• Jovens escritores 2018
  • Patrimônio 30/04
  • banner marcas
  • Marcas Inesquecíveis 2018 26/03

Após recadastramento, Governo economiza R$ 21 milhões com folha

Após recadastro de servidores, o Estado constatou que mais de 3,7 mil não atualizaram os dados e foram excluídos da folha

05/01/2018 09:40h

Dados da Secretaria de Administração e Previdência (SeadPrev) do Governo do Estado, obtidos pelo ODIA, apontam que o executivo conseguiu uma economia de quase R$ 21 milhões com o pagamento da folha do funcionalismo estadual. A economia foi possível após a última etapa do recadastramento realizado pelo Governo, que envolveu servidores ativos, inativos, pensionistas, comissionados exclusivos, contratados temporariamente e militares.

Nessa última etapa, que encerro em dezembro, foram convocados para atualizar os dados funcionais e pessoais 96.318 servidores ativos, inativos, contratados temporariamente, comissionados exclusivos e pensionistas. Ao final do prazo regular, foi constatado que 3.706 não fizeram o recadastramento on line e nem compareceram à Secretaria de Administração e Previdência para regularizar a situação. O número representa 3,5% da quantidade esperada.

O secretário da SeadPrev, Franzé Silva, explicou que os servidores que não compareceram tiveram o pagamento dos salários suspensos. “Esses servidores tiveram os salários bloqueados a partir de dezembro de 2017 e o desbloqueio fica condicionado ao comparecimento à Secretaria para validar a situação funcional. O atendimento é feito de segunda a sexta-feira das 7h30 às 13h30”, ressaltou.

O gestor destacou que a atualização cadastral foi feita no período de 22 de junho até 6 de novembro e que foi instituída através de decreto como uma das medidas adotadas pelo Estado para redução de despesas. Pelo decreto, a partir de agora, a cada dois anos, os servidores terão que atualizar os dados. “É uma medida também que tem como objetivo manter renovados os dados apresentados pelos servidores estaduais como forma de o governo ter um controle maior sobre a folha de pagamento e a melhoria no serviço de gestão de pessoas”, destacou.

Para os servidores inativos, pensionistas e militares da reserva, a Atualização Cadastral serviu como prova de vida e foi realizada com o prévio acesso on-line ao site sendo concluída com o encaminhamento para a SeadPrev de cópia autenticada de documento oficial de identidade juntamente com Declaração de Vida firmada sob as penas da lei.

Por: Mayara Martins- ODIA

Deixe seu comentário






Enquete

Como você avalia as manifestações dos caminhoneiros?

ver resultado