• show Legião Urbana
  • casa gourmet 2018
  • TV O DIA - fullbanner w3b
  • TV O Dia - fullbanner

Notícias Floriano

19 de novembro de 2018

Floriano realiza Encontro Nacional de Cinema e Vídeo dos Sertões

Floriano realiza Encontro Nacional de Cinema e Vídeo dos Sertões

A cidade de Floriano realiza, de 14 a 18 de novembro, a 13ª edição do Encontro Nacional de Cinema e Vídeo dos Sertões. O evento, que promete uma imersão no imaginário atual do cinema brasileiro, reunirá as mais belas imagens produzidas pelos cineastas que se comprometem em modernizar o fazer cinematográfico.

O público terá a oportunidade de ver o longa-metragem A Chave do Vale Encantado, do Rio de Janeiro, do diretor Oswaldo Montenegro, uma fantasia para o público infantil, nos leva ao mundo “real” dos personagens dos contos infantis.

Outros longas-metragens que farão parte do Encontro Nacional de Cinema são: Rebendo, da Paraíba; Ferrugem, do Paraná; O Barco, do Ceará; Bando um filme de:, da Bahia.

Além disso, o público poderá conferir também os curtas-metragens documentários: Tem criança no repente, do Piauí, que abrirá o encontro nesta quarta-feira (14); depois virão os filmes: Cantiliana e os herdeiros do mal de Lázaro, do Maranhão. Quanto mais longe vou, mais perto fico, do Pernambuco. Negrum3, de São Paulo e Que som tem a distância, do Rio Grande do Sul.

Entre as animações estão: Meu melhor amigo, de Minas Gerais; Invisível, do Rio de Janeiro; O malabarista, de Goiás; Solito, do Rio Grande do Sul; e Síndrome dos trópicos, de Sergipe.

E para os que pretendem investir na própria formação, o Encontro dos Sertões oferecerá gratuitamente oficinas, palestra, debates, painéis, com produtores, diretores e atores. Após as exibições será realizado o 13° Piauí Mix que apresenta este ano shows de música, dança e teatro.

O 13° Encontro Nacional de Cinema e Vídeo dos Sertões é uma realização da Escalet Produções Cinematográficas, com apoio do Governo do Estado do Piauí, por meio da Secretaria de Estado da Cultura (Secult) e ainda do Sistema de Incentivo Estadual à Cultura (Siec).

05 de julho de 2018

Governo realiza ação para regularizar 590 imóveis em Floriano

Objetivo é regularizar a situação de 440 mutuários

Mais de 50 mutuários da cidade de Floriano receberam ofícios de liberação de hipotecas, em mais uma ação de regularização fundiária do Programa Minha Casa Legal. E nessa terça-feira (3), o governador Wellington Dias e o diretor-presidente da Empresa de Gestão de Recursos do Piauí (Emgerpi), Décio Solano, oficializaram a entrega da regularização fundiária do Conjunto Paraíso (Floriano II), que tem 150 imóveis construídos, há 36 anos, pela extinta Companhia de Habitação do Piauí (Cohab-PI).

A solenidade de entrega da regularização do Conjunto Paraíso ocorreu  no Auditório do Centro Estadual de Educação Profissional Calisto Lobo, antigo Premem, situado no conjunto Irapuá. No ato solene, foi anunciado o desmembramento da área remanescente do conjunto Paraíso, cuja titularidade será transferida para a Universidade Estadual do Piauí (Uespi), Campus de Floriano.

Por meio do Programa Minha Casa Legal, a Emgerpi realiza, até esta quarta-feira (4), atendimento itinerante na cidade de Floriano, cujo objetivo é regularizar a situação de 440 mutuários que residem nos conjuntos habitacionais da Cohab e Iapep: Hermes Pacheco (110 UH), Irapuá (50 UH) e Pedro Simplício (280 UH). O atendimento itinerante será até as 17h desta quarta (4), no antigo Premem de Floriano.

Ao final destas ações de regularização fundiária urbana, a Emgerpi visa entregar os títulos de propriedade para 590 mutuários do município. Aproximadamente 2.360 pessoas serão beneficiadas por meio dessas ações do Programa Minha Casa Legal.

“É uma alegria entregar esses documentos para as famílias de mutuários que adquiram imóveis, no passado, por meio da extinta Cohab. Agora, essas pessoas poderão ir ao cartório para obter os títulos de propriedade dos imóveis, lembrando que elas pagarão apenas metade das taxas cartorárias. As ações de regularização fundiária realizadas pela Emgerpi possibilitam que os mutuários tenham mais dignidade e segurança jurídica na hora de provar que o imóvel é seu por direito”, disse o governador Wellington Dias.

A professora Maria de Lourdes Silva, que mora no conjunto Paraíso há 30 anos, estava entre os mutuários que receberam ofícios. “Para mim, é um sonho receber o ofício de hipoteca da minha casa. Sou a segunda morada da casa, mas faltava finalizar o processo para poder receber este documento que é muito importante para mim e tenho certeza que é importante também para muitas famílias do Piauí”, afirmou a mutuária.

