• Curta Doar
  • Teresina 167 anos
  • Casa dos salgados
  • Novo app Jornal O Dia
Luzilândia

Pedido de impugnação contra prefeita eleita pode fazer Luzilândia ter nova eleição

Ema Flora teve dificuldades em ajuizar candidatura para vereadora junto ao TCE

16/10/2012 14:26h

Advogados da Coligação "Com a Força de Deus e a Vontade do Povo" ingressaram com impugnação do registro de candidatura da prefeita eleita de Luzilândia Ema Flora, por Fraude Eleitoral, Estelionato Eleitoral e pela Lei do Ficha Limpa. Ema Flora que a principio era candidata a vereadora teve dificuldades para o registro da sua candidatura, porque suas contas como Secretária Municipal de Ação Social foram reprovadas pelo Tribunal de Contas do Estado do Piauí, o que lhe incluiria no rol de "fichas sujas" e ingressou com ação judicial com pedido de efeito suspensivo, objetivando prevenir que seu nome constasse na lista e assim garantir a sua candidatura, ficando o julgamento desse recurso para depois.

No dia 06 de outubro, menos de um dia para as eleições, Ema Flora ajuizou pedido de registro de candidatura em substituição a Alderico Gomes Tavares, que renunciou a sua candidatura a prefeito de Luzilândia, porque estava inelegível, tendo seu registro sido indeferido em primeira e segunda instâncias.

Fonte: Portal Esp
Por: Geysa Silva

Deixe seu comentário


Notícias Relacionadas