• Banner Cultura Governo do PI
  • Obras no Litoral Cultura
  • SOS Unimed
  • Novo app Jornal O Dia

Notícias Piauí

04 de novembro de 2019

Lei obriga agressor a ressarcir SUS em caso de agressão doméstica

Lei obriga agressor a ressarcir SUS em caso de agressão doméstica

Projeto convertido em lei afirma que agressor deve reparar Estado por serviços prestados à vítima

Em publicação no Diário Oficial da União (DOU), o presidente Jair Bolsonaro sancionou lei que obriga agressores a ressarcir o Estado pelos gastos com o Sistema Único de Saúde (SUS), realizados com os serviços prestados à vítima da violência doméstica ou familiar. O texto da lei impõe ainda mais ônus ao agressor, na perspectiva de diminuição das taxas de agressão de violência contra a mulher.

De acordo com os dados da ONG Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP), no ano de 2018, 42% dos casos de agressão às mulheres ocorreu no ambiente doméstico, evidenciando que quase metade das ocorrências são praticadas pelo próprio cônjuge.

Com a nova lei, o advogado Wildson Oliveira explica que todos os gastos envolvidos com o atendimento da vítima deveram retornar aos cofres públicos pelo responsável pelas agressões.

“A legislação estabelece que o agressor, por omissão ou ação, lesionar, violentar de forma física ou psicologicamente a mulher, estará obrigado a ressarcir todos os custos que o Sistema Único de Saúde realizar com os cuidados a vítima. Ainda sobre a lei, o dinheiro deverá ser depositado no fundo de saúde do ente federado responsável pelas unidades de saúde que prestarem os serviços.


Em casos de violência doméstica, pela nova lei, o agressor terá que ressarcir o estado pelos gastos com o SUS - Foto: O Dia

O advogado explica que de acordo com o acréscimo dos artigos na lei, os gastos feitos pelo Estado em prol da saúde da vítima, receberá por parte do agressor seu ressarcimento, ou seja, esses reparos deverão ser de responsabilidade única e exclusiva do agressor, não podendo esse valores interferirem no patrimônio da vítima. “Fácil perceber que essa parte da lei, impõe que a agressão sofrida, por exemplo, na vigência do matrimônio, não autorizará a utilização dos bens contraídos durante o casamento, permitindo assim a proteção dos filhos e da vítima.”, finaliza.

Outro acréscimo importante a lei, é que tal ressarcimento não servirá como atenuante ou substituição da pena aplicada.

Aprovada pela Câmara dos Deputados ainda em 2018, o texto do projeto sofreu mudanças pelo Senado, retornando à Câmara que rejeitou as alterações propostas. Sendo sancionada sem vetos pelo executivo, a Lei 13871/19 foi publicada no DOU na última quarta-feira (18) e entra em vigor após 45 dias de sua publicação.

Vigilância sanitária apreende uma tonelada de carne em Parnaíba

Vigilância sanitária apreende uma tonelada de carne em Parnaíba

Produto incluindo carne de sol, carne suína, frango e carneiro não apresentava selo de inspeção prévia pelo órgão competente.

Durante fiscalização realizada em três supermercados da cidade de Parnaíba, a 337 km de Teresina, o Programa de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon/PI) e a Vigilância Sanitária apreenderam mais de uma tonelada de carne sem registro de inspeção. A informação foi divulgada nesta segunda-feira (04) pelo Ministério Público do Piauí (MPPI).

Equipe do Ministério Público faz inspeção em supermercados de Parnaíba. (Foto: Divulgação/MPPI)

De acordo com o MPPI, a ação teve como objetivo verificar se os produtos comercializados nos estabelecimentos estavam adequados para o consumo. A equipe conferiu as datas de validade de diferentes itens e as condições de conservação das carnes, por exemplo.

Durante a inspeção, foram apreendidos 989 quilos de carne de sol, carne suína, carne de frango, carne de carneiro e carne moída, em decorrência da falta de comprovação de inspeção prévia pelo órgão competente. Os produtos foram apreendidos e inutilizados

Em todos os estabelecimentos foram encontrados alguns produtos com prazo de validade vencido, como cerveja, suco, batata frita e pães. Cerca de 80 quilos de frios (queijo, presunto, salsicha e linguiça) receberam a mesma destinação, por conta da ausência de rotulagem e de indicação de prazo de validade e data de fabricação. 

Equipe do Ministério Público faz inspeção em supermercados de Parnaíba. (Foto: Divulgação/MPPI)

Foram apreendidos ainda mais 327 quilos entre produtos para feijoada, carnes, frangos e suínos, que estavam inadequadamente acondicionados e impróprios para o consumo. Além de três pacotes de camarão sem informação da data de validade. A equipe também verificou as condições de higiene no manuseio dos frios e refeições (self-service) e a regularidade da realização de dedetizações.

Após serem constatadas as irregularidades, o Procon lavrou três autos de infração, que darão origem a processos administrativos. Os fornecedores têm o prazo de 15 (quinze) dias para apresentar impugnação.

Piauí é o estado com a maior frequência no primeiro dia do Enem

Piauí é o estado com a maior frequência no primeiro dia do Enem

Dados constam no balanço do Inep e apontam que dos 122.338 candidatos do estado, somente 23 mil deixaram de fazer a prova.

O Piauí foi o estado brasileiro que registrou a maior taxa de presença de candidatos no primeiro dia de prova do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) pelo quarto ano consecutivo. Segundo o balanço divulgado nesta segunda-feira (04) pelo Inep, 99.100 dos 122.3308 inscritos compareceram aos centros de aplicação, o que significa uma taxa de presença de 81%. Somente 23.238 candidatos não fizeram a prova, totalizando a porcentagem mínima de 19%.


Depois do Piauí, foi o estado da Paraíba o que registrou a maior presença de estudantes no primeiro dia de prova, com uma taxa de frequência de 80,5% (118.455 candidatos fizeram o Enem no estado paraibano). Por sua vez, o estado do Amazonas foi o que registrou a maior taxa de abstenção do país, com apenas 68,9% dos inscritos presentes e 31,1% ausentes.


