• Jovens escritores 2018
  • Patrimônio 30/04
  • banner marcas
  • Marcas Inesquecíveis 2018 26/03

Notícias Esperantina

08 de fevereiro de 2017

Prefeita Vilma Amorim inaugura unidade básica de saúde

Prefeita Vilma Amorim inaugura unidade básica de saúde

Na amanhã de hoje (08), foi inaugurada a unidade básico de saúde do residencial Alecrim, o prédio leva o nome da senhora Iracema de Paiva Oliveira. A indicação de nome da unidade básica de saúde foi do então vereador Jânio Ferreira de Aguiar e sancionado pelo prefeita Vilma Amorim. A solenidade de inauguração foi bastante prestigiada pela população, secretários municipais e pela família homenageada. 

Dr. Carlos Afonso Gomes filho de dona Iracema representou a família no ato solene e agradeceu a homenagem da unidade básica com o nome de sua mãe. “Eu quero somente é agradecer, Esperantina foi cidade que acolheu meus pais e como hoje nós vivemos no mundo muito descartável, mas todo nós temos uma historia, meus pais vieram corrido da seca do ceará, se instalou lutou, venceu  junto com minha mãe, nós adoramos esta cidade,minha era apaixonada por Esperantina, eu só tenho é que agradecer ao ex-vereador Jânio Aguiar, autor do projeto e esta pessoa maravilhosa que é a prefeita Vilma, ela é ligada muito a minha esposa e colocou o nome dela que é um dos lugares mais apropriados que é em uma unidade básica de saúde, minha família está muito feliz e muitos ainda vão sempre procurar, porque Iracema, mas isso vai ficar na história”. Falou Dr. Carlos.

O ex-vereador Janio Aguiar, agradeceu a prefeita Vilma Amorim por sanciona um projeto de lei de sua autoria e enalteceu a família homenageada pelos grandes serviços prestados a sociedade de Esperantina.

O presidente da Câmara Manoel Filho representando os demais vereadores presentes, Zé Germano, Inez Monção, Zé Claudio, Alcione, Domingos Luiz e Denival agradeceu a presença de toda comunidade. “Quero parabenizar esta comunidade por esta belíssima obra e também a família homenageada que tem uma grande historia na região norte do estado, a prefeita vem fazendo um grande trabalho, nestes dois anos de mandato, tirando as obras do papel e não é fácil e a sua equipe vem correspondendo as expectativas da comunidade e nós na câmara municipal estaremos a disposição para contribuir com o engrandecimento de nossa cidade”. Falou.

A secretaria de saúde Elizângela Amorim muito emocionada agradeceu a prefeita Vilma pela confiança a frente da secretaria de saúde e falou dos desafios que tem pela frente na pasta.

A prefeita Vilma Amorim agradeceu a todos os presentes e disse que a entrega de unidade básica de saúde é mais um vitoria de sua gestão e agradeceu também a parceria com a câmara municipal. “Esta homenagem é muita merecida tem tudo a ver com a historia de dona Iracema de seu Abraão Gomes e de toda sua família que ainda hoje prestam serviços na cidade, este conjunto é bem privilegiado em pouco tempo está recebendo uma unidade básica desta novinha e estão todos de parabéns, em 2015 em uma reunião foi lançado este desafio de construir esta obra e hoje em pouco tempo estamos entregando a comunidade, aqui tem uma equipe bem referenciada e agora nesta nova sede tem tudo para realizar um grande trabalho, a comunidade tem o dever de zelar por este patrimônio que é dos moradores, nós já entregamos duas unidades e hoje é a terceira, pra nós tem um significado muito grande, os avanços estão chegando mais sabemos que temos muito ainda o que fazer, neste ano vamos entregar com fé em Deus a unidade básica da Nova Esperança e do Canto da Palmeira, mas quero agradecer aos ex-secretários Albano e Fátima Alves pela contribuição que deram para que hoje estivéssemos entregando esta obra”. Disse.

A prefeita ainda falou que a  nova secretaria saúde tem uma capacidade de organização e juntar as pessoas do seu lado, e vai dar conta do serviço. “A gente precisa melhorar muito mais no atendimento, na qualidade do serviço oferecido na saúde mais principalmente no relacionamento com os funcionários que é um desafio muito grande, são mais de 400 servidores efetivos, e com este seu jeito vai fazer um grande trabalho, e nós queremos que esta equipe daqui deem resposta de mais qualidade a este moradores daqui do Alecrim, porque as pessoas necessitam serem bem acolhidas”. Concluiu.

