• Campanha da Santa Missa
  • Vencer 03
  • Vencer 02
  • Vencer 01
  • Prerrogativas da advogacia
  • Peregrinos da fé
  • SOS Unimed
  • Novo app Jornal O Dia

Chuva de ontem fez o Rio Poti ficar na cota de inundação por três horas

Apesar do nível do rio ter atingido uma cota crítica, hoje, as águas já deram uma abaixada, retornando para a cota de atenção.

18/03/2020 09:32h - Atualizado em 18/03/2020 09:48h

Na tarde de ontem (18), as águas do Rio Poty em Teresina atingiram 10 metros de profundidade, o que significa que o rio chegou sua cota de inundação, podendo transbordar em caso de novas chuvas. Conforme revela o monitoramento do Serviço Geológico Nacional, ontem às 09h30min, o Poty estava com um nível de 9,90 metros, subiu para 10 metros por volta das 12h45min e se manteve nesse patamar por cerca de três horas, até as 15h15min.


Leia também: Cidades do PI registram os maiores acumulados de chuvas entre segunda e terça 


A partir de então, suas águas começaram a baixar devido ao aumento de sua vazão aos afluentes, tendo reduzido para 9,01 metros nas primeiras horas da manhã de hoje (18). No último boletim divulgado pelo CPRM, às 08h30min, o Rio Poty estava a um nível de 8,85 metros, ou seja, de volta à cota de atenção. Apesar de não ter durado muito, o fato de suas águas terem atingido a cota de inundação no dia de ontem gera preocupação pelo fato de que há mais chuva prevista para o Piauí nos próximos dias, o que pode culminar em uma nova elevação de seu nível e dessa vez sem uma redução tão rápida.

O acumulado de chuva as águas do rio Poty em Teresina chegou a 149,8 milímetros nas últimas 48 horas, conforme aponta o CPRM. 


Chuva de ontem fez o Rio Poti ficar na cota de inundação por três horas - Foto: Assis Fernandes/O Dia

Rio Parnaíba está na cota de alerta

De ontem para hoje, o nível do Rio Parnaíba em Teresina subiu 52 centímetros, saindo de 5,8 metros às 07h45 min desta terça e chegando a 5,60 metros às 07h45min desta quarta. Com o aumento de suas águas, o Velho Monge saiu da cota de atenção atingindo a cota de alerta em 24 horas. No momento, o Parnaíba encontra-se a 1,27 metros da cota de inundação.

Parnaíba e Poty invadiram o Encontro dos Rios

Por conta das chuvas volumosas que o Piauí, em especial Teresina, tem registrado nos últimos dias, a Companhia Hidrelétrica do São Francisco (Chesf) abriu parcialmente as comportas da Barragem de Boa Esperança, que atingiu 74% de sua capacidade. Junto com as chuvas, o aumento da vazão do reservatório contribuiu para a elevação do nível do rio.


Foto: Assis Fernandes/O Dia

A água subiu tanto que no dia de ontem (17) acabou invadindo o Parque Encontro dos Rios fazendo artesãos perderem seus artigos. A limpeza do local deve demorar cerca de 10 dias, segundo os moradores, até que o nível do Poty e do Parnaíba comece a se normalizar.

Defesa Civil monitora

No momento, a Defesa Civil Municipal monitora 56 áreas de risco em Teresina. São locais onde há chances de ocorrerem deslizamentos de terra, desabamentos e inundação das casas. As pessoas que vivem nessas áreas são retiradas de lá e encaminhadas ao Programa Cidade Solidária, que oferece auxílio financeiro às famílias que tiveram suas residências comprometidas.

“Estamos com nossos olhos voltados para o atendimento às áreas de risco. Além da Defesa Civil, que monitora as famílias em risco e as encaminha para a assistência social, outros órgãos da Prefeitura de Teresina estão atuando, como as Superintendências de Desenvolvimento Urbano (SDU) e Superintendência de Desenvolvimento Rural (SDR). O importante é conter os danos e dar suporte a todos os atingidos”, afirmou o secretário municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas, Samuel Silveira.


Samuel Silveira, secretário da Semcaspi - Foto: O Dia

Para mais informações, a população pode solicitar atendimento pelo telefone 3131-4729 da Gerência de Proteção Social Básica da Semcaspi. Já a Defesa Civil pode ser acionada por meio do número 153 para atendimentos e emergências.

Por: Maria Clara Estrêla

Deixe seu comentário