• Curta Doar
  • Teresina 167 anos
  • Casa dos salgados
  • Novo app Jornal O Dia
São João do Piauí

São João do Piauí e João Costa terão usina de energia solar

São joão do PI

22/12/2012 10:19h

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), por meio de sua Superintendência de Concessões e Autorizações de Geração, registrou o recebimento de requerimento de outorga de quatro usinas de energia solar (fotovoltaicas) - e de seus respectivos sistemas de transmissão de interesse restrito, que somam 120MW de potência instalada, nos municípios de São João do Piauí e João Costa.

A Sertão Solar Energia solicitou a instalação das Usinas Fotovoltaicas Sertão 1 e 2, ambas de 30MW cada, na cidade de João Costa. As outras duas usinas, Sobral 1 e 2, também de 30MW cada, são de responsabilidade da Sobral Solar Energia para implementação na cidade de São João do Piauí. Ambas as empresas são de São Paulo.

O requerimento de outorga da concessão é o primeiro passo para a construção das usinas. Com a publicação do despacho - feita no último dia 12 de dezembro de 2012 -, as empresas interessadas poderão realizar as ações necessárias à implantação do empreendimento, inclusive iniciar a sua construção, devendo apresentar, no prazo de 60 dias, os documentos requeridos pela ANNEL, inclusive o licenciamento ambiental e o estudo de impacto ambiental.

As especulações sobre a instalação de uma usina de energia solar em São João do Piauí iniciaram a partir da procura por terras na região próxima à subestação de energia da Chesf. Até então, para evitar a especulação imobiliária, as informações sobre que empreendimento seria construído vinham sendo mantidas em segredo.

Saiba mais sobre a energia solar

A transformação da energia solar em energia elétrica é com certeza uma das melhores opções de geração de energia no que diz respeito a impactos ambientais, pois esta causa baixo impacto ao meio ambiente. O potencial energético via raios solares é também o mais abundante, pois o Sol irradia sobre a Terra anualmente algo equivalente a 10 mil vezes a energia consumida pela população mundial no mesmo período.

O aproveitamento da energia solar tem ocorrido em baixa escala, pois o custo de produção dos painéis é elevado. Futuramente, com o investimento adequado, as usinas solares poderão substituir outros tipos de usinas que causam um alto impacto ambiental.

A instalação deste tipo de usina normalmente é feita em regiões com baixa taxa de nebulosidade, onde na maior parte do ano, os dias são ensolarados. É interessante também fazer a instalações em regiões com baixa umidade relativa do ar e clima mais seco, pois assim, não há também um grande índice de pluviosidade, obtendo melhores resultados na geração.

A instalação consiste basicamente na instalação de painéis fotovoltaicos, por isso, regiões planas e elevadas são preferenciais.

Fonte: Pé de Figueira
Por: Geysa Silva

Deixe seu comentário


Notícias Relacionadas