No evento, Décio Solano declarou que as ações do Programa Minha Casa Legal são importantes, pois “são trabalhos que trazem o respeito e a segurança jurídica para os mutuários que moram em casas da extinta Cohab e Iapep. Continuaremos trabalhando para registrar e averbar outros conjuntos no estado e levar dignidade para os mutuários. Quero agradecer o apoio da Prefeitura de Floriano, equipe de cartório, às lideranças comunitárias do município e o empenho da equipe da Emgerpi para concluir o registro e averbação do conjunto Paraíso”.

Para o presidente da Associação de Moradores do Conjunto Paraíso, Domingos Apolo de Barros, "é uma alegria para todos nós participarmos deste evento, porque há muito tempo esperávamos receber a documentação das nossas casas. Hoje, a Emgerpi e o Governo do Estado estão de parabéns”.

Autoridades estaduais e municipais, diretores da Emgerpi, líderes comunitários e mutuários de outros conjuntos habitacionais de Floriano prestigiaram o evento.

22 de junho de 2018

Defensoria viabiliza documentos pessoais às famílias vulneráveis

Defensoria viabiliza documentos pessoais às famílias vulneráveis de Floriano

A 2ª Defensoria Pública Regional de Floriano, por meio de seu titular e também gerente regional da referida Comarca, defensor público Marcos Martins de Oliveira, tem buscado nas suas atribuições efetivar o papel de orientar os usuários de seus serviços com relação aos direitos que possuem não apenas em face de terceiros e do Estado, mas também – e fundamentalmente – perante a própria Defensoria.

Como parte dessas ações foi feita a entrega, no último dia 19, das certidões de nascimento e CPF das três filhas menores do assistido Josifran Gomes,  deficiente físico, sequelado de um acidente vascular cerebral é beneficiário do benefício assistencial (BPC da LOAS) que comprovadamente não tem condições financeiras para adquirir as segundas vias dos referidos documentos. A ação da defensoria atendeu a uma solicitação do Centro de Atenção Psicossocial (CAPS AD).

Marcos Martins explica que o CPF, assim como a certidão de nascimento, são documentos obrigatórios atinentes à implementação da cidadania. “Muitas vezes os mais carentes se sacrificam, sem condições financeiras, mesmo para a própria subsistência e se veem compelidos, diante da obrigatoriedade, a efetuar os pagamentos dos documentos básicos ao exercício da cidadania”, diz.

A assistente social Alane Santos Nunes, técnica do CAPS AD, relata que essa articulação realizada com a Defensoria Pública é de fundamental importância principalmente para que o cidadão possa continuar exercendo a sua cidadania, tendo seus documentos e os de seus familiares sempre atualizados. “Em especial também pelo fato de ser um usuário do serviço do CAPS AD III, que já sofre todo um preconceito e  estigmatização da sociedade em que vive, poder contar com tais serviços públicos e ser sempre bem recebido como qualquer outro cidadão digno de respeito e atenção”, destaca.

“Estou muito agradecido por ter conseguido a documentação das minhas filhas e pela atenção da Defensoria”, diz o assistido Josifran Gomes.

Em Floriano, como em todo o Piauí, a Defensoria Pública está sempre realizando e buscando a celebração de convênios, protocolos, ajustes, termos ou outros instrumentos de promoção e parceria entre órgãos governamentais às demandas que presta assistência e que garantem direitos aos que se declaram pobres na forma da lei, assim como nas solicitações de laudos psiquiátricos para os processos de curatela e internação através dos Centro de Atenção Psicossocial (CAPS II Adulto e ou CAPS AD); na aquisição gratuita de CPF via Correios; de informações do INSS para a confirmação de eventuais vínculos empregatícios; CREAS na requisição de laudos psicológicos e ou social, Cartórios de Registro Civil na emissão, sem custos, de segunda vias de certidão de óbito.

“Temos excelentes instituições parceiras, o INSS, o CAPS, CREAS, os cartórios de registro civil das pessoas naturais, o setor de identificação de registro civil do Espaço da Cidadania e os Correios, por meio dos quais conseguimos cotidianamente dados cadastrais, relatórios psiquiátricos, relatórios sociais e acompanhamentos de famílias em situação de risco, segundas vias de certidões de nascimento e casamento, de registro geral e emissão gratuita de CCPFs. Agradeço a todos! Contem  sempre conosco !”, enfatiza Marcos Martins de Oliveira.

28 de maio de 2018

Hospital de Floriano realiza encontros para falar sobre gestação e pós-parto

Hospital de Floriano realiza encontros para falar sobre gestação e pós-parto

O complexo do Hospital Regional Tibério Nunes, em Floriano, conta com um Centro de Parto Normal – CPN, especializado no atendimento às gestações de risco habitual, onde o parto natural é incentivado e realizado com equipe multiprofissional. Em média, são realizados 60 partos normais por mês, de pacientes vindas de diversos municípios da região sul do Estado.

