• SOS Unimed
  • Novo app Jornal O Dia
Itainópolis

Camara Municipal abre as atividades de 2017

Prefeito Paulo Lopes traça metas para o primeiro ano de sua segunda gestão

16/02/2017 15:55h - Atualizado em 16/02/2017 22:39h

O início dos trabalhos do Poder Legislativo aconteceu na noite de ontem, mediante a sessão de abertura, que não tem pauta deliberativa, mas que é a ocasião em que o prefeito apresenta para os vereadores as metas e estratégias de obras e serviços para o ano presente.

Previsto para as 19h00, o ato só começou 50 minutos depois, quando a presidente da Casa acolheu os que ali se faziam presentes. Rito que se seguiu com o pastor Zaqueu lendo um Salmo e fazendo uma oração, através da qual pedia a Deus bênçãos e sabedoria para os representantes do povo.

Depois foi a vez de Paulo Lopes, o qual, em seu pronunciamento, reforçou o que ele já vinha dizendo em campanha: vai manter as ações que deram certo em seu primeiro mandato e corrigir as que não deram. Em seguida, Dr. Paulo teceu uma breve avaliação de sua gestão passada, destacando a saúde, a educação, o social, a agricultura e a infraestrutura. E disse que essas áreas continuarão sendo prioridades em seu novo pleito.

Paulo Lopes também citou a crise financeira que o país vem sofrendo. Segundo ele, a responsável por muitas dificuldades que o município enfrentará este ano. “Ressaltamos que a maioria das soluções dos problemas públicos de Itainópolis necessitam de recursos financeiros, os quais têm diminuído nos últimos anos, devido à queda de arrecadação dos tributos, que já vem da consequência da crise econômica que o mundo enfrenta, principalmente o Brasil, que continua em recessão econômica.” Afirmou o prefeito.

Ainda em menção à crise econômica nacional, ele disse que, segundo o Governo Federal e os estudiosos, a economia do Brasil, ao invés de crescer, encolherá 3%, ao passo que as despesas deverão aumentar 11%. “Devemos governar obedecendo a Lei de Responsabilidade Fiscal, que proíbe o gestor gastar mais do que arrecada. Assim, devido à queda de recursos constantes, bem como os efeitos da estiagem/seca e das dívidas da Prefeitura, infelizmente, deveremos fazer menos obras e prestaremos menos serviços do que desejaríamos e a população merece.” Previu Dr. Paulo, para quem os gastos que não são prioritários devem ser contido, de forma a evitar que a assistência básica em saúde, educação e assistência social seja afetada.

Dito isso, o prefeito reeleito explanou concretamente a sua meta de trabalho para o ano de 2017, entre as quais ele destacou: conclusão da 1ª etapa da Praça da Juventude e conclusão definitiva do Estádio Municipal; calçamento de várias ruas da cidade e da Várzea Grande; conservação das vias públicas urbanas; abertura de ruas novas; asfaltamento das principais ruas da cidade; recuperação das estradas do Tombador, Alagoado, Patos, Lagoa dos Cavalos, Pinga, Lagoa Achada, Malhada Alta e Tanque de Terra; conclusão de duas Unidades Básicas de Saúde (Itainópolis e Vila Barbosa); muro em torno da quadra poliesportiva do colégio Odete Ferreira Nunes; conclusão da quadra poliesportiva da Várzea Grande; cobertura e o piso da quadra poliesportiva do Riachão; água tratada para a cidade de Itainópolis; conclusão do sistema de abastecimento de água de Malhada Alta; extinção do modelo de ensino multisseriado; continuidade à construção de duas escolas modernas, padrão FNDE (uma em Itainópolis  e outra em Maxixe); ampliação e construção de unidades básicas de saúde nas comunidades; instalação do SAMU e CAPS; desenvolvimento de políticas públicas e implementação dos programas sociais do Governo Federal, para redução da extrema pobreza; continuação com o convênio PRONATEC; assistência técnica para os criadores; entre outras medidas.

E o prefeito encerra: “ressaltamos que vamos tentar transferir os recursos do Projeto de Urbanização do Morro Nossa Sr.ª de Fátima, para a construção de um parque de lazer e balneário nas imediações da passagem molhada”.

O clima pacífico evocado no início da sessão só durou até a palavra ser facultada aos legisladores. Depois que o vereador Erivan cobrou do gestor mais transparência em suas ações, sobretudo na área do esporte, os discursos  se tornaram acalorados, e houve troca de farpas entre oposicionistas e aliados ao prefeito.

Fonte: Anderson Monteiro
Edição: Anderson Monteiro
Por: Anderson Monteiro

Deixe seu comentário


Notícias Relacionadas