• Clínica Shirley Holanda
  • Semana do servidor
  • Netlux
  • SOS Unimed
  • Novo app Jornal O Dia
Luzilândia

Assessoria de Alderico afirma que o mesmo não foi cassado pelo TRE

Candidato segue campanha em Luzilândia enquanto aguarda resultado no TRE

12/09/2012 09:54h

ESCLARECIMENTO:

A assessoria do candidato a prefeito de Luzilandia, Dr. Alderico (PTB), e vice Oliveirinha (PP) entrou em contato com O DIA para esclarecer que os mesmos não tiveram a candidatura cassada pelo TRE, como noticiado em vários veículos de comunicação.

Todos os eventos de campanha da coligacao "A Forca do Povo Continua" continuam ocorrendo dentro do planejado e com participacao popular, além da presença de lideranças politicas.

Confiante na Justica Eleitoral piauiense, a coordenação de campanha de Dr Alderico aguarda, portanto, a manifestação do TRE quanto ao recurso impetrado contra a decisao do Juiz do municipio.O médico Alderico Gomes Tavares que teve seu o pedido de registro de candidatura a prefeito de Luzilândia indeferido pelo MM. Juiz Eleitoral da 27ª Zona Eleitoral, interpôs Recurso Ordinário para continuar na campanha eleitoral e o processo segue em segredo de justiça.

TRE JÁ DISTRIBUIU RECURSO DE CANDIDATURA A PREFEITO DE LUZILÂNDIA

O médico Alderico Gomes Tavares que teve seu o pedido de registro de candidatura a prefeito de Luzilândia indeferido pelo MM. Juiz Eleitoral da 27ª Zona Eleitoral, interpôs Recurso Ordinário para continuar na campanha eleitoral e o processo segue em segredo de justiça.

Depois de juntadas, ainda na 27ª Zona Eleitoral, as contra-razões apresentadas pelas duas coligações adversárias (Hyran e Jaqueline), o processo subiu para o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PI) onde foi autuado sob numero - RCAND nº 134-19.2012.6.18.0027, e distribuído para o JUIZ JOÃO GABRIEL FURTADO. Logo a seguir, o processo foi encaminhado para vistas da Procuradoria Regional Eleitoral, onde foi recebido às 17:05h.

VEJA O PROCESSO NO DIVULGACAND

Fonte: Com informações da Assessoria de Alderico e portal Luzilândia Online
Por: Geysa Silva

Deixe seu comentário


Notícias Relacionadas