• assinatura jornal

Notícias Miguel Alves

05 de abril de 2016

Mais de 5 mil famílias são contempladas com doação de feijão

Mais de 5 mil famílias de Miguel Alves são contempladas com doação de feijão

Mais de 5 mil famílias do município de Miguel Alves estão sendo contempladas com doação de feijão. A entrega do alimento foi iniciada nesta sexta-feira (1º), no Centro de Convivência de Idosos (CCI) do bairro São Miguel. No total, são mais de 28 mil quilos de feijão para serem entregues às famílias mais carentes do município.

“A distribuição é resultado de uma parceria firmada entre a Prefeitura de Miguel Alves e o Governo Federal, através da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). Mais de 400 famílias dos bairros São Miguel, Coeb e Angelim já receberam feijão. Vamos dar continuidade à distribuição nas próximas semanas, incluindo a zona rural e outros bairros do município”, explica o secretário municipal de agricultura, José Adauto do Nascimento.

Cada família beneficiada está recebendo o equivalente a quatro quilos de feijão. “Essas famílias estão cadastradas e são atendidas por programas sociais”, completa José Adauto. Os próximos locais de entrega serão definidos e divulgados durante a semana.

“Essa parceria é muito importante e certamente esse feijão vai fazer a diferença na mesa de muitas famílias carentes de Miguel Alves. Vamos continuar buscando alternativas e benefícios para melhorar a qualidade de vida da nossa população”, conclui a prefeita Salete Rêgo, que também participou do primeiro dia de distribuição.

17 de março de 2016

Prefeitura amplia pagamento de gratificações de incentivo a professores

Prefeitura de Miguel Alves corrige ilegalidade e amplia pagamento de gratificações de incentivo a professores do município

A Prefeitura de Miguel Alves passou a pagar o adicional por tempo de serviço a 129 professores da rede municipal e regulamentou a gratificação de difícil acesso do Plano de Cargos, Carreiras e Salários do Magistério. Ao todo, o município conta com 329 professores.

O adicional por tempo de serviço é um incentivo de 5% sobre o salário oferecido ao servidor, a cada cinco anos de serviços prestados. Por meio de auditoria, foram identificados 200 professores que estavam recebendo o mesmo benefício duas vezes, o que é ilegal. Dessa forma, foi realizada a correção da folha de pagamento, o que possibilitou que todos os professores tivessem direito ao mesmo benefício.

De acordo com a prefeita de Miguel Alves, Salete Rêgo, a correção foi uma questão de justiça com todos os professores. “Não reduzimos o salário dos professores, apenas corrigimos um erro presente na folha de pagamento, uma vez que, a legislação não permite o recebimento da mesma gratificação mais de uma vez. Além de corrigir uma ilegalidade, pudemos beneficiar mais servidores”, explica.

A gratificação de difícil acesso é paga aos professores que precisam se deslocar para uma localidade distante da sede do município. Com a regulamentação, ficou determinado que o incentivo deverá ser pago durante o período escolar e varia de acordo com a distância das unidades escolares.

15 de março de 2016

Mais de 70% dos eleitores de Miguel Alves já foram recadastrados

Mais de 70% dos eleitores de Miguel Alves já foram recadastrados

O cadastramento biométrico no município de Miguel Alves segue até o dia 21 de março e o Cartório da 17ª Zona Eleitoral já cumpriu quase 73% da meta de recadastramento dos eleitores do município. A meta é recadastrar 80% do eleitorado do município. O eleitor também pode agendar o recadastramento até o dia 17 de março.

Estão sendo realizados 420 cadastramentos por dia no cartório eleitoral do município. Ao todo, 24 mil eleitores miguelalvenses devem realizar a revisão eleitoral e o cadastramento biométrico até a próxima segunda-feira (21). Senhas estão sendo distribuídas nas localidades mais distantes do centro do município para a efetivação do cadastramento no cartório.

Para a prefeita de Miguel Alves, Salete Rêgo, a adesão ao sistema biométrico só traz benefícios. “O sistema biométrico garante maior segurança durante a votação, inibindo fraudes”, destaca.

