• Banner OAB
  • Campanha da Santa Missa
  • Vencer 03
  • Vencer 02
  • Vencer 01
  • Prerrogativas da advogacia
  • Peregrinos da fé
  • Novo app Jornal O Dia

Notícias Campo Maior

01 de abril de 2020

COVID-19: Novo decreto prevê penalidades para quem descumprir medidas

COVID-19: Novo decreto prevê penalidades para quem descumprir medidas

As aulas da rede municipal de ensino seguem suspensas até o final do mês

As ações de combate ao coronavírus em Campo Maior estão prorrogadas até o dia 30 de abril. A medida foi adotada pelo prefeito Professor Ribinha que assinou nesta segunda-feira (31) um novo decreto mantendo as restrições e prevendo penalidades para quem descumprir as determinações.

De acordo com o documento, as aulas da rede municipal de ensino seguem suspensas até o final do mês. No comércio, seguem em funcionamento apenas os serviços essenciais – que devem seguir as orientações de controle de fluxo de pessoas, distância mínima e EPIs para os colaboradores. Os eventos esportivos, religiosos, festas e qualquer atividade de gere aglomeração estão proibidos.

A novidade do novo decreto é a aplicação de penalidades para quem descumprir as medidas restritivas. Além da Polícia Militar e Vigilância Sanitária, agora estão incluídos nas ações os fiscais de posturas do município e os agentes de endemias. O descumprimento das medidas restritivas são passíveis de advertência e multa. Na reincidência, os estabelecimentos estarão sujeitos à interdição total ou parcial da atividade e cassação de alvará. Há casos que podem haver detenção.

O prefeito Professor Ribinha comentou que o mês de abril será determinante no combate a COVID-19. “Nossas medidas até agora evitaram que houvesse uma grande quantidade de casos em Campo Maior. O mês de abril vai ser determinante no combate doença e não podemos nesse momento querer retornar a vida normal. Quanto mais mantivermos a seguranças de nossas famílias, mais rápido estaremos de volta para nossas atividades”, disse.

O gestor agradeceu profissionais de saúde, fiscais da vigilância sanitária, policiais militares, empresas que colaboram na confecção de EPIs. Ele apelou para que a população contribua mantendo o isolamento social e a higienização das mãos. 

25 de março de 2020

Merenda escolar será distribuída para famílias carentes de Campo Maior

Merenda escolar será distribuída para famílias carentes de Campo Maior

A decisão faz parte de uma série de medidas adotadas para o combate ao novo coronvírus

O prefeito de Campo Maior Professor Ribinha determinou que os alimentos que compõem a merenda escolar da rede municipal de ensino seja transformada em cestas básicas e distribuídas para famílias carentes do município. A decisão que faz parte de uma série de medidas adotadas para o combate ao novo coronvírus está contida no decreto assinado pelo gestor na tarde desta quarta-feira (25)

“Estamos adotando todas as medidas que estão sob nossa prerrogativa. E essa é mais uma que busca criar as condições para que as famílias permaneçam no isolamento social, essa que é a principal forma de evitarmos a propagação do vírus. O que estiver ao nosso alcance para amenizar os efeitos dessa pandemia na nossa população será feito”, afirmou Professor Ribinha.

A medida foi anunciada pelo prefeito em vídeo divulgado nas redes sociais 

O “Kit Alimentação Escolar” será válido enquanto durar o decreto de estado de calamidade pública no município. Irão receber o benefício os alunos da rede municipal que estiverem cadastrados no Cadastro Único e, comprovadamente, pertencer a família cuja renda seja inferior a 1 salário mínimo.

A medida tem como objetivo assegurar a alimentação das crianças pertencentes a famílias de baixa renda durante o período de suspensão das aulas. O kit será realizado com base no índice nutricional base por aluno, tendo como referência o período de 15 dias, conforme estabelece o decreto.