Leia também: 

Gabaritos do Enem serão divulgados no dia 13 de novembro 

Sonho de ingressar na Universidade leva pessoas com mais de 50 anos ao Enem 

“É uma formulação paradoxal”, diz professora sobre Redação do Enem 


Em todo o Brasil, mais de 5 milhões de pessoas se inscreveram para o Enem 2019 e, deste total, apenas 1,2 milhões não comparecem aos locais de aplicação da prova

Para a diretora da Unidade de Mediação Tecnológica e coordenadora do Pré-Enem Seduc, Viviane Holanda, a presença massiva dos candidatos no primeiro dia de Enem é resultado do acompanhamento feito ao longo do ano, especialmente no cotidiano escolar. "A gente não pode deixar de considerar o trabalho feito principalmente no chão da escola, no dia a dia do estudante. Ao longo do ano nossos professores estão muito centrados, cuidados e zelosos em servir e entregar um serviço de qualidade para os nossos estudantes", destaca.

Além disso, a diretora ressalta que o objetivo da Seduc é conseguir aumentar, cada vez mais, o número de alunos no ensino superior. Somente no ano passado, 10 mil estudantes foram aprovados no Enem, incluindo Prouni e Fies. "Isso mostra que a Seduc chega com o candidato e segura na mão dele até o final. É o terceiro ano em que a gente coloca pontos de mobilização, num gesto singelo de dar água, balinha e um abraço sincero, dizendo que a Seduc está com você até o fim", completa.

Os números do Piauí também foram comemorados pelo secretário estadual de Educação, Ellen Gera, que destacou o esforço para transportar estudantes da rede pública e do interior do estado aos locais de prova. 

“Em 2016, quando foi identificado que muitos alunos deixavam de fazer a prova simplesmente por não terem dinheiro para o vale transporte, foi criado o Passe Livre, o que deixou os candidatos mais tranquilos em relação ao deslocamento até o centro de aplicação. De lá para cá, temos nos esforçado para que tanto os alunos da rede pública, quanto do interior do Piauí tenham transporte garantido nos dias da prova”, ressaltou o gestor.


Foto: O Dia

Estudante foi eliminada porque celular toco durante a prova

Aqui no Piauí, uma aluna que prestava o Enem foi eliminada após seu celular tocar durante a realização da prova. O caso aconteceu na Unidade Escolar Lourival Parente, zona Sul de Teresina e acabou configurando conduta irregular por ferir o regulamento do exame que trata do porte de equipamentos eletrônicos e/ou de comunicação no local de aplicação do exame.

Foram registradas também duas emergências médicas, sendo uma no Centro Educacional de Ensino Integral Polivalente, em Amarante; e a outra em Parnaíba, no Liceu Parnaibano. Segundo a Secretaria de Segurança, responsável pelo Centro de Comando e Controle, as duas pessoas atendidas passam bem.

Houve falta de energia em quatro cidades: Buriti dos Lopes, no Centro Estadual de Educação Profissional Mari Chaves e na Unidade Escolar Osair Valente; em Teresina, na Escola Lourival Parente; em Paulistana, não Centro Estadual de Tempo Integral; e em Uruçuí, na Universidade Estadual do Piauí. Em todos os casos, a queda de energia foi contornada e o problema resolvido sem necessidade de reaplicação das provas.

Em Parnaíba, a Secretaria de Segurança registrou ainda um caso de perturbação do sossego com música alta na Escola Municipal São Francisco dos Capuchinos. Uma pessoa foi detida e encaminhada para a Central de Flagrantes.

Preparação

Para preparar os estudantes para o Enem deste ano, a Seduc realizou, por meio do Pré-Enem, 35 revisões de auditório, sendo sete em Teresina, 18 no interior e 10 contemplando os reeducandos do sistema prisional. Foi lançado também o aplicativo Canal Educação, para correção de redação, simulados e vídeo aulas. 

Na próxima quinta-feira (07), será realizada o Aulão da Natureza para preparar os estudantes para as provas do segundo dia de Enem, que terão lugar no domingo (10). A aula será transmitida pelo Canal Educação e também pela internet.

03 de novembro de 2019

Gabaritos do Enem serão divulgados no dia 13 de novembro

Gabaritos do Enem serão divulgados no dia 13 de novembro

No total, são seis gabaritos para cada dia e seis Cadernos de Questões, de acordo com as cores da prova e opções acessíveis.

Os gabaritos do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) serão divulgado no dia 13 de novembro, de acordo com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Texeira (Inep). Os participantes fazem hoje (3) as provas de redação, linguagens e ciências humanas. No dia 10, fazem as provas de matemática e ciências da natureza.

No dia 13, os participantes poderão acessar os gabaritos pelo portal do Inep ou pelo aplicativo do Enem. No total, são seis gabaritos para cada dia e seis Cadernos de Questões, de acordo com as cores da prova e opções acessíveis.


Leia também

“É uma formulação paradoxal”, diz professora sobre Redação do Enem 

Enem 2019: Movimentação intensa marca abertura dos portões 

Estudantes reclamam de textos extensos nas questões do Enem 


Segundo o Inep, os candidatos deverão ficar atentos para conferir o gabarito relativo à cor de prova que fez em cada domingo de aplicação.

Mesmo com o gabarito em mãos, não será possível saber a nota final do Enem. Isso por que o sistema de correção da prova, que segue a chamada Teoria de Resposta ao Item (TRI), não atribui um valor fixo para cada questão.

Os resultados individuais do Enem 2019 serão divulgados também na Página do Participante ou no aplicativo do Enem, em data a ser anunciada, a partir de consulta com CPF e senha. A previsão é de que ocorra em janeiro. 

De acordo com o Inep, o resultado dos participantes eliminados não será divulgado, mesmo que eles tenham realizado o Enem nos dois dias de aplicação. Para os treineiros, que fazem o exame para autoavaliação de conhecimentos, a consulta só será liberada 60 dias após a divulgação dos resultados.