Caso o eleitor não compareça ao cartório até o dia 21 de março, seu título será automaticamente cancelado. O eleitor que tiver o título cancelado pode procurar o cartório eleitoral para regularizar a situação até o dia 4 de maio de 2016. Após esta data, o CPF do eleitor também será cancelado. O horário de funcionamento do cartório é das 7h às 18h.

Os documentos necessários para o cadastramento biométrico são:

- Comprovante de endereço (original e cópia);

- Título de eleitor original;

- Documento de identificação com foto (original e cópia);

- CPF (original e cópia);

- Certificado de reservista (somente homens).

08 de março de 2016

Prefeitura vai implantar merenda escolar saudável em Miguel Alves

Prefeitura vai implantar merenda escolar saudável em Miguel Alves

A Prefeitura de Miguel Alves, por meio das secretarias municipais de Agricultura e Educação, promoveu uma reunião com representantes das associações de agricultores locais que fornecem gêneros alimentícios para merenda escolar da rede municipal de ensino.

Mais de 50 agricultores se reuniram no auditório do Bolsa Família para conversar sobre a organização do abastecimento das escolas com verduras e hortaliças para este ano. A aquisição dos produtos é feita com recursos do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE)- uma iniciativa do Governo Federal e executado em parceria com estados e municípios. O PNAE prevê que pelo menos 30% do recurso destinado pelo governo federal para a alimentação escolar seja voltado para a agricultura familiar e para os produtores locais.

O secretário de educação Jilton França, explica que programa começou a ser executado em 2013, no início da gestão da prefeita Salete Rêgo. “Em 2015, foram investidos mais de R$ 86 mil, por meio de chamada pública, na compra de produtos da agricultura familiar local e na garantia de alimentação saudável para os estudantes, contemplando 35 agricultores locais”, afirma o secretário.

A prefeita de Miguel Alves, Salete Rêgo, explica que, durante a execução do programa, foi estabelecida uma forte parceria com todas as associações de agricultores envolvidas. “Queremos agradecer a todas as associações de agricultores envolvidas nesse processo e que ajudam a fazer desse programa uma das boas ações da nossa gestão”, diz Salete Rego. 

Para o secretário municipal de Agricultura, José Adauto, o PNAE é um programa que gera renda para quem verdadeiramente produz, garante alimentação saudável para os estudantes e fortalece a economia local.

05 de março de 2016

Prefeita busca de recursos para obras no município em Brasília

Prefeita de Miguel Alves busca de recursos para obras no município em Brasília

A prefeita de Miguel Alves, Salete Rêgo, esteve na sede do Fundo Nacional de Desenvolvimento e Educação (FNDE), em Brasília, em busca da liberação dos recursos para dar continuidade à construção de quatro escolas nas localidades Tapuio, Lembrança, Tamanduá e Piedade, duas creches e quatro quadras poliesportivas nas comunidades Calção Redondo, Centro do Designo, Cupins e Piedade.

No Ministério da Saúde, a gestora tratou sobre a liberação de recursos para a conclusão da Unidade Básica de Saúde (UBS) de São Pedro, ampliação e reforma de nove postos de saúde, duas academias de saúde e a liberação da última parcela referente à construção de três UBS's já concluídas. “Também discutimos a liberação de recursos de emenda do deputado Júlio César para equipar os nove postos de saúde e a UBS de São Pedro. Foram dois dias de muito trabalho, mas bastante proveitosos”, afirma.

Em visita ao Ministério das Cidades, Salete Rêgo reivindicou recursos para a pavimentação de vias públicas, reforma e equipamentos para o Hospital Pedro Vasconcelos, com o apoio do senador Ciro Nogueira e deputado federal Júlio César. A liberação de recursos da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) e Ministério das Cidades já estão empenhados.

Já no Ministério da Agricultura, a prefeita Salete Rêgo solicitou a liberação de recursos para conclusão de obras de recuperação e construção de estradas já iniciadas.