• Curta Doar
  • Teresina 167 anos
  • Casa dos salgados
  • Novo app Jornal O Dia
Jaicós

JAICÓS: Idosos deixam de comprar medicamentos para comprar água

“A água falta, mas a conta da AGESPISA nunca falta”, afirmam os moradores da cidade

09/11/2012 12:39h

Moradores dos bairros Nova Olinda e Armínio José de Sousa em Jaicós denunciam que a falta de água nas residências têm causado inúmeros problemas aos moradores, que mesmo sem dispor de água nas torneiras, ainda são obrigados a pagar a conta da AGESPISA mensalmente.

Desde que o Açude Tiririca, maior reservatório responsável pelo abastecimento de água em toda a cidade, secou, e a maior parte da população jaicoense passou a ser abastecida por poços tubulares perfurados pela AGESPISA, o problema aumentou para os moradores desses bairros. Um único chafariz localizado em frente à Creche Tia Lourdinha, é o único local onde essas pessoas podem recolher água para as suas necessidades mais básicas.

Para Manoel Messias, vice-presidente da ADECBAN - Associação de Desenvolvimento Comunitário dos Bairros Armínio José de Sousa e Nova Olinda, boa parte dos moradores estão comprando água em carros-pipas. "A água em Jaicós hoje em dia é uma fonte de renda para alguns donos de poços", afirmou.

Devido a grande demanda, os moradores passam a maior parte do dia em filas tentando levar um pouco dessa água para casa. Segundo a Conselheira Tutelar Sirlene Lopes, os idosos e as crianças são os que mais sofrem com a situação. "Muitos idosos estão deixando de comprar seus medicamentos para comprar água e as crianças estão deixando de frequentar a escola", disse.

A Senhora Agnela Joana da Conceição, moradora do bairro Armínio José de Sousa, reclama que falta água até para dar banho nas crianças. "Num calor desses que nós vivemos, nunca temos água para nada. Passamos boa parte do dia e até da madrugada em frente ao chafariz para recolher um pouco de água para as nossas necessidades e a gente pagando a AGESPISA e ainda precisando comprar água. A água falta, mas a conta nunca falta", desabafou Dona Agnela.

Na tarde desta quinta-feira, os moradores ainda se depararam com outro grave problema. A bomba do poço que manda água para o chafariz que abastece o bairro queimou e a água desapareceu de vez.

POR: Otávio Veloso

Fonte: Otávio Veloso
Por: Geysa Silva

Deixe seu comentário


Notícias Relacionadas