Mais de 500 agentes fazem segurança do Enem no Piauí

Mais de 500 agentes fazem segurança do Enem no Piauí

O objetivo é garantir a tranquilidade nos locais de aplicação das provas na capital e no interior do estado

Mais de 500 homens realizam neste domingo  (03)  a segurança dos locais de prova durante o primeiro dia de Exame Nacional do Ensino Médio no Piauí. O esquema foi montado pela Secretaria Estadual de Segurança  Pública, através do Centro de Comando e Controle, e visa garantir a tranquilidade durante a realização das provas.

Além do efetivo composto por policiais militares, civis e bombeiros, também foram deslocadas para as ruas 20 viaturas extras e uma delegacia móvel.

De acordo com o major Audivan Nunes, coordenador Centro de Comando e Controle, os policiais que participam do esquema de segurança do Enem estão preparados para atuar em qualquer ocorrência nos locais de prova.  

“Estamos trabalhando de forma integrada para manter a ordem e a tranquilidade durante a aplicação do Enem em todo o estado do Piauí. Qualquer ocorrência, estamos pronto para atuar. Se for ocorrência policial, vamos fazer o termo circunstanciado ou o boletim de ocorrência. Se for ocorrência inerente à fraude no Enem, a gente vai fazer a devida condução para a Polícia Federal, que vai adotar os procedimentos legais”, disse.

O coordenador do Centro Integrado, major Audivan Nunes, acompanhou a movimentação nos locais de prova (Foto: Assis Fernandes/ O Dia)


 O Centro Integrado funciona na sede da Secretaria de Segurança até o final da avaliação deste domingo.



Leia também

SSP realiza reunião para definir estratégias do Enem 2019 

Mais de 500 policias reforçam segurança do Enem no Piauí 

01 de novembro de 2019

Navio grego é suspeito de derramamento de óleo; Relembre os efeitos no Piauí

Navio grego é suspeito de derramamento de óleo; Relembre os efeitos no Piauí

No Piauí, sete das 16 praias foram atingidas por manchas de óleo. As investigações da sua origem é acompanhada de perto pela agência de geointeligência Kpler em parceria com a Polícia Federal (PF)

As investigações acerca da origem das manchas de óleo que atingiram praias do Nordeste brasileiro parecem estar bem próximas de serem solucionadas. Dados divulgados pela agência de geointeligência Kpler, na tarde desta sexta-feira (01), mostram que navio grego Bouboulina, principal suspeito no caso das manchas, carregou em 18 julho deste ano 1 milhão de barris de petróleo do Porto de José, na Venezuela, com destino à Malásia.

A agência calcula que as manchas de óleo teriam chegado ao país um mês depois de terem tido contato com o oceano. A Polícia Federal (PF), que também atua nas investigações, já havia informado que pelo menos 2,5 mil toneladas de óleo cru foram derramadas no mar. Os investigadores só não sabem ainda se houve vazamento ou despejo.

Manchas de óleo no Piauí

No Piauí, as manchas de óleo atingiram sete das 16 praias. As ocorrências aconteceram nas praias do Arrombado, Coqueiro, Itaqui, Peito de Moça e Atalaia, no município de Luís Correia; Pedra do Sal, na cidade de Parnaíba e Porto da Lama, em Cajueiro da Praia.

Óleo encontrado no litoral piauiense. Foto: Capitana dos Portos do Piauí (CPP).

A Capitania dos Portos do Piauí (CPP) afirmou que os primeiros registros de manchas de óleo encontradas no Piauí foram no dia 27 de setembro na praia do Arrombado, em Luís Correia. Três dias depois, as praias da Pedra do Sal, Coqueiro, Peito de Moça e Atalaia também foram notificadas.

Vestígios de óleo em tartarugas

Biólogos do Instituto Tartarugas do Delta encontraram, no início do mês de outubro, vestígios de manchas de óleo no organismo de tartarugas marinha-verdes encontradas mortas no litoral piauiense. Ao todo, onze animais foram achados. A necrópsia detectou que parte dessas tartarugas ingeriram algas contaminadas.

Desaparecimento de peixes-boi

Depois que o óleo cru chegou ao Estuário, local conhecido como santuário dos peixes-boi, em Cajueiro da Praia, os animais desapareceram da região.  O projeto Pesca Solidária da Comissão Ilha Ativa informou que o capim-agulha, principal alimento dos peixes-boi foi contaminado e, por essa razão, os animais teriam migrado para outra região.

Outras aparições

Há um mês um galão de óleo foi encontrado na praia Peito de Moça, no Litoral do Piauí. O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) ficou responsável pela analise do material coletado. Folhas, cocos e pedras também foram manchadas pelo material. 

Galão de óleo encontrado pelo Instituto Delta do Parnaíba. Foto: Divulgação Delta do Parnaíba

“Não precisa ser um dia triste”, diz psicóloga sobre data de Finados

“Não precisa ser um dia triste”, diz psicóloga sobre data de Finados

O Dia de Finados pode ganhar um novo significado e se transformar em gratidão aos que passaram pela nossa vida.

O Dia de Finados, celebrado neste sábado (02/11) pela tradição da Igreja Católica, traz recordações de entes queridos falecidos e uma saudade muitas vezes difícil de suportar. Essa data, porém, pode ganhar um novo significado e se transformar em gratidão aos que passaram pela nossa vida.

Ressignificar a data é uma dica da psicóloga Ticiana Soares. “Temos que passar o Dia de Finados de uma forma mais saudosa, mas que não nos cause dor. Podemos pensar no legado deixado pelo falecido, no privilégio de ter convivido com essa pessoa. Vamos celebrar a gratidão de termos conhecido aquela pessoa”, indica.


Leia também

Dia de Finados altera funcionamento do comércio

Frota de ônibus será reduzida em 50% no Dia de Finados 

Confira os horários das celebrações nos cemitérios no dia de finados


O dia 2 de novembro não precisar ser necessariamente um dia triste e pesado. Relembrar a forma como a pessoa faleceu deve ser evitada. Por outro lado, devem ser lembrados os bons momentos que passaram juntos, realizações e pensar em como ter aquela pessoa em algum momento de sua vida foi benéfico.

