• Campanha da Santa Missa
  • Vencer 03
  • Vencer 02
  • Vencer 01
  • Prerrogativas da advogacia
  • Peregrinos da fé
  • SOS Unimed
  • Novo app Jornal O Dia

BNB fecha 2019 com R$ 3,6 bilhões em aplicações de crédito no Piauí

Para o segmento de micro e pequenas empresas, o Banco do Nordeste destinou R$ 218,5 milhões somente no Piauí.

08/01/2020 12:45h

O Banco do Nordeste encerrou o ano com R$ 3,6 bilhões aplicados no Piauí, considerando todas as fontes de recursos, por meio de financiamentos de curto e longo prazo, beneficiando diversos setores econômicos em todo o estado. Os resultados incluem R$ 2,4 bilhões aplicados com recursos do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE), perfazendo mais de 61 mil operações de crédito realizadas ao longo do ano. Do volume investido, foram contratados ainda R$ 1,14 bilhão por meio do programa de microcrédito produtivo e orientado do Banco do Nordeste, o Crediamigo que realizou cerca de 483,8  mil operações.

A maior parte aplicada com o Fundo (60,4%) foi destinada a empreendimentos localizados em zonas de Semiárido. Foi mais de R$ 1 bilhão que estimulou a dinâmica econômica de localidades menos favorecidas. O FNE é a principal fonte de recursos utilizada pelo BNB desde a criação dos fundos constitucionais federais, em 1988. Sua aplicação tem o intuito de fomentar o desenvolvimento econômico e social de forma sustentável em todo o Nordeste e assim servir de incentivo a redução da pobreza e das desigualdades inter e intrarregionais.

Para o segmento de micro e pequenas empresas, o Banco do Nordeste destinou R$ 218,5 milhões somente no Piauí. Ao todo, foram contratadas mais de 2 mil operações de crédito, o que representou crescimento de 22, 6% em relação a 2018.

O volume de crédito aplicado no âmbito do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) superou a marca de R$ 66,6 milhões, contabilizando cerca de 2,6 mil operações contratadas no período. Quanto aos negócios realizados por meio do programa de microcrédito rural do Banco, o Agroamigo, o BNB atingiu R$ 278 milhões no Piauí.

“O foco, a competência, a ética e o conhecimento compartilhado corporativamente, nos ajudam a caminhar rumo a excelência dos resultados”, afirmou o superintendente estadual do BNB no Piauí, Expedito Neiva.

A contribuição do BNB à dinâmica econômica regional também inclui financiamento a projetos de grande porte do setor de infraestrutura. Em 2019, o Banco aplicou R$ 733 milhões em Infraestrutura com recursos do FNE, possibilitando a implantação de projetos, principalmente, em projetos referentes à linhas de transmissão.

Em 2019, o Banco do Nordeste também empenhou esforços para regularização de crédito com campanhas de renegociação de dívidas. Como resultado, concluiu o ano com mais de 4,1 mil operações regularizadas no estado por meio da lei n.º 13.340/2016, totalizando R$ 348,4 milhões em dívidas renegociadas. 


Deixe seu comentário