Uma das diretrizes do CPN é o acolhimento humanizado, desde a chegada ao ambiente até a alta. A coordenadora da unidade, a enfermeira obstetra Ana Márcia Miranda, explica que são usados métodos e práticas para incentivar o parto natural. “O uso de equipamentos, como bola suíça, a massagem relaxante, banho com água morna, exercício respiratório, ações que estimulam a evolução natural do parto, com menos dores e estresses”, afirma. 

Para reforçar os vínculos entre as pacientes e o ambiente da maternidade, agora foi adotada uma tradicional estratégia para acolhimento às mulheres: a conversa para falar sobre tudo que se relaciona a gestação. Em um momento em que as interações sociais são feitas mais em ambiente virtual, a proposta é aproximar-se mais das futuras mamães, conversando, tirando dúvidas e eliminando medos.

"Na roda de conversa falaremos sobre trabalho de parto, parto normal, humanizado, tiramos as dúvidas das gestantes em geral, além das intercorrência que podem ocorrer durante a gravidez e ainda no pós- parto. Também será falado sobre os direitos e deveres das gestantes, como ter acompanhante nesse momento tão especial”, diz a enfermeira.

Também serão apresentados os serviços na assistência às gestantes e aos bebês. “Vamos mostrar os alojamentos, o CPN, como é o atendimento. As equipes também vão mostrar o serviço de fisioterapia, nutrição, psicologia, fonoaudiologia, UTI Neonatal, caso o bebê precise”, conta Ana Márcia.

O Hospital de Floriano, além de ser uma referência na assistência em alta complexidade no interior do Estado, oferta também um serviço de excelência no atendimento materno-infantil. São dez leitos de UTI neonatal, o Centro de Parto Normal, com cinco leitos, a Casa da Gestante e ainda toda estrutura hospitalar para aqueles casos que demandem um atendimento especializado.

A primeira roda de conversa será realizada nesta segunda, 28, a partir das 8h, no Centro de Parto Normal, do Hospital Regional Tibério Nunes. A participação é livre, sem necessidade de inscrição, e é aberta a pacientes tanto do Hospital, como de unidades localizadas nos municípios vizinhos.

20 de fevereiro de 2018

Serviço de neurocirurgia reduziu transferências de pacientes

Serviço de neurocirurgia em Floriano reduziu 50% das transferências de pacientes para Teresina

Levar serviços de alta complexidade para mais piauienses já é uma realidade que o Governo do Estado comemora, também, no sul do Piauí. Há um ano, a Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi) implantava o serviço de neurocirurgia no Hospital Regional Tibério Nunes, em Floriano, tornando essa região em uma referência em saúde da alta qualidade, comparável a grandes centros hospitalares.

A oferta do serviço no interior do estado reduziu cerca de 50% das transferências dessa área para a capital, já que atende urgência e emergência, com plantonistas especializados 24 horas. Em um ano, foram 1.439 pareceres, 276 cirurgias, 1.164 atendimentos ambulatoriais neurológicos, 575 internações (sendo 551 adultos e 24 pediátricas) e acompanhamento de 140 pacientes na UTI adulto e 10 na UTI neonatal.

“A neurocirurgia era um dos grandes problemas para a região sul do estado, devido ao número crescente de acidentes, principalmente de motocicletas, o que gerava um número significativo de transferências dos hospitais regionais para o HUT. Em um ano, percebemos o grande impacto da implantação do serviço em Floriano, com a redução significativa nas transferências de pacientes para a capital”, comenta Florentino Neto, secretário de Estado da Saúde.

Neurocirurgia em Floriano (Ascom Sesapi)
Neurocirurgia em Floriano (Ascom Sesapi)

Para a implantação da neurocirurgia, a Secretaria da Saúde dotou o hospital com o Centro de Diagnóstico por Imagem, com a oferta de exames de tomografia computadorizada. A realização desse procedimento impulsionou a instalação do serviço, o primeiro no centro-sul do Piauí a ofertar o serviço pelo Sistema Único de Saúde (SUS). O Tibério Nunes conta ainda com 10 leitos de Terapia Intensiva (UTI) adulta.

Assistência comparada aos grandes centros

O Tibério Nunes conta com 14 neurocirurgiões que atuam também no HUT. O neurocirurgião Cleciton Braga, que integra a equipe do Tibério Nunes e também do HUT, afirma que a assistência dada na unidade do interior do estado se equipara a de Teresina, como o Hospital de Urgência. “A neurocirurgia de Floriano faz todos os procedimentos cirúrgicos que o HUT faz. Em termos de cirurgias de traumas, qualquer uma é operada em Floriano, igual como seria no HUT. Material cirúrgico já tem na mesma quantidade e na mesma qualidade que tem no HUT”, afirma o profissional.

Ele relata que, na implantação, havia grande resistência por ser um serviço no interior. “No começo, a gente sofria muito isso. Eu mesmo operei uma sobrinha de uma técnica de Enfermagem que ela não queria que a gente operasse lá. Ela queria vir para Teresina, isso lá no começo. Eu disse para ela, ‘se ela fosse para Teresina, no dia seguinte ela ia me ver lá’. Garanti a ela que insumos e material humano são os mesmos, em Floriano e em Teresina”, disse Cleciton.