Sobre a data de distribuição, o prefeito disse que está sendo finalizada uma logística de que possibilite as famílias receber o alimento em casa. “Os mototaxistas estão sofrendo uma baixa no número de clientes nesse período. Estamos fechando um acordo com a classe para que eles entreguem as cestas de casa em casa a partir da próxima semana”, finalizou.

Outras medidas

Desde a semana passada que a Prefeitura de Campo Maior adota medidas de combate a Covid-19. As aulas do município foram suspensas, servidores acima de 60 anos foram liberados dos postos de trabalho, assim como aqueles que apresentassem sintomas parecidos com o coronavírus. O gestor autorizou ainda a suspensão do corte de fornecimento de água e religamento para quem estava com o serviço cortado. Estabelecimentos comerciais que não sejam considerados essenciais estão fechados.

23 de março de 2020

Município move ação para Equatorial restabelecer energia de TVs

Município move ação para Equatorial restabelecer energia de TVs

Mesmo efetuando esse valor, a Equatorial se negou a restabelecer o fornecimento da energia do setor de transmissão de TVs

A Prefeitura de Campo Maior, através da Assessoria Jurídica, entrou com um Mandado de Segurança contra a Equatorial pedindo o imediato restabelecimento do fornecimento de energia ao setor de transmissão de TVs do município, conhecido como ‘Casa das Torres’.  A solicitação feita está baseada no principio do direito da informação.Segundo o advogado Hartônio Bandeira, responsável pela ação, o prefeito de Campo Maior, Professor Ribinha, efetivou o pagamento de R$ 240 mil referente a um parcelamento de faturas passadas da Prefeitura de Campo Maior, deixadas por gestores anteriores.

Mesmo efetuando esse valor, a Equatorial se negou a restabelecer o fornecimento da energia do setor de transmissão de TVs, exigindo o pagamento de outras faturas no valor de R$ 670 mil. “O município de Campo Maior já está fazendo o sacrifício de efetuar o pagamento de faturas renegociadas, através de parcelamento, utilizando para isso o já sacrificado FPM. O prefeito Ribinha tem se esforçado para chegar a um acordo com a empresa e, só essa semana, já esteve por duas vezes renegociando uma dívida pretérita”, ressalta o advogado.

Por causa de dívidas passadas, deixadas por gestores anteriores, a Prefeitura de Campo Maior deve mais de R$ 19 milhões de faturas de energia. Esse montante foi contabilizado em relatório enviado pela Equatorial ao SAAE, (Serviço Autônomo de Água de Esgoto).

22 de março de 2020

Prefeitura determina fechamento de estabelecimentos comerciais de Campo Maior

Prefeitura determina fechamento de estabelecimentos comerciais de Campo Maior

O prefeito Ribinha disse que devem permanecer abertos somente estabelecimentos como farmácias e supermercados

prefeito Professor Ribinha, de Campo Maior, editou o terceiro decreto em menos de 24 horas para determinar a proibição da abertura e funcionamento de estabelecimentos comerciais que não estejam previstos e liberados pelas autoridades sanitárias do município, Estado e União.

O decreto disciplina o funcionamento de estabelecimentos como Igrejas, Templos ou Similares, Casas Noturnas, Casas de Festas, Pubs ou Similares, Academias, Centros de Treinamento, Centros de Ginástica, Clubes Sociais e de Serviços, Entidades Tradicionalistas, Entidades de Representação Sindical ou de Categorias.

Também não poderão funcionar estabelecimentos do Comércio e Serviços em Geral, Brinquedotecas, Espaços Kids, Playgrounds, Espaços de Jogos, Feiras Públicas de Qualquer Natureza, Exposições Públicas ou Privadas, Congressos e Seminários, Centros de Comércio, Galerias de Lojas, Parques de Diversão, Hotéis, Motéis, Salões de Beleza, Barbearias, Lojas de Conveniência, Agências Lotéricas, Transporte Coletivo Público, e outros.  

