• Clínica Shirley Holanda
  • Semana do servidor
  • Netlux
  • SOS Unimed
  • Novo app Jornal O Dia
Coelho Neto - MA

Ato público pede fim da violência contra as mulheres em Caxias(MA)

A manifestação finalizou em frente à delegacia da Mulher

30/05/2014 07:19h

As manifestantes chamaram a atenção para a violência doméstica que atinge boa parte das mulheres de Caxias. Em média, são registrados 20 homicídios de mulheres por ano no município. Para o Conselho Municipal da Mulher essa mobilização é um sinal de que elas estão conscientes dos seus direitos

As mulheres reivindicaram também melhor aparelhamento e infraestrutura de trabalho na Delegacia Especializada da mulher de Caxias. Um abaixo assinado com mais de três mil assinaturas será encaminhado para as autoridades.

Na caminhada que percorreu as principais ruas do centro de Caxias, todos vestidos de branco, pediam Justiça nos casos de violência contra a mulher. Parentes e vítimas dessas agressões portavam faixas e cartazes numa bandeira em defesa da paz. Os dois últimos casos, somente no mês de maio, que chocaram a sociedade caxiense, foram utilizados como exemplo da brutalidade contra o público feminino.

Os parentes da escrivã de polícia civil Loane Maranhão da Silva Thé, 33 anos, morta a facadas dentro da delegacia da mulher no último dia 15, quando tomava depoimento de um homem acusado de abusar sexualmente das filhas menores de idade, participaram do protesto.

O Pai da estudante Shayara Campos, 20 anos, morta pelo companheiro dia 1° de maio, por motivações passionais, também clamou por justiça

A manifestação finalizou em frente à delegacia da Mulher em Caxias. Parentes e vítimas da violência contra a mulher no município fizeram um desabafo e cobraram mais agilidade nos processos que tratam sobre esses crimes.

 

Fonte: Mano Santos

Deixe seu comentário


Notícias Relacionadas