Neurocirurgia em Floriano (Ascom Sesapi)
Neurocirurgia em Floriano (Ascom Sesapi)

Passada a resistência inicial, com os resultados da resolutividade do serviço, houve o crescimento dos atendimentos, já que a segurança e qualidade foram sentidas pelos pacientes e familiares.

Daniela Alves, que acompanhava a irmã, Cleonísia Alves, vítima de acidente de trânsito entre Marcos Parente e Landri Sales, reconhece “que ela foi muito bem atendida. Sem falar que encurtou a distância. Se ela tivesse que ser transferida para Teresina, talvez ela nem chegasse viva.

O tempo na assistência, como citado por Daniela, é outro grande diferencial na asistência, como explica o neurocirurgião Cleciton Braga. “Alguns hematomas, se você operá-lo dentro de quatro a seis horas depois do trauma inicial, você consegue uma sobrevida ou uma qualidade de vida muito maior. Encurtar duas horas na assistência vai melhorar, e muito, a probabilidade dele sobreviver ou ficar sem sequelas”, explicou o médico.

15 de janeiro de 2018

Hospital receberá R$ 1,5 milhão em equipamentos pelo Renova Saúde

Hospital de Floriano receberá R$ 1,5 milhão em equipamentos pelo programa Renova Saúde

O Governo do Estado inicia mais uma etapa de modernização do parque tecnológico da rede hospitalar. Com o programa Renova Saúde, o Hospital Regional Tibério Nunes será a primeira unidade a receber equipamentos, cujos valores alcançam R$ 1,5 milhão em investimentos, beneficiando a população de todo o Território do Vale dos Rios Piauí e Itaueira. O secretário de Estado da Saúde, Florentino Neto, entrega, neste sábado (13), às 8h, os equipamentos em Floriano.

Na primeira etapa do programa, serão investidos mais de R$ 12,6 milhões em equipamentos que vão fortalecer a assistência desde a urgência, o diagnóstico, centros cirúrgicos e ainda cuidados intensivos nas UTIs adultas e neonatais.

Floriano receberá aspiradores de vapores, camas hospitalares adulto, CPap, desfibriladores convencionais, eletrocardiógrafo, focos cirúrgicos de solo móvel, sistema de vídeo laparoscopia/endoscopia rígida, autoclave hospitalar horizontal (acima de 350 litros), cardioversor, cardiotocógrafo, colposcópio, foco cirúrgico de teto, mesa cirúrgica, ventilador pulmonar pressométrico /volumétrico, aspirador de secreções elétrico móvel e sistema de endoscopia flexível.

Os recursos são de projetos da Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi), emendas do então senador Wellington Dias; senadora Regina Sousa, do deputado federal Assis Carvalho e do deputado federal Silas Freire.

30 de outubro de 2017

Conselho Regional de Fisioterapia oferece curso em Floriano

Profissionais e acadêmicos fizeram curso de curso de Fisioterapia em Neuropediatria

Em virtude da vasta área de atuação da Fisioterapia na Saúde, o Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional do Piauí (Crefito 14) oferece constantemente cursos de qualificação para profissionais e acadêmicos do curso em todo o Piauí.

Em Floriano, aconteceu, nos dias 26 e 27 de outubro, o curso de Fisioterapia em Neuropediatria, ministrado pela fisioterapeuta Ana Flávia Machado de Carvalho, na Faculdade de Floriano (FAESF). Durante o curso, profissionais e estudantes puderam aprender e atualizar técnicas e práticas do tratamento neuropediátrico por meio da Fisioterapia.

“As crianças vêm com algum tipo de lesão que atrapalha o desenvolvimento motor e o que nós objetivamos com a Fisioterapia é reabilitar essa função. É fazer a criança se tornar independente, que tenham um convívio social e um futuro como o de qualquer outra criança”, explica a fisioterapeuta Ana Flávia Machado de Carvalho.

Sérgio Henrique cursa o 6º período de Fisioterapia na FAESF e fala sobre a relevância do curso de Neuropediatria. “Esse curso é de extrema importância tanto na formação quanto na complementação dos profissionais e estudantes. Só vem para somar aos nossos conhecimentos e dar mais qualidade no atendimento à população”, afirma.

Na oportunidade, o presidente do Crefito 14, Marcelino Martins, destacou a necessidade de atualização profissional motivada pela constante expansão da Fisioterapia.  “Nós entendemos o desenvolvimento da Fisioterapia devido a essa contínua qualificação dos nossos profissionais, o que o Crefito 14 coloca como uma prioridade, sempre oferecendo cursos e eventos de conhecimento científico. Em Floriano, nós notamos claramente o avanço da qualidade do serviço fisioterapêutico e dos profissionais de grande competência”, frisa Marcelino Martins.

30 de junho de 2017

TCE-PI reúne gestores e controladores sociais em seminário em Floriano

TCE-PI reúne gestores e controladores sociais em seminário em Floriano

Prefeitos, presidentes de Câmaras Municipais e vereadores de Floriano, Guadalupe, Jerumenha, Baixa Grande do Ribeiro e outros municípios participaram da abertura do XXXIII Seminário de Formação de Controladores Sociais e Ouvidoria Itinerante, na noite desta quarta-feira (28), em Floriano (240 quilômetros ao sul de Teresina). Representantes do Ministério Público, Defensoria Pública, de entidades sindicais e da sociedade civil, conselheiros municipais e cidadãos em geral também estiveram presentes.

