

31 de outubro de 2012

Deputado Fábio Novo cobra agilidade no recapeamento da BR 135

Além do recapeamento dos 400 Km de rodovia, a BR ganhará 40 Km de acostamento

O deputado estadual Fábio Novo esteve hoje (31) na sede do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) para cobrar agilidade nas obras de recapeamento asfáltico da BR 135, que liga os municípios de Elizeu Martins a Cristalândia, já na divisa com o estado da Bahia. O parlamentar pediu atenção especial ao trecho de 180 Km entre Gilbués e Bom Jesus em razão das difíceis condições de trafegabilidade.

"É um trecho que o DNIT deve priorizar por estar em situação mais crítica. A BR 135 pode ser considerada a maior obra rodoviária do nosso Estado, com a aplicação de recursos federais da ordem de R$ 153 milhões", frisa.

Além do recapeamento dos 400 Km de rodovia, a BR 135 ganhará 40 Km de acostamento nos trechos mais críticos e onde são registrados o maior número de acidentes. A rodovia também será alargada nas zonas urbanas dos municípios, a exemplo de Alvorada do Gurgueia, Redenção do Gurgueia, Monte Alegre, Gilbués, São Gonçalo, Corrente e Cristalândia. "Em Bom Jesus, a intervenção da obra na zona urbana vai permitir o recapeamento e alargamento do trecho de acesso à Universidade Federal do Piauí", explica Novo.

Na oportunidade, o superintendente regional do DNIT no Piauí, Sebastião Ribeiro, enfatizou que encaminhará ao tenente coronel Rogério Cetrim Siqueira, do 2º Batalhão de Engenharia e Construção (2º BEC), a ordem de serviço para iniciar as obras de pavimentação dos 50 Km compreendidos entre Elizeu Martins e Manoel Emídio. "Nossa previsão é que as obras deste trecho iniciem dia 19 de novembro", pontua o superintendente.

Fábio Novo reforça que, após o recapeamento, a BR 135 integrará ainda mais as regiões Sul, Sudeste e Nordeste do país. "Aqueles que buscam chegar às cidades de Teresina, Fortaleza e São Luiz, vindo do Sul e do Sudeste do Brasil, utilizam a BR 135 por ser o trecho mais curto. Em breve, com o novo asfalto, as viagens serão bem mais rápidas e em melhores condições", finaliza.

30 de outubro de 2012

Iniciado processo para construção do anel viário de Bom Jesus

A previsão é que o projeto de execução do anel viário seja lançado em janeiro de 2013

O Departamento de Estradas e Rodagens do Piauí (DER-PI) autorizou o início do processo licitatório para a elaboração do projeto do anel viário de Bom Jesus, município localizado a 635 Km ao Sul de Teresina. A informação foi confirmada nesta terça-feira (30), durante reunião entre o deputado estadual Fábio Novo, o prefeito eleito de Bom Jesus, Marcos Elvas, e o diretor de Engenharia do DER-PI, Marcos Vinícius Costa.

De acordo com Marcos Elvas, a previsão é que o projeto de execução do anel viário seja lançado em janeiro de 2013. "É uma obra essencial para darmos continuidade ao processo de desenvolvimento de Bom Jesus. A construção do anel viário é medida urgente e necessária para melhorar a trafegabilidade da cidade. Acredito que a obra deva resolver nossos problemas de trânsito pelos próximos 10 anos, no mínimo", afirma o prefeito.

Em junho deste ano, o deputado estadual Fábio Novo apresentou requerimento solicitando ao DER-PI a elaboração de projeto com orçamento detalhado para a construção do anel viário de Bom Jesus. Para o parlamentar, a obra é vital para melhorar a circulação de veículos nas principais vias da cidade, desviar o tráfego das carretas que escoam a produção agrícola e evitar acidentes nas rodovias que cortam o perímetro urbano.

"Bom Jesus é a cidade que mais cresce no Piauí, tendo um fluxo grande de veículos que transitam pela BR-135, que é a principal ligação rodoviária e que encurta as distâncias entre o Nordeste, Centro Oeste e Sul do país", diz o deputado, acrescentando que a obra deve custar cerca de R$ 10 milhões e está inserida na lista de obras prioritárias do Governo do Estado que receberão recursos oriundos do empréstimo de R$ 850 milhões autorizado pela Assembleia Legislativa neste mês de outubro.

BR 135

Durante a reunião, o deputado estadual Fábio Novo e o prefeito Marcos Elvas ressaltaram a importância da parceria com o Governo do Estado para a continuidade da obra de asfaltamento da BR 135, que leva à Serra do Quilombo, no município de Bom Jesus. O governador Wilson Martins já autorizou a elaboração do projeto de asfaltamento.

"As obras iniciam em 2013, pois o projeto já foi elaborado. É importante ressaltar que essa obra só é possível através da união de esforços entre o deputado estadual Fábio Novo e o governador Wilson Martins", finaliza Marcos Elvas.

