• Clínica Shirley Holanda
  • Semana do servidor
  • Netlux
  • SOS Unimed
  • Novo app Jornal O Dia
Curimatá

Quadrilha explode Banco do Brasil de Curimatá e Assaltantes Acabam Mortos

Já foram confirmados cinco mortos, três foragidos e seis presos.

16/05/2016 16:30h - Atualizado em 17/05/2016 08:40h

Na madrugada do último dia 05 cerca de oito homens fortemente armados tentaram assaltar o Banco do Brasil da cidade de Curimatá, região Sul do Estado.  A agencia ficou completamente destruída.

Os assaltantes foram interceptados pela polícia, a ação foi frustrada, eles não conseguiram levar quase nada, ainda fizeram duas pessoas como escudo humano na hora da fuga.

veículos abandonados na fuga.

Já nas primeiras horas do confronto com a polícia um dos suspeitos veio a óbito, identificado como Cícero Augusto (Gugu), da cidade de Cabrobó-Pernambuco.

O secretário de Segurança Pública do estado do Piauí está à frente das buscas e conta com o apoio das policias da Bahia e Pernambuco.

Na noite de segunda-feira dia nove(09) os acusados fizeram duas pessoas como reféns, que foram liberadas  em seguida, entre  Avelino Lopes e Curimatá, o grupo fugiu numa D-20 deixando armas, explosivos e rádio comunicador, já na manhã de terça-feira do dia (10) em um novo confronto com a polícia, na zona rural do município  de Morro Cabeça no Tempo, dois  suspeitos de integrarem a quadrilha que explodiu o banco, identificados como Edvan José (VanVan) e Anaxandro Pereira( Neguinho), morreram após troca de tiro.

Quatro pessoas foram presas sob suspeita de dar apoio para a quadrilha.

Pela terceira vez, na tarde do dia doze(12) mais um dos suspeitos morreu em confronto com policias do Piauí, Pernambuco e Bahia, ele foi identificado como Everton Diego Moreira(Tom),da cidade de Cabrobó-Pernambuco, subindo assim para quatro o número de mortos.

A polícia civil conseguiu apreender armas de grosso calibre, munição e dinheiro que os envolvidos deixaram para trás. Dois homens acusados e fazer parte da quadrilha também foram presos.

 Equipes da policia Civil, Militar, GTAP, CIOSAC, CPAC Caatinga continuam nas buscas.

O suspeito de comandar a quadrilha, foi morto na manhã da última sexta-feira treze(13), em matagal próximo a cidade Morro cabeça do Tempo. Segundo informações, Edenilton Araquan era procurado no norte e nordeste e integrava o grupo conhecido como “Novo Cangaço”, uma das quadrilhas mas antigas e especializada a assalto a banco. No local onde ele estava escondido, foram encontrados armas, colete a prova de balas e dinheiro.

Já são cinco mortos , seis presos e outros três indivíduos  continuam foragidos suspeitos de participação ao assalto, mas estão cercados na mata pelas forças de segurança. 


Deixe seu comentário


Notícias Relacionadas