O prefeito Ribinha disse que devem permanecer abertos somente estabelecimentos como farmácias e supermercados. "é hora para que todos se unam em prol da não proliferação do novo Coronavírus e ainda apela para que a população de Campo Maior siga as orientações das autoridades sanitárias e fique em casa, nesse momento difícil", completa.

21 de março de 2020

Prefeitura de Campo Maior suspende corte do fornecimento de água

Prefeitura de Campo Maior suspende corte do fornecimento de água

O prefeito disse que as medidas necessárias e que estão dentro de sua competência serão tomadas para evitar um mal maior no município

O corte no fornecimento de água do Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Campo Maior (SAAE) está suspenso a partir desde sábado (21). A medida foi decretada pelo prefeito Professor Ribinha na noite de ontem para garantir as condições de higiene necessárias da população durante a pandemia do novo coronavírus.

O decreto suspende o corte do serviço de água de consumidores residenciais inadimplentes enquanto durar o estado de emergência e calamidade em saúde pública, autoriza que no prazo de três dias úteis o fornecimento de água seja restabelecido em residências que estão inadimplentes e ainda suspende as cobranças de juros e multas de todas as contas de ligações residenciais que se vencerem enquanto durar o estado de emergência. 

“Essa é uma medida para assegurar que nossa população terá água para a higiene que é necessária para o combate ao vírus. Também é uma forma para que trabalhadores informais e a população em geral cumpra as orientações de ficar em casa com uma preocupação a menos. As medidas necessárias e que estão dentro de nossa competência serão tomadas para evitar um mal maior no município”, disse o prefeito Professor Ribinha.

O gestor alertou que é essencial a sociedade seguir as recomendações que são estabelecidas pelos órgãos de saúde e sanitários. “Estamos adotando todas as ações para que possamos garantir a segurança da população. Mas nada disso servirá se cada campomaiorense não fizer sua parte de ficar em casa”, conclui.

Prefeito Professor Ribinha decreta estado de calamidade pública em Campo Maior

Prefeito Professor Ribinha decreta estado de calamidade pública em Campo Maior

A medida do gestor municipal integra uma série de ações adotadas desde o início da semana para o combate a Covid-19.

O prefeito de Campo Maior Professor Ribinha assinou decreto na noite dessa sexta-feira (20) que reconhece estado de calamidade pública em Campo Maior por causa da propagação do coronavírus. A medida do gestor municipal integra uma série de ações adotadas desde o início da semana para o combate a Covid-19.

O decreto considera que a crise da saúde pública vai impor aumento de gastos e que será necessária a reprogramação financeira para ajustes das contas municipal afim de que os serviços públicos essenciais continuem em funcionamento. O documento segue os parâmetros do estado de calamidade pública decretada pelo presidente Jair Bolsonaro e reconhecida pelo Congresso Nacional.

“Temos quatro casos do novo coronvírus no Piauí e mais de 100 suspeitos. A perspectiva que temos recebido é que esse número possa crescer nas próximas semanas. Precisamos estar preparados em todos os sentidos para enfrentar esse desafio. Vamos precisar de equipamentos para os profissionais de saúde, de medidas econômicas para evitar ao máximo os efeitos negativos em nossa população e só conseguiremos fazer tudo isso em tempo hábil através desse decreto”, explicou o prefeito Professor Ribinha.

Com essa medida, o governo municipal fica autorizado a adotar medidas excepcionais necessárias para contrapor à disseminação da Covid-19. Professor Ribinha alertou que serão editados novos decretos para intensificar as ações de combate ao vírus.

No início da semana, o gestor já havia suspendido as aulas da rede municipal de ensino, autorizado o cancelamento de eventos e reuniões com público acima de 60 pessoas e liberado dos postos de trabalho servidores idosos e que apresentasse sintomas parecidos com o coronavírus.