02 de outubro de 2012

Projeto Agente Eletrobras entrega 78 geladeiras em Bom Jesus

A entrega acontece na última quinta-feira (27) durante um evento social

O Projeto de eficiência energética, o "Agente Eletrobras", beneficia moradores de baixa renda no Estado do Piauí. Com início na cidade de Teresina, o Projeto abrange, além da capital, cidades como Piripiri, Campo Maior, Floriano, Picos e Bom Jesus, através da troca de geladeiras e lâmpadas que apresentam alto consumo de energia pelas garantidas através do Selo Procel, de conservação, que apresentam economia em relação a outras do gênero.

Na última quinta-feira (27), a cidade de Bom Jesus foi, pela primeira vez, palco para esse grande evento social, onde 80 geladeiras foram disponibilizadas para troca, sendo que destas, 78 foram entregues, retornando apenas 02 para a próxima entrega, que ocorrerá, provavelmente no mês de dezembro, segundo o Supervisor de logística Flamberto Góes.

De acordo com Michel Silva, analista social do Projeto, o Agente Eletrobras consiste no atendimento aos clientes das comunidades carentes, através de visitas realizadas por agentes devidamente preparados pela empresa, com o objetivo de fornecer orientações sobre o uso eficiente e seguro da energia elétrica, identificação de geladeiras ineficientes para troca por equipamentos eficientes com Selo Procel, além de palestras educativas para troca de lâmpadas incandescentes por fluorescentes compactas, como ocorreu na quarta-feira (26), no Centro Integral Franklin Dória, no centro da cidade.

Durante a palestra, a equipe distribuiu cartilhas educativas, com dicas de economia e uso correto de energia, além da apresentação do Projeto através de slides, em uma linguagem clara e acessível. Os agentes de campo, Marcia Calisto Nunes e Damer Carlos relataram em entrevista ao Portal, a gratificação em ver o resultado das visitas que fizeram na Comunidade. Segundo os atuantes, muitas pessoas não acreditaram na veracidade do Projeto, se recusando a recebê-los, mas ver a felicidade e a participação dos que acreditaram e juntos com a equipe se comoveram ao receber os benefícios. Trazia a eles um sentimento de trabalho bem realizado.

Para participar do projeto, a família deve residir em um dos bairros atendidos ( Morro do Frei, Judhite Piaulino, COHAB, Miramar), receber a visita do Agente Eletrobras, ser cliente regular, ser cadastrado na Tarifa Social e possuir uma geladeira antiga que esteja contribuindo para o alto consumo energético. É feita a troca de 01 geladeira e até 04 lâmpadas fluorescentes por família qualificada a receber o benefício. No ato da entrega, o beneficiado apresenta ao agente os documentos originais e suas respectivas cópias, sendo estes, RG e CPF do titular da fatura, a última conta de luz quitada e o cartão do NIS ( Número de Inscrição Social).

29 de setembro de 2012

TRE suspende decisão que proibia propaganda eleitoral volante em Bom Jesus

Agora os candidatos podem voltar a fazer propaganda


O desembargador do Tribunal Regional Eleitoral, José Ribamar Oliveira, suspendeu, na última quinta-feira (26), através de liminar, decisão judicial que proibia a realização de propaganda eleitoral volante em Bom Jesus. A liminar foi motivada por mandato de segurança impetrado pelo candidato a prefeito do município pelo PSDB, Marcos Elvas.

Segundo a decisão do desembargador, a partir de agora, os candidatos a prefeito, vice-prefeito e vereador podem voltar à realização de propaganda eleitoral por meio de carros de som na área urbana do município, exceto a uma distância inferior a 200 metros de escolas, igrejas, hospitais e repartições públicas, conforme determina a Legislação Eleitoral.


No entanto, as outras restrições apresentadas no documento, no que dia respeito à queima de fogos de artifício nas campanhas eleitorais, foram mantidas. De acordo com o chefe de cartório de Bom Jesus, Marcone Adriano, apenas o artigo 1º, que trata dos carros de som, foi revogado.


A publicação da portaria que apresentava as restrições às campanhas eleitorais de Bom Jesus ocorreu no último dia 21, pelo juiz da 15ª zona eleitoral de Bom Jesus, Mário Soares de Alencar. A determinação havia sido motivada por reclamações de autoridades públicas e de populares sobre o uso abusivo de fogos de artifício e equipamentos sonoros nas campanhas.
O chefe de cartório lembra ainda que a decisão judicial foi publicada a partir de um estudo técnico realizado pelo cartório eleitoral de Bom Jesus. De acordo com o estudo, foi constatado excesso nos volumes dos sons, caracterizando desrespeito à Legislação Eleitoral.


"Os candidatos estavam se sentindo prejudicados, pois a decisão limitava e impossibilitava a campanha. Entramos com o mandato de segurança pedindo a revogação e fomos atendidos", afirma o advogado Alexandre Nogueira, assessor jurídico da coligação "Pra Bom Jesus sorrir de novo", encabeçada pelo candidato Marcos Elvas.