• Campanha da Santa Missa
  • Vencer 03
  • Vencer 02
  • Vencer 01
  • Prerrogativas da advogacia
  • Peregrinos da fé
  • SOS Unimed
  • Novo app Jornal O Dia

4 BPM afirma que nota divulgada sobre carnaval em Valença é fake News

Na publicação falsa, havia a informação de que o índice de violência na cidade estava alto, sendo que a PM ainda não realizou o balanço, que está previsto para quarta-feira,26.

25/02/2020 09:57h

Nos últimos dias circulou nas redes sociais uma suposta nota da Policia Militar do Piauí (PM-PI) induzindo os moradores da cidade de Valença do Piauí a não participarem das folias de carnaval. Na publicação falsa, havia a informação de que o índice de violência na cidade estava alto, sendo que a PM ainda não realizou o balanço, que está previsto para quarta-feira,26. 

“O Comandante da 2ª Companhia do 4º Batalhão da Policia Militar do Piauí (2ª Cia./4º BPM), Capitão Antonio SANTOS, vem a público esclarecer que não são verdadeiras as notas veiculadas nas redes sociais. O suposto “recorde de apreensões de armas brancas” e que as pessoas de bem tomassem cuidado com indivíduos mal intencionadas que estariam infiltradas em meio aos eventos carnavalescos para causar-lhes mal. Tais informações não são reconhecidas pelo Comando da Polícia Militar em Valença do Piauí, portanto são notícias falsas”, afirma o capitão Santos.

A PM informa ainda que até o momento, as ocorrências registradas não tem relação direta com o Carnaval, são fatos isolados. Entretanto, os policias atenderam uma ocorrência de morte por afogamento ocorrida por volta das 13h desta segunda-feira, 23, na Barragem Mesa de Pedra, em Valença do Piauí. Onde um cidadão, não observando os cuidados e cautelas necessários, adentrou em área imprópria para o banho na represa. 

“O Quartel adverte ainda as pessoas que não promovam a criação ou divulgação de notícias falsas, mais conhecidas por “fake news”. Onde a valorosa liberdade de expressão e livre manifestação do pensamento não podem ser formas de causar prejuízos, dentre outros, à segurança pública. Bem como não podem servir de pretexto para promoção pessoal em detrimento da verdade dos fatos e promoção de insegurança pública, o que em nada beneficia a população deste município”, conclui. 

Por: Sandy Swamy

Deixe seu comentário