17 de março de 2020

Prefeitura de Campo Maior suspende aulas e anuncia medidas contra o coronavírus

Prefeitura de Campo Maior suspende aulas e anuncia medidas contra o coronavírus

As determinações têm como base as orientações do Ministério da Saúde e órgãos sanitários para evitar aglomerações de pessoas

Uma reunião do prefeito de Campo Maior Professor Ribinha com os secretários municipais nesta terça-feira (17) terminou com uma série de medidas que serão adotadas para prevenção ao contágio do novo coronavírus. As medidas estão contidas em um decreto assinado pelo gestor.

As determinações têm como base as orientações do Ministério da Saúde e órgãos sanitários para evitar aglomerações de pessoas como estratégia para enfrentamento da emergência em saúde. 

O decreto suspende as aulas da rede municipal de ensino por 15 dias e orienta a suspensão das aulas da rede particular. Estão suspensos por tempo indeterminado eventos públicos e privados que impliquem na aglomeração de pessoas, como por exemplo festas, apresentações e shows. Já reuniões públicas com no máximo 60 pessoas e em locais adequados estão permitidas.

O ato administrativo suspendeu ainda férias e licenças de profissionais da saúde e da Defesa Civil. Os servidores acima de 65 anos estão liberados dos postos de trabalho, assim como aqueles que apresentem sintomas parecidos com o do coronavírus.

“Avaliamos com nossa equipe que, apesar de não haver casos suspeito em Campo Maior e nem casos confirmados no Piauí, é necessário seguirmos os protocolos estabelecidos por todo o mundo e suspender toda e qualquer aglomeração. Essas ações são fundamentais para evitar a proliferação”, destacou.

O prefeito Professor Ribinha afirmou que a secretaria de saúde do município e o Hospital Regional de Campo Maior atuam em parceria no cumprimento do Plano de Contingência. “Nossos profissionais de saúde vão passar por um treinamento nessa semana para reforçar os protocolos e o Hospital vai disponibilizar três leitos de isolamento para situações grave”, revelou. 

Alagamentos

A equipe tratou ainda sobre os casos de alagamentos no município. Ao todo, 20 famílias já foram retiradas de suas residências e levadas para abrigos, casas de parentes e incluídas no programa Aluguel Social. Segundo a Defesa Civil do Município, os bairros mais afetados até o momento são Água Azul e Flores. Contudo, o aumento no nível dos rios coloca em risco os bairros Cariri, Matadouro e Califórnia.

“Estamos em atuação com as equipes da Defesa Civil, Assistência Social e Saúde. Estamos retirando as famílias que já foram atingidas e monitorando áreas de risco porque temos previsão de chuvas até o final do mês”, finalizou o prefeito.

16 de março de 2020

Prefeito Professor Ribinha inaugura escola climatizada na comunidade Salinas

Prefeito Professor Ribinha inaugura escola climatizada na comunidade Salinas

A escola possui salas de aulas climatizadas, banheiros moderno e com acessibilidade, sala de professores, cantina, material pedagógico e equipe de professores motivados.

A comunidade Salinas, 16 km de Campo Maior, recebeu neste domingo (15) uma escola ampla e climatizada. A unidade escolar que atende cerca de 50 crianças, da creche ao 5 ano, possui salas de aulas climatizadas, banheiros moderno e com acessibilidade, sala de professores, cantina, material pedagógico e equipe de professores motivados. 

O prefeito Professor Ribinha lembrou que a educação de Campo Maior tem como meta proporcionar ensino de qualidade na zona rural assim como é realizado na zona urbana do município. Para o gestor, a inauguração da escola José Gomes de Oliveira marca uma nova era na educação rural do município.

“Imagine a minha satisfação de inaugurar uma escola desse nível de qualidade na região onde nasci. Tenho esse compromisso porque sei como as crianças da zona rural eram tratadas. Me enche de orgulho ver meu pai aqui presenciando esse momento de realização de um sonho”, disse.

