• assinatura jornal

" 2018, um ano positivo e farto" , diz previsões para o ano que se inicia

De acordo com Flávio de Iansã, eleições 2018 serão conturbadas. Ele prevê que Brasil chegará à final da Copa

02/01/2018 09:09h

O ano de 2017 foi bastante intenso para os brasileiros, pincipalmente na área da Política e Economia. E como durante a virada do ano desejamos sempre por algo melhor, o Jornal ODIA conversou com o umbandista Flávio de Iansã para saber quais as previsões para 2018. De acordo ele, será um ano positivo e com fartura.

Na Política, os brasileiros terão surpresas com as próximas eleições. Segundo Flávio de Iansã, por conta do que aconteceu com a ex-presidente Dilma Rousseff, as pessoas estão mais focadas e determinadas, logo, irão votar de forma mais consciente em quem colocarão no poder para comandar o Brasil.

Flávio de Iansã faz previsões para 2018. Segundo ele haverá três tragédias no ano. Foto: Assis Fernandes/ODIA

Ele cita que fez previsões com alguns nomes importantes da política nacional, como Luís Inácio Lula da Silva, Dilma Rousseff, Michel Temer e Aécio Neves, contudo, Oxalá, orixá associado à criação do mundo, não mostrou nenhum desses políticos como sendo o possível presidente.

“Essas eleições podem surpreender e ter pessoas novas. Até porque os brasileiros queremos uma inovação. Se tudo acontecer como Xangô determina, que é o orixá da Justiça, Lula poderá concorrer às eleições. Ele está precisando de muita defesa espiritual e justiça. Temos que aguardar”, disse.

O umbandista cita que na previsão que fez para o atual presidente, Michel Temer, ele poderá até se candidatar, mas não chegará a obter o que deseja. “Ogum é o orixá da guerra, confusão e bonança. Os búzios mostram que Temer está fazendo coisas boas, porém, já fez muitas coisas erradas. Então, não vejo coisas boas surgindo para ele”, enfatiza.

Confira as previsões: 

Economia

Com relação à economia, devido à crise, os brasileiros passaram a se organizar mais, fazendo com que tenham uma boa poupança. Segundo Flávio de Iansã, o ano será positivo, pois as pessoas estarão mais conscientes e os governantes devem aproveitar para fazer incentivos.

Chuva

O ano de 2018 também será muito bom para quem trabalha no campo. Isso porque as chuvas serão mais intensas, favorecendo a colheita, tornando um ano positivo e farto. Porém, a população ainda sofrerá com o B-R-O-Bró. Os orixás mostram que, em consequência das chuvas, que serão muitas, aumentará o calor.

Saúde

Apesar dar chuvas serem bastante favoráveis, elas também trarão prejuízos, como doenças. Segundo o umbandista, os governantes devem reformar a atenção na área da saúde. “Exú é quem vai reger e determinar, então será um ano muito bom para as chuvas, mas também será problemático na área da saúde, porque vão aparecer muitas epidemias. As pessoas precisam mudar seus hábitos e ficarem mais atentas, principalmente com a dengue. Enquanto as chuvas serão boas para quem precisa plantar, trará esses problemas das doenças”, frisa. De acordo com Flávio de Iansã, os governantes devem adotar medidas mais dinâmicas com relação à saúde, principalmente para as pessoas carentes e que necessitam de atendimento em hospitais públicos.

Esporte

Na área do esporte, as expectativas dos brasileiros estão todas voltadas para a Copa do Mundo. De acordo com Flávio de Iansã, a Seleção Brasileira deverá chegar às finais, porém, não significa que ganhará o torneio. Contudo, ele enfatiza que os brasileiros terão muitos momentos de alegrias e boas surpresas. Para o Piauí, a judoca Sarah Menezes terá surpresas e novidades. “No ano passado, eu previ que ela não se sairia bem e precisava ter mais garras e força para conseguir a medalha que tanto queria e não conseguiu. Mas, 2018 será muito positivo e ela está mais concentrada, com mais determinação, até porque ela está recebendo força de mais pessoas e vai trazer muitas coisas boas para o Piauí”, fala.

No futebol, o River dará uma levantada, principalmente por estar recebendo incentivos de empresário, que estão dando suporte para os atletas. “Ele teve uns rebaixamentos, mas vão subir”, acrescenta o umbandista.

Tragédia

Em 2018, haverá algumas tragédias. Ao mesmo tempo que será um ano positivo, ele terá alguns momentos ruins, alerta Flávio de Iansã. “Exú mostra a negatividade das pessoas, que as pessoas precisam ter mais fé e força para conseguirem o que querem. Precisamos buscar Deus e a religião, independente de qual seja, para quebrar esse lado negativo. As guerras que acontecem no Mundo continuarão, pois nunca deixa de acontecer e a tendência é aumentar”, enfatiza.

Segurança 

Já a segurança no Brasil e no Piauí preocupa o umbandista. Para ele, o secretário de Segurança, Fábio Abreu, precisa agir com mais clareza e firmeza para dar suporte à polícia e à população, garantindo mais tranquilidade as pessoas.

“As pessoas querem mais segurança e a própria polícia não está nos dando isso, como aconteceu recentemente com aquela família. É preciso agir rápido, pois precisamos de proteção. Precisamos ser mais humildes, respeitar o próximo para que tenhamos um ano com harmonia. Quem quer ter um ano positivo e ter tudo que deseja deve rezar e pedir paz para todo o mundo”, finaliza.

Numerologia

O dia 01 de janeiro de 2018 foi uma segunda- feira, dia regido por Exu e Omulu na maioria das religiões de matriz africana. Da soma numerológica do ano 2+0+1+8 obtemos o número 11 do Odu Owarim-Meji, que confirma a força e presença das energias de Exu, Omulu e Iansã.

“Exu, também conhecido como Bará, ou Elegbara, é considerado um dos Orixás mais importante, por ser ele o encarregado de transmitir as mensagens dos Deuses na terra aos homens e vice-versa. Exu é o Orixá que está mais próximo de nós, por isso tem facilidade de nos entender e poder ajudar através das outras divindades (Orixás)”, cita. 

Omulu é o Orixá da saúde, sempre envolto em mistério, tem o poder da cura e de afastar qualquer mal que possa nos assolar. Iansã, Orixá do tempo e dinamismo, consegue afastar qualquer negatividade e movimenta qualquer situação que esteja estática. Ela tem força para colocar tudo a frente, ampliando e expandindo todas as pessoas e situações que tem vontade de crescer.

Por: Isabela Lopes

Deixe seu comentário