Psicóloga Ticiana Soares dá dicas de como ressignificar o Dia de Finados (Foto: Elias Fontenele / O DIA)

A Carta do Perdão é uma sugestão da psicóloga para este Dia de Finados. Ela explica que pode ser colocado no papel em forma de carta tudo aquilo que você desejaria ter dito, gostaria de ter feito pela pessoa e pedir perdão se possuir esse sentimento. A carta pode ser deixada no túmulo do ente querido.

Ticiana Soares alerta ainda sobre a importância do respeito ao luto do próximo, já que cada um possui um tempo de luto específico.  “Não existe um prazo para que o luto acabe. Tem pessoas que conseguem administrar o luto de uma forma mais fácil. Outras pessoas podem passar o resto da vida no luto. É preciso compreender que cada um possui uma força diferente”, diz.

Em Teresina, a Arquidiocese promove celebrações em cemitérios de diversas regiões da cidade neste sábado.  

Veja a programação 

Centro/Norte

Cemitério São José

06:00- Pe. Carlos César

08:00

16:00 – Pe. Damião Rocha

17:00 – Pe. Washington


Cemitério Santo Antônio – (Buenos Aires)

05:00 – Pe. Antônio Marcos

06:30 – Pe. Tertuliano


Zona Leste

Cemitério Recanto da Saudade (Br 343)

08:00

10:00

17:00

Padre Francisco Borges

Cemitério São Judas Tadeu (São Cristóvão)

08:00 – Dom Jacinto Brito

10:00

15:00

18:00

Padre Antônio Luiz (Diocese de Parnaíba)

Cemitério Santa Mônica (Pedra Mole)

07:00

Padre Moreira


Zona Sudeste

Cemitério Jardim da Ressurreição (Alto da Ressurreição)

07:00

10:00

16:00

Padre João Matos


Zona Sul 

Cemitério Dom Bosco (bairro Vermelha, zona Sul I)

07:00

09:00

17:00

Com o padre Valdery Veras

Forania Sul II

Cemitério Santa Cruz (Bairro Promorar)

17:00

Demerval Lobão (cemitério principal e cemitério dos anjinhos)

17:00

Cemitério Santa Cruz (Lagoa Do Piauí)

17:00

Confira os horários das celebrações nos cemitérios no dia de finados

Confira os horários das celebrações nos cemitérios no dia de finados

Na concepção da igreja Católica, rezar pelos mortos é acreditar e buscar a ressurreição.

A igreja Católica professa a fé na ressurreição da carne e na vida eterna. Por isso,  orienta a oferecer sufrágios e orações pelos mortos convidando o cristão a não parar na morte e buscar a ressurreição.


Foto: O Dia

Visitar o túmulo não é fazer honra ao corpo material que nele se encontra, mas professar a fé na ressurreição da carne através de uma semente que ali foi plantada. Dessa forma, a Igreja coloca o dia de finados para orações e intercessões aos que partiram desse mundo e morreram na esperança da ressurreição. Confira os horários das celebrações em alguns cemitérios da Arquidiocese:

Centro/Norte

Cemitério São José

06:00- Pe. Carlos César
08:00
16:00 – Pe. Damião Rocha
17:00 – Pe. Washington

Cemitério Santo Antônio – (Buenos Aires)

05:00 – Pe. Antônio Marcos
06:30 – Pe. Tertuliano

Zona Leste

Cemitério Recanto da Saudade (Br 343)

08:00
10:00
17:00

Padre Francisco Borges

Cemitério São Judas Tadeu (São Cristóvão)

08:00 – Dom Jacinto Brito
10:00
15:00
18:00

Padre Antônio Luiz (Diocese de Parnaíba)

Cemitério Santa Mônica (Pedra Mole)

07:00

Padre Moreira

Zona Sudeste

Cemitério Jardim da Ressurreição (Alto da Ressurreição)

07:00
10:00
16:00

Padre João Matos

Zona Sul 

Cemitério Dom Bosco (bairro Vermelha, zona Sul I)

07:00
09:00
17:00

Com o padre Valdery Veras

Forania Sul II

Cemitério Santa Cruz (Bairro Promorar)

17:00

Demerval Lobão (cemitério principal e cemitério dos anjinhos)

17:00

Cemitério Santa Cruz (Lagoa Do Piauí)

17:00

Através do quadro “Palavra do Pastor”, o Arcebispo de Teresina, Dom Jacinto Brito, apresentou algumas orientações sobre esse dia. Confira através do link:

Estado economiza R$ 105 milhões após análise de contratos pela CGE

Estado economiza R$ 105 milhões após análise de contratos pela CGE

Ao todo, o órgão analisou R$ 600 milhões em recursos de janeiro a setembro. As maiores economias foram na Sesapi e na SeadPrev.

O Estado do Piauí conseguiu economizar cerca de R$ 105 milhões em recursos públicos entre os meses de janeiro e setembro deste ano após a análise de contratos realizada pela Controladoria Geral do Estado (CGE). Os procedimentos foram feitos por 46 unidades administrativas, entre secretarias, empresas públicas, autarquias, fundações, institutos, superintendências e coordenadorias.

Ao todo, a Controladoria Geral do Estado analisou R$ 600 milhões em recursos e as maiores economias alcançadas foram na Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi), com R$ 37 milhões reduzidos de R$ 226 milhões orçados pelo órgão; e na Secretaria de Administração e Previdência (SeadPrev), com R$ 35,7 milhões reduzidos dos R$ 246,7 milhões previstos.


Foto: O Dia

Márcio Souza, controlador geral do Estado, explica que o montante não foi economizado com corte de gastos, mas com dinheiro que deixou de ser gasto, já que as contratações não chegaram a acontecer. “Emitidos um parecer técnico-econômico, quanto à eficiência e eficácia dos procedimentos de modo que os preços praticados sejam justos”, discorre.

