• Banner OAB
  • Campanha da Santa Missa
  • Vencer 03
  • Vencer 02
  • Vencer 01
  • Prerrogativas da advogacia
  • Peregrinos da fé
  • Novo app Jornal O Dia

Hamilton conta com a sorte para vencer o GP do Bahrein

A corrida empolgante terminou de forma melancólica, com safety car na pista por causa de problemas com Nico Hulkenberg, da Renault, na penúltima volta.

31/03/2019 15:57h

Lewis Hamilton contou com a sorte para vencer o GP do Bahrein neste domingo (31). Depois de dominar a prova desde o início, Charles Leclerc viu um problema no motor atrapalhar o que seria sua primeira conquista da carreira na Fórmula 1. O piloto da Ferrari ficou com a 3ª colocação, Valtteri Bottas, companheiro de Hamilton na Mercedes, ficou em 2º.

A corrida empolgante terminou de forma melancólica, com safety car na pista por causa de problemas com Nico Hulkenberg, da Renault, na penúltima volta. O carro de segurança seguiu na pista até a última volta e só entrou nos boxes para Hamilton receber a bandeirada da vitória. "Decepcionante para o Charles Leclerc, ele fez uma grande corrida", disse o britânico no rádio após sua vitória.

As primeiras colocações da prova foram definidas por falha mecânica. Faltando pouco mais de 10 voltas para acabar a corrida, Charles Leclerc comunicou à Ferrari que seu carro estava estranho. A recuperação de energia do carro da Ferrari falhou e o piloto de 21 anos não pôde fazer nada para impedir a ultrapassagem do rival da Mercedes. Faltou potência e o britânico simplesmente passou Leclerc.

"Ai meu Deus, eu vou tentar", disse o Leclerc ao lamentar o problema em seu carro, ainda na corrida. A Ferrari pediu calma ao jovem de 21 anos, que apenas respondeu um "vou tentar" desanimado. O clima na Ferrari foi de frustração.

Leclerc tinha tudo para fazer uma corrida perfeita. Recuperou a primeira colocação na sexta volta em cima de Vettel e ali ficou até a 47ª volta, quando seu carro falhou. Sebastian Vettel, também da Ferrari, ficou longe do pódio, em 5º, depois de ser ultrapassado por Hamilton e rodar na pista.

DUELO

O duelo mais empolgante da corrida foi entre Sebastian Vettel e Lewis Hamilton. Se na 23ª volta o piloto da Ferrari nem precisou fazer muito esforço para deixar o britânico para trás, na 37ª quem levou a melhor foi Hamilton. Vettel se segurou contra Hamilton, que continuou atacando e mais rápido até que foi ultrapassado. Para piorar, o piloto da Ferrari ainda rodou e despencou na classificação, chegando a ser o 8º após o incidente, que o obrigou a trocar a asa de seu carro.

Fonte: Folhapress

Deixe seu comentário


Notícias Relacionadas