• assinatura jornal

Notícias Piripiri

12 de setembro de 2014

Escolas públicas de Piripiri têm Ideb acima da média nacional

Escolas públicas de Piripiri têm Ideb acima da média nacional

Duas escolas públicas de Piripiri tiveram nota de destaque no ranking do Ãndice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), divulgado este mês, pelo Ministério da Educação e Cultura (MEC). Isso porque elas superaram a meta estabelecida pelo Governo Federal para o ano de 2022, que é de 6 pontos.

A Unidade Escolar Padre Freitas atingiu 6.4, enquanto o Centro Educativo Municipal Antônio Ferreira Neto chegou a 6 pontos. De acordo com o MEC, as escolas brasileiras têm até o ano de 2022 para alcançar este patamar no Ideb, que mede a qualidade da educação básica no país.

No geral, o MEC mostrou as escolas públicas de Piripiri avançaram no Ideb, se comparados os índices atuais aos últimos números, divulgados em 2011. No Ensino Fundamental I, onde é avaliado o desempenho dos alunos da 4ª série ou 5º ano, a média do Ideb passou de 4 para 4.5 pontos em 2013. Já no Ensino Fundamental II, que avalia os alunos de 8ª série ou 9º ano, a média subiu de 3.8 para 4.1 no município.

De acordo com a secretária municipal de Educação, Eliana Teles, a melhoria do ensino em Piripiri é reflexo das ações do poder público municipal em prol da educação, especialmente com a valorização de professores e a melhoria da estrutura física das escolas. âTemos trabalhado com planejamento e compromisso para que nossos alunos tenham acesso a uma educação de qualidade em nosso municípioâ, pontua a secretária.

Eliane ressaltou, ainda, que seis alunos da rede municipal de Piripiri foram classificados na primeira etapa da Olimpíada Brasileira de Português deste ano. Segundo ela, a secretaria recebeu nesta semana o comunicado do MEC sobre a disputa. Ela lembrou também que, em 2013, um aluno da zona rural recebeu um diploma de menção honrosa pela sua pontuação nas Olimpíadas Brasileiras de Matemática. 

26 de agosto de 2014

Odival Andrade inaugura obras na zona rural de Piripiri

Odival Andrade inaugura obras na zona rural de Piripiri

O prefeito de Piripiri, Odival Andrade, inaugurou, nesse domingo (24), várias obras na zona rural do município, em atendimentos do projeto Gabinete Itinerante. Uma das obras entregues foi o posto de saúde construído na comunidade Açude do Governo.

De acordo com os moradores, sem o novo posto de saúde era preciso que a população se deslocasse até a comunidade São Luís, a cerca de 20 km de distância, para receber os atendimentos básicos de saúde. Em homenagem ao antigo rezador da região, a nova unidade se chamará Pedro Pereira do Nascimento.

Após a solenidade no posto de saúde, Odival Andrade inaugurou o trecho da estrada que liga o Açude do Governo ao povoado Passaporte. âEssa via, apesar da importância, estava intransitável e abandonada, assim como muitas estradas da nossa cidade. Estamos revertendo essa situação e, desde o início da gestão, já construímos ou reformamos mais de 600 km de estradas só na zona ruralâ, afirma Odival Andrade.

Ainda no domingo, o prefeito seguiu para a localidade Baixão, onde inaugurou a Escola Municipal Raimundo Pereira do Nascimento. A unidade de ensino foi reformada e ampliada. âA partir de agora, todos os colégios construídos na nossa gestão seguirão o mesmo padrão de qualidade e acabamento dessa que fizemos no Baixãoâ, reforça Odival Andrade.

Na comunidade, também houve a reabertura do posto de saúde, que passou por uma reforma e está com a equipe ampliada para realizar os atendimentos básicos aos moradores da região.

25 de agosto de 2014

Prefeitura de Piripiri inicia inscrições para novos cursos do Pronatec

Prefeitura de Piripiri inicia inscrições para novos cursos do Pronatec

Começam nesta sexta-feira (22) as inscrições para 80 vagas em dois novos cursos profissionalizantes gratuitos para mulheres de Piripiri. A ação é uma parceria da Prefeitura de Piripiri, do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) e do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Piauí (IFPI). 

As vagas disponíveis são para cursos profissionalizantes nas áreas de recepcionista e auxiliar de costura. Ao todo, são 80 novas vagas para aulas que acontecerão no IIFPI de Piripiri, no período da tarde, com carga horária de 160 horas.

As inscrições podem ser feitas a partir desta sexta-feira (22), às 8h, na sede da Secretaria Municipal do Trabalho, Assistência e Desenvolvimento Social (SETAS), localizada na rua Aurélio Mangabeira, bairro Centro. Para efetuar a inscrição é preciso levar RG, CPF, Ficha do Cadastro Ãnico ou Bolsa Família, comprovante de residência e uma foto 3x4.

âTodos os alunos receberão ajuda financeira, alimentação e material didático. Trata-se de uma grande oportunidade para que as mulheres de Piripiri se qualifiquem e aumentem suas chances de inserção no mercado de trabalhoâ, afirma a secretária da SETAS, Clarinda Andrade.

A seleção é válida pelo Programa Mulheres Mil/Pronatec. Para participar dos cursos, as candidatas devem ter idade mínima de 18 anos e ter estudado o Ensino Fundamental I completo, independente de estarem ou não trabalhando. O período de inscrições segue até o preenchimento das vagas. 