Maria José, mãe da aluna Emanuely Alves, se emocionou ao comparar nova escola com a antiga estrutura.  Já o filho Maicom Lopes, aluno da escola Hilson Bona, da rede municipal, se destaca como estudante medalhista.

“Não tem comparação como era a outra e como está agora. Como mãe, estou muita satisfeita e grata pelo nosso município ter uma educação de qualidade. Eu vejo um futuro de muito sucesso para meus filhos, porque o ensino é de qualidade, os professores empenhados e agora com escola nova”, declarou.

O prefeito anunciou que em poucos dias será inaugurada a escola padrão MEC no Residencial Renascer e a obra de reforma da sede da Secretaria Municipal dê Educação.


14 de março de 2020

Prefeito Professor Ribinha homenageia heróis da Batalha do Jenipapo

Prefeito Professor Ribinha homenageia heróis da Batalha do Jenipapo

O gestor aposicionou flores no obelisco do Cemitério do Batalhão e teve um momento reservado de oração no local.

O dia 13 de março começou com homenagem do prefeito Professor Ribinha aos heróis da Batalha do Jenipapo. Na data em que se celebra 197 anos do principal confronto armado pela causa das independência, o gestor acompanhado da equipe da administração municipal aposicionou flores no obelisco do Cemitério do Batalhão e teve um momento reservado de oração no local. 

“Tivemos a orientação dos órgãos de saúde para evitar aglomerações, mas não podemos deixar e celebrar essa data histórica e que tanto nos orgulha. Todos os homens e mulheres que lutaram na Batalha do Jenipapo merecem toda nossa admiração e respeito”, disse o prefeito.

O gestor lembrou que a Batalha do Jenipapo é exemplo de determinação e serve de inspiração para guiar a gestão pública. Professor Ribinha lembrou das lutas e das independências que precisam ser conquistadas na atualidade.

“Os heróis do Jenipapo lutaram por melhores condições de vida, melhor educação, por respeito, pelo fim das famílias poderosas que maltratavam e humilhavam os menos favorecidos. Hoje são essas bandeiras de luta que continuamos levantando e trabalho muito forte para transformar nossa educação e levar respeito a todas as famílias campomaiorenses”, pontou. 

A programação oficial do Governo do Estado foi adiada devido os protocolos de combate ao coronavírus. A prefeitura de Campo Maior, em cumprimento a esses protocolos, realizou solenidade com menor aglomeração com o hasteamento das bandeiras e Missa Solene na Catedral de Santo Antônio.

Em 1 ano, iluminação de LED já chegou para 90% da população de Campo Maior

Em 1 ano, iluminação de LED já chegou para 90% da população de Campo Maior

A iluminação de LED leva qualidade de vida aos moradores, segurança e responsabilidade com o meio ambiente.

O projeto que vai tornar Campo Maior o primeiro município do país com iluminação pública totalmente de LED já instalou mais de 4 mil lâmpadas em todas as regiões da cidade. O número representa que 90% da população está contemplada com as melhorias proporcionadas pela iluminação de LED.

O prefeito Professor Ribinha considera o avanço do programa de modernização do parque de iluminação pública de Campo Maior um recorde devido a grande quantidade de lâmpadas instaladas em apenas um ano. Em pouco mais de 12 meses, as melhorias saíram de praças e avenidas e chegou a quase todas as ruas.

“É um avanço nunca visto antes. Em março de 2019 iniciamos a instalação do LED pela orla do Açude, na Avenida Santo Antônio e no Complexo Valdir Fortes. Logo depois chegamos nas principais vias de acesso dos bairros e completamos agora um ano e já estamos em 90% da cidade. Isso é um exemplo de eficiência e trabalho pela nossa população”, afirma.

Para o gestor, a iluminação de LED leva qualidade de vida aos moradores, segurança e responsabilidade com o meio ambiente. “Além de valorizar os bairros, aumentar a autoestima de nossa população, essa iluminação é capaz de coibir a criminalidade e levar mais seguranças às famílias campo-maiorenses”, defende.