No caso da SeadPrev, mais de 90% das economias da CGE no órgão decorrer de licitações. Lúcio Demes, auditor setorial da Controladoria na pasta, explica que é feita uma análise crítica da pesquisa de preço de mercado em que a CGE se manifesta sobre a compatibilidade dos valores apresentados e os padrões aceitáveis pelo mercado. “Nessa análise, avaliamos os riscos e sugerimos ao gestor que adote os procedimentos de controle necessários”, afirma o auditor, ressaltando que esta é a fase mais crítica da licitação.

Piauí tem duas finalistas da Olimpíada da Língua Portuguesa

Piauí tem duas finalistas da Olimpíada da Língua Portuguesa

As alunas ficaram entre os 38 estudantes selecionados, de todas as regiões do país, que seguem para a final no dia 09 de dezembro, em São Paulo.

Foram anunciados na noite desta quarta-feira (30) os finalistas da categoria Memórias Literárias da 6ª edição da Olimpíada de Língua Portuguesa, alunos de 6º e 7º anos do Ensino Fundamental. Entre os finalistas estão duas estudantes piauienses das cidades de Barras e Buriti dos Lopes, no interior do Piauí.

As alunas ficaram entre os 38 estudantes selecionados, de todas as regiões do país, que seguem para a final no dia 09 de dezembro, em São Paulo, quando serão revelados os vencedores nacionais. Foram premiados também os quatro professores autores dos Relatos de Prática vencedores da categoria.

As finalistas piauienses são Bárbara Maria Carvalho de Oliveira, da Unidade Escolar Zezita Sampaio em Buriti dos Lopes, e Maria Alice Ferreira Simão, da Escola Municipal Desembargador Arimateia Tito em Barras. A primeira foi selecionada com o texto "Socorra meu Buriti" e a segunda com "Capim Pubo".

A 6ª edição da Olimpíada de Língua Portuguesa teve mais de 5 milhões de alunos participantes das oficinas de leitura e escrita realizadas para a produção dos textos e 171.035 inscrições nas categorias. Ao todo, 4.876 municípios e 42.086 escolas participaram da competição.

Os 250 estudantes e professores de escolas públicas selecionados na etapa estadual chegaram a São Paulo na segunda-feira (28). Durante três dias participaram de novas oficinas de texto, bate-papo com autores, rodas de conversa, atividades culturais e de integração. Eles entrevistaram a escritora Geni Guimarães e a visitaram o Museu Afro Brasil.

O próximo Encontro de Semifinalistas da Olimpíada de Língua Portuguesa será entre 4 e 6 de novembro, com os alunos e professores que trabalharam o gênero Poema. Desembarcarão em São Paulo 130 professores e alunos do 5º ano do Ensino Fundamental, que participarão das atividades culturais e de formação. 

Ainda em novembro, serão realizados os encontros de semifinalistas de Documentários (1º e 2º anos do Ensino Médio) e de Artigo de Opinião (3º ano). Além dos finalistas em Memórias Literárias, foram divulgados em outubro os 38 selecionados na categoria Crônica (8º e 9º anos do Ensino Fundamental).

Olimpíada de Língua Portuguesa é realizada pelo Itaú Social e o Ministério da Educação (MEC) com coordenação técnica do Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária (Cenpec). 

O objetivo é apoiar os professores da rede pública no aprimoramento das práticas de ensino de leitura e escrita. A partir da metodologia do Programa Escrevendo o Futuro, os professores realizam oficinas de produção de texto com os alunos do 5º ano do Ensino Fundamental ao 3º ano do Ensino Médio. O tema do concurso é “O lugar onde vivo”, um estímulo à reflexão sobre as realidades locais.

O concurso conta com a parceria da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime), do Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed), da Fundação Roberto Marinho e do Canal Futura.


Papai Noel dos Correios começa oficialmente na segunda-feira (4)

Papai Noel dos Correios começa oficialmente na segunda-feira (4)

No Piauí, o lançamento da campanha será na quinta-feira (07), às 09h00, na CMEI Natureza, escola pública localizada no bairro Água Mineral.

Uma das campanhas de solidariedade mais aguardadas do ano, o Papai Noel dos Correios, será lançada oficialmente nesta segunda-feira (04), em São Paulo. No Piauí, o lançamento da campanha será na quinta-feira (07), às 09h00, na CMEI Natureza, escola pública localizada no bairro Água Mineral, zona Norte de Teresina.

A partir desta data, as cartas estarão disponíveis para adoção no hall da Agência Central, próximo ao Palácio de Karnak, e na Agência de Correios do Shopping Riverside. A campanha segue até o dia 13 de dezembro.

Crianças recebem presentes do Papai Noel dos Correios. (Foto: Arquivo O Dia)

Durante a campanha, os Correios receberão as cartinhas de crianças que enviaram seus pedidos diretamente ao Papai Noel e, também, de estudantes das escolas da rede pública (até o 5º ano do ensino fundamental) e de instituições parceiras, tais como creches, abrigos, orfanatos e núcleos socioeducativos. Desde 2010, os Correios estabeleceram essas parcerias com as Secretarias de Educação, a fim de trabalhar ações como o desenvolvimento da habilidade da redação de carta, o endereçamento correto e o uso do CEP.

30 anos

Em 2019, a maior ação de responsabilidade social dos Correios completa 30 anos de existência. Ao longo dessas três décadas, a campanha conseguiu atender ao pedido de mais de 6 milhões de cartinhas – muitas delas com histórias emocionantes de solidariedade. Essa corrente do bem une esforços de empresa, empregados e voluntários da sociedade para atender, dentro do possível, aos pedidos de presentes daqueles que se encontram em situação de vulnerabilidade social.

A campanha Papai Noel dos Correios nasceu pela iniciativa de alguns empregados que, durante a rotina de trabalho, recebiam cartinhas escritas por crianças destinadas ao Papai Noel, mas sem endereço. Sensibilizados, alguns deles resolveram adotar as cartinhas e enviar os primeiros presentes. Com o passar do tempo, a ação foi ganhando proporção na empresa e acabou se transformando em um projeto corporativo dos Correios.

