• COMBATE AO MOSQUITO AEDES AEGYPTI 2019 - 2020
  • SOS Unimed
  • Novo app Jornal O Dia

Plataforma viabiliza trabalho voluntário em Teresina

O projeto pretende fazer uma ponte entre quem pode ajudar e quem precisa de ajuda

10/12/2019 18:06h

A Prefeitura de Teresina lança nesta quarta-feira (11), às 20h, no Parque da Cidadania, uma plataforma online de voluntariado para entidades governamentais e não governamentais da Capital. O projeto “Teresina Transforma” pretende fazer uma ponte entre quem pode ajudar e quem precisa de ajuda.

“O Teresina Transforma é uma grande corrente do bem. Essa plataforma vai cadastrar todos aqueles que querem prestar serviços voluntários às entidades que precisam desse engajamento cívico. Nós aderimos a esse movimento nacional que une pessoas a ações de voluntariado por meio dessa plataforma digital”, explica o secretário municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi), Samuel Silveira.

Samuel Silveira. Foto: Elias Fontenele.

A plataforma que foi criada para Teresina foi baseada em uma inciativa desenvolvida pelo estado de Recife (PE), no ano de 2015, que levou a capital pernambucana ao título de mais solidária do mundo, segundo a Organização das Nações Unida (ONU).

“O que nós queremos é permitir que as pessoas tenham acesso a essa facilidade de chegar a uma entidade que precisa receber um determinado trabalho voluntário”, completa Samuel Silveira.

Segundo a coordenadora do Teresina Transforma, Débora Ferraz, a partir do lançamento do programa, os voluntários poderão se cadastrar na plataforma para dar início aos trabalhos.

“Essa plataforma é simples. Você entra nela buscando por Teresina Transforma no Google e lá terá a opção de cadastro. Nele, as pessoas poderão colocar as suas características para as funções que desejam exercer na entidade, no tempo em que estiver disponível”, acrescenta.

Dentre os serviços que poderão ser prestados estão ações emergenciais, de combate à pobreza, igualdade de gênero, proteção animal, refugiados, saúde dentre outros. Em relação às instituições levantadas que podem receber voluntários estão Organizações Não Governamentais (ONGs), governamentais, escolas, igrejas e cidadãos que possuem um projeto com engajamento social operantes na cidade.

Edição: Adriana Magalhães
Por: Jorge Machado, do Jornal O Dia

Deixe seu comentário