No total, 396 pessoas lotaram o auditório do Campus Amilcar Ferreira Sobral, da Universidade Federal do Piauí (UFPI), em Floriano. O evento é realizado pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE-PI), por meio da Escola de Gestão e Controle (EGC), com a finalidade de qualificar os gestores e capacitar os representantes da sociedade civil para o exercício do controle social da gestão pública. A abertura foi feita pelo presidente do TCE-PI, conselheiro Olavo Rebelo, pelo diretor da EGC, conselheiro-substituto Delano Câmara e pelo prefeito de Floriano, Joel Rodrigues.

A palestra de abertura foi feita pelo delegado da Polícia Federal Reinaldo Camelo de Carvalho, chefe da Delegacia de Repressão à Corrupção e a Crimes Financeiros (Delecor) no Piauí, sobre “Corrupção e Lavagem de Dinheiro”. O procurador José Araújo Pinheiro Júnior, do Ministério Público de Contas, falou sobre “Julgamento das Contas do Prefeito: Câmaras Municipais ou Tribunais de Contas?”; e o auditor de Controle Externo Alex Sertão, diretor da Dfap (Diretoria de Fiscalização de Atos da Administração Pública) do TCE-PI, discorreu sobre “Regime Próprio de Previdência Social”, seguido de debate entre os participantes.

O Seminário prossegue nesta quinta e sexta-feira, com minicursos sobre Responsabilidade Civil na Administração Pública Municipal, IEGM (Índice de Efetividade da Gestão Municipal), licitações e contratos, Regime Próprio de Previdência Social, mudanças na lei da terceirização, prestações de contas, dentre outros assuntos diretamente relacionados à gestão municipal. Os minicursos estão sendo realizados na Faculdade de Ensino Superior de Floriano (Faesf).

O Seminário e os minicursos são realizados com apoio da Prefeitura de Floriano e outras entidades parceiras, e faz parte das iniciativas do TCE-PI para melhorar a eficiência dos serviços municipais a partir da qualificação técnica dos gestores e do estímulo do cidadão à fiscalização e controle da gestão pública. Este ano, o evento já foi realizado em Parnaíba, Picos, Corrente e Piripiri.

29 de maio de 2017

Seid realiza Fórum Regional para Pessoas com Deficiência em Floriano

Seid realiza Fórum Regional para Pessoas com Deficiência em Floriano

Com o objetivo de levar informações e serviços às pessoas com deficiência, familiares e agentes que trabalham com essa causa, foi realizado, na sexta-feira (26) e no sábado (27), no Comércio Esporte Clube, em Floriano, o Fórum Regional de Políticas Públicas para Pessoas com Deficiência.  

O evento realizado pela Secretaria de Estado para Inclusão da Pessoa com Deficiência (Seid), em parceria com outros órgãos do Estado e a Prefeitura de Floriano, teve a participação de quase duas mil pessoas dos municípios que compreendem a região. 

O secretário da Seid, Mauro Eduardo, destaca a importância de descentralizar os serviços para as pessoas com deficiência do Piauí e levar mais informações sobre os direitos das PCDs. “O Governo do Estado, por meio da Seid, vem buscando melhorar, cada vez mais, a vida da pessoa com deficiência. O que nós queremos é que cada um de vocês possam absorver bem o que é repassado e que possam ser, a partir de amanhã, um defensor da causa dos direitos da pessoa com deficiência. Buscamos fazer com que a sociedade não veja essas pessoas como “coitadinhas’. Queremos que a sociedade veja as PCDs como cidadãos de direitos, que podem desenvolver qualquer atividade, de acordo com seu grau de deficiência”, destaca o gestor. 

A Coordenadora-geral do fórum, Helena Lima, fala que o evento é destinado às pessoas com deficiência, familiares e profissionais que trabalham a política de inclusão e moram na região de Floriano. “Promovemos dois dias de muitas informações e serviços. Levamos todas as políticas que o Estado oferece para a melhoria de vida das pessoas com deficiência ao município de Floriano. Na área da saúde, educação, esporte, lazer. Nosso fórum também objetiva a mudança atitudinal da sociedade em relação às PCDs”, destacou a coordenadora.  

 A assistente social de Simplício Mendes Ana Clotildes participou do encontro e falou da importância de realizar eventos que abordem os direitos das pessoas com deficiência. “Sou assistente social e pessoa com deficiência. Esse fórum é muito importante para que toda a sociedade conheça e respeite as pessoas com deficiência! ”, finaliza a profissional.  

Durante o fórum, foram realizadas palestras, oficinas e outras atividades no sentido de levar informações e serviços à sociedade voltados à temática do evento.