Funcionamento da campanha

A adoção pelos padrinhos é feita da mesma maneira em todo o Brasil: as cartinhas enviadas pelas crianças são lidas e selecionadas. Em seguida, são disponibilizadas na Casa do Papai Noel ou em outras unidades da empresa. ATENÇÃO: Os Correios não distribuem cartas para adoção diretamente à população, em suas residências. As cartinhas do Papai Noel dos Correios ficam disponíveis apenas nos locais indicados no blog da campanha. E para que a empresa possa acompanhar as adoções e as entregas dos presentes, os padrinhos devem cadastrar o CPF ou CNPJ.

Os presentes são recebidos nos pontos de entrega divulgados pelos Correios que, posteriormente, realizam a distribuição. Não é permitida a entrega direta do presente e, para assegurar a observância desse critério, o endereço da criança nunca é divulgado ou informado ao padrinho.

As datas, locais e horários da Campanha Papai Noel dos Correios 2019 podem variar em cada Estado. Todas as informações sobre esta corrente de solidariedade poderão ser obtidas no blog, no endereço http://blog.correios.com.br/papainoeldoscorreios, que estará disponível a partir do lançamento da campanha.


Piauí teve 80 focos de queimada por dia durante o mês de outubro

Apesar de alto, o número de ocorrência é 21% menor que todo o contabilizado durante setembro. Piauí é o oitavo estado brasileiro em quantidade de queimadas.

O Estado do Piauí registrou uma média de 80 focos de queimada em vegetação durante todo o mês de outubro. Foram 2.475 focos em 31 dias e, apesar de alto, o total de ocorrência ainda foi 21% menor do que todo o contabilizado no decorrer do mês anterior, setembro, que teve 3.137 queimadas. Os números constam no relatório emitido pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), divulgado nesta quinta-feira (31).


Leia também: Incêndio destrói terreno e ameaça chegar em Campus da Uespi em Picos 


De acordo com os dados, o Piauí ocupa a oitava colocação no ranking nacional em número de queimadas, ficando atrás apenas do Mato Grosso, Pará, Mato Grosso do Sul, Maranhão, Amazonas, Tocantins e Rondônia. A gravidade da situação, segundo o Inpe, se demonstra na análise dos últimos dias aqui no Estado. É que do último sábado até ontem, o Piauí registrou 601 focos de queimadas.


Foto: O Dia

A situação mais crítica se concentra na região Sul. A cidade de Picos, por exemplo, registra desde ontem um incêndio de grandes proporções em um térreo próximo ao campus da Uespi. Uma guarnição do Corpo de Bombeiros foi acionada para conter as chamas e proceder com a perícia para identificar as causas do fogo.

Somente nesta quarta-feira (29), o Piauí registrou 218 ocorrências de queimadas, um aumento de 37% no intervalo de apenas 24 horas. A cidade de Buriti dos Montes, a 256 Km de Teresina, apresenta a situação mais preocupante, figurando como o sexto município brasileiro com a maior quantidade de focos de queimadas nos últimos cinco meses (um total de 171 em outubro, representando um aumento de 755% em relação às 20 registradas em setembro).

Após protesto, frota de ônibus é reduzida em 40% na zona Sudeste

Após protesto, frota de ônibus é reduzida em 40% na zona Sudeste

Motoristas e cobradores fizeram uma manifestação na manhã desta sexta-feira na garagem do consórcio Teresina, impedindo a saída dos ônibus.

Um protesto de motoristas e cobradores reduziu em 40% a frota de ônibus em circulação na zona Sudeste de Teresina nas primeiras horas da manhã desta sexta-feira (1º). Segundo a Superintendência Municipal de Trânsito (Strans), os trabalhadores se organizaram em ato na garagem do consórcio Teresina e impediram a saída dos ônibus.


Devido à paralisação, os terminais e paradas de ônibus da zona Sudeste ficaram lotados de passageiros. Em alguns casos, a espera chegou a mais de uma hora.

Segundo Fernando Feijão, presidente do Sintetro, a categoria está reivindicando o pagamento de férias atrasadas, melhores condições de trabalho e o retorno de 42% da frota dos corujões, que foi retirada de circulação há mais de um mês. 

O presidente do Sintetro, Fernando Feijão. (Foto: Arquivo O Dia)

"Foi retirada a metade dos ônibus que circulavam nos corujões da zona Sudeste e zona Sul. Há um mês estamos tentando ver com a empresa e nada. A frota já era pequena e agora reduziram mais ainda", afirma.

Os trabalhadores estão reunidos com os representantes das empresas de transporte coletivo da região e o protesto deve ser encerrado nos próximos minutos. A paralisação afeta a circulação dos ônibus das empresas Transfácil, Emtracol e Santa Cruz.

De acordo com o presidente do Sintetro, essa é a primeira de uma série de paralisações a serem feitas na capital. Contudo, a categoria ainda não definiu um calendário do movimento. "Enquanto as reivindicações não forem atendidas, vamos continuar brigando e cobrando", finaliza Fernando Feijão.


Dia de Finados altera funcionamento do comércio

Dia de Finados altera funcionamento do comércio

Para quem ainda pretende comprar coroas e velas, o melhor é se organizar com antecedência, pois o Centro estará fechado no sábado.

Com o feriado do Dia de Finados, celebrado neste sábado, 2 de novembro, os estabelecimentos comerciais terão horários diferenciados. Para quem ainda pretende comprar coroas e velas, o melhor é se organizar com antecedência, pois, segundo o Sindicato dos Lojistas do Comércio do Estado do Piauí (Sindilojas/PI), as lojas do Centro e bairros não funcionarão amanhã.

No Teresina Shopping, as lojas funcionarão apenas das 14h às 20h, o Espaço Família abre das 11h às 22h, o Hiperbompreço das 8h às 22h, lojas de alimentação e parque das 10h às 22h, Smart Fit das 8h às 18h e os Cinemas a partir das 12h30.


