• Banner Cultura Governo do PI
  • Obras no Litoral Cultura
  • Clínica Shirley Holanda
  • SOS Unimed
  • Novo app Jornal O Dia

“Eu nunca fui ao cinema”, conta candidato de Oeiras

Na cidade, existe um cineteatro de 1940, o local é voltado para realização de eventos e raramente tem a exibição de filmes.

05/11/2019 07:00h

O tema da redação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) surpreendeu muitos estudantes, entre eles Pedro Vital, de 18 anos. O jovem nasceu e foi criado na primeira capital do Piauí, Oeiras - um dos municípios piauienses que não possui salas de cinema. 


Leia também: 

Piauí tem quase sete municípios para uma sala de cinema 

Cinema independente dribla dificuldades no interior do Piauí 


“Eu nunca fui ao cinema por falta de oportunidade na nossa cidade. As cidades onde temos cinema o custo de ida, volta e compra de ingressos fica muito caro. Por isso, ao ver o tema da redação, a minha reação foi desesperadora, mas tentei manter a calma. Mesmo não tendo o hábito de ir ao cinema, fiz minha redação procurando as palavras-chaves do tema e puxando pela desigualdade de acesso”, conta Pedro Vital.

Em Oeiras, existe um cineteatro de 1940, o local é voltado para realização de eventos e raramente tem a exibição de filmes. E quando isso ocorre, não são exibidas as produções de grande circulação. 


Foto: Agência Brasil

Já a estudante Marina Carvalho, de 18 anos, viu com outro olhar o assunto sugerido na prova do Enem. Ela, que também mora em Oeiras, já teve a oportunidade de ir ao cinema algumas vezes e buscou trabalhar, na redação, a inclusão das pessoas nas cidades pequenas e médias.

“Eu gostei do tema e procurei focar na inclusão. Contando um pouco sobre a importância do cinema na vida dos brasileiros. Citei filmes como Charlie Chaplin e Coringa, que trazem uma reflexão para a população, além de investimentos para incluir nos municípios e estados às telonas de cinema”, explica Marina Carvalho.

Por: Sandy Swamy, do Jornal O Dia

Deixe seu comentário