01 de março de 2017

Hospital de Floriano realiza primeira neurocirurgia no interior

Hospital de Floriano realiza primeira neurocirurgia no interior

O Sul do estado agora também é referência na assistência em neurocirurgia, com atendimento de urgência e emergência, ambulatorial e em procedimento cirúrgico. Desde o dia 20 de fevereiro, o Hospital Regional Tibério Nunes, em Floriano, implantou o serviço de neurocirurgia, numa estratégia da Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi) para descentralizar os serviços, levando esse tipo de assistência para mais perto do usuário.

Com a oferta do serviço, foi possível a realização da primeira neurocirurgia no interior do Piauí pelo Sistema Único de Saúde (SUS).  O paciente, um adolescente de 13 anos, do município de Nazaré do Piauí, passou pelo procedimento de drenagem de hematoma extradural, realizado na madrugada desse sábado (25), com quadro clínico bom, sem necessidade de leito de UTI.

Neste domingo (26), o secretário de Estado da Saúde, Francisco Costa, visitou o paciente, acompanhando ainda as novas instalações do hospital e a nova especialidade ofertada. “Foi compromisso do nosso governador Wellington Dias de poder iniciar, antes do Carnaval, esse importante serviço. Vários atendimentos já estão sendo feitos, inclusive com a realização do primeiro 

Secretário Francisco Costa visita obras da Saúde em Floriano( Foto: Eugênia Reis)

caso cirúrgico. O paciente está tendo uma boa evolução, com previsão de alta e não precisou de UTI. Um paciente que habitualmente iria para Teresina, lá para o HUT, agora pôde ser submetido a esse procedimento aqui, em Floriano, na primeira cirurgia dessa natureza realizada fora da capital”, afirma o gestor.

O secretário explica ainda que o hospital é dotado dos equipamentos necessários, com equipe especializada de plantão 24 horas. "Estamos adequando uma área específica para neurocirurgia, para o atendimento adequado e com total condições de receber qualquer paciente com politrauma”, disse Costa. A aquisição dos equipamentos para implantação do serviço é fruto de emenda parlamentar do deputado federal Assis Carvalho (PT-PI).

O gestor reforça que a reestruturação da assistência hospitalar em todo o estado segue numa estratégia definida pelo governador Wellington Dias, de poder levar para mais perto dos piauienses uma saúde resolutiva e descentralizada. “E Floriano sai na frente, com a implantação do serviço em 

O secretário visitou as obras no Hospital Regional Tibério Nunes ao lado do prefeito de Floriano, Joel Rodrigues( Foto: Eugênia Reis)

neurocirurgia. O volume que nós temos de traumas, de acidente automobilístico, de motocicleta, na nossa região, é muito grande. Vamos ter uma estrutura maior para evitar filas em corredores, essa grande problemática de todo hospital de urgência e emergência”, destaca o secretário da Saúde.

O prefeito Joel Rodrigues, que acompanhou a visita e que havia solicitado a implantação do serviço quando era deputado estadual, comemorou os investimentos do governo na região, especialmente na área da saúde. “São grandes investimentos feitos na região e no hospital regional, como esse importante serviço de neurocirurgia. Podemos acompanhar que o procedimentos estão sendo feitos, evitando desses pacientes irem para Teresina e facilitando a vida das pessoas que estão em Floriano e nos municípios vizinhos”, disse Joel.

Obras

Ainda no Hospital Regional Tibério Nunes, o secretário Francisco Costa visitou as obras em andamento, como a da ambiência obstétrica, a construção do Centro de Parto Normal (CPN) e da Casa da Gestante, colocando como meta a entrega para o primeiro semestre de 2017.

“Vamos entregar a ambiência no mês de abril e, em maio, inauguraremos o Centro de Parto Normal e a Casa da Gestante, novas estruturas da saúde, fortalecendo a assistência à mulher e ao bebê. E até o final de 2017, com os entendimentos com a prefeitura, implantaremos o Centro de Especialidades Médicas”, anuncia o gestor.

31 de janeiro de 2017

Em Floriano, governo investe mais de R$ 20 milhões em obras

Em Floriano, governo investe mais de R$ 20 milhões em obras

O governador Wellington Dias cumpriu agenda em Floriano nesta segunda (30), onde visitou e inaugurou obras executadas pelas secretarias estaduais de Saúde, Transportes e Cultura. Ao todo, mais de R$ 20 milhões estão sendo investidos na reforma do hospital do município, em patrimônios históricos e em espaços de lazer. 

Na área de saúde, dez leitos da Unidade de Terapia Intensiva Neonatal (UTIN), no Hospital Regional Tibério Nunes foram inaugurados. “Estamos cumprindo uma meta do nosso governo que é descentralizar ainda mais os serviços para as diversas regiões do estado. Floriano é uma cidade pólo da região sul do Piauí. Aqui, já conseguimos um Centro de Diagnóstico por Imagem e agora foram investidos cerca de R$ 2,7 milhões para tornar mais acessível a assistência às gestantes e bebês, ou seja, para salvar vidas”, destacou o governador.