Leia também: Frota de ônibus será reduzida em 50% no Dia de Finados 


Já o Shopping Rio Poty não terá alteração em seu funcionamento. As lojas estarão abertas das 10h às 22h, assim como os espaços de lazer, praça de alimentação e cafeterias. O Cinépolis abre das 13h às 22h30 e a academia Bodytech abrirá às 9h e fechará às 14h.

Supermercados como o Assaí e o Extra funcionam normalmente, sendo o Extra Hiper de 7h às 0h, Mercado Extra de 7h às 22h e Assaí de 7h às 22h. Já as lojas Pão de Açúcar terão o funcionamento diferente para cada região. O Pão de Açúcar Frei Serafim abrirá das 7h às 20h; nos bairros São Cristóvão e Jóquei será de 7h às 21h e da Dom Severino inicia 7h e fecha às 22h.


Foto: O Dia

Parques e ônibus

Os parques também funcionam em horário normal neste sábado. O Parque Estação Cidadania das 5h30 às 21h30; Parque Matias Matos das 5h30 às 10h e das 16h às 21h30; Parque da Macaúba abre das 5h30 às 10h e das 16h às 21h30; Parque da Cidade funciona das 6h às 19h e Parque Encontro dos Rios de 7h às 18h.

Aos moradores que dependem de transporte público, a Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans) fará uma redução de 50% da frota de ônibus que circula na cidade, seguindo a rota dos ônibus aos domingos.

Ansiedade no dia do Enem pode ser controlada com relaxamento e respiração

Ansiedade no dia do Enem pode ser controlada com relaxamento e respiração

Professora de yoga lista técnicas para ajudar os candidatos a se manterem calmos no dia do exame.

Sentir ansiedade antes de uma prova ou decisão importante é comum. E os candidatos que estão se preparando para enfrentar o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) nos próximos dois domingos começam a sentir essa preocupação mais presente. Incertezas, pressão dos pais e dos professores e a autocobrança aumentam a ansiedade neste período.



Leia também: Na reta final para o Enem, alunos devem focar na revisão 


Contudo, a psicóloga Ianny Luizy explica que essa sensação é normal e pontua quando ela passa a ser um sinal de alerta. “Ansiedade é transtorno psicológico, porém temos que lembrar que todos nós a temos por questões de que é algo inato e intuitivo, trabalhamos com o que o nosso corpo prevê como um perigo. Porém, existe a ansiedade patológica, que é quando o ser humano está com o corpo e a mente em alerta constante em um futuro que não existe”, detalha.

Para auxiliar os estudantes que vão fazer o Enem este ano, a professora de yoga Juliana Fiúza indica que eles façam alongamento para melhorar a postura e a respiração antes e durante a prova. “O Enem é uma prova muito estressante, recomendo que os jovens façam alongamento para permitir que o quadril e as costas fiquem relaxados. Com isso, é possível controlar a ansiedade, porque você respira melhor”, esclarece.


Foto: Assis Fernandes/O Dia

A professora destaca que, antes de começar a prova, é possível girar o quadril, tentar tocar as mãos nos pés, esticar os braços para cima e fazer exercícios de respiração.

“Você pode inspirar, encher o pulmão de ar e expirar bem devagar para controlar a saída de ar, isso causa relaxamento. Outra técnica fácil é apertar entre o dedão e dedo indicador e massagear por 5 minutos, isso ajuda a circulação sanguínea e a se manter acordado”, orienta Fiúza.

Todavia, é importante ter em mente que, quando se estar estressado, a memória não funciona, como lembra a estudante do 3º Ano, Thalita Kellen, que já fez outras provas do Enem como teste. Ela conta ainda que a preparação é uma construção de anos, tudo que foi acumulado durante a vida escolar.

“Essa prova é totalmente diferente porque tem uma cobrança por trás, uma expectativa maior. Mas o necessário é manter a cabeça focada e ter confiança no que estudou. A minha ansiedade, por exemplo, aumenta quando estou ociosa, sem fazer nada. Portanto, no dia da prova, pretendo não ficar desocupada, quero sair com os amigos pela manhã, almoçar com a família e ir para a prova”, fala Thalita Kellen.

Já Júlio Cesar, que está concluindo o 3° Ano do Ensino Médio, explica que muita gente fica apreensiva por ser uma etapa que vai mudar a sua vida, mas se manter o foco e entrar de cabeça erguida, o resultado esperado vem.

“Eu não estou ansioso agora, mas se no dia sentir algo, peço para ir ao banheiro esvaziar a cabeça e manter a calma, porque sei que o essencial já fiz, que é estudar bastante. E mesmo se eu não conseguir nota suficiente para entrar no curso que eu quero, vou tentar novamente depois. As pessoas não devem se sentir frustradas por isso”, pondera Júlio Cesar.

31 de outubro de 2019

Outubro Rosa acende debate para o câncer de mama em pessoas trans

Outubro Rosa acende debate para o câncer de mama em pessoas trans

Pessoas transexuais e transgêneros também precisam se prevenir da doença.

A campanha Outubro Rosa, voltada para prevenção do câncer de mama, evidencia um assunto pouco lembrado pelas políticas públicas voltadas à população LGBT: o fato de as pessoas transexuais e transgêneros também precisarem se prevenir da doença.

Grax Medina nasceu em um corpo feminino, mas a sua identidade de gênero é masculina, ele é um homem trans. Medina passou recentemente pela cirurgia de retirada total das mamas, processo que faz parte da adequação de gênero e, mesmo sem os seios, ele não deixou de lado os cuidados de prevenção com o câncer de mama.

Grax Medina durante entrevista ao O Dia News 1º Edição. Foto: Jorge Machado

“Eu tenho que fazer exames de seis em seis meses. A minha cirurgia foi mastectomia bilateral total, retirada total das mamas com implante para ficar esteticamente igual ao peitoral masculino. Mesmo assim eu preciso ter todos os cuidados ainda”, revela.