Avenida Surubim

A iluminação de LED também está chegando na Avenida Surubim. O prefeito Professor Ribinha autorizou a instalação de postes e de toda a rede necessária para que logo depois as lâmpadas sejam instaladas. A via é importante acesso entre duas regiões da cidade. Atualmente sem iluminação pública, a avenida registra acidentes e ação de criminosos.

11 de julho de 2019

04 de julho de 2019

Solenidade de entrega de casas do Parque Everest é marcada por muita emoção

Solenidade de entrega de casas do Parque Everest é marcada por muita emoção

Solenidade de entrega de casas do Parque Everest é marcada por muita emoção

A Prefeitura de Campo Maior, através da Secretaria Municipal de Habitação, realizou na última quinta-feira (27/06) a solenidade de entrega das chaves das casas do Parque Everest. Ao todo, 20 famílias tiveram o sonho da casa própria realizado. O momento foi marcado por muita emoção e palavras de agradecimento.

As casas possuem rede de água e esgoto, iluminação e calçamento na porta. O Parque Everest possui ainda praça e uma quadra de esportes. O prefeito Professor Ribinha alertou para a importância de conservar as residências em perfeito estado, da proibição da venda das residências e do esforço que cada morador deve fazer para o bom convívio da vizinhança.

“Todo mundo sonha em ter sua própria casa. Estamos nesse momento realizando um sonho de todas essas pessoas. É um sentimento muito gratificante e que sou muito grato de participar. Essa obra envolveu o esforço de toda nossa competente equipe da habitação, estive em Brasília para viabilizar a conclusão. Foi muito esforço, recompensado com o choro de alegria dessas famílias”, disse o prefeito.

O secretário de Habitação Wilden Brito afirmou que as pessoas beneficiadas são em sua grande maioria da região do Horto Florestal, local que sofre com alagamentos em época de chuva e é considerada área de risco pela Defesa Civil. “É todo um processo que vai habilitando essas pessoas para receber a casa. São vários os requisitos. Estamos felizes de entregar casa para quem realmente precisa de casa”.

Antônia Valdira Alves não conteve a emoção no momento de receber a chave que a levaria para dentro de seu próprio lar. Ela comemora 53 anos de idade no próximo dia 13 de julho e considera a casa o melhor presente que poderia ganhar.  “Havia a promessa dessas casas e eu sempre acreditei. Eu disse, não. ‘Eu tenho muita fé em Deus e acredito nas palavras do prefeito’. Eu vou fazer 53 anos lá na minha casa”, disse acompanhada de lágrimas de felicidades.

O Parque Everest

O conjunto possui 60 unidades habitacionais. Na primeira etapa, foram entregues 20 casas. Nessa segunda etapa foram mais 20. A prefeitura está concluindo as outras 20 unidades para completar o projeto do Everest.

01 de julho de 2019

Idosos se divertem no Arraiá do Centro Sociocultural José Bona

Idosos se divertem no Arraiá do Centro Sociocultural José Bona

Idosos se divertem no Arraiá da terceira idade do Centro Sociocultural José Bona

A tarde desta quinta-feira (27), foi de muita alegria e celebração da tradição nordestina de São João para os idosos do Centro Sociocultural da Terceira Idade José Bona, em Campo Maior. Este foi o Terceiro Arraiá comemorado com os idosos que são atendidos pelo Centro.

O evento, realizado pela Prefeitura Municipal por meio da Secretaria de Assistência Social, contou com todos os elementos que compõem um verdadeiro Arraiá; quadrilha, apresentação musical, forró, doces, comidas típicas, como canjica, caldo, cremes, sucos e uma variedade de bolos, biscoitos e pipoca.