Entrega de sementes e mudas em Floriano( Foto: Francisco Gilásio)

O Hospital de Floriano também ganhará a Casa das Gestantes, o Centro de Parto Normal e será reestruturado. Para tanto, o Governo do Estado em convênio com o Ministério da Saúde, irá liberar, através da Caixa Econômica Federal, recursos no valor de R$ 10 milhões. “Temos um projeto de ampliação que será de forma verticalizada. Iremos avançar para cumprir o objetivo do governo, que é colocar nos hospitais regionais uma capacidade resolutiva a ponto de diminuir o enorme fluxo em Teresina”, ressaltou o secretário de saúde, Francisco Costa.

Nas obras de urbanização e paisagismo da Avenida Esmaragdo de Freitas, mais conhecida como Beira-Rio, recursos no valor de R$ 8 milhões foram investidos nas obras. “Os serviços realizados foram de pavimentação, construção do canteiro central, passeio para ciclistas e pedestres e sinalização da via. Uma obra que vem acrescentar muito a Floriano, não só na fluidez e na segurança, mas como um cartão postal para a cidade, que terá mais uma forma de fomento da economia”, disse o secretário de Transportes, Guilhermano Pires.

Inauguração da pavimentação e urbanização da Avenida Beira Rio, em Floriano( Foto: Francisco Gilásio)

Já na área de cultura, Wellington Dias inaugurou a reforma do Espaço Christino Castro, que preserva parte da história de Floriano. Cerca de R$300 mil foram destinados ao local, que reúne museu, biblioteca, anfiteatro e loja de artesanato. Todo o teto da casa foi refeito, algumas salas ganharam novos forros, o piso, portas e janelas foram recuperados, além da parte hidráulica e elétrica. O Centro também ganhou uma nova pintura, na parte externa e interna. Para dar suporte ao anfiteatro, foi construído um camarim. A sala ganhou ainda um novo sistema de iluminação.

O Governo do Estado também tem investido na reforma da Cidade Cenográfica, palco de um dos maiores espetáculos da Paixão de Cristo no Piauí. A reforma contempla a estrutura, cobertura, forro, pavimentação, revestimento, pintura, instalações hidráulicas, elétricas e sanitárias, sistema de combate e proteção contra incêndios, arborização, além da aquisição de novos equipamentos. Os recursos são de R$ 500 mil.

“São espaços importantes que precisam ser preservados. A cidade cenográfica é o segundo cenário da maior Paixão de Cristo do Brasil e todos os anos recebe atores e milhares de pessoas prestigiam. Já o Espaço Cultural Cristino Castro é uma casa centenária, que conta a história desse desbravador de Floriano. Continuaremos com as ações para a conservação de patrimônios, que são essenciais para o fomento da cultura de um povo”, disse o secretário de Cultura, Fábio Novo.

Novos investimentos

Em Floriano, o governador Wellington Dias ainda fez a entrega de uma ambulância, autorizou a aquisição de equipamentos para o Hospital de Floriano e a retomada das obras de construção do matadouro público. Também se comprometeu a fazer uma Clínica de Desintoxicação de Dependentes Químicos, levar o curso de medicina e inaugurar a Unidade de Pronto Atendimento (Upa) até o final do primeiro semestre do ano. 

30 de janeiro de 2017

Wellington visita e inaugura obras em Floriano nesta segunda (30)

Wellington visita e inaugura obras em Floriano nesta segunda (30)

Na próxima segunda (30), o governador Wellington Dias cumpre agenda em Floriano e realiza inauguração e visita às obras executadas pelas secretarias de Cultura, Transportes e Saúde.  Cerca de R$ 9 milhões foram investidos pelo Governo do Estado.

Através da Secult, será entregue a reforma do Espaço Christino Castro. Cerca de R$ 300 mil foram investidos na reforma da casa que preserva parte da história de Floriano. O espaço, inaugurado em 2002, reúne museu, biblioteca, anfiteatro e loja de artesanato.

Todo o teto da casa foi refeito, algumas salas ganharam novos forros, todo o piso também foi recuperado, além da parte hidráulica e elétrica. As portas e janelas do casarão também foram recuperadas e o local ganhou uma nova pintura, na parte externa e interna. Para dar suporte ao anfiteatro, foi construído um camarim. A sala ganhou ainda um novo sistema de iluminação.

Além do Espaço Christino Castro, o Governo do Estado tem investido na reforma da Cidade Cenográfica. Palco de um dos maiores espetáculos da Paixão de Cristo no Piauí, a Cidade Cenográfica de Floriano está sendo reformada com apoio da Secretaria de Estado da Cultura (Secult), por meio de recursos do Sistema Estadual de Incentivo à Cultura (Siec). No total, estão sendo investidos R$ 500 mil.

A reforma contempla a estrutura, cobertura, forro, pavimentação, revestimento, pintura, instalações hidráulicas, elétricas e sanitárias, sistema de combate e proteção contra incêndios, arborização, além da aquisição de novos equipamentos. A data de entrega da obra ainda será definida.

O governador deve inaugurar no mesmo dia, obras de urbanização e paisagismo da Avenida Esmaragdo de Freitas, mais conhecida como Beira-Rio. Os serviços realizados na via foram terraplenagem, drenagem, pavimentação, construção do canteiro central, passeio para ciclistas e pedestres e sinalização da via.