A deputada Janaina Marques também marcou presença na solenidade e enalteceu o trabalho da prefeita Vilma Amorim a frente da gestão municipal. “È um prazer muito grande está aqui neste momento participando desta inauguração da unidade básica de saúde do residencial Alecrim, fiz questão de vir aqui, abraçar esta comunidade juntamente com a prefeita Vilma e os vereadores, e esta comunidade está de parabéns pela belíssima obra”. Disse. A deputada ainda falou de projetos e ações que viram para a cidade nos próximos dias, como a reforma da cachoeira do urubu, a estrada da comunidade Malhada do Meio, iluminação da ponte sobre o rio Longá e no anel viário e mais asfalto para cidade e também da conclusão das obras do mercado público municipal.

01 de fevereiro de 2017

Prefeitura desenvolve atividade do janeiro branco

Prefeitura de Esperantina desenvolve atividade do janeiro branco

A prefeitura de Esperantina por meio da secretaria de saúde realizou na manhã de hoje (31), na sede do CAPS I uma atividade com pacientes que são atendidos no setor.

O centro de atendimento psicossocial conta com atendimento de 02 médicos psiquiatras, uma enfermeira, uma psicóloga e duas assistentes sociais.

Além dos atendimentos realizados na sede toda terça feira, os profissionais atendem em regime domiciliar quando o paciente não tem condições de se dirigir ao centro e conta também com a parceria com o hospital Areolino de Abreu.

Na atividade com os pacientes, houve palestras sobre a importância de cuidar da saúde mental, dinâmicas e atendimentos.

Os transtornos mentais são um problema atual que afetam pessoas de todas as idades, culturas e perfis socioeconômicos. Estudos apontam que cerca de 20% da população mundial terá um problema ou distúrbio mental, em algum momento da vida. A depressão, por exemplo, já é considerada o mal do século e o segundo maior problema de saúde pública, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS).

No Brasil, a Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP) calcula que mais de 40 milhões de pessoas têm algum distúrbio mental. A previsão é de que nos próximos anos, 10% das mulheres e 6% dos homens terão algum episódio depressivo. Além da depressão, outras doenças psiquiátricas também tornaram-se conhecidas dos brasileiros, como os transtornos de ansiedade, a bipolaridade e a síndrome do pânico.

Para a secretaria de saúde Elizangela Amorim cuidar da saúde mental das pessoas é muito importante, é essencial ao bem-estar integral de cada indivíduo, pois afeta diretamente a vida, os relacionamentos, as atividades e o convívio social.

Para o médico psiquiatra Dr. Xavier é muito gratificante poder ajudar as pessoas a cuidar da saúde mental.

“A associação Brasileira de psiquiatria está tentando mudar esta ideia de que saúde mental tem ser cuidada apenas quando o problema acontece, mas sim tratar como saúde preventiva, então o janeiro branco é para explicar a população, como funciona o caps, neste mundo onde todos correm atrás do trabalho, da família, ter um ganho, cuidado com as violências, estudar, muitas vezes deixa a gente estafado, preocupado com medo, então trabalhando preventivamente seria bem melhor.

 No caps a gente trata de muitas coisas simples, não tratamos de doenças complicadas e serve de orientação para que as pessoas cuidem cedo para que não se transforme em coisas mais sérias”. 

Dr. Xavier ainda falou do grande número de preconceito que ainda existe com as pessoas que fazem tratamento de saúde mental e que o acompanhamento por parte da família é o mais importante.

“Ainda há muito preconceito por parte da sociedade, quando alguém procura tratamento de saúde mental, e pra gente ter uma boa saúde é preciso cuidar da saúde mental, esta ideia vem mudando e é preciso ter coragem de buscar uma ajuda para sair de uma situação qualquer, graças a Deus a população tem compreendido isso”. 

Quero aproveitar esta oportunidade para dizer que a família é responsável por 70% da recuperação de um paciente em tratamento de saúde mental e quanto mais eles abraçam a causa a recuperação é mais rápida”. Falou.

31 de janeiro de 2017

Esperantina receberá recursos para investir em saúde prisional

Esperantina receberá recursos para investir em saúde prisional

O Ministério da Saúde aprovou a adesão do município de Esperantina à Política Nacional de Atenção Integral à Saúde das Pessoas Privadas de Liberdade no Sistema Prisional (PNAISP), no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS).

