• Clínica Shirley Holanda
  • Semana do servidor
  • Netlux
  • SOS Unimed
  • Novo app Jornal O Dia

Piauí terá que qualificar mais de 51 mil profissionais da indústria

De acordo com os dados do Mapa do Trabalho Industrial, divulgado pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), a meta precisa ser atendida entre 2019 e 2023 com cursos de nível superior, técnico, qualificação e aperfeiçoamento.

02/10/2019 06:46h

De acordo o Mapa do Trabalho Industrial, divulgado segunda-feira (30) pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), o Piauí terá que qualificar 51.863 trabalhadores que estão em ocupações industriais.

A meta deve ser atendida entre 2019 e 2023 com cursos de nível superior, técnico, qualificação e aperfeiçoamento. Na escola do Senai em Teresina, até agosto deste ano, foram atendidos 5.354 profissionais em diversas modalidades.


Leia também: Piauí possui a maior taxa de subutilização da força de trabalho 


“Nós temos um plano de ação que é elaborado todo ano, levamos em consideração o planejamento estratégico do departamento nacional com o recorte do estado do Piauí, assim como o Mapa do Trabalho, que faz o levantamento e mostra quais são as profissões que demandam mais aprimoramento profissional”, conta Sandra de Ataíde, diretora de Educação Profissional e Tecnológica do Senai.

Assim, a partir dos levantamentos, o Serviço planeja atividade voltadas para profissões das áreas de logística, transporte, alimentos, profissões transversais, metalmecânica, construção, informática energia e telecomunicações.


Foto: Arquivo O Dia

“É recomendado que a reciclagem dos profissionais tenha carga horária acima de 200 horas, voltada para pessoas que já trabalham ou que têm uma formação profissional e precisa de qualificação. Alguns cursos são gratuitos, com foco nas pessoas de baixa renda e temos os que não são gratuitos”, explica Sandra de Ataíde.

O Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) é referência em Educação Profissional e Tecnologia Industrial do Brasil. No Piauí, o Senai é integrante da Fiepi (Federação das Indústrias do Estado do Piauí) e contribui para elevar a competitividade da indústria brasileira promovendo a educação profissional e tecnológica, a inovação e a transferência de tecnologias industriais. Para mais informações, os interessados podem entrar em contato com o Serviço através dos telefones (86) 3214-3979 ou (86) 3225-1504 ou pelas redes sociais @senaipiaui.

Por: Sandy Swamy, do Jornal O Dia

Deixe seu comentário