• Piauí Férias de Norte a Sul
  • SOS Unimed
  • Ecotur 2019
  • Novo app Jornal O Dia

Notícias Massapê do Piauí

28 de fevereiro de 2012

Wilton declara que não admitirá o uso da tribuna da Câmara como palanque

Wilton declara que não admitirá o uso da tribuna da Câmara como palanque

Seção foi realizada na câmara de vereadores da cidade

O vereador presidente da Câmara Municipal de Massapê do Piauí, Dr. Wilton Coutinho (PMDB), declarou durante seu pronunciamento na Sessão de abertura do ano legislativo de 2012, ocorrida no último dia 15, que não admitirá o uso da tribuna como palanque político.

O assunto eleição permeia os discursos de alguns vereadores na Câmara desde 2011. Sem freios, alguns parlamentares, tendo em mente a liberdade total de expressão na tribuna, se dão ao direito de falar sobre o que bem entendem.

Normalmente, em anos de eleição, o clima político chega a gerar um ambiente tumultuado nas Câmaras Municipais. As discussões políticas acabam ganhando sempre um ambiente de cunho polítco eleitoreiro, prejudicial aos deveres e responsabilidades dos integrantes do Legislativo.

Wilton declarou que irá manter o decoro parlamentar, respeitando a Lei Orgânica e o Regimento Interno. "Estamos no estado democrático de direito, no qual todos os cidadãos podem expressar suas opiniões, exceto quando estas ferem e denigrem qualquer cidadão. Sabemos que calúnias e difamações é crime, e essa prática será inadimissível nesta Casa", disse.

Na luta desesperada pelo voto, muitos vereadores fazem da tribuna das Câmaras um verdadeiro palanque eleitoral, muitas vezes num violento, agressivo e desafiador atentado à inteligência dos eleitores, cidadãos e contribuintes.

Tal pronunciamento já foi registrado em Massapê. O vereador oposicionista, Davi Felipe Alves (PP), já no seu primeiro pronunciamento na tribuna, chegou a relacionar nomes de pré-candidatos ao Poder Executivo e Legislativo Municipal, no grupo político da oposição.

No município de Massapê, a política é intensa e as "campanhas" são iniciadas de forma precoce. Desde já, cada grupo político e pré-candidatos já executam as suas estratégias na tentativa de garantir a sua vaga, delimitando território num campo eleitoral.

Transportar pessoas, doar remédios, materiais de construção e outros benefícios, o que é cultura em municípios do interior, como Massapê, se torna rotina diária entre os políticos e até propaganda política. Tal fato também foi propagado na tribuna da Câmara de Massapê. Vereadores deveriam legislar, discutir as questões locais e fiscalizar o ato do Executivo Municipal, trabalhar em função da melhoria da qualidade de vida da população, elaborando leis, recebendo o povo, atendendo às reivindicações, desempenhando a função de mediador entre os habitantes e o prefeito.

30 de outubro de 2009

Prefeitura de Massapê convoca aprovados em concurso

Prefeitura convoca aprovados em concurso público para provimento de cargos da administração pública municipal

O prefeito municipal de Massapê do Piauí, Francisco de Sousa Coutinho, o Sousinha (PSB) publicou na tarde desta quinta-feira (29) o Edital de Convocação dos aprovados no concurso público para provimento de cargos da Administração Pública Municipal.

Considerando a Homologação do resultado final do concurso, publicado no Diário Oficial dos Municípios, edição desta quinta-feira (29) e regido pelo Edital 01/2009, o documento convoca para os dias 03 e 04 de novembro, a entrega dos documentos exigidos para a admissão dos aprovados, conforme o Edital.


Conforma consta no Edital, serão exigidos dos candidatos as seguintes cópias dos documentos acompanhadas dos originais ou devidamente autenticadas



Veja os documentos exigidos:

o comprovante da qualificação exigida;


o Ser brasileiro nato ou naturalizado ou português; em caso de nacionalidade portuguesa, estar amparado pelo estatuto de igualdade entre brasileiros e portugueses, com reconhecimento de gozo de direitos políticos, nos termos dos incisos I e II e § 1º do artigo 12 da Constituição da República e do Decreto nº 70.436/72, respectivamente;


o duas fotos 3x4 (iguais), coloridas e recentes;


o original da Carteira de Trabalho;


o Cópia autêntica da Carteira de Identidade;


o Cópia autêntica do CPF;


o Cópia autêntica do Título de Eleitor e do último comprovante de votação;

o Certificado de Reservista, se do sexo masculino;


o Certidão de Casamento (se casado) ou da Certidão de Nascimento (se solteiro);


o declaração de não exercer cargo/emprego na Administração Pública Direta ou Indireta, inclusive Fundações instituídas ou mantidas pelo Poder Público, Empresas Públicas e Sociedades de Economia Mista Federal, Estadual ou Municipal, excetuados os casos previstos em lei;


o comprovante de vacinação de filhos até cinco anos de idade;



o Certidão de Nascimento de filhos menores de 18 anos;



o comprovante de conta bancária, se detentor de conta corrente;



o comprovante de residência em seu nome ou nome dos pais, onde conste seu endereço completo, inclusive o CEP.



o Declaração de Bens



o Ter a idade mínima de 18 (dezoito) anos;



o Declaração de não ter sofrido condenação criminal com pena privativa de liberdade transitada em julgado
ou qualquer condenação incompatível com o cargo pretendido;



o Apresentar comprovante de registro no Conselho da Categoria devidamente atualizado.