A Portaria nº 277, que trata da aprovação da adesão, foi publicada no último dia 27 de janeiro. Com a aprovação, Esperantina receberá recursos destinados à habilitação de Equipes de Saúde no Sistema Prisional.

O município conta, hoje, com uma unidade prisional, a Penitenciária Regional Luís Gonzaga Rebelo. Além de Esperantina, São Raimundo Nonato, Bom Jesus, Altos, Floriano, Picos e Oeiras também receberão recursos do Ministério da Saúde.

De acordo com a diretora de Humanização e Reintegração Social da Secretaria de Justiça, Agatha Knitter, a adesão dos municípios à PNAISP representa um avanço na garantia à saúde nos estabelecimentos penais e na humanização do sistema prisional.

“É de fundamental importância que o Estado assegure à pessoa privada de liberdade as condições adequadas para a efetiva ressocialização. A atenção à saúde do preso é, sem dúvida, um dos pontos centrais dessa política de gestão”, pontua Knitter.

O secretário de Justiça do Estado, Daniel Oliveira, ressalta que a saúde da pessoa privada de liberdade nos presídios é um dos principais eixos de atuação do Governo do Estado, visando à consolidação do Plano de Modernização do Sistema Prisional do Piauí.

“Nossa meta é universalizar a saúde no sistema penitenciário do Piauí, com a adesão de Teresina e a aprovação dos recursos para Parnaíba, que já aderiu à PNAISP. Saúde é direito básico e indispensável a todos e é política de Estado garantir esse acesso à pessoa presa”, assinala.

25 de janeiro de 2017

Prefeita participa da abertura da Semana Padagógica

A cerimonia de abertura foi realizada no auditório da secretaria municipal de Assistência Social

Na manhã desta terça-feira (24/01), iniciou a Semana Pedagógica relativa ao ano letivo 2017 da rede municipal de ensino de Esperantina.

A cerimonia de abertura foi realizada no auditório da secretaria municipal de Assistência Social e contou com a presença da Prefeita Vilma Amorim, Presidente da Câmara dos Vereadores Manoel Filho, Secretária Municipal de Educação Elizabete Aguiar, o presidente sinspume James Luiz Machado, a secretaria de saúde Elizangela Amorim, Epaminondas Albuquerque, a secretaria de Assistência Social Regina Vale, a secretaria de governo Keila Sampaio e os vereadores Domingos Luiz, Alcione,  Denival, professor Marcílio Farias, diretora da escola Leonardo das Dores e  coordenadores, supervisores e gestores escolares e professores.

 Semana Pedagógica será realizada de 24 a 27 de janeiro, com o tema "Avalização e Reprovação", que será ministrado pela professora Debora Melo Rodrigues e na educação infantil o tema será “infância na contemporaneidade”.

 O evento tem como objetivo discutir o processo ensino-aprendizagem, a qualidade do ensino e as práticas pedagógicas, além de traçar ações inovadoras para o ano de 2017.

A secretaria de educação Bete Aguiar abriu a solenidade dando as boas vindas a todos os colegas e falou que este é um ano de grandes desafios para educação de Esperantina e agradeceu a prefeita Vilma pela confiança.

“Meus queridos amigos professores, nós temos um grande desafio para este ano que aumentar os nossos índices na educação, sei que cada um tem o seu compromisso com a educação de Esperantina, mas é preciso maior empenho para possamos levar a nossa educação a patamares que a cidade merece”.

 O presidente da câmara professor Manoel Filho, disse a câmara vai está dando total apoio as ações da educação no município.

A prefeita Vilma Amorim saudou a todos com um grande abraço e disse que este ano as responsabilidades são maiores e desafiadoras.

“Este ano os resultado precisam aparecer muito mais, porque a sociedade cobra isso da gente e é isso que a gente espera, o resultado de cada escola é o resultado dos professores que estão em sala de aula, porque tudo que acontece na educação é esforço de um conjunto de pessoas, que em 2017, a gente possa ter todas as condições de avançar e vamos trabalhar juntos para vencer todas as dificuldades, fiquei muto feliz pelo tema que será discutido, pois ele é muito importante, porque meche com educadores e com a família, a comunidade precisa participar cada vez mais no processo de aprendizagem”. Falou.

A prefeita aproveitou para esclarecer alguns assuntos sobre pagamento de abono férias e também sobre os transtornos causados por conta do banco e falou sobre o piso salarial que Esperantina é um dos poucos municípios que implanta o piso logo no inicio e aguarda apenas a normativa do MEC.