• Campanha da Santa Missa
  • Vencer 03
  • Vencer 02
  • Vencer 01
  • Prerrogativas da advogacia
  • Peregrinos da fé
  • SOS Unimed
  • Novo app Jornal O Dia

PM suspende calendário de férias de policiais para reforçar escala

Objetivo, segundo o comandante-geral, é dar fôlego máximo ao efetivo para atuar no combate a Coronavírus no Piauí e ter efetivo caso algum PM venha a adoecer.

24/03/2020 09:15h

O calendário de férias dos homens que compõem a Polícia Militar do Piauí será suspenso a partir de abril para que toda a corporação se fique à disposição do poder público durante a atuação no combate ao Coronavírus no Estado. A decisão foi tomada durante reunião realizada nesta segunda-feira (23) com a presença do comandante-geral, coronel Lindomar Castilho, e dos demais comandantes de Unidade Operacionais.

Por telefone, o coronel Lindomar explicou ao Portal O Dia a mudança: “estamos suspendendo as férias e as licenças para que possamos dar fôlego máximo ao nosso efetivo nessa situação de crise de modo que se alguém entrar de atestado, nós termos pessoal para cobrir. Nossos homens que hoje estão na guarda patrimonial do Estado também deverão ser deslocados, mas não agora: em um momento de necessidade vamos poder contar com eles, já que o serviço público está parado, mas o ostensivo nunca para”, disse. 

As escalas de horário dos policiais também sofrerão mudanças. Por exemplo, os plantões de 12 horas passarão agora a durar 24 horas de modo que o PM cumpra um dia inteiro de serviço, mas passe um dia também dentro de casa. “Isso vai diminuir a frequência de deslocamento dele para o quartel e é justamente o que queremos”, pontuou o coronel Lindomar.


Coronel Lindomar Castilho, comandante-geral da Polícia Militar do Piauí - Foto: Assis Fernandes/O Dia

Além dessas medidas, ficou decidido também que o Hospital da Polícia Militar (HPM) e o CAIS (Centro de Assistência Integral à Saúde) dará suportes aos policiais que, porventura, venham a adoecer durante este período. A PM também providenciar o recebimento e distribuição pelas Unidades Operacionais de 3 mil kits de higiene contendo álcool em gel e máscaras.

PM vai fiscalizar cumprimento de decreto

Outra frente de atuação da Polícia Militar durante essa crise sanitária e de saúde pública é justamente garantir que o decreto do Governo que suspendeu as atividades de comércio e serviços não essenciais seja cumprido. Segundo o coronel Lindomar Castilho, o policiamento ostensivo será reforçado neste sentido: tanto coibir a criminalidade, quando orientar as pessoas que ainda insistiam em permanecer na rua sem necessidade sobre a importância de seguir as recomendações dos órgãos públicos e manter a quarentena se puderem.

A PM também intensificará as barreiras nas regiões de fronteira do Piauí com outros estados para controlar a entrada de pessoas, conforme orientação do governo do Estado.

Por: Maria Clara Estrêla

Deixe seu comentário