• Piauí Férias de Norte a Sul
  • SOS Unimed
  • Ecotur 2019
  • Novo app Jornal O Dia
São Luis do Piauí

SOCIALIZAÇÃO DE PROJETOS NA ESCOLA DE SANTANA

Evento reúne alunos, pais, e comunidade escolar para apresentação de atividades.

02/09/2014 10:56h - Atualizado em 02/09/2014 11:17h

.

Depois de um mês de intensas atividades durante as aulas de Artes e Ensino Religioso, professores, alunos e colaboradores da Escola Municipal Manoel de Barros e Silva (EMMBS) tiveram nessa sexta-feira, dia 29, uma tarde especial: o evento de socialização dos projetos sobre três datas comemorativas do mês de agosto.

Os projetos

O projeto “Resgatando valores éticos, morais e sociais”, sobre o Dia dos Pais; o projeto “Dia do Estudante: um mês especial”, sobre o Dia do Estudante e o projeto “Resgatando e Valorizando a Cultura Popular Brasileira”, sobre o Dia do Folclore foram trabalhados nas aulas de Ensino Religioso e Artes. As professoras responsáveis foram Natanha Lima, Rosangela Silva e Hilda Silva que trabalharam esses projetos nas turmas de 6°, 7° 8° e 9° ano durante o mês de agosto. Os projetos tinham o objetivo de demonstrar a valorização que a escola tem pelos pais, estudantes e pela cultura de nossa região.

Presenças

72 dos 73 alunos das turmas do 6° ao 9° ano estiveram presentes, além da presença dos colaboradores da escola: o diretor Valmir Barros, a secretária Telma Barros, as professoras Hilda Silva, Natanha Lima, Rosângela Silva e Vilaní Batista e demais funcionários: Rocha Veloso (a Rosa de Chico Selvino), Josefa Maria, Maurício Silva e Francisco Amaro..  Também foram convidados pais de alunos, representantes da comunidade e autoridades civis e locais.

O evento

As 13h30 o evento teve início: o Diretor Valmir Barros acolheu a todos desejando boas vindas e explicando as que as atividades propostas para aquela tarde seriam realizadas em três momentos: o primeiro dedicado aos pais, o segundo dedicado aos estudantes e o terceiro dedicado ao folclore. Em seguida, passou-se para o momento da composição da mesa de convidados.

Foram convidados a sentarem-se à mesa e prestigiar o evento como convidados os pais de alunos: Francisco Felipe, Rubens Leite, Raimundo Luz, Genesiano Sousa, Francisco Montanha e Venâncio Soares. Para representar a comunidade foi convidada a senhora Marina Luisa e a senhora Márcia Araújo, presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de São Luís do Piauí, representou as autoridades civis e locais.

Feita a mesa, o momento seguinte foi de reflexão. A secretária da escola Telma Barros apresentou o texto “O tamanho das pessoas”. A professora Hilda Silva sintetizou o texto lido dizendo que “não são os centímetros mais as atitudes das pessoas que fazem elas serem grandes ou pequenas para nós”.

As atividades

Iniciando o momento dedicado aos pais, os alunos do 8° ano Antônio José e Maria José apresentaram sobre como surgiu o dia dos pais.

Em um grande momento de descontração, um pai de aluno foi transformado em um “soldado mascarado” e através de perguntas que deveriam ser respondidas apenas com sim ou não, os alunos tiveram que adivinhar quem era aquela pessoa. Depois de três minutos, os alunos disseram em uma só voz que aquele soldado mascarado era o senhor Pedro Sérgio, pai dos alunos Lucas Rodrigues do 6° ano e Sérgio Rodrigues do 7° ano.

Os alunos Miguel, Brenda e José Edimar do 9° ano, sob a orientação da professora Natanha, apresentaram um jogral sobre o significado da Oração do Pai Nosso.

Os alunos do 7° ano, orientados pela professora Rosângela, apresentaram dois tipos de painel ilustrado: o primeiro sobre “Famílias que não se valorizam” e o segundo sobre “Famílias que se Valorizam”.

Os alunos Lucivaldo Barros, José Francisco, Antônio Reis, Lilian Luz e Daiane Batista, sob orientação da professora Natanha, apresentaram os poemas feitos pela turma do 6° ano em homenagem aos pais.

A turma do 8° ano dividida em grupos e sob orientação da professora Rosângela, apresentou paródias sobre a família.

E concluindo as atividades sobre o Dia dos Pais, todos cantaram a música “Famílias do Brasil” do Padre Zezinho.

Para iniciar as atividades sobre o Dia do Estudante, os alunos do 9°ano Jayne e José Júnior apresentaram sobre o surgimento do dia do estudante.

Para homenagear a vida dos estudantes da Escola Manoel e Barros, os alunos do 9° ano Brenda, Jayne e José Edimar, orientados pela professora Hilda dramatizaram a peça “Estudante Rico e Estudante Pobre”.

Em seguida, os alunos do 8° ano Maria José, Ana Cleide, Agostinha, Josefa, Antônio da Rocha, Martha, Samuel e Daiane Barros, também sob orientação da professora Hilda apresentaram um jogral sobre a Oração do Estudante: alguns pedidos que eles julgam ser necessários para a escola deles.

E concluindo as atividades sobre o estudante as alunas Ivone (6° ano), Tamires (7° ano), Daiane Barros (8° ano) e o aluno Marcelo (9° ano) apresentaram um jogral sobre o “Alfabeto do Estudante”, onde cada uma das 26 letras do alfabeto correspondia a uma qualidade que o estudante poderia desenvolver para se destacar sobre os demais.

Iniciando os trabalhos sobre Folclore, os estudantes do 7° ano Leandro João e Sérgio Rodrigues apresentaram sobre o surgimento do Dia do Folclore.

Em seguida a professora Hilda apresentou algumas plantas medicinais utilizadas na nossa região e a professora Vilaní falou sobre algumas comidas típicas do Piauí.

Para animar os presentes, os alunos do 6° ano, orientados pela professora Hilda; Francielton, Lilian e Antônio Reis fizeram adivinhas para o pessoa descobrir sobre o quê eles estavam falando.

E concluindo as atividades, os alunos do 7° ano Leandro, Laiane, Benvinda, Reginaldo, Gisele e Luisa, também sobre a orientação da professora Hilda, apresentaram provérbios.

Nos momentos finais, o diretor Valmir em nome da Escola, agradeceu a presença de todos. O senhor Raimundo Luz falou em nome dos pais presentes sobre a importância de ser convidado para participar de um evento como esse e da emoção de ver atividades realizadas por seu filho.

Em seguida houve distribuição de lembrancinhas aos pais presentes e ao final das atividades, todos se confraternizaram durante a distribuição de comidas típicas, oferecidas pelos alunos, professores e colaboradores da escola.

 

Fonte: Diretor Valmir Barros
Por: Çeda Rocha

Deixe seu comentário


Notícias Relacionadas