• Clínica Shirley Holanda
  • Semana do servidor
  • Netlux
  • SOS Unimed
  • Novo app Jornal O Dia

Notícias Lagoa Alegre

02 de setembro de 2011

Renilson Bispo

O Poeta

RENILSON BISPO DOS SANTOS PERFIL LITERARIO

O jovem escritor Renilson Bispo dos Santos, natural de Miguel Alves-PI. E hoje lagoalegrense por meio do titulo de cidadania conferido a ele pele a Câmara Municipal de Lagoa Alegre, no dia 19-12-2009.
O professor Renilson publicou Caminhos Poéticos em 2008, com lançamento no auditório da camara municipal de Lagoa Alegre-PI, em 26-07-2008, na ocasião, cerimônia recebeu o reconhecimento literário de autoridades que estiveram presentes, alem de elogios e aplausos de professores, estudantes e simpatizantes da poesia, seu estilo literário.
Renilson já recebeu convites para ingressar, ocupar cadeira na academia da região de sete cidades
Hoje membro da União Brasileira de Escritores- UBE-BRASIL.
Hoje membro da camara Brasileira Jovens Escritores, com publicações na mesma e foi eleito entre os cem melhores poetas do Brasil para a 55ª coletânea de poetas do Brasil pela mesma em 2009.
Tem publicações no Recanto das Letras, onde é um dos poetas mais lidos.
Já foi homenageado em varias escolas não só em Lagoa Alegre, mais em outros municípios União, Miguel Alves.
Renilson prepara-se para lançar seu próximo livro intitulado: Sonhos que Sonhei Que traz uma coletânea de poesia organizada por tema, Por isso o livro é divido em quartos partes EU LIRICO, REFLEXAO, CONCEIÇAO E SOCIEDADE. Área, a fim de facilitar a leitura.
O livro é apresentado pelo o escritor Jose Joaquim de Sousa
Renilson, escritor, jovem simples e sempre com passos importantes e ajudando a construir uma sociedade culta e literária baseada sempre em Sonhos que sonhou.

15 de julho de 2011

Lição de Vida

Lição de Vida

Criança triste

Um belo dia de sol, Sr. Mário, um velho caminhoneiro
chega em casa todo orgulhoso e chama a sua esposa
para ver o lindo caminhão que comprara
depois de longos e árduos 20 anos de trabalho.
Era o primeiro que conseguia comprar
depois de tantos anos de sufoco e estrada.
A partir daquele dia, finalmente seria seu próprio patrão.
Ao chegar à porta de casa,
encontra seu filhinho de seis anos,
martelando alegremente a lataria do reluzente caminhão.
Irado e aos berros pergunta o que o filho estava fazendo e,
sem hesitar, completamente fora de si,
martela impiedosamente as mãos do garoto,
que se põe a chorar desesperadamente sem entender o que estava acontecendo.
A mulher do caminhoneiro corre em socorro do filho,
mas pouco pôde fazer.
Chorando junto ao filho,
consegue trazer o marido à realidade,
e juntos levam o garoto ao hospital para cuidar dos ferimentos provocados.
Passadas várias horas de cirurgia,
o médico desconsolado e bastante abatido,
chama os pais e informa que as dilacerações foram de tão grande extensão,
que todos os dedos da criança tiveram que ser amputados.
Porém, o menino era forte e resistia bem ao ato cirúrgico, devendo os pais aguardá-lo no quarto.
Ao acordar, o menino ainda sonolento
esboçou um sorriso e disse ao pai:
-Papai, me desculpe. Eu só queria consertar seu caminhão, como você me ensinou outro dia. Não fique bravo comigo.
O pai, enternecido e profundamente arrependido,
deu um forte abraço no filho e disse que aquilo não tinha mais importância.
Não estava bravo e sim arrependido de ter sido tão duro com ele
e que a lataria do caminhão não tinha estragado.
Então o garoto com os olhos radiantes perguntou:
- Quer dizer que não está mais bravo comigo?
- É claro que não! - respondeu o pai.
Ao que o menino pergunta:
- Se estou perdoado papai, quando meus dedinhos vão nascer de novo?

Nos momentos de raiva cega, machucamos as pessoas que mais amamos,
e muitas vezes não podemos "sarar" a ferida que deixamos.
Nos momentos de raiva, tente parar e pensar em suas atitudes,
a fim de evitar que os danos seja irreversíveis.
Não há nada pior que o arrependimento e a culpa.
Pense nisto!