• Clínica Shirley Holanda
  • Semana do servidor
  • Netlux
  • SOS Unimed
  • Novo app Jornal O Dia
Luzilândia

Funcionários da prefeitura com quatro meses sem salário fizeram manifestação

Alberto Carvalho afirma que culpa é das gestões anteriores

24/08/2012 11:32h

Funcionários da rede municipal de educação de Luzilândia realizaram na manhã desta quinta feira (23) uma manifestação reivindicando o pagamento de quatro meses de salários atrasados. Professores, merendeiras, vigias e zeladores se reuniram e caminharam até a Secretaria Municipal de Educação indo até a prefeitura onde intensificaram a manifestação pedindo uma solução para o problema.

O Atual prefeito, Alberto Carvalho, se defende colocando a culpa nas antigas gestões que não fizeram o repasse previdenciário ao INSS, o que teria gerado uma dívida não parcelada junto à Receita Federal, ocasionado o bloqueio dos repasses à prefeitura do Fundo de Participação do Município.

Em 2008 o Governo Federal criou a Lei 11.738/08 a qual estabeleceu um piso mínimo nacional para os trabalhadores da educação e os recursos vêm diretamente da esfera Federal.

Os manifestantes usaram cartazes e carro de som para divulgarem suas reinvindicações. Alguns depoimentos emocionados deram conta da situação em que se encontram algumas famílias que têm este salário como única fonte de renda.

Segundo Ronaldo Borges, em declaração numa rede social, a Prefeitura de Luzilandia demitiu os funcionários com quatro meses de salarios atrasados.

Fonte: Luzilandia.com
Por: Geysa Silva

Deixe seu comentário


Notícias Relacionadas