Além dos participantes do Centro Sociocultural, que somam mais de 150 idosos, o evento também contou com a participação da Secretária de Assistência Social, Nilzana Gomes, da coordenadora do Centro Jucileide Câmara e dos profissionais da assistência social que fazem o acompanhamento dos idosos.

“Estou muito feliz em comemorar com nossos idosos, tivemos quadrilha, apresentação de uma idosa que era cantora e hoje é acompanhada pelo Centro, aqui ela consegue se divertir e ser feliz, todos são bem assistidos pelos nossos profissionais, portanto, só temos a comemorar”, disse a Secretária, Nilzana Gomes.

Maria, a idosa que fez uma participação na festa revelou o seu desejo de voltar a cantar. “A festa está muito bonita, bem organizada, a gente improvisou alguma coisa, mas saiu tudo bacana, matei a saudade de cantar e com fé em Deus um dia eu vou voltar a cantar, é meu sonho”, revelou.

26 de junho de 2019

Prefeito empossa novos secretários e muda composição na Câmara

Prefeito empossa novos secretários e muda composição na Câmara

Prefeito empossa novos secretários e muda composição na Câmara

O prefeito de Campo Maior, Professor Ribinha, empossou novos secretários municipais nessa manhã de sexta-feira, 21.06, em solenidade coletiva no Palácio das Carnaúbas. Foram empossados Dibes Ibiapina, (Infraestrutura); Mylena Paz, (Turismo); Silvia Brito, (Desenvolvimento Rural); e Edivaldo Lima, (Políticas Públicas e Sustentabilidade).Os novos secretários foram empossados em uma rápida solenidade. Os quatro prometeram trabalhar por Campo Maior e ajudar o prefeito Professor Ribinha a melhorar a vida da população campomaiorense. 

Com a posse dos novos secretários, a composição da Câmara também muda. Com a saída de Silvia e Edivaldo Lima, passam a integrar o legislativo os suplentes Zé Pereira e Raimundinho Parente.

Professor Ribinha disse que estava iniciando uma renovação administrativa com o objetivo de fortalecer ainda mais a sua equipe com a opção de trabalhar mais pela população campomaiorense. “Estamos trabalhando, mas queremos avançar mais e precisamos está com uma equipe sempre disposta a tornar Campo Maior um lugar ainda melhor para viver”, disse.  

Edivaldo Lima, por exemplo, disse que pela primeira vez se afasta da Câmara para cumprir uma missão no executivo municipal, com o propósito de ajudar o Governo do Professor Ribinha a melhorar indicadores sociais e trabalhar em uma articulação política voltada para ações comunitárias e populares.

O secretário de Infraestrutura, Dibes Ibiapina, disse que tem a missão de pavimentar a cidade com a construção de calçamentos. “Temos a meta de calçar vários bairros, porque entendemos que a pavimentação é uma demanda grande em Campo Maior”, destaca.

21 de junho de 2019

Prefeitura beneficia mais de 500 famílias com drenagens e calçamento

Prefeitura beneficia mais de 500 famílias com drenagens e calçamento

Prefeitura beneficia mais de 500 famílias com drenagens e calçamento em ruas do Cariri

Mais de 500 famílias do Bairro Cariri foram beneficiadas com um sistema de galeria e calçamento pela Prefeitura de Campo Maior, por meio do Sistema de Abastecimento de Água – SAAE. A obra foi concluída recentemente e será entregue pelo Prefeito Professor Ribinha, que tem em sua gestão um marco forte na realização de obras de drenagens de várias ruas da cidade, resolvendo problemas antigos que afetavam a saúde da pessoas  e impediam os acessos.

Segundo o engenheiro da obra, Oswaldo Pereira, a situação era muito crítica para os moradores que no período chuvoso não podiam trafegar nas ruas nem à pé,  nem de carro e muito menos de bicicleta e motocicleta, de tanta lama, que se concentrava dos esgotos e da sujeira que desciam do mercado público de Campo Maior.