Medina afirma que as políticas públicas no Piauí voltadas para o atendimento de pessoas trans em hospitais públicos e privados, em relação aos cuidados com câncer de mama, não são satisfatórias.

“A maioria dos homens trans que não tem plano de saúde ficam com receio de ir ao SUS, por conta de sentir algum preconceito. Eu faço parte de uma associação de homens trans aqui no Piauí e estamos correndo atrás de um ambulatório específico para pessoas trans”, ressalta.

Medina conta rotina de pessoas trans em hospitais públicos e privados. Foto: Jorge Wesley

Medina completa afirmando que, por vezes, teve que trocar de profissionais por falta de preparo no atendimento. “Nem todos os médicos estão preparados. Eu mudei de endocrinologista umas três vezes porque eles não conseguiam me tratar no masculino. Dermatologista eu mudei duas vezes e ginecologista também duas vezes”, conta.

O jovem finaliza ressaltando que a empatia é uma forma de combate às diferenças no Estado. “Além do respeito, tem que ter empatia. Todo homem trans já deve ter passado, uma vez na vida, de chegar ao SUS e os plantonistas cansados ficam nos destratando ou tratando de qualquer jeito. Ter empatia é uma forma de respeitar as diferenças”, finaliza.

SSP realiza reunião para definir estratégias do Enem 2019

SSP realiza reunião para definir estratégias do Enem 2019

Ao todo, são 122.038 inscritos em 32 municípios do Piauí, totalizando 312 locais de aplicação. Primeiro dia de prova acontece neste domingo (3).

A Secretaria de Segurança Pública (SSP) se reuniu com representantes da Secretaria de Estado da Educação (Seduc) e do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) para traçar ações integradas para operação Enem 2019 no Piauí. A reunião ocorreu na manhã desta quinta-feira (31), na sede da SSP.



Leia também:

Revisão gratuita do Enem acontece nesta quinta (31) no Theresina Hall 


Para garantir o acompanhamento em tempo real das ações de segurança, o Centro de Comando e Controle ficará instalado na sede da SSP. De acordo com o órgão, mais de 500 agentes de segurança, entre bombeiros e policiais militares, atuarão no certame. Estão sendo disponibilizadas ainda viaturas extras pra dar mais segurança aos candidatos que se deslocarão a pé aos centros de aplicação ou que dependem de transporte coletivo e ficam em tempo de espera nas paradas.

"Estamos trabalhando para dar aos candidatos a certeza de que o estudo que eles tiveram seja suficiente pra que eles obtenham sucesso. É pra dar mais isonomia e igualdade ao exame", discorreu o secretário Fábio Abreu.

Reunião definiu estratégias para o Enem 2019. (Foto: Maria Clara Estrêla/O Dia)

Nesta quinta-feira, as equipes de segurança que atuarão no Enem já estão sendo enviadas para os municípios do interior que terão aplicação de provas. Esse ano a novidade é que o Batalhão de Polícia Ambiental vai atuar junto às equipes pra resolver e evitar situações de poluição sonora nas proximidades das escolas.

"O Piauí tem mantido sucesso no tocante à segurança da realização do Enem. Todos os policiais que vão trabalhar nas provas são voluntários e todos eles já receberam suas designações e treinamentos pra poder atuar e a gente sabe que isso vai ser feito com afinco", explicou o major Audivan Nunes, coordenador da Força Tarefa da SSP.

A Polícia Federal também dará apoio em uma organização vertical para evitar fraudes, tentativas de fraudes e atuar diretamente na parte de inteligência do certame, acompanhando e monitorando a entrega das provas e todo o andamento do processo.

Piauí terá 312 locais de aplicação

Segundo o Inep, as provas já estão no estado desde o dia 05 de outubro. O armazenamento dos cadernos está sendo feito nas sedes do 25° Batalhão de Caçadores (25 BC) e do 2° Batalhão de Engenharia de Construção (2º BEC).  Ao todo, são 122.038 inscritos em 32 municípios do Piauí, totalizando 312 locais de aplicação.

Nesta edição, as candidatas lactantes poderão contar também com 58 salas de amamentação e 43 candidatos com deficiência poderão fazer as provas em libras sendo três videoprovas. Quanto ao uso de nome social, apenas cinco candidatos solicitaram a inclusão do nome social neste ano.

A Coordenação do Inep no Piauí lembra que só é possível fazer prova com caneta preta. Celulares, relógios ou qualquer aparelho eletrônico são proibidos. Vale ressaltar que, mesmo que em saco plástico, os aparelhos que tocarem resultam em eliminação imediata do candidato.

Em 20 anos de aplicação do Enem no Piauí, a edição de 2018 foi a única em que não foi necessária a reaplicação da prova. Os representantes do Inep lembram que o problema mais frequente no estado é a falta de energia em centros de aplicação.

“[Em 2018] Nós tivemos falta de energia em dois municípios, mas imediatamente foi recuperado. Em 20 anos, a sempre tinha a reincidência de pessoas que, por se sentirem prejudicadas, faziam a reclamação ao Inep e, após a avaliação, tinham o direito de ter a prova aplicada novamente, mas ano passado não teve isso”, disse a representante do Inep, que não teve a identidade revelada por questão de sigilo.

Segundo o executivo de Operações da Equatorial, Daniel Rufino, a distribuidora irá coordenador os trabalhos de forma prévia, durante e depois do certame, para impedir a interrupção do abastecimento nos centros de aplicação de prova e garantir que o exame seja bem sucedido.

“O que identificamos nos anos anteriores foram problemas nas instalações internas, então a gente chama atenção para que exista uma inspeção prévia e a gente está dando apoio nisso, para que não haja problema nas centrais de ar condicionado, para garantir mais conforto para os candidatos”, ressaltou.

As provas do Enem serão aplicadas em dois domingos, 3 e 10 de novembro. No primeiro dia, os participantes deverão responder 45 questões de ciências humanas, 45 questões de linguagens e códigos, além da redação. Já no segundo dia, o certame terá 45 questões de matemática e outros 45 de ciências da natureza.