• Natal
  • Policlinica
  • Motociclista
  • SOS Unimed
  • Novo app Jornal O Dia

Piauí deve igualar média nacional do PIB per capita apenas em 2100

O conselheiro de Educação Antônio José Medeiros fez uma síntese da economia piauiense

02/12/2019 10:47h

Durante palestra no Seminário Piauí 2100, promovido pela Academia Piauiense de Letras, o Conselheiro de Educação Antônio José Medeiros fez uma síntese da economia piauiense, indicando que ainda há uma disparidade entre o PIB (Produto Interno Bruto) per capita do Piauí e o PIB per capita nacional. Com o atual ritmo de crescimento, o pesquisador indicou que o Estado só deve se equiparar à média em meados de 2100. “Se crescermos duas vezes o que cresce o PIB do Brasil, só igualaremos o PIB do Brasil em 2013, porque são 60% que temos que recuperar. Se crescer três vezes mais, atingiremos em 2058, e se crescer quatro vezes mais atingiremos em 2043, se crescêssemos quatro vezes mais seria mais seguro”, frisou. 

 
O conselheiro de Educação Antônio José Medeiros fez uma síntese da economia piauiense - Foto: Divulgação

Piauí tem crescimento de 4,2%

Durante o painel na Academia Piauiense de Letras, Antônio José Medeiros ainda frisou para o crescimento assinalado no PIB piauiense nos últimos anos. “Nos últimos 16 anos, 2002 a 2016, série histórica que o IBGE vem calculando o PIB para todos os Estados, todos os municípios com a mesma metodologia, nós atingimos em média 4,2% e o Brasil cresceu 2,4%, não chegamos a crescer o dobro do Brasil, nesse ritmo só vamos igualar o PIB Per capita provavelmente em torno de 2100 mesmo, será que conseguiremos acelerar esse ritmo? É um desafio, porque tudo indica que o Brasil vai recuperar um ritmo de crescimento”, afirmou. 

O palestrante também colaborou com uma visão sobre o uso tecnológico no futuro e a força que ele deve ganhar em todos os processos da vida. “A segunda perspectiva metodológica é analisarmos os processos, o processo de maior impacto histórico que estamos vivendo e provavelmente nos próximos 20 anos pelo menos é a chamada revolução da telemática, mistura da informática e da comunicação à distância, é o computador casado com o satélite, em geral desde que nossa civilização se tornou de base científica-tecnológica, são as revoluções tecnológicas que promovem o impacto. É uma revolução que tem como característica não só a rapidez, liquidez, mas a inovação, e é muito difícil fazer uma previsão quando você usa a perspectiva da inovação, de modo que é bem difícil prever como vai se chegar daqui a 80 anos”, complementou. 


Deixe seu comentário