“O esgoto ao invés de fluir normalmente, com as manilhas antigas estouradas, derramava os dejetos pelo calçamento e descia pelas ruas mais baixas do Bairro, por conta disto,  os moradores trafegavam pelas calçadas de acesso às suas casas para não pisarem na lama suja que exalava fedentina.

Para resolver o problema,  o prefeito mandou fazer um estudo e construir a galeria com 1,2 metros de largura, e 600 metros de extensão. Com a obra, toda a água pluvial que cai no calçamento e as dos esgotos com a sujeira que descem do mercado passam por dentro do sistema e vão desbocar no rio”, explicou o engenheiro Oswaldo Pereira.

O morador Luís Matias de Sousa, 66 anos, que reside há mais de 30 anos no Cariri contou, que antes era lama, fedentina, e muito sofrimento. Quem não construía calçada alta, no inverno a água entrava nas casas com lama e toda a sujeira que descia dos esgotos do mercado e das outras residências porque as ruas do Cariri ficam mais baixas. ”Agora está ótimo”, afirmou Luís Matias.

A aposentada Maria do Socorro Vieira dos Santos, da Rua Coronel Costa Araújo, 132, que reside no Bairro Cariri desde 1962, também comemora a obra. A casa dela fica na esquina, e no cruzamento de três vias, local muito baixo, de uma das ruas beneficiadas. Onde ela mora o acúmulo de água era maior. Ela criou 12 filhos no lugar, quando chegou lá andava por cima de pedras ou colocavam tábuas para caminhar em cima para não pisar na lama.

“A situação era difícil, as pessoas adoeciam. Depois que a obra foi feita agora a rua está muito boa. Era um fedor danado aqui nestas ruas, não podíamos ficar muito tempo fora sentada nas portas, a gente sentia fedor do calçamento todo estourado, esburacados com água suja. Eu agradeço a Deus e ao prefeito ter tido a força e boa vontade de fazer esta obra”, disse a dona de casa Maria do Socorro Vieira dos Santos.

20 de junho de 2019

Campo Maior sedia II Reunião de Apoio Técnico aos Gestores do SUAS

Campo Maior sedia II Reunião de Apoio Técnico aos Gestores do SUAS

Campo Maior sedia II Reunião de Apoio Técnico aos Gestores do SUAS

Nesta terça-feira (18), Campo Maior foi palco da II Reunião de Apoio Técnico aos Gestores Municipais do Sistema Único de Assistência Social. O evento que aconteceu no Centro Sociocultural da Terceira Idade José Bona é uma idealização da Secretaria de Estado da Assistência Social e Cidadania (SASC) e  tem como objetivo reunir gestores municipais para prestar orientações sobre os diversos atores da política de assistência social.

A Secretária Municipal de Assistência Social, Nilzana Gomes, informou que mais de 20 municípios participaram do evento e explicou que essa é uma oportunidade que propicia a troca de informações e experiências, com a finalidade de melhorar cada vez mais o trabalho realizado dentro do município.  

“A equipe da SASC veio realmente dar esse apoio técnico em relação as políticas assistenciais. Esclarecer dúvidas a respeito de programas como Criança Feliz e do cofinanciamento estadual. É um treinamento, é um momento importante para a gente aprender cada vez mais, a saber como agir, a saber identificar as famílias, os locais e os territórios que mais precisam da assistência social”, explicou .

Durante o encontro foram trabalhados diversos temas, entre eles: Educação Permanente, Pacto de Aprimoramento da Gestão do Suas, Vigilância Sócio Assistencial, Proteção Social Básica, Orientações sobre o Cofinanciamento Estadual, Programa Criança Feliz, Medidas Socioeducativas, Plano de Convivência Familiar e Comunitária, Diagnóstico do Cadastro Único e Bolsa Família no Piauí, Transferência de benefícios do Programa Bolsa Família e Informações sobre Sistema de Informações para Infância e Adolescência.