No total, são 2,82 quilômetros de via pavimentada em concreto betuminoso usinado a quente (CBUQ), totalizando uma área de 49.730,00 m². Ao todo, foram investidos R$ 8.042.067,36, com recurso da operação de crédito Pró-Desenvolvimento II e do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado dos Transportes (Setrans).

10 leitos de UTI Neonatal em Floriano( Foto: Denise Nascimento)

Na Saúde, o hospital de Floriano receberá dez leitos da Unidade de Terapia Intensiva Neonatal (UTIN), no Hospital Regional Tibério Nunes. Essa unidade intensiva integra um conjunto de ações da Rede Cegonha nos cuidados e assistência às gestantes e bebês no Estado.

O hospital de Floriano passa por obras de ampliação onde já está em fase avançada de construção o Centro de Parto Normal (CPN) e casa da gestante. Com essas ações, os cuidados e assistência às gestantes e bebês se tornam mais acessíveis à população do sul do Estado.

10 de janeiro de 2017

Floriano se consolida como polo cultural do estado

Floriano se consolida como polo cultural do estado

A reforma e modernização dos espaços culturais mantidos pela Secretaria de Estado da Cultura (Secult) tornaram possível a descentralização de alguns projetos culturais, como Boca da Noite e Seis e Meia. Entre as cidades contempladas está Floriano, a pouco mais de 200 quilômetros da capital. Com a reabertura do Espaço Cultural Maria Bonita, a cidade ampliou eventos e passou a receber grandes festivais de música, teatro e cinema.

A reabertura da casa possibilitou a realização do Festival de Teatro Lusófono – Festluso, que no ano passado saiu de Teresina e também desembarcou no interior do Estado, incluindo Floriano no roteiro. O espaço sedia ainda grandes eventos de caráter nacional, como o Festival Nacional de Teatro – Pontos de Cultura e Grupos Independentes, que chega à quinta edição. Em novembro, o Maria Bonita também abrigou parte da programação do 11º Encontro Nacional de Cinema e Vídeos dos Sertões, realizado com apoio da Secult.

O Espaço Cultural Maria Bonita também recebe uma série de cursos e oficinas, colaborando com a capacitação, bem como formação de novos artistas. Em novembro, por exemplo, foi realizada a oficina de teatro “Ações físicas e vocais para atores”. Por meio do Sistema Estadual de Incentivo à Cultura (Siec), são realizados eventos na cidade, além da melhoria de espaços.

“A ideia é que, à medida que nós recuperamos os equipamentos culturais, essas cidades possam receber a circulação de editais. Em Floriano, nós já conseguimos um grande salto qualitativo nesse aspecto”, afirma o secretário de Estado da Cultura, Fábio Novo.

O casarão centenário que abriga o Espaço Cultural Christino Castro, em Floriano, também ganhou reforma e em breve será devolvido à população. O espaço, inaugurado em 2002, pertence à família do empresário Christino Castro e reúne museu, biblioteca, anfiteatro e loja de artesanato. Pouco mais de R$ 300 mil foram investidos na reforma da casa com o apoio do Governo do Estado.

“Todas essas ações ampliaram o número de pessoas atendidas das diversas formas, seja no acesso a espetáculos, exibição de filmes e acervo museográfico, como em oficinas e palestras que democratizam o acesso à cultura no município, finaliza Fábio Novo.

29 de novembro de 2016

Secretário de Saúde visita Hemopi e obra da UPA em Floriano

Secretário de Saúde visita Hemopi e obra da UPA em Floriano

O secretário de Estado da Saúde, Francisco Costa, participou, na sexta (25), das atividades alusivas ao dia Nacional do Doador de Sangue, no Hemopi de Floriano. Ele também verificou o andamento da construção da Unidade de Pronto Atendimento (UPA).

"Aqui em Floriano temos o fluxo médio de 500 mil habitantes, então estamos aumentando a estrutura e a oferta de serviços de saúde para que o município seja uma referência no nosso Estado. Essa nova estrutura será focada para atender as urgências e emergências, para que possamos desafogar o Hospital e implantar serviços especializados", comentou o secretário sobre a retomada da construção da UPA, cuja inauguração está prevista para o segundo semestre de 2017.

O gestor também visitou as obras de ampliação do Hospital Regional Tibério Nunes. "Aqui também estamos construindo o centro de parto normal, casa da gestante e UTI neonatal, além da aquisição de equipamentos para estruturação da unidade. As obras estão em fase avançada", declarou o secretário.

Dessa forma, com o aumento da demanda de pacientes, consequentemente há uma demanda maior pelos hemoderivados. "A proposta é dotar o hemocentro de Floriano com uma capacidade mais resolutiva, ele abastece significativamente a região. Precisamos da rede de apoio bem estruturada para dar suporte à ampliação da Saúde no Piauí", comentou Costa.





Enquete

Um jovem morreu ao sofrer descarga elétrica colocando celular para carregar. Quais cuidados você toma em relação a isso?

ver resultado