• Clínica Shirley Holanda
  • Semana do servidor
  • Netlux
  • SOS Unimed
  • Novo app Jornal O Dia
Coelho Neto - MA

Escrivã de polícia é morta a facadas dentro da Delegacia em Caxias(MA)

A arma utilizada no crime, uma faca de cozinha

15/05/2014 18:34h - Atualizado em 16/05/2014 08:36h

Vítima Loane
Vítima Loane

No chão as marcas de sangue mostram o tamanho da brutalidade. A vítima, Loane Maranhão Silva, 33 anos, escrivã de polícia civil. Ela foi morta a golpes de faca por volta das 11h30 desta quinta-feira (15), dentro da Delegacia de Polícia em Caxias. O acusado, foi preso em flagrante minutos depois, quando tentava fugir da cidade. Trata-se do servente de serviços gerais Francisco Alves Costa, 43 anos.

O crime teria sido motivado porque o homicida havia sido intimado a comparecer na Delegacia da Mulher. Ele estava sendo investigado por abuso sexual contra as próprias filhas. Hoje, uma com 17 e outra de 16 anos de idade, mas, desde quando começou os abusos, as meninas tinhas 9 e 10 anos. E seria ouvido pela delegada nesta quinta-feira.

Vendo a colega ser agredida e agonizando, a investigadora Marilene Santos Almeida, 47 anos tentou socorrer e também acabou atingida pelo assassino. Ela foi levada por uma ambulância da SAMU para o HGM e está em observação.

A arma utilizada no crime, uma faca de cozinha Loane sofreu perfuração no tórax e na garganta.


Fonte: Mano Santos

 


Deixe seu comentário


Notícias Relacionadas