• COMBATE AO MOSQUITO AEDES AEGYPTI 2019 - 2020
  • SOS Unimed
  • Novo app Jornal O Dia
Castelo do Piauí

Osmano Moura: o sucesso empresarial que pode voltar a surpreender Castelo

Pré-candidato à prefeito de Castelo do Piauí pelo PSB, Osmano e sua trajetória lembram muito o ex-prefeito Wilmar Cardoso

11/12/2019 22:48h - Atualizado em 11/12/2019 23:01h

Empresário, de 49 anos, Osmano Moura nasceu e cresceu em Castelo, aos 18 anos de idade teve que deixar sua cidade natal e correr atrás dos objetivos na "cidade grande". Depois de muita dedicação e trabalho árduo, em 2002 fundou a OMS, empresa que inicialmente era especializada em pinturas, e só mais tarde tornou-se a OMS Construções e Serviços que atua há quase duas décadas na área da construção civil no estado de São Paulo. Apesar da distância o empresário nunca deixou de visitar sua cidade durante os vários períodos do ano. Filiado ao PSB desde agosto, ele conversa sobre administração de forma segura e técnica com muita facilidade e mostra o entusiasmo e a vontade de usar toda essa experiência em prol da sociedade Castelense. 

O sucesso empresarial de Osmano nos faz lembrar do ex-prefeito Wilmar Cardoso (2009/2012). Anos de êxito administrativo na iniciativa privada à frente do Grupo Mangueira Indústria de Bebidas, Wilmar decidiu ingressar na vida pública em 2008 e deixou uma enorme parcela de contribuição, como por exemplo, o alto investimento em assistência social e saúde que culminou na redução da desnutrição infantil para 1% em meados de 2011. A queda drástica da mortalidade infantil, na gestão de Wilmar Cardoso, foi três vezes maior que nos demais municípios brasileiros. Ainda em seu governo os trabalhos educativos das equipes PSF, assim como os realizados nas escolas municipais, baixou a gravidez na adolescência de 33% para 28%. O Programa Saúde da Família teve cobertura de 100% na área do município.

Com Wilmar o número de crianças vacinadas contra hepatite B foi de 100%, todos os óbitos infantis e de mulheres de 10 a 49 anos de idade foram investigados. A redução de óbitos por causas mal definidas baixou de 6% (2007) para 0% em 2011. Na Educação (uma de suas maiores prioridades) recebeu uma brilhante herança de Dr. Zé Maia (2005/2008), deu continuidade, e à exemplo de seu antecessor, colecionou premiações e resultados surpreendentes. Dentre eles o Selo Unicef Município Aprovado, aquisição de ônibus e vans escolares, comemorou a redução do abandono e evasão escolar, foi destaque em todo o Brasil no Instituto Ayrton Senna como exemplo de sucesso na Educação pelos resultados alcançados em 2010/2011 e muitas outras realizações que fizeram o prefeito receber elogios inclusive do grupo político que lhe fazia oposição e entrar definitivamente para a história da "capital da cachaça".

A verdade é que as eleições de 2020 podem trazer boas surpresas, e o mandato 2021/2024 ainda não tem dono, mesmo que alguns insistam no otimismo vazio. É exatamente isso que torna a política tão fascinante, ela não é linear. Muda como as nuvens no céu.

Edição: Jailson Lima

Deixe seu comentário