 â

19 de agosto de 2014

Prefeitura realiza ações para evitar propagação de incêndios em Piripiri

Prefeitura realiza ações para evitar propagação de incêndios em Piripiri

A Prefeitura de Piripiri, através da Secretaria de Infraestrutura e Meio-ambiente (Seinfra) e da Coordenadoria de Defesa Civil, realiza um trabalho preventivo contra a propagação de queimadas na região do Horto Florestal.

O trabalho consiste na abertura de aceiros para evitar o avanço de possíveis focos de incêndio. "As queimadas são comuns nesta época mais quente do ano, por conta da vegetação seca. Queremos evitar esses transtornos, que acabam prejudicando a saúde da população e contribuindo com o aumento da temperatura", explica o coordenador da Defesa Civil, Diógenes Cruz.


A equipe trabalha com duas máquinas e a expectativa é que o trabalho seja concluído até esta terça-feira (20). Além do Horto, também será feito um aceiro às margens da rodovia BR-343, na área que vai desde o Balão do Engancho (entrada para o Açude Caldeirão) até o Balão do Chico Jovem. 

"Com essa ações, se por ventura acontecer algum incêndio, os carros-pipa terão facilidade de acesso à área afetada", diz Diógenes Cruz, enfatizando que a Defesa Civil municipal está formando uma brigada de incêndio em Piripiri, com ajuda do Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Ibama) e com o Tiro de Guerra para combater incêndios na região.

15 de agosto de 2014

Piripiri terá primeira central municipal para armazenar vacinas do Piauí

Piripiri terá primeira central municipal para armazenar vacinas do Piauí

A Secretaria de Saúde do Município de Piripiri (SESAM) anunciou, nesta quinta-feira (14), a construção de uma central municipal de rede de frios. Com o funcionamento da central, Piripiri será a primeira cidade do interior do Piauí a contar com uma rede própria, que garantirá o armazenamento mais seguro de vacinas e outras substâncias imunobiológicas.

A construção da central custará cerca de R$ 1,1 milhão. Há ainda a verba de R$ 500 mil para a aquisição de equipamentos. A central ficará localizada na Av. Raimundo Holanda Sobrinho e contará com um gerador de energia e um o veículo próprio para o transporte das vacinas.

Atualmente, as vacinas enviadas a Piripiri ficam armazenados em uma sala no Centro de Saúde Adalto Coelho de Resende.

O secretário municipal de Saúde, Wilson Andrade, ressalta a importância da nova central e o ineditismo da conquista: "Hoje, quando ocorre uma queda de energia, há o risco de perda de material por conta da alteração de temperatura. A central vem para modificar essa situação, pois um gerador vai garantir que não haja mais esse tipo de prejuízo", diz Wilson Andrade.

O projeto da construção da Central Municipal de Rede de Frios de Piripiri foi aprovado na Comissão Intergestora Bipartite, em encontro realizado em Teresina, neste mês de agosto. Na ocasião, a coordenadora de Programas e Projetos da SESAM de Piripiri, Miriane Araújo, representou o município.

08 de agosto de 2014

I Fórum Comunitário do Selo Unicef coloca Piripiri na disputa pela premiação

I Fórum Comunitário do Selo Unicef coloca Piripiri na disputa pela premiação

A Prefeitura de Piripiri promoveu, nessa quarta-feira (6), o I Fórum Comunitário do Selo Unicef â Município aprovado. O evento é mais uma etapa que culminará na premiação das melhores iniciativas das cidades brasileiras em prol da proteção aos direitos da criança e do adolescente.

O fórum foi coordenado pelo Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) e aconteceu na Praça de Eventos de Piripiri. A ação conseguiu reunir representantes de vários órgãos do poder público municipal, do poder judiciário e de instituições sociais, que irão elaborar um plano de ação para a proteção da criança e do adolescente que vive em Piripiri.

âà preciso comprometimento e trabalho para que possamos assegurar às crianças e jovens melhores condições de vida e a proteção necessária para que eles possam crescer com dignidadeâ, afirma o prefeito de Piripiri Odival Andrade, ao fazer a abertura do fórum.

Durante o fórum, cerca de 400 participantes foram divididos em grupo para as discussões. O prefeito Odival Andrade nomeou os 12 membros dos diversos segmentos sociais que vão compor a comissão para reforçar a elaboração do plano.

âO município de Piripiri dá hoje, neste fórum, os primeiros passos no compromisso de desenvolver um conjunto de ações estratégicas de políticas públicas e de participação social voltadas para a melhoria da qualidade de vida da criança e do adolescenteâ, pontuou Tiziana Araújo, articuladora do Selo Unicef em Piripiri. Ela enfatiza que as ações devem ser concretizadas até o ano de 2016. 

Várias autoridades marcaram presença no fórum, como a primeira dama e secretária da Assistência Social, Clarinda Andrade; o secretário de Saúde, Wilson Andrade; a vereadora Eunice Barros e a presidente do Conselho dos Direitos da Criança, Diva Damasceno. 

O evento contou ainda com a participação de representantes da Pastoral da Criança, das escolas municipais e estaduais, da Fundação Monte Tabor e do Conselho Tutelar, além de vários sindicatos e associações de moradores.