• Clínica Shirley Holanda
  • Semana do servidor
  • Netlux
  • SOS Unimed
  • Novo app Jornal O Dia

Após corte de R$ 1 bilhão, Bolsa Família no PI corre risco de encolher

A informação foi divulgada pelo coordenador estadual do programa, Roberto Oliveira, na tarde desta quarta-feira (02).

02/10/2019 14:45h - Atualizado em 02/10/2019 19:01h

O contingenciamento doequivalente a R$ 1 bilhão do Governo Federal pode prejudicar beneficiários do Bolsa Família no Piauí. A informação foi divulgada pelo coordenador estadual do programa, Roberto Oliveira, na tarde desta quarta-feira (02).



LEIA MAIS: Piauí teve mais de 158 mil benefícios do Bolsa Família bloqueados em 2018 


Segundo Roberto Oliveira, depois de conversas com a equipe econômica do Governo Federal, a previsão é de que o mesmo orçamento que foi destinado ao programa em 2019 seja aplicado no próximo ano.

Roberto Oliveira é coordenador estadual do Programa Bolsa Família - Foto: Assis Fernandes/O Dia

“A gente fica muito preocupado porque pelos dados do Ipea teremos uma inflação de algo em torno de 4.5 em 2020 e também não deve haver previsão de melhoramento do programa, do poder de compra e no repasse do valor. Além disso, à medida que a gente vai tendo uma necessidade grande de ofertar mais benefícios e programas sociais, temos um reposta de que isso não será possível” disse.

Em apenas um mês, cerca de seis mil famílias deixaram de integrar o Programa Bolsa Família no Piauí . Em agosto, 450 mil famílias estavam regularmente cadastradas no programa, já em setembro esse número caiu para 444.648 famílias.

Mulheres na fila para receber o benefício. Foto: Arquivo O Dia

Roberto Oliveira disse a que meta do programa é fazer com que as famílias saem da linha de pobreza e passam a não depender mais do benefício, para outras famílias sejam incluídas no lugar. No entanto, com o contingenciamento do recurso, não está havendo reposição, o que acaba por gerar uma lista de espera.

“Estamos tendo uma fila de espera que vai se aumentando cada vez mais, tanto pela condição financeira do próprio país como também pela falta de recurso do Governo Federal. Existem outros programas que têm até um aporte de recursos, porém a gente está sofrendo não só com relação ao Bolsa Família, mas todos os programas sociais”, finalizou.

Edição: Adriana Magalhães
Por: Jorge Machado, do Jornal O Dia

Deixe seu comentário