• SOS Unimed
  • Novo app Jornal O Dia
Itainópolis

Comitiva de itainopolenses vai à capital reivindicar asfalto

Burocracia na tramitação jurídica é a explicação para demora no início da obra

21/06/2017 21:16h - Atualizado em 21/06/2017 21:55h

Uma comitiva liderada pelo prefeito Paulo Lopes foi ontem (20) a Teresina saber de Castro Neto, diretor geral do Departamento de Estradas e Rodagens, por que o asfaltamento da PI 245 ainda não foi executado. Os membros da comitiva também pediram ao diretor celeridade na iniciação da obra.

Junto com Dr. Paulo, compunham o grupo de reivindicantes o vice-prefeito, Valderson Dantas; o vereador João Batista; o proprietário de van Neto Crispim; o deputado Francis Lopes; o ex-prefeito de Simplício Mendes Zé Lopes e também o advogado Pedro Luís, irmão de Valderson.

O que todos queriam saber, a princípio, era por que a reforma da pista, até agora, não foi iniciada, apesar de o governador já ter autorizado. O impasse – segundo Castro Neto – começou com o atraso da realização da obra, pois no período em que foram iniciar, as condições em que se encontrava a pista já era diferente de quando o projeto foi feito. “Quando o projeto de uma estrada é feito, ela tem que ser feita na hora. Não foi o que aconteceu em Itainópolis. Quando foram fazer a obra, já estava diferente da realidade do projeto”, explica Castro Neto.

Perguntado por que a obra não foi realizada logo que o projeto foi feito, Castro Neto disse apenas que não sabe, pois, na época, não era ele o diretor do DER.

Zé Lopes pediu a Castro Neto um prazo para a questão ser resolvida, mas este só garantiu que até a primeira quinzena de julho vai apresentar o nome na construtora que deverá executar a obra. E esclareceu como se dá a burocracia entre os licitantes num caso desses. “Tem um tempo de perguntar, tem um prazo para a resposta, tem um prazo para a contestação... Tem tudo isso”. Apesar disso, o diretor do DER garantiu que vai priorizar o orçamento do órgão para o asfalto de Itainópolis.

Ele foi informado de que, na parte de engenharia, já está tudo pronto. Porém é preciso esperar vencer o prazo da tramitação jurídica dos processos de licitação. Castro acredita que isso não venha a ser um problema, mas disse também que a segunda colocada ainda não foi contactada, pois era justamente ontem que a rescisão do contrato da primeira estava acontecendo.

Castro Neto afastou a possibilidade de questões político-partidárias fazerem parte do empecilho. Para ele, só a cidade de Itainópolis é o que importa. E ressalta sua relação com políticos de ambos os lados. “Sou amigo do Francis Lopes, conheço o Mainha de infância, conheço o Tadeu, conheço o Frank Aguiar. Já fui lá na cidade várias vezes e sei também da importância e da necessidade da estrada. A política está fora disso.”

O diretor do DER elenca cinco prioridades dele à frente do órgão e coloca entre elas o asfalto de Itainópolis. Para isso, ele diz estar tendo todo o cuidado de obedecer aos aspectos jurídicos e técnicos, para que tudo ocorra bem e a obra saia com qualidade. Ele também reconhece as péssimas condições em que se encontra a pista em questão. “Fui a Picos, Queimada Nova, Fronteiras, Floresta, São João do Piauí, Lagoa do Barro, Nova Santa Rita, Paes Landim, João Costa, Oeiras, Simplício Mendes, Isaías Coelho... e de todas as estradas que eu já passei, até agora, a de Itainópolis é, simplesmente, a pior delas. Então, é uma estrada muito importante, é prioridade e tem que ser feita”. Conclui.

Neto Crispim externou sua preocupação com a qualidade do asfalto e pediu que o diretor fique atento a isso. Neto também agradeceu a recepção que teve e a presença das lideranças políticas na reunião.

João Batista ressaltou que a população de Itainópolis já está incrédula quanto à feitura da pista. “As pessoas até alegam esse descaso que tem havido com Itainópolis”, disse o vereador. Ele ainda revelou os questionamentos dos itainopolenses: 'Será se vão fazer só no ano da eleição?' Mas Castro Neto retrucou: “Essa estrada começa este ano. Não tem sentido começar em ano de eleição, não”.

Valderson pediu que, dentre as cinco prioridades que o diretor citou, Itainópolis seja a primeira a ser solucionada.

Pedro Luís também fez uso da palavra e reiterou as falas dos demais e acrescentou: “Em nome da população de Itainópolis, que seja uma atenção mais conceituada por parte de Vossa Excelência, porque, com certeza, isso vai ser benefício para todo o município.”

Os integrantes da comitiva avaliaram como positiva a reunião com o diretor do DER. Para Paulo Lopes, houve uma sensibilização. "Ele nos deu uma boa notícia, a de que nossa estrada está entre as prioridades do governo", declarou o prefeito itainopolense, que já vinha tendo outras tratativas com o governador acerca do caso. Neto Crispim ficou otimista porque, apesar de o diretor não ter definido data, sinalizou para a metade de julho o início da obra. O vice prefeito Valderson também se mostrou confiante: “Ficamos com uma esperança enorme de logo logo a obra dessa estrada recomeçar. E estamos aqui não como partidários, mas sim em nome da sociedade de Itainópolis. Vamos saindo daqui com o pé direito”. Finalizou.


Deixe seu comentário


Notícias Relacionadas