• Piauí Férias de Norte a Sul
  • SOS Unimed
  • Ecotur 2019
  • Novo app Jornal O Dia
São Luis do Piauí

Mais Educação começa no Povoado Santana

Programa do Governo Federal, que idealiza escola em tempo integral é iniciado em escola do interior.

05/05/2015 08:34h

A Unidade Escolar Manoel de Barros e Silva, localizada no Povoado Santana, no município de São Luís do Piauí - PI iniciou na manhã de sexta-feira, 24 de abril, as atividades do Programa Mais Educação.

O programa

O Programa Mais Educação é uma iniciativa “do Governo Federal para induzir a ampliação da jornada escolar e a organização curricular, na perspectiva da Educação Integral.” (FONTE: site do MEC)

As aulas do programa acrescentam três horas na carga horária do aluno participante e acontecem em período oposto ao do escolar. O programa tem como público alvo os alunos do 1º ao 9º ano do Ensino Fundamental que estudam na Escola Manoel de Barros e Silva.

Da presença

Estiveram presentes a aula inaugural a primeira dama do município Salete Silva, a coordenadora geral do município Francisca das Chagas, o professor comunitário e diretor da escola Valmir Barros, os monitores, pais e alunos que participarão do programa.

O local

No Povoado Santana, as atividades vão acontecer às quartas e quintas-feiras na Unidade Escolar Joana Almira. Segundo a primeira dama, Salete Silva, “a escola, que desde o início do ano estava fechada por falta de alunos para a escola convencional, é o local ideal para realização do programa”.

Os recursos

De acordo com a coordenadora geral Francisca das Chagas, a escola recebeu recursos para seis meses de atividades. Esses recursos serão aplicados em quatro oficinas.  

Os monitores

Os monitores são Fabiano Hipólito de Sousa, Iracema de Sousa Rocha e Maria das Graças Barros, ex-alunos da escola Manoel de Barros e que agora vão atuar como voluntários no Programa.

As atividades

Entre as oficinas oferecidas pelo programa estão as atividades de Acompanhamento Pedagógico, Esporte e Lazer, Direitos Humanos em Educação Patrimonial e Cultura e Artes, pois segundo a primeira dama Salete, “a escola optou por atividades que despertem o talento dos nossos alunos, seja nas artes, na música ou até mesmo na docência. Quem sabe se dessas turmas não sairá um artista, um pintor ou até mesmo o próximo monitor? ”


Por: Leidiane Rocha – Jornalista – DRT: 1457/PI

Deixe seu